Top 5: Professores favoritos do cinema!

Em 15.10.2019   Arquivado em Filmes

Hoje é 15 de Outubro, dia de quem ensina, da profissão mais desvalorizada desse país – principalmente no atual cenário -, das pessoas que devemos enaltecer DEMAIS porque haja fôlego pra lutar pela educação… Hoje é Dia dos Professores e eu, como pós graduanda em Ensino de Artes que sempre sonhou com esse caminho, enfim o trilhando, não poderia de forma alguma deixar de fazer um Top 5, transformando esse momento de muita reflexão em um pouquinho de diversão, porque é sempre bom também…

Top 5: Professores favoritos do cinema!

Sr. Browne, de Extraordinário

OK, eu sei que devia ter começado da minha maior inspiração, mas ele merece encabeçar o Top 5 porque desde que li Extraordinário, meu livro favorito, o sr. Browne se tornou uma das minhas personagens masculinas favoritas. Como não se apaixonar por um homem que inicia o ano letivo ensinando seus alunos sobre nada mais, nada menos, do que GENTILEZA? Depois, quando o filme saiu, esse carinho aumentou ainda mais porque ele ficou absolutamente perfeito. Merece ser o número 1 nessa e em qualquer outra lista de educadores da ficção que a gente for fazer!

Quer ler mais sobre Extraordinário? Aqui no blog tem um post sobre minha relação com o livro e uma resenha do filme, logo que ele saiu, uma das minhas melhores publicadas até hoje!

Katherine Watson, de O Sorriso de Mona Lisa

Minha MUSA INSPIRADORA! Sabe aquela velha e boa pergunta “O que você quer ser quando crescer?”, que a gente escuta muito quando criança? Pois é, já tem algum tempo que a resposta que tenho é Katherine Watson! Uma mulher que, na década de 50, foi ensinar História da Arte em uma das universidades para moças mais conservadoras dos EUA mesmo sendo à frente do seu tempo, irreverente… O resultado? Mentes sendo abertas e momentos de sororidade entre jovens mulheres tão impactantes que nem encontro palavras pra descrever. Sempre que me sinto mal e incapaz assisto ao filme mais uma vez, para lembrar desse meu objetivo de mudar o cenário do Ensino de Artes ao meu modo também, ainda que um pouquinho, fortalecendo meninas no meio do caminho. É ambicioso, eu sei, mas nunca fui tão firme e feliz numa ambição!

“O Sorriso de Mona Lisa”, que conta com Julia Roberts nesse papel principal, é um filme de 2003 que está disponível para ser assistido na Netflix. Apesar de lançado há 16 anos, às vezes tenho vontade de escrever sobre essa relação tão forte que tenho com ele… O que vocês acham?

Remo Lupin, de Harry Potter

Por um minutos pensei em colocar aqui a professora Minerva, que também é uma personagem grandiosa da saga, só para ter mais mulheres do que homens na lista. Confesso! Só que se fizesse isso, esse post seria uma mentira. Quando se trata de mestre em Hogwarts, Lupin sempre foi e sempre será meu favorito porque ele é, pra mim, tudo o que alguém que ensina devia ser: justo, gentil, competente, inteligente, empático, imperfeito como qualquer ser humano, mas extremamente ciente dessa imperfeição. Uma perda enorme pra escola causada pelo ódio, a opressão e o preconceito, mas ei(!), a vida não é mesmo assim? É sim! A verdade é essa, e pode ser mudada se lembrarmos que seguindo o exemplo de Remo Lupin só temos a ganhar.

Você aí, gosta de Harry Potter? Pois aqui no blog tem uma categoria inteirinha só da série! São posts com lançamentos, resenhas, relatos de eventos, até looks do dia e muito mais! Vale a pena dar uma olhadinha…

Lucy Whitmore, de Como Se Fosse a Primeira Vez

Sim, mais uma educadora de artes mulher… Já entenderam meus motivos, né? Sou suspeita, e ainda assim faz sentido. A história de Lucy (quase) todo mundo que gosta de comédias românticas sabe: ela sofreu um acidente grave e desenvolveu uma síndrome rara onde não consegue mais guardar memórias recentes… Sendo assim à noite, quando vai dormir, seu cérebro apaga tudo o que viveu naquele dia, fazendo com que repita a data do acidente da maneira como planejou originalmente todos os dias até conhecer Henry, que se apaixona por ela e resolve mudar esse cenário.

Só que aaaantes desse fatídico momento que desestabilizou sua trajetória, Lucy era professora de artes que ensinava crianças em uma escola local, o que é lindíssimo! Mais lindo ainda é quando, mais pro final do filme – e se você ainda não viu, pula pro próximo da lista que aí vem spoiler – ela volta a lecionar a matéria para outros pacientes do centro onde faz tratamento, todos com problemas de memória similares ou ainda piores que o dela. Ela pode ser “Lucy Esquecida”, mas permanece maravilhosa.

Sr. Anderson, de As Vantagens de Ser Invisível

É, eu sei, está explícita minha tendência pras artes, letras e humanas aqui nesse post, né? Tanto que temos mais um professor de inglês em colégio americano nela, tal qual o Browne… Sr. Anderson nos presenteia com a frase “Nós aceitamos o amor que achamos merecer”, que vem partindo ou abrindo corações todos os dias desde que foram proferidas pela primeira vez… Fora isso tem um faro INCRÍVEL para saber qual aluno mais precisa de ser apoio dentro de uma sala de aula cheia de adolescentes, e se tem algo mais grandioso do que isso, desconheço. Confesso que não li o livro, mas o filme me tocou profundamente com seus temas pesados expressos de forma tão bela, e sei que não fui a única. Se você ainda não viu, não perde tempo, veja!

Ele me lembra MUITO uma professora de química que tive entre a 8ª série (atual 9º ano) e o 2º ano do Ensino Médio… Ela entendeu perfeitamente os motivos da solidão que vivi em parte desse tempo e, depois, meu apego às pessoas que me tiraram dessa solidão, além de ter me apoiado em sua matéria como nenhuma outra fez antes ou depois na vida. Nilmara, se um dia ler isso, fica aqui meu muito obrigada! Espero retribuir seu carinho o passando adiante, quando tiver meus alunos também…

E você, quais professores do cinema, ou da cultura popular de um modo geral, mais te marcaram? E qual da VIDA REAL teve mais impacto? Me conta aí nos comentários! Enquanto isso, de minha parte, desejo um feliz 15 de outubro a todos os mestres, com carinho!

Psiu! Prest’enção! Essa lista tem como objetivo expressar única e exclusivamente minha opinião pessoal, não se baseando em nenhum outro tipo de critério como popularidade de personagem ou mesmo bilheteria da obra em questão.

Top 5: Músicas chamadas “Wish You Were Here”

Em 24.07.2019   Arquivado em Música

Depois de dez anos desde que comecei a escrevê-lo meu primeiro livro, Wish You Were Here: Um Romance Musical, está sendo enfim publicado! Muita coisa já aconteceu, tentei isso de outras formas e, agora, decidi colocar fim nessa espera, fazendo essa publicação por conta própria (haja trabalho!) em dois momentos… Primeiramente um e-book que já está em pré-venda na Amazon por R$5,00 e será lançado oficialmente dia 31 de julho, daqui uma semana. Dá pra ler nos dispositivos Kindle e no app também, tanto pra celular quanto pro computador. Se você aí gosta de um bom romance YA com pitadas de drama (e trilhas sonoras maravilhosas) é só comprar o seu.

Em segundo lugar, mas igualmente importante, tá rolando um financiamento coletivo no Catarse para imprimir algumas cópias físicas. Já imaginou, gente? Eu vou poder tocar no meu próprio livro! A ideia não é imprimir um montão, não, e sim o pessoal comprar através desse site, me ajudando quando possível a juntar mais dinheiro pra pedir mais livros pra quem não conseguir comprar agora. É garantia que vou ter exemplares depois? Não! Mas tem a esperança ainda assim. Além disso tem algumas recompensas a mais se quiser e puder gastar uma graninha extra… O valor unitário é R$28,00, com opção já com frete embutido a 35 pro pessoal que não for de BH (nas outras recompensas, porém, o frete terá que ser pago à parte). A campanha fica no ar até dia 26 de agosto e quem quiser já pode garantir um, também!

Top 5: músicas intituladas Wish You Were Here

Ok, ok, agora jabás à parte, vamos ao que realmente interessa, né? Acho que já deu pra perceber pelo subtítulo, mas esse livro é todo pautado por uma trilha sonora composta só de músicas que eu AMO, sendo a principal delas uma das minhas 5 favoritas da vida: Wish You Were Here, do Pink Floyd! A playlist completa tá lá no Spotify, mas hoje vamos sair dela um pouco… Nessa última década, com esse título sendo tão importante pra mim, eu acabei “colecionando” outras canções de mesmo nome, várias, e hoje trago as 5 que considero melhores entre elas, pra todo mundo ouvir e amar muito também.

01) David Gilmour

Sim, David Gilmour, Pink Floyd, mesma coisa, né… Nesse caso é mesmo, só que a principal delas não podia faltar na lista, uai! Mas aí, pra não usar a versão original que já foi mencionada acima, escolhi uma do David em carreira solo num show que amo, já que ele é o autor dessa queridinha maravilhosa. Ela é música título de um álbum que foi todo dedicado ao Syd Barrett, um dos membros fundadores da banda que sofreu um colapso mental e precisou ser afastado das atividades… A história toda é bem triste e sabendo disso dá pra sentir como foi impactante pra eles ao ouvir todas elas. Ainda assim, convenhamos, é perfeita do início ao fim. (E, sim, eu sou team David, tanto que o protagonista do livro tem o nome dele.)

02) Avril Lavigne

Eu conheci essa música na época do lançamento no antigo blog da querida Paulo Buzzo e quando vi o título pensei “Uau, Avril cantando Pink Floyd!” de cara. Procurei, ouvi, percebi que me enganei e… Fiquei apaixonada! Definitivamente minha favorita dela, sem possibilidades de perder o posto. E o que mais gosto é que pode funcionar tanto como uma música romântica quanto pra outros tipos de relacionamento, sabe?

03) Bee Gees

É claro que esse três irmãos, reis das baladas românticas, têm uma na lista também, né? Vê se uma expressão icônica dessa ia deixar de constar no repertório deles? A letra é bem triste, como é de se esperar, mas a melodia é tão a cara do trio que quem gosta deles não pode deixar de ouvir. Infelizmente não tinha nenhum vídeo dela no canal oficial, então tive que pegar esse em um outro. Espero que não saia do ar.

04) Fleetwood Mac

Outra de ritmo leve, daquelas ideais pra dançar juntinho com o crush pra matar saudades. Acho que deve estar longe de ser um sucesso da banda, parece ser uma daquelas que a gente só conhece por acidente (é o meu caso), mas apesar de soar meio tristinha a letra é bem bonita e gostosa.

05) Florence + the Machine

E pra fechar, dei uma roubadinha… O nome dessa é, na verdade, “Wish That You Were Here”. Mas vocês vão me desculpar, é claro, por motivos de FLORENCE, né meninas! Ela faz parte da trilha sonora do filme “O Lar das Crianças Peculiares”, que não é lá a melhor adaptação de todos os tempos, mas merece seu lugarzinho ao Sol por essa pérola presente nos créditos finais. Olha a voz dessa mulher, gente, eu não sei lidar…

E aí, você já conhecia e/ou gosta de alguma delas? Qual sua favorita? Tem outra “Wish You Were Here” pra me indicar? Me conta aí nos comentários e se preparem porque esse é só o primeiro de uma série de posts que quero fazer pra celebrar o lançamento literário mais importante da minha vida… Até a data de hoje foi escolhida à dedo pois amanhã é 25 de julho, o Dia Nacional do Escritor, e é a primeira vez que posso, oficialmente, considerar meu dia também.

10 filmes para assistir em 2019!

Em 24.01.2019   Arquivado em Filmes, Vídeos

Se tem uma coisa que marca o ano novo é parar pra pensar na quantidade de filmes que estão pra estrear nesses 365 dias que estão por vir, né? É quase um ritual pra mim fazer uma verdadeira “wish list” de cinema em janeiro, mas sempre sabendo que não vai dar pra cumprir e que vai ter que rolar uma seleção em certo momento… E aí que no Desafio Relâmpago United Blogs eu e a Rubyane do blog Epílogo em Branco fomos selecionadas como uma dupla pra fazer posts juntas nos nossos respectivos blogs. Papo vai, papo vem, decidimos criar uma lista com 10 filmes para assistir em 2019, com o “Top 5” de cada uma! Então pega a pipoquinha aí e marca essas datas na agenda porque, oh, só tem sucesso…

10 filmes para 2019!

01) Dumbo

Quando Tim Burton foi anunciado como diretor do live action de Dumbo, eu virei o nariz. E eu reclamei. E falei, falei mal nas redes sociais afora, com a certeza de que ia estragar um grande queridinho meu… Mas foi só sair o primeiro teaser pra perceber que ia pagar língua com louvor e AMOR! Estou absolutamente APAIXONADA por cada foto e vídeo que sai, muito animada e já emocionada… Se as lágrimas já rolaram antes, só imagino na hora! Dumbo é um desenho que só aprendi a gostar depois de adultinha, mas foi um “gostar” forte. Ele é simples, emotivo, lúdico, traz risada e chorinho nos momentos certos, além das cenas meio bizarras típicas dessa era da Disney. Expectativas altas e grandes possibilidades se serem atendidas! Estreia no Brasil: 28 de março | Assista ao trailer! | [EDIT] Assistido em 29/03, leia a resenha aqui!

02) O Rei Leão

Senhoras e senhores, meninas e meninos, o maior dos sucessos Disney, o primeiro filme que vi no cinema, a menina dos olhos de todos nós vai virar live action também, e tá chegando a hora de cantar “Nants ingonyama bagithi Baba” diante das telonas mais uma vez! Cá entre nós, a internet não só quebrou, ESTOUROU quando viu o batizado do Simba em CG, né? Agora imagina o longo todo, como é que vai ser… Sem dúvidas um favorito de muita gente pro segundo semestre (meu, inclusive). Estreia no Brasil: 18 de julho | Assista ao teaser trailer!

03) Rocketman

MEU FILME, BRASIL, NESSE NINGUÉM ME SEGURA! Quero pré-estreia, quero fazer post & vídeo & tudo pra ele! Sim, a história de Elton John vai (finalmente) pros cinemas em “Rocketman” – que, por sinal, é o título mais adequado possível – e quem é fã não pode perder! Ainda não temos uma data definitiva, mas tô de olho, com certeza. Ano passado ele anunciou sua aposentadoria oficial de shows e está em uma turnê de 3 anos para fechar essa fase de sua vida, então nada mais do que justo uma homenagem nesse momento, né? Meu nível de animação é o máximo possível, já preparei os lencinhos porque sei que vai ser um dos maiores chororôs da minha existência. Estreia no Brasil: Prevista para o inverno | Assista ao teaser trailer! | [EDIT] Assistido em 04/06, leia a resenha aqui!

04) Turma da Mônica: Laços

Que brasileiro não cresceu lendo a Turma da Mônica? Os quadrinhos de Maurício de Souza são parte forte da nossa cultura há muitas décadas… E agora, pela primeira vez, a turma estará “em carne e osso” nos cinemas! A adaptação de “Laços” promete ser linda, tanto quanto a historinha original, com um elenco adulto de peso e infantil extremamente carismático! Não vejo a hora da “Dona da Rua” entrar em cartaz! Estreia: 27 de junho | Assista ao trailer!

05) Capitã Marvel

E das várias opções de filmes de super herói, eis minha escolha! Apesar de gostar mais dos heróis da DC, eu prefiro os filmes da Marvel (aliás, eu e todo mundo), então fica no ar a curiosidade pra ela que leva o NOME da empresa! E que parece ser um mulherão, inclusive! Quem viu os créditos finais de “Guerra Infinita” já concluiu isso, e vai saber como será sua participação na continuação. Quero muito também ver Nick Fury no passado, porque é uma personagem que gosto MUITO! Promete e estou crente nessa promessa. Estreia no Brasil: 7 de março | Assista ao trailer! | [EDIT] Assistido em 19/03!

E os outros filmes? Ah, eles estão lá no post do Epílogo em Branco! Não deixem de acessar pra conferir os recomendados pela Rub – que são tão incríveis quanto esses!

Top 5: Capitais brasileiras que eu quero conhecer!

Em 18.06.2018   Arquivado em Publicidade

Quando eu era criança e morava em Timóteo, nossas viagens eram, em sua grande maioria, vir pra Belo Horizonte visitar a família “de cá”. Na adolescência, já morando em BH, fazíamos o contrário pra ver o “lado de lá”. Por esse motivo eu conheço poucos lugares diferentes fora de Minas… Mas se pudesse, conheceria todos! Tenho me animado com quase qualquer ideia que me aparece na cabeça, e explorar as terras tupiniquins está entre elas. Sendo assim hoje vou listar aqui 5 capitais brasileiras que mais tenho vontade de conhecer, uma em cada região, pra quem sabe um dia atualizar esse post linkando como foi a experiência depois…

Brasília

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Paul Burlant via Flickr

Bom, pro Centro-Oeste eu não escolhi exatamente uma capital de estado, mas sim a capital do Brasil! A maioria das pessoas que conheço e já foram a Brasília têm uma relação de amor e ódio meio forte pelo local, principalmente por causa do ar seco e dificuldade de locomoção, mas ao mesmo tempo… Tanta coisa bonita pra ver! Eu, particularmente, também gosto muito de política em certos aspectos, então essa parte me interessa bastante como turista, principalmente!

Belém

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Rômulo Ferreira via Flickr

Retomando lá do alto do mapa, no Norte, minha escolhida foi ela que é conhecida como Belém do Pará! Penso em como deve ser uma mistura interessante de belezas naturais e arquitetônicas pra se visitar. É lá que fica a única basílica da Amazônia brasileira! Muita arte sacra bonita misturando influências dos “colonizadores” com a população nativa brasileira. Na comida então, mesma coisa! Dizem que até os peixes lá têm gosto diferente. Além disso, é a capital mais chuvosa do Brasil e meu nariz cheio de frescura está sempre aberto para receber umidade.

Aracaju

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Eduardo Gomes via Flickr

Uma amiga certa vez me disse “Quem diz que não gosta de praia, é porque não conhece as praias do Nordeste… E EU SOU LOUCA PRA PROVAR QUE ELA TÁ CERTA, já que de lá só conheço a Bahia e ainda assim quando era muito nova. Escolhi Aracaju, no Sergipe, porque conheço MUITA GENTE MESMO que absolutamente ama. Já li também que é a cidade com os hábitos de vida mais saudáveis do país, com boas ciclovias e baixo índice de fumantes. Dá vontade, né?

São Paulo

Bom, eu sou do Sudeste e moro numa capital da região, então já rodei um cadinho pro lado de cá… Fui a Vitória algumas vezes e várias outras no Rio, que amo, então só falta São Paulo pra fechar a conta. Meu lado restauradora até grita pensando nos MUSEUS! MASP, Pinacoteca, Afro Brasil, Língua Portuguesa, CCBB, a lista é longa e variada…

Curitiba

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Caliane Amorim via Flickr

E chegamos ao extremo Sul do nosso Brasilzinho,uma região que não conheço mas morro de vontade desde que fiz um trabalho incrível sobre ela na época do colégio! Eu, que tô muito numa vibe de amar ambientes pequenos e bem gosto de sentir um friozinho, já poderia olhar uma kitnet para alugar em Curitiba e conhecer a capital paranaense. Sou doida para poder ir à Bienal Internacional de Arte Contemporânea, que por si só abrange boa parte dos circuitos culturais da cidade: Museus, Galerias, Espaços Culturais, Ateliês, Universitário e até o Festival Internacional de Cinema! Meu xodó maior, claro, é o MAC, Museu de Arte Contemporânea do Paraná, que tem uma fachada cor-de-rosa que é a coisa mais linda da vida!

A próxima provavelmente é no final do ano que vem… Quem se habilita a ir (ou pelo menos planejar) comigo? A gente já faz roteiro, namora as fotos da última edição, procura imobiliárias em Curitiba desde já e, quem sabe, acaba curtindo essa delícia juntos… Pra saber mais é só visitar o site oficial do evento: bienaldecuritiba.com.br !

Top 5: Comidas que estou desejando no momento! (e suas receitas)

Em 24.05.2018   Arquivado em Cotidiano

No último mês pensei em comida boa parte do tempo. Acho que nem conseguiria comer tudo o que “desejava”, com esse estômago de passarinho, e ainda assim ficava aqui, pesquisando, amando muitas e muitas fotos… Eu culpo o Sol em Touro, mas vocês podem culpar a quem convir desse outro lado daí. Então, aqui ainda cheia de vontade no coração, resolvi colocar o Top 5 comidas com as quais tenho sonhado loucamente nesse período…

Mas aí LOGICAMENTE resolvi colocar a receita junto! Que quem ficar com vontade também é só ir lá e fazer… (Se conseguir achar os ingredientes no mercado, claro, porque tá foda né mores.) Algumas são mais diferentinhas, outras comunzonas, nada de tão extraordinário e ainda assim muito gostoso.

Top 5: Comidas que estou desejando no momento!

Coxinha de brócolis

Quando falei das minhas 5 comidas favoritas, tinha brócolis no meio. Eu AMO! Comeria todos os dias da minha vida, sem enjoar, juro, já provei até sushi de brócolis e amei demais. Então nem preciso dizer que ando sonhando em fazer a famosa “broxinha”, né? E numa vibe tentando devagar diminuir meu consumo de carne, porque tenho trocentas críticas ao processo de produção, o querer só cresce, cresce, cresce! (Foto e receita do Olhar Animal.)

Temaki de salmão

Se a Luly de 10 anos atrás me visse hoje, apaixonada por comida japonesa, ia ficar chocada, porque era uma coisa que detestava. Que bom que a gente muda de opinião na vida, né? E temaki é uma coisa que comi pouco na vida, mas acho uma delícia! Gosto quando é de salmão, e de complemento pode vir qualquer coisa ou mesmo nada, fica bom de qualquer jeito. E já que estamos nessa vibe vou roubar e falar também de SASHIMI, que foi o que mais demorei a começar a apreciar e hoje comeria um prato só disso, quero. (Foto e receita da Receiteria.)

Sopa de feijão com mostarda

Friozinho… Ô tempo bom… Pede muito caldo e muita sopa, né, fala sério! E aí quando é de feijão, nossa, melhor ainda! Eis que pesquisando receitas quentes veganas (temos um Baile de Inverno para organizar nos próximos meses, bebês), achei esse pitéu aí, que junta feijão e mostarda. Salivei! (Foto e receita da Revista Glamour.)

Chips de banana frita

Não sei quando, como ou por que, mas um belo dia acordei pensando “Vou fazer bananinha frita hoje”! No caso demorei pelo menos uma semana pra ter ânimo, obviamente deu errado e terminei com um monte de pedaço de banana queimada no prato, etc, OU SEJA, a vontade permanece. Nem precisa ser feita por mim, não, posso ir ali no Mercado Central comprar pronta mesmo que tá tudo bem. (Foto e receita da wikiHow.)

Pizza Havaiana

Ok, eu menti. Não temos a receita desse último item, peço desculpas desde já. Mas aí vem a informação engraçada que vai compensar isso: eu não gosto de abacaxi, mas pizza havaiana/primavera de abacaxi com *insira aqui o complemento que pode ser presunto ou outras coisas variadas* é minha FAVORITA! E, gente, você estão falando (ou lendo) com uma pessoa que gosta tanto de pizza que nasceu dia 10 de julho, o dia da pizza! Uma mulher estranha porém apaixonada, vou aproveitar que meu aniversário tá chegando e comer justamente isso pra comemorar no dia, claro. (Foto do Silvio Cicchi.)

E você aí? Qual o seu Top 5 de comidas desejadas do momento? Se o Sol em Touro já tiver te abandonado de vez fala aí as primeiras que vierem na cabeça agora, mesmo…

Psiu! Prestenção!

As fotos usadas nesse mosaico foram tiradas de vários sites diferentes em maio de 2018 e todos eles foram sinalizados ao longo do texto. Se você é o autor de qualquer uma e não gostaria de vê-la aqui, por favor, me avise para que eu possa trocar!

Página 1 de 1412345... 14Próximo