Barbie Jean-Michel Basquiat

Em 12.05.2020   Arquivado em Artes Visuais, Dolls

Corpo articulado, cabelo trançado dividido em quatro rabos de cavalo, roupa com corte de alfaiataria completamente tomada por pinturas principalmente em tons primários, mas sem qualquer limitação de cor, sombra azul vibrante e, claro, uma coroa na cabeça. A união entre dois gigantes da cultura estadunidense resultou em uma das bonecas mais maravilhosas já lançadas pela Mattel, a Barbie Jean-Michel Basquiat, em tributo ao grafiteiro neo-expressionista cujo trabalho tomou Nova York na década de 80 com seus múltiplos tipos de arte urbana e expressão de poesia gráfica. Ela é absolutamente linda, digníssima com traços afroamericanos e coberta da cabeça aos pés com várias obras do artistas no terno, calça, camisa e até na gravata, fechando o look com botas vermelhas e cinto longo contendo dizeres do próprio.

Apesar de seguir as redes sociais da Barbie, acabei deixando essa boneca passar batida no meu feed quando lançada por volta de um mês atrás, a ponto de já estar esgotada em diversas lojas. Ainda assim achei que seria pertinente mostrá-la quando finalmente a vi no Instagram da My Froggy Stuff, que tem um canal no YouTube INCRÍVEL sobre bonecas onde posta unboxing, tutoriais de Faça Você Mesmo e afins. Ela tem uma vasta coleção de bonecas negras e fez um vídeo MARAVILHOSO mostrando todos os detalhes dessa que recebeu da própria Mattel, comparando outras bonecas que cabem nas roupas e ensinando a fazer uma mini galeria de arte. Foi aí que percebi o quanto ela é perfeita, as fotos mostram o melhor mas é tanta informação, como o próprio artista pede, que é preciso uma vida pra analisar tudo.

Barbie Jean-Michel Basquiat

Imagens retiradas da loja oficial da Mattel

Jean-Michel Basquiat nasceu em dezembro de 1960 e começou a grafitar aos 17 anos, apesar de já apresentar afinidade com arte antes mesmo disso. Seu primeiro projeto ficou conhecido como SAMO (de “same old shit“, ou “sempre a mesma merda”). Após largar os estudos às vésperas de se formar e ganhar mais notoriedade no Times Square Show de 1980, sua trabalho carregado de crítica social e traços propositalmente primitivos foi migrando das ruas pras galerias, a ponto de ser um grande amigo e colaborador do ícone da popart Andy Warhol no final de sua muito curta vida. Morreu aos 27 anos, já tendo começado a fazer exposições internacionais, de overdose causada por um coquetel de drogas conhecido como “speedball” (combinação de cocaína e heroína). A homenagem é belíssima e também completamente merecida, tendo obras dele decorando a caixa da boneca, que vem com Certificado de Autenticidade e pertence à linha Gold Label e é destinada a colecionadores adultos.

Barbie Jean-Michel Basquiat

Barbie Jean-Michel Basquiat

Em setembro de 2018 eu tive o prazer de visitar uma exposição com as obras do Basquiat pertencentes à Coleção Mugrabi, do colecionador de arte de mesmo nome, que estava em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil BH. Elas ficaram lá por pouco mais de dois meses junto com ambientação temática e, claro, dados sobre a vida do artista, além de possibilidade de interação digital com algumas delas. Com certeza essa está no Top 5 Favoritas entre as mostras que vi por lá e, apesar de na época não ter planejado produzir conteúdo sobre (estava atarefadíssima com o Baile de Inverno do Potter Club BH) cheguei a tirar algumas fotos e, por que não(?), acho pertinente compartilhar agora pra vocês terem um gostinho de como foi e identificar o estilo expresso pela Mattel:

Jean-Michel Basquiat no CCBB BH

“Acredite ou não, eu realmente sei desenhar. Mas eu tento lutar contra isso usualmente.”

Jean-Michel Basquiat no CCBB BH

Jean-Michel Basquiat no CCBB BH

Jean-Michel Basquiat no CCBB BH

Como foi um dos raros momentos em que não cogitei trazer o que vi pro blog, tirei só umas fotos para guardar minhas favoritas e sequer anotei títulos. Normalmente minha cabeça “escreve” posts mentalmente enquanto estou assistindo, ouvindo ou vivendo algo de modo geral e nesse dia, talvez por já estar cheia de coisas dentro dela, não aconteceu, mas ainda assim acho que deu pra sentir um pouquinho da emoção de estar cara a cara com a obra de um nome desse porte. É muito diferente do que muita gente espera encontrar em museus e bem característico, mesmo quem não conhece entende um pouco sobre a história de vida dele. É aparentemente simples, mas consegue passar a mensagem, que é o mais importante. (Nossa, gente, saudades de pisar num museu que vocês não fazem ideia, hahaha!)

Apesar de estar praticamente esgotada em diversos lugares a loja oficial da Mattel sugere um valor de U$50,00, o que com a famosa lei da oferta e da procura não favorece quem quer comprar as unidades que ainda estão no mercado, porque está sendo vendida por mais do que o dobro disso… Com frete, taxa de importação, IOF e cotação do dólar achei melhor nem calcular quanto ficaria em reais, vai ficar aqui no desejo guardada no coração e na minha wishlist do site.

A nova linha de Barbie “Star Wars”

Em 06.05.2020   Arquivado em Dolls

Após o lançamento da sua primeira linha de Star Wars no ano passado, que contava com bonecas inspiradas em Darth Vader, Princesa Leia e R2D2, a Mattel anunciou na última segunda feira, 4 de maio, mais quatro modelos de Barbie nos seus selos destinados a colecionadores adultos. A data desse anúncio, é claro, não foi randômica, pois é quando se comemora o Dia de Star Wars pela semelhança do início da icônica frase “May the Force be with you” (Que a Força esteja com você) com a pronúncia do dia em inglês, “May the 4th”.

“A coleção Star Wars™ x Barbie®, inspirada nas artes conceituais dos filmes, re-imagina icônicos personagens Star Wars através do filtro de alta moda distintivo da Barbie.™ – traduzido do site oficial

A linha da Barbie de Star Wars

Imagens tiradas do Instagram Oficial da Barbie

Dessa vez as personagens retratadas são Rey, C3PO e os Stormtroopers para a linha Gold, junto com o trio anterior, e uma edição SUPER especial e bem trabalhada de Chewbacca, que é o grande destaque incorporado ao caríssimo time de bonecas Platinum. O responsável pelo design, mais uma vez, foi o maravilhoso Robert Best, que sempre cria Barbies colecionáveis belíssimas (inclusive um dos meus maiores sonhos de consumo, a Luciana) e seguiu lindamente o conceito original de pegar a personagem escolhida e trabalhar de forma que fique evidente de quem se trata sem fazer uma caracterização idêntica, com esse ar de glam rock que une tecidos especiais, sapatos pesados e acessórios que a gente fica com vontade de ter igual pra usar no carnaval. O molde dos rostos são todos diferentes entre si, de forma que elas não pareçam as mesmas “pessoas” quando colocadas juntas.

A linha da Barbie de Star Wars

Rey

A linha da Barbie de Star Wars

C3PO

A linha da Barbie de Star Wars

Stormtrooper

Eu estou APAIXONADA pela Rey, amei a leveza do vestido dela combinada com acessórios nada delicados e o coque que é mega a cara dos penteados usados pelas mulheres da saga, extravagante e ainda assim cheio de elegância. A C3PO foi a que menos gostei e senti que o visual não ficou tão característico, é só uma roupa dourada que poderia fazer parte de qualquer outra linha e os óculos simulando os olhos dele. Faltou algo mais… Robótico, sabe? É uma pena ser justamente a única Barbie negra da coleção até agora, com esse cabelo black power que merecia um look melhor, a boneca em si é LINDA. Já a Trooper faz dupla perfeita com a Darth Vader anterior, combinam muito! Ficou ótima e dá pra ver claramente que se trata de a menção aos uniformes deles.

A linha da Barbie de Star Wars

Chewbacca

A Chewbacca, é claro, está num patamar diferente das outras e precisa estar, já que custa U$150,00, 50% a mais que o resto da linha. Pra quem pode dispor dessa grana, porém, vale a pena: os cabelos em dois tons diferentes, a roupa TODA trabalhada em pelúcia misturada com simulações de couro e uma bolsa incrível, cuja alça imita a que o personagem usa pra carregar munição. Não sou fã de batom nude, mas até isso nela gostei, a maquiagem é maravilhosa. Dá vontade, porém vamos ter que ficar só na vontade, mesmo, hahahaha!

As quatro bonecas estão disponíveis para pré-venda no site oficial da Barbie e o preço individual das Golden, uma vez que já falei o da Platinum, é U$100,00… Somando a alta do dólar com as taxas de importação fica ABSURDO, mas caso alguém tenha interesse o envio está previsto pro dia 12 de junho. Também é possível comprar dois sets de bonecas Gold, um com o primeiro trio e outro com esse segundo, por U$270 cada, ou mesmo um “pacotão” com as seis por U$480. A Platinum, por ser bem diferenciada, não entra em nenhum set, só é vendida separadamente.

Agora me conte aí: qual a sua favorita nessa nova parceria entre Barbie e Star Wars? E qual personagem acha que ficou faltando? Por aqui estou surpresa que deixaram de fora o Mestre Yoda e só me resta agradecer que não exploraram Obi-Wan Kenobi, meu grande favorito da galáxia muito, muito distante, aí sim ia surtar de vez!

A linha da Barbie de “Star Wars”

Em 26.08.2019   Arquivado em Dolls

A linha Gold Label da Barbie já lançou bonecas de vários ícones da cultura popular, como Star Trek e Mulher Maravilha, e agora pegou no ponto sensível de MUITO fã de ficção científica e cinema fantástico… Já está em pré venda, com lançamento oficial previsto pra novembro desse ano, o set de bonecas Star Wars da Mattel, com três modelos super desejáveis, de tirar o fôlego, que nos faz questionar como isso ainda não tinha acontecido antes…

“A colaboração Star Wars™ x Barbie® é uma homenagem a Star Wars: Uma Nova Esperança. Esta coleção homônima, inspirada na arte conceitual original do filme, re-imagina personagens icônicos através de um filtro de alta qualidade da Barbie.” – traduzido do site oficial

A linha da Barbie de Star Wars

Imagens tiradas do Instagram Oficial da Barbie

A proposta da linha é MARAVILHOSA! Ao invés de simplesmente reproduzir personagens eles criaram algo conceitual, dando às bonecas visuais carregados de “futurismo retrô”, deixando claro do que se trata, mas de maneira completamente original. Princesa Leia, R2D2 e Darth Vader na versão do Episódio IV, o primeiro filme Star Wars, foram inspiração pro design desenvolvido por Robert Best, responsável por várias outras maravilhas da marca, entre elas a Barbie Luciana que mostrei aqui alguns anos atrás e permanece sendo um grande objeto de desejo meu.

Apesar de funcionarem bem juntas, o conceito de cada uma é MUITO individual, em respeito total à personagem homenageada. Leia vem em seu traje mais clássico de princesa, o vestido branco longo, dessa vez com uma fenda incrível na lateral, e os coques rosquinha adaptados de forma ainda mais digno de realeza, lembra muito a própria Rainha Amidala, inclusive. R2D2 tem esse ar robótico aplicado ao humano, a roupa respeita o formato certinho do droid, com cabelos azuis em um tom MARAVILHOSO e a maquiagem mais legal do trio. Já Darth Vader é claramente a vilã do trio, né? O cabelo chanel numa versão mais estilosa do seu capacete, aquela capa que arrepia a espinha e, claro, óculos de Sol que disfarçam qualquer expressão. Além disso todas elas têm botas, acessórios e até BOLSA, tudo funcionando tão bem que tá difícil não desejar todas loucamente.

A linha da Barbie de Star Wars

Princesa Leia

A linha da Barbie de Star Wars

R2D2

A linha da Barbie de Star Wars

Darth Vader

Pra mim elas ficaram parecendo três estrelas de glam rock, suas roupas funcionariam perfeitamente em cima de um palco em turnê mundial tanto como banda, quanto separadamente em ‘carreira solo”. Senti total uma pegada meio David Bowie nelas, inclusive – lembra da Barbie em homenagem a ele que foi lançada recentemente? Podia super rolar uma colab na estante, de tanto que combinam. Pra galera aficionada do final dos anos 90/início dos anos 2000 fica IMPOSSÍVEL não pensar na banda da Barbie, Beyond Pink, que lançou o sucesso girl power “Think Pink” e tinha roupas bem na vibe dessa R2D2zinha aí… Que, inclusive, foi minha favorita!

As três bonecas estão disponíveis no site oficial da Barbie e o preço individual é (se preparem) U$100,00… Até dói um pouquinho o coração, né? Mas se tratando de itens de coleção tão elaborados já é esse, mesmo, o preço esperado. Na Amazon americana é possível reservar com entrega direto pro Brasil, mas somando o frete aos impostos sai mais de o dobro do preço. Com conversão pro dólar o pacote completo fica de cair pra trás, vale mais a pena esperar o lançamento e pedir alguém pra trazer ou até mesmo torcer pra encontrá-las nas lojas de brinquedo brasileiras depois.

