21 motivos para assistir “A Very Potter Musical”

Em 24.03.2011   Arquivado em Harry Potter, Teatro

very_potter_musical

01. Foi um trabalho de alunos da Universidade de Michigan fabuloso, hilário e bem escrito. O ator principal que interpreta o Harry, Darren Criss, hoje trabalha na série Glee, e me deu até vontade de assistir quando descobri isso;
02. As músicas são viciantes, mesmo, você escuta e escuta mil vezes sem se cansar. Minha favorita, é claro, é “Granger Danger”, principalmente na parte fofa que o Rony canta;
03. Lauren Lopez é a garota que interpreta o vilãozinho Draco Malfoy e faz isso melhor do que ninguém. Ela rolando no chão não tem preço e você começa a implicar quando lembra que Tom Felton não faz o mesmo nos filmes. Sem contar que ela é super natural;
04. Você (quase) tem vontade de abandonar Hogwarts e ir pra Pigfarts… É em Marte!!
05. Severo Snape é feio como deve ser, e não maravilhoso como Alan Rickman, e tem um sorriso cativante;
06. Dumbledore acha Snape o bruxo my sexy de todos e “love him”;
07. “Granger, 10 points from Gryffindor.” “Thanks, Hermione!!”;
08. Hermione fazendo tudo o que os meninos mandam e Harry retribui apertando o nariz dela e dizendo “You’re the best”;
09. Cedrico Digory, o “outro”, antipático como deve ser;
10. Cho Chang e suas amigas seduzindo na música mais engraçada de todas;
11. Voldemort e Quirrel voltando do bar e se “abraçando” depois;
12. Voldermort e Bella tentando algo novo;
13. O sapateado de Voldemort;
14. O Dragão cantando junto com Harry;
15. Harry agindo como Garfield numa segunda feira;
16. Rony se declarando pra Mione e eles se beijando no “agora ou nunca”;
17. O poster de Zac Efron;
18. A descoberta de Voldermort sobre como matar as pessoas as deixa morta;
19. Molly Weasley contando que chegou com toda a Ordem da Fênix e o destino deles;
20. O mais importante: o fato de eles terem mostrado, no meio de tantas zuações, o verdadeiro valor da Gina na vida do Harry, fazendo as pessoas sem noção que não entendem o motivo de eles terem ficado juntos finalmente captar que ela é sensacional (Gina é Gina, Gina-versão-Warner é uma babaca);
21. O fato de que temos os vídeos da peça devidamente traduzidos disponíveis no YouTube:

Ato 01:
Parte 1Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5Parte 6Parte 7Parte 8Parte 9Parte 10Parte 11Parte 12Parte 13Parte 14
Ato 02:
Parte 1Parte 2Parte 3Parte 4Parte 5Parte 6Parte 7Parte 8Parte 9

– Eu comecei a ver “A Very Potter Sequel” também, mas não é tão bom quando o 1º, sem contar que ainda não tem legendado, aí parei… Vou deixar passar alguns dias e quando animar denovo faço os 21 motivos pra assistir a continuação também!!

Fim do Harry

Em 18.10.2010   Arquivado em Vídeos

– Túnel do Tempo pra quem já visita o blog desde sempre, hehehe. Enfim. No meu aniversário de 18 anos teve uma baita farra lá em casa e gravamos uns vídeos que foi pro YouTube depois. Entre esses vídeos tinha eu e Camila cantando “Fim do Harry”, nossa paródia tosca de “Tears in Heaven” (do Eric Clapton). Tanto nós duas quanto Daninha e Lorena, que ajudaram a escrever a nova letra, amamos essa música e ela TINHA que ser a música do “nosso vídeo”. Aí eu cometi a proeza de POSTAR O VÍDEO AQUI, porque pagar mico é comigo mesmo.
– E aí a letra da música tava aqui quase esquecida nesses 2 anos que passaram, assim como as imagens que eu tinha separado para finalmente fazer o vídeo. Hoje deu um trem aqui e resolvi que começaria o vídeo… E juntando isso com minha incapacidade de fazer as coisas pela metade, ta-dã, finalmente vocês podem ler a letra de Fim do Harry:

– Pra ver a versão micosa cantada o link é esse aqui!!
Depois eu volto com algo interessante… Se não achar nada eu mostro meu novo corte de cabelo, que não é interessante mas tá bonito, tem foto-tosca no Flickr!!

Opúsculo

Em 16.08.2010   Arquivado em Leitura

Os muitos dias sem postar no início do mês me fizeram acumular vários posts sobre filmes e livros que finalmente vou publicar nos próximos dias. E quando o assunto for literatura é sempre bom lembrar da Promoção 1 iPad ou 100 Livros!!

opusculo Opúsculo: A Paródia (Nightlight: a parody)
Autor: The Harvard Lampoon
Gênero: Romance
Ano: 2009
Número de páginas: 142p.
Editora (Br): Novo Século
Tradução: Grace Khawali
Sinopse: “Nesta hilariante paródia do bestseller Crepúsculo, de Stephanie Meyes, a pálida, desajeitada e obcecada por não humanos, Belle Goose não resiste aos encantos do super incomum, misterioso, fogoso e nerd, Edwart Mullen. Belle chega a Switchblade decidida a viver experiências anormais e logo passa a observar estranhos acontecimentos nesta pequena cidade fora do mapa. Edwart salva Belle d euma bola de neve voadora que misteriosamente se derrete em seu corpo. tais eventos bizarros levam-na a uma dramática revelação: Edwart só pode ser um vampiro. mas como ela poderá convencê-lo a mordê-la se ele parecer ter tanto medo de garotas? Como Belle poderá finalmente se transformar em sua noiva eterna?”
Comentários: Eu já li a revista The Harvard Lampoon superficialmente, quando encