Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

Em 06.10.2017   Arquivado em Disney, Publicidade

Quando eu era criança tinha duas ocasiões para as quais adorava me arrumar: festas à noite e qualquer lugar onde pudesse usar fantasias. O segundo então era a melhor coisa do mundo pra mim, mesmo que não gostasse muito de comemorações de carnaval eu dava um jeito de me fantasiar em casa mesmo pra aproveitar a chance! Por isso achei tão legal a proposta das marcas Ana Giovanna e Bela Pequena, que fazem vestido de princesa para criança e praticamente juntam as duas coisas em uma só. Na verdade vestido infantil muitas vezes já é aquela coisa “bufante” meio princesa, o que é legal visualmente mas pode incomodar algumas meninas, né? Sendo assim a Ana Paula, criadora das marcas, se inspira muito nas personagens da Disney, que deixa a hora da festinha mais divertida!

Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

Alice no País das Maravilhas, que eu gostei MUITO porque foge do padrão “vestido gigante de baile”

Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

A Bela e a Fera

Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

E meu favorito, porque é minha princesa favorita: Branca de Neve! Ai, maravilhosa!

Tem também uma versão mais alegre que é com as personagens estampadas mesmo, pra tirar um pouco esse ar de princesinha e deixar o visual mais jovial. Eu gosto mais do conceito das outras, inclusive tenho várias blusas inspiradas em roupas de personagens assim, como dá pra ver na minha foto de perfil, mas imagino que pra criançada essas sejam mais legais.

Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

Ariel pra quem gosta das princesas clássicas…

Vestidos infantis inspirados nas Princesas Disney

… e Moana pro time das princesas empoderadas!

Rola também uma linha “Tal mãe, tal filha” que acho uma gracinha, com vestidos idênticos pro adulto e pra criança ficarem combinando! Eo melhor é que tem umas personagens meio “Girl Power”, tipo Frozen e Mulher Maravilha. Essa segunda não é Disney, eu sei, mas tô aqui SUPER pensando em como ficaria legal de usar agora no Halloween, diga-se passagem, apaixonei demais!

Psiu! ‘Prestenção!

Esse post foi escrito a convite das lojas Ana Giovanna e Bela Pequena, ou seja, trata-se de um publieditorial. As imagens usadas aqui foram retiradas das respectivas lojas virtuais em 05 outubro de 2017, portanto seus direitos pertencem a elas!

Desapega!

Em 24.02.2014   Arquivado em Publicidade

Desapego: Falta de apego, de afeição. Desinteresse, indiferença. Solto, entregue. Viver pensando no presente, sem se preocupar com o passado.
Desprendimento diante das coisas superficiais, das vaidades em detrimento de fatos importantes e que fazem sentido a vida. Saber dividir e compartilhar.

(fonte: dicionarioinformal.com.br)

Quando eu era criança achava super fácil desapegar de certas coisas para dar espaço para as novas que estavam por vir. Na verdade eu e minha mãe tínhamos um acordo de que logo antes de datas especiais onde eu provavelmente ganharia novos brinquedos (como aniversário, dia das crianças e natal) eu deveria doar alguns para quem precisava e aí rolava um verdadeiro mutirão lá em casa em que eu e minha irmã separávamos aqueles não usávamos mais e logo em seguida fazíamos o mesmo com roupas e sapatos que não cabiam mais. Para mim esse foi um momento fácil porque eu sabia que valeria a pena pra mim e pra quem ia ganhar aquilo tudo.

Mas ai eu fui crescendo e a necessidade de desapegar de outras coisas por livre e espontânea vontade surgiu em níveis diferentes. Não são só meus brinquedos e roupas velhas que vão embora para eu ganhar novas, mas toda e qualquer coisa que ocupe mais espaço que deveria começou a me incomodar e é aí que entram anúncios on line nas nossas vidas: a gente anuncia, vende e já se vê no direito de comprar algo útil pra ocupar o lugar daquilo que estava sem uso antes! Chegou seu aniversário e sua tia te deu aquela roupa que não tem nada a ver com você – ou “comigo”, porque isso acontece por aqui sempre – , aquela guitarra que você demorou pra comprar está encostada porque nunca foi tocada de verdade ou um certo móvel do sala ficou completamente deslocado no meio de outros e tá te incomodando completamente? Então é hora de deixar eles irem.

Desapega! OLX

Hoje a OLX é o maior site de classificados on line gratuitos no mundo e é também o favorito entre os brasileiros. Desde 2006 os internautas compram e vendem suas coisas por lá e agora, 8 anos depois, o site já está disponível em 96 países. Pra anunciar é simples: você tira uma foto do produto, posta e, assim que alguém o comprar, envia! Além de publicar seus anúncios o site tem um área para que o vendedor possa administrá-lo e compartilhar nas redes sociais, além de aplicativos para acessar essa área do celular ou tablet.
Recentemente a empresa tem também “desvitualizado” um pouco e está com um grupo de publicidade para televisão que mostram como é fácil desapegar com humor. As propagandas mostram Vito, Dona Grazi e Claudinho, que é na minha opinião a mais legal delas:

Quer praticar o desapego também? Então passa no www.olx.com.br!

Vender e comprar: é só começar

Em 24.04.2012   Arquivado em Publicidade

Aos 14 anos eu fiz minha primeira compra pela internet. Aliás, minto!! Eu ainda tinha 13, faltava pouco pros 14. E ao contrário de quem receia, de quem espera, de quem pede autorização dos pais – o que eu deveria ter feito na época – eu nem parei pra pensar. Adicionei o produto no carrinho, confirmei, imprimi o boleto e entreguei pro meu pai pagar: era meu presente de aniversário. Desde então é MUITO raro eu não comprar pela internet. Se eu for na loja e ver que o preço tá bom, ok. Mas compra planejada que dá pra fazer on line.. Aiaiai, sair de casa pra que?? O comécio on line está aí pra facilitar minha vida em grande parte das coisas que eu gostaria de ter, não sou de hesitar.

E esse caminho para a facilidade virou uma via de mão dupla quando surgiu a possibilidade de vender pela internet. Se eu já fiz isso também?? Claro!! O número de clientes cresce, as suas possibilidades também e muitas vezes a dificuldade é só ali nos Correios postar a encomenda – mas é um trabalho mínimo perto de tantas outras dores de cabeça que poderiam acontecer.
Mas uma coisa é vender uma coisinha ou outra para um público específico, como foi meu caso. Outra é divulgar um produto que você produziu, um serviço personalizado ou aquela coisinha que você comprou, nunca usou e agora quer passar pra frente pra poder ter lugar pra algo que realmente quer. E é pra isso que a magia da compra e venda via internet nos trouxe a possibilidade de anuncios gratis. Esse tipo de classificados vem crescendo cada vez mais e é fácil conseguir lucro sem ter que arriscar um investimento mal sucedido.

Anunciar on line é hoje uma das melhores maneiras de divulgação de um produto novo ou usado principalmente por não atrair somente os vendedores, mas também consumidores. Comprar pela internet é tão simples e rápido que as pessoas estão cada vez mais adeptas a essa prática. É só digitar uma palavra chave e seu produto pode aparecer na tela de alguém que pode estar querendo comprar tanto quanto você está querendo vender. Sem contar o número de pessoas que já têm o costume de entrar em sites de anúncios gratuitos e mais: aqueles que vendem ali e estão aproveitando a venda de algo para comprar também.
Vender e comprar na internet vira um hábito, é só começar. E essa “Era on line” em que vivemos torna isso cada vez mais fácil (e, cá entre nós, prazeroso!!).

Mini-mundo ?