Barbie David Bowie

Em 13.07.2019   Arquivado em Dolls, Música

Hoje é Dia do Rock (bebê!), e nada melhor do que misturar esse assunto tão gostoso com OUTRO igualmente bom pra celebrar, né? Nessa quinta feira a Mattel anunciou a Barbie David Bowie, em homenagem aos 50 anos da música Space Oddity, composta e gravada pelo cantor, cujo lançamento oficial aconteceu em 11 de julho de 1969. E sendo Bowie um dos ícones mais camaleônicos da cultura popular, o que não faltam são inspirações para produzir essa boneca, né? O visual escolhido foi o do mais famoso de seus alter egos, Ziggy Stardust, com sua pegada glam rock intergalática: brilhante, colado e exótico.

Barbie David Bowie

E dessa vez, temos que dizer: capricharam MUITO na caracterização! A roupa cintilante em duas peças listrada de azul e vermelho, com detalhes salientes nas mangas e gola só não é mais característica do que as botas vibrantes de solado plataforma preto. Até a ambientação das fotos de divulgação ficou bacana, em fundo vermelho vivo e simulando as poses do cantor ao usar o mesmo traje. O cabelo é curto, bordô, jogado completamente pra trás até formar um mullet, e a maquiagem impecável que, pra mim, ficou o ponto alto da produção! Ela tem o círculo intergalático na testa, sombra em tons semelhantes à roupa e até mesmo marca de base/corretivo cobrindo a sobrancelha, de forma que fique quase imperceptível, mas você sabe que está ali… Maravilhosa!

Barbie David Bowie

Ziggy Stardust como personagem “nasceu” em 1972 e foi usado pelo artista até 1974. Foi com ele que lançou sucessos como a música que leva seu nome e “Starman”, sendo apenas um de vários dos alter egos do cantor, como Aladdin Sane, The Thin White Duke e Major Tom, entre outros. Nascido em janeiro de 1947, Bowie faleceu apenas 2 dias após seu aniversário de 69 anos em decorrência de um câncer no fígado. Antes disso nos deixou um legado que o torna um dos artistas mais influentes no século XX e, hoje, o 70º músico mais vendido do mundo.

Leia também: Maquiagens facinhas para o carnaval, que inclui um vídeo ensinando a fazer o icônico raio da capa do álbum Aladdin Sane.

Barbie David Bowie

De acordo com o anúncio feito no blog da empresa, ela vem até em uma caixa decorada com colagem de fotos do cantor. A Barbie David Bowie está anunciada na Loja Oficial com o valor de U$ 50,00, o que na conversão atual (13/07/19) sai por, mais ou menos, R$ 186,92. É claro que vindo para o Brasil, com as taxas de importação, a perspectiva é que fique bem mais cara… Porém a Mattel marcou o produto como boneca de colecionador, para adultos, e não brinquedo de criança, então é o valor esperado, ainda mais se tratando de um produto tão detalhado. Para fãs do cantor vale a pena pagar para ter esse tributo maravilhoso na estante!

Bonecando: Barbie Fashionistas Nice in Nautical

Em 21.06.2019   Arquivado em Dolls

No início de 2016 a Mattel anunciou a maior mudança de todos os tempos na sua linha Barbie Fashionistas, com o título “a boneca evolui”: a partir dali elas viriam em 4 corpos diferentes, além de expandir cores de pele, cabelos e olhos para poder trazer mais representatividade às crianças que com elas brincam. Além do Original agora essas bonecas têm as opções Curvy, que é menos magra com coxas grossas e barriguinha, Petite, mais baixinha e Tall, mais alta. Na época eu fiquei MALUCA porque amo bonecas na escala 1/6 de um modo geral e a Barbie em especial é um ícone na minha vida… Durante toda minha infância e pré-adolescência brincar com ela era minha atividade favorita e até hoje, né, de modo diferente, como colecionadora. Embora o corpo Curvy tenha me atraído mais o que eu queria MESMO era uma Petite, pois sempre fui a menorzinha da turma quando mais nova e até hoje, também, em alguns lugares com meus 1,56 de altura. Tanto que, quando criança, a Barbie que chamava de “Lulu” (todas elas tinham nomes!) era uma bailarina que minha vovó Daisy me deu,por causa do mecanismo especial que a fazia menor que as outras. Sempre foi minha favorita por isso e a guardo até hoje…

Ainda assim o corpo me incomodava em fotos porque eu o achava MUITO magro, como o Original sempre foi. Até que recentemente transformei o antigo Instagram da Kim, minha Pullip Chill e doll favorita, em um perfil pra postar fotos de bonecas de um modo geral (segue lá: @lullipdolls!)pra reacender o hobby, voltei a pesquisar loucamente sobre o assunto e descobri que, apesar de magra, a Petite tem características físicas que tornam isso menos incômodo pra mim, como coxa um pouco mais grossa e peitos bem pequenos… Características essas que eu também tenho! Pronto, decidi que queria uma pequena dessas pra chamar de minha! Pesquisei um pouco e achei a Fashionista 61, da linha lançada em 2017, Nice In Nautical, relativamente barata à venda na internet… Meu aniversário tá chegando, queria me dar um presente e, assim, apresento a vocês: Luly, a Barbie!

