Rapidinhas de Junho

Em 30.06.2016   Arquivado em Cotidiano

Olha, vou contar pra vocês que 2016 tá passando rápido mas junho BATEU TODOS OS RECORDES, chegou devagarzinho e antes que eu pensasse direito aí está, acabando hoje mesmo. Uma coisa boa, porém, é que foi um mês bom pra mim, acho que vai ser daqueles que nunca vou esquecer e quando lembrar vou sorrir com a lembrança, de verdade mesmo. Como foi tudo the flash as rapidinhas de hoje serão rapidíssimas, mas assim é bom também!

Rapidinhas de Junho

Eu já comecei o mês lindamente lá no Rio de Janeiro! Sabe quando você precisa sair da sua casa, sua cidade e até mesmo da sua vida? Pois é, eu tava assim, e aí juntou isso com a necessidade de ir lá resolver coisas e pronto, fui! Foi menos de uma semana, mas foi maravilhoso, voltei uma pessoa mil vezes mais feliz que a pessoa que era quando fui pra lá, incrível como um pequeno espaço de tempo pode fazer com a gente, né… Foi a melhor parte do mês!

Rapidinhas de Junho

Assim que voltei de viagem FINALMENTE meus óculos novos ficaram prontos. Eu mandei fazer dia 13 de maio e eles me falaram que dia 30, no máximo, estaria pronto. E aí eu fui lá duas vezes antes de viajar e voltei NO DIA que cheguei, e ainda nada… Já tava pronta pra dar um piti por lá, pedir o cartão pra estornar o pedido e tudo, mas aí no dia seguinte eles me entregaram lindo e maravilhoso. Adorei essa armação, eu queria alguma coisa ENORME porque sou muito ceguinha e preciso da visão toda preenchida, mas também que ficasse bonito. E a cor é maravilhosa, né, combina com todos os meus batons, hahaha! Ai, gente, enxergar é bom demais, quisera eu ter o dom da visão intacto.

Rapidinhas de Junho

E agora uma linda e bela fotozinha muito mal tirada de um pedaço do estande da Cia do Ponto no último Nerd Bazar aqui em BH! Esse foi o único evento que fomos esse mês e apesar de cansaço enorme que é montar, trabalhar e desmontar (fora minha total ausência de voz no dia) eu amo ir com eles porque é SEMPRE delícia!

Outras coisas legais de junho

Esse mês o blog completou DOZE ANOS no ar e eu resolvi, toda orgulhosinha e cheia de amor, celebrar com dois sorteios lindos e maravilhosos que só têm coisas que eu queria também, hahaha! Mas tudo bem, elas são de vocês, isso que importa, então quem não viu ainda CORRE LÁ pra participar!

Lá no canal do YouTube foram três vídeos postados. O primeiro foi com as Rapidinhas de Maio, um resumão do mês que foi bem singelo como esse aqui tá sendo, mas em movimento que é sempre mais legal. O segundo foi pra comemorar o sorteio e o aniversário do blog, enquanto o terceiro eu postei HOJE e os fãs de Harry Potter vão gostar: decidi registrar minha seleção em Ilvermorny, a Escola de Magia americana, que foi liberada pelo Pottermore essa semana. Eu achei a divisão super legal deles porque as características escolhidas se apresentam de forma mais abrangente que as de Hogwarts, priorizando se você combina mais com corpo, mente, alma ou coração. Pra descobri onde caí (e eu AMEI) é só assistir AQUI!

Participe do sorteio de 12 anos do blog!

Exposição “Ressonâncias”

Em 11.02.2014   Arquivado em Artes Visuais

Hoje minha dica é daquelas raras em que saio de Belo Horizonte/grande BH e vai pro pessoal que mora ou tá passeando por Niterói e região. Começou dia 03 de fevereiro e vai até dia 21 de março a exposição “Ressonâncias” com aquarelas, desenhos, pinturas e colagens dos artistas Ricardo Basílio e Lívia Abreu. A entrada é gratuita e a exposição está acontecendo na Galeria de Arte La Salle de segunda a sábado.
Eu não conhecia o trabalho do Ricardo Basílio até procurar no Google e achei as aquarelas lindas, mas da Lívia posso falar e muito porque ela é nada mais, nada menos do que minha prima (vocês não sabem como tá sendo difícil não me referir a ela como “Livinha” aqui nesse post, hahaha) e faz umas ilustrações que são a coisa mais fofa da vida, eu amo! Quem puder ir na exposição dá uma passadinha lá por mim que não posso (sniff) e pra já conhecer o trabalho dela é só entrar no portifólio on line e ver alguns trabalhos e formas de contato.