Barbie Fashionistas Nice in Nautical

Lulynha da cintura pra cima

A princípio a ideia era que fosse minimamente parecida, mesmo, com pelo menos tom de pele e cabelos semelhantes, só pra me identificar e sem nem precisar TER a boneca. A Nice in Nautical foi além, e por isso veio pra cá, ela é PERFEITA! Apesar de ser uma das dolls com traços asiáticos da linha, que eu não tenho nem um pouquinho, e do rosto oval (sendo o meu beeem redondo), é super parecida! O cabelo é liso, mas não “escorrido”, tem um certo volume, que é como eu gosto de ficar quando faço escova, e castanho beeeeeem escuro, quase preto mesmo, com uma franja partida de lado. Ela tem também sobrancelhas grossas, olhos castanhos que puxam pro âmbar – se eu passo muito tempo no Sol os meus ficam amarelões(!) – e gente… O BATOM VERMELHO! Fala sério, né? Se não fomos feitas um pra outra eu não sei quem foi, hahahaha!

Barbie Fashionistas Nice in Nautical

Lulynha soltando aquele “Hello, hello!”

A roupa dela também é bem bacana, um macacão simulando blusa e shorts e, como nome sugere, temática náutica nos detalhes, tudo vermelho, azul e branco, que é uma combinação que amo loucamente. A blusa é listrada de azul e branca, os shorts azul marinho com estampa de barcos, cinto em forma de corda vermelho e sapatilhas do mesmo tom. Tudo muito bonitinho mesmo, super usável na vida real. Porém tem o ponto negativo das Fashionistas, que acho um ABSURDO uma vez que elas não são baratas, a falta de articulações. Ela tem os cinco pontos básicos no pescoço, ombros e pernas, SÓ! Nem dobrar de leve os joelhos, como algumas Barbies antigas faziam, elas dobram. Um dos braços já vem até em movimento, pra mão ficar na cintura na hora da pose, mas ainda assim é ofensivo um corpo tão vagabundo desse. Pra mim vai ser bem desafiador tirar fotos delas, principalmente porque visualmente eu gostei das características dele e não queria trocar por outro mais articulado… Vai perder a graça justamente no mais legal dela, sabe? Enfim, veremos como vai ser me acostumar com isso…

Barbie Fashionistas Nice in Nautical

Detalhes: cinto e shorts

Esse fator das fotos é importante pra mim porque essa chegada me deixou MUITO animada com minhas bonecas, mais do que antes, e com a “Lulynha” principalmente. Tô num processo de deixá-la ainda mais parecida, selecionando roupas que eu usaria, ganhei um par de óculos (presente da querida amiga Malú, que tem uma coleção INCRÍVEL de Fashionistas) e tô procurando miniatura de gatinho preto pra ser a mini Arwen… Tô VICIADA em assistir vídeos de DIY relacionados a casa de bonecas, lofts e afins, assisti todos do canal My Froggy Stuff (meu favorito nesse nicho) porque em breve uma caixa velha que já tenho vai se tornar o apezinho dela, tipo cenário fixo mesmo, sabe? Porque hobby é pra isso mesmo, né gente, ocupar nossa cabeça com algo que amamos naqueles dias em que ela tá cheia demais do que nos faz mal… Tirar fotos delas faz exatamente isso comigo, além de ser ótimo para ilustrar posts aqui no blog.

E a turma Barbie Fashionistas não para de crescer! As etnias vão aumentando, os Kens entraram na parada com três tipos de corpos diferentes, estilos estão ficando mais alternativos e agora tem até uma cadeirante e uma garota com prótese na perna no meio! É muito legal porque são bonecas bem diversas, tem albina e sardenta, negra black power e a velha loira tradicional, pra que cada vez mais o padrão de beleza entregue às crianças que vão brincar (e adultas que vão colecionar, cof cof) seja ELAS MESMAS! Ficou com vontade de achar a sua também? Tem todas na loja oficial da Mattel, é só procurar, se identificar e, depois, correr atrás delas aqui no Brasil, com preços tão variados que até assusta. A “Lulynha” achei e comprei por R$60, mas em outro site chegou a 170, socorro!

Página 1 de 41234