expo_ressonancias

Exposição “Ressonâncias”

De 03/02 a 20/03 (de segunda a sexta das 08:00 às 21:00, sábados das 09:00 às 12:00.)
Galeria de Arte La Salle: Rua Gastão Gonçalves, 79, Santa Rosa. Niterói/RJ

Bienal do Livro do Rio de Janeiro

Em 15.09.2011   Arquivado em Leitura

Esse fim de semana que passou eu abstraí tudo o que existia ao meu redor e fui pro Rio de Janeiro aproveitar os dois últimos dias da Bienal do Livro, que ficou lá de 1º a 11 de setembro.
A minha ideia de ir à Bienal veio logo quando foi anunciado que a Anne Rice estaria lá. Logo eu surtei e já fui providenciando tudo mais ou menos, planejando umas coisas e decidindo outras. Pra mim tudo que tem a opção “Rio” é mais fácil porque minha madrinha mora lá, então tenho onde ficar, além de ser aqui pertinho e LINDO.
O problema é que a Anne Rice só estaria lá dia 7 e nos meus planos eu iria nos dias 10 e 11. Mas como eu já tinha animado resolvi ir mesmo assim e contei com a compania incomparável de Lili e Dri. O que foi bom, porque não sei com que mais eu aguentaria atravessar a cidade até o RioCentro, fica depois de “onde Judas perdeu as botas” e logo antes do fim do mundo!!
Mas pra mim a diversão começou antes, no dia 09, quando fiz minha primeira viagem de avião na vida!!

First Flight
Minhas fotos da viagem ficaram ruins porque foram tiradas no celular, eu não andei com a câmera lá.

Sábado nós fomos dar mais uma “olhada” geral nas coisas. Eu não comprei nada, não peguei quase nada (quando se trata de livretos e marcadores), fiquei mais babando nos estandes, analisando algumas editoras, observando preços e vendo o que eu queria, afinal. As meninas fizeram mais ou menos o mesmo, ficamos só vagando, comemos um fast food HORRÍVEL no Habibs (mas ganhamos um livrinho infantil por isso!!), vimos a Lauren Kate de perto dando autógrafos, perdemos Maurício de Souza e Ziraldo juntos e eu fiquei fascinada por uma editora portuguesa que tinha “Enciclopédia de Personagens Disney” e livro do Dumbo com pingente e tudo mais!! O problema é que os melhores estandes, como Panini e Saraiva, ficam LOTADOS e você não consegue nem entrar, que dirá comprar alguma coisa direito.
Mas voltamos com os pés “satisfeitos” de tanto andar!! Ainda conheci o Botafogo Praia Shopping e tirei foto feia da praia linda.
(eu não gsoto de praia em si, mas é que aquela cidade fica mais bonita a cada dia, todas as paisagens são maravilhosas, as praias então nem se fala!!)

Rio de Janeiro
A foto em questão foi especial pro Gugui morrer de enveja =D

No domingo fomos BEM CEDINHO porque era dia de Conexão Jovem e sessão de autógrafos com Eduardo Spohr!! Chegamos lá ainda nem tinha aberto e quando entramos uma maravilha, a Bienal toda vazia, aiaiaiai…

Bienal do Livro - Rio de Janeiro 2011

Fomos direto pegar senha pros dois “eventos” do Eduardo, demos uma rodada, PRINCIPALMENTE na Intrínseca que era de longe a editora que mais vali a pena visitar (comprei 6 livros por R$18,00!!) e aí meio dia teve Conexão Jovem com ele pro lançamento do novo livro “Filhos do Éden”. Eu não li nenhum dos livros dele, mas é tão simpático e atencioso que não tinha como não prestar atenção!! Isso sem contar o público com perguntas sempre legais, tudo mais descontraído… Adorei!!
Fomos a um dos “Rei do Mate” que tinham lá pra almoçar e maior arrependimento dessa vida: 20 minutos pra conseguir um copo de mini pães de queijo com gosto de cru e uma Coca Cola meio quente. Acabou que quando chegamos pra sessão de autógrafos, que começaria às 14h, já tava quase na hora e a fila GIGANTE!! Ficamos 1h50min andando de metro em metro até chegar lá cima e conseguir o autógrafo dele… Eu tô com pena daquele homem, autografou MUITO, perguntou nome de cada um, tudo na maior boa vontade. Depois que a gente saiu a fila ainda dava voltas e voltas. Por causa disso nem animamos em pegar fila pra conhecer o Maurício de Souza. Só passamos na tal editora portuguesa (Editora Babel) pra comprar a Enciclopédia (o livro do Dumbo não tinha mais), olhamos mais umas coisas que a gente queria olhar e fomos embora antes que nossos pés gritassem por misericórida.
À noite comi pizza com tia Glorinha, minha madrinha, pra me despedir da cidade. E até choveu um pouco, o calor passou, foi ótimo.

No final voltei pra casa assim:

Bienal do Livro - Lucros e Prejuízos

– Os 5 volumes da Enciclopédia de Personagens Disney que tinha lá (quando cheguei em casa descobri que existe o 6º, eu quero!!) são lindos, mesmo estando em português de Portugal e ter uns nomes de personagens nada a ver com o que temos aqui vale a pena;
– Vários livretos, a gente ia pegando todos!! Haja 1º capítulo pra ser lido, hehe;
– Dois livros com 100 jogos de Sudoku cada em diferente níveis, meu coração bateu forte quando vi;
– Marcadores de página bonitinhos – o de Fallen é o melhor, a Lili que me deu;
– “O Segredo de Brokeback Mountain” que com o preço que tava não dava pra resistir;
– O livro oficial da Associação Comunitário Chutando o Balde!! hahaha Trouxe um pra Daninha também.
E esse organizador de bolsas lindo foi minha madrinha que me deu!! E a melhor parte é que um desses livros aí veio “duplicado” e ainda esse mês será sorteado junto com alguns marcadores o catálogo da editora à qual ele “pertence”. Aguardem!!

Valeu a pena, a Bienal é INCRÍVEL, fiz um passeio, tirei o estresse da cabeça, re-vi tia, prima e marido-da-prima, conheci o filho deles que eu só tinha “visto” na barriga, dei muitas risadas com as meninas, andei de avião e depois tive que voltar pra realidade na minha fria e poluída Belo Horizonte!!

Harry Potter na Avenida

Em 15.02.2010   Arquivado em Harry Potter

– Eu tento e tento FUGIR do carnaval, mas há sempre algo a se postar… Não é segredo pra ninguém que é o feriado/festa que eu mais odeeeeeio no mundo, ódio que venho cultivando carinhosamente desde mais ou menos os 9 anos de idade, quando comecei a ter cabeça o suficiente que usar uma fantasia fofa não era motivo pra gostar de axé tocando o dia todo e gente desfilando praticamente sem roupa… Mas, enfim. Essa noite, pela primeira vez na vida, eu fiquei acordada até às 4 e meia da manhã, assistindo ao desfile do Salgueiro Lutador, porque afinal, nada além de Harry Potter me forçaria a tanto!!

HPnaAvenida
Imagem retirada do Globo Vídeos, não achei nada melhor, infelizmente.

– O tema “Histórias Sem Fim” mostrou vário ícones da literatura clássica, infantil, futurística, brasileira… E claro que o maior fenômeno literário de todos os tempos estava incluído!! Eu estava esperando uma ala e quando vi vindo um carro imitando um tabuleiro de xadrez meu coração pulou e os olhos se encheram de lágrimas… Tinha o trio andando e sambando pelo tabuleito, um Vira-Tempo enorme e lá em cima, o destaque era Dumbledore. Atrás, torres do castelo de Hogwarts. Sem nem precisar pensar muito: o carro alegórico mais LINDO que eu já vi!!
É uma pena que depois que a bateria passa a Globo só fica filmando eles e não mostra os detalhes que eu super queria ver… mas valeu a pena!!

“É o hábito de ler, folheando com prazer
Muito além de uma visão
Mensagens de esperança
Clareando a imaginação

Uma história de amor
Sem ponto final
‘academia do samba’ é salgueiro
No ‘livro do meu carnaval’!!”

– E o samba enredo mais verdadeiro de todos… Porque eu sei, e todo fã de Harry Potter sabe que é assim… E nós aprendemos isso com J.K. Rowling!! Nota…… 10!!

E o Rio de Janeiro?? Ah, continua LINDO!!

Em 25.01.2009   Arquivado em Viagens

* Gente, vocês são uns amores! Vale a pena compartilhar minha vida aqui só pra ler tudo o que vocês têm a dizer sobre ela!! A emoção do show foi realmente muito grande e MAIS UMA VEZ, obrigada por todos esses recadinhos felizes! E como eu já tinha dito, vou falar hoje da viagem ao Rio, já que só falei da parte mais importante dela e “esqueci” o resto! Na verdade o Rio é uma cidade quase-sinônimo de tudo aquilo que menos gosto: calor, praia, carnaval, sol… Mas é BONITO DEMAIS e lá vivi o sonho da minha vida, então vale a pena fazer post gigantão!!

* Sábado, dia 17, eu, meu pai e minha irmã saímos daqui de Belo Horizonte por volta do meio dia, e já pegamos estrada. Só paramos no posto de gasolina pra abastecer, na farmácia pra comprar pilhas pra câmera e esparadrapo pro meu pé (coitado, vou opera-lo assim que fevereiro chegar), e em Barbacena pra almoçar (lembrei de você, Lary!), e aí depois só em pedágio mesmo. Chegamos lá na casa da minha tia quase 7 da noite, demorou porque no meio da caminho tinha uma MALDITA carreta do tamanho da pista que forçou a gente a ficar mais de meia hora a 25Km/h ao invés de 100.
Enfim, chegamos lá, comemos, demos uma saidinha… E, gente, é até sacanagem uma beleza desse tamanho, dá uma olhadinha na visão que temos ao olhar pra cima da porta da casa dela:

RiodeJaneiro
Ela mora BEM embaixo do “braço direito” dele!!

* À noite, como já tinha dito, assistimos ao show de São Paulo, dormimos “derrubados” pela decepção e acordamos no dia seguinte convencidos de que haviam cortes (e haviam, êêêê!!). Fomos ao Flamengo comprar as entradas e quando peguei elas nas minhas mãozinha um sorriso iluminou meu rostinho e até meu pai não se irritou com a “humilhação” de ter ido lá (porque meu pai não é 100% atleticano não, é parte Fluminense também!). Aí fui pega de surpresa com minha tia dizendo pra gente ir no Parque Lage, porque eu tinha dito pra ela que queria ir… Na verdade não pelo Parque e nem pelo Lage (meu último nome), mas porque causa da Escola de Artes Visuais mesmo (olha onde eu estudo, né, gente). Digo “pega de surpresa” porque achei que a gente ia só comprar entradas mesmo e não levei a câmera nem o celular.. Vou ficar devendo fotos de lá, mas quem quiser, joga no Google. Como é época de férias, a coisa mais interessante que tinha lá era o bar e a Coca Cola que era vendida. O resto do dia só almoço com Livinha, minha prima e Daniel, marido dela… E depois casa-banho-soneca-TV… E VENTILADOR, POR FAVOR!

Segunda eu achei que o dia ia rodar em função do show, mas percebi que a viagem inteira já tava assim! Desde o 1º segundo eu só conseguia admirar minhas entradas e todas vez que alguém assobiava algo, era música do Elton John. Isso sem contar que sempre tinha um com a Veja Rio que falava sobre. Bom, acordamos cedo e foi a vez de realizar a vontade da Daninha, então fomos pra praia… E eu não gosto de praia, o bom daquilo pra mim foi só tirar as fotos que eu não tinha tirado até então:

RiodeJaneiro
Praia de Ipanema sem meu zoom ruim

RiodeJaneiro
Praia de Ipanema com meu zoom ruim

RiodeJaneiro
SweetLuly na areia!

* Depois da praia foi almoço, banho, tensão, ônibus, metrô, show, choro, emoção e todas as coisas já descritas no post passado!
(Aproveitando, nesse link tem fotos (excelentes) e vídeos do show, tanto SP quanto Rio, quem gosta e não teve a oportunidade que tive… #fikdik) Chegamos “em casa” lá pras duas horas da manhã, dormimos, acordamos, tomamos café, esperamos a Livinha ir se despedir d’a gente, contamos como tinha sido e viemos pra BH!! Êêêêêêê!! Resumindo: foi muito bom!! Agora, eu espero que os cariocas não se ofendam, não é uma crítica ou zuação. Lá é lindo e maravilhoso, é bom passar um fim de semana mas… Gente andando de biquini na rua, chegar em casa suja de areia, 30°C no meio da madrugada… Ah, não é pra mim! Prefiro ficar na minha roça-grande Belorizonte cortando palavras e comendo pãozim de queijo, uai!

Ouvindo: Ring Ring – ABBA

Página 1 de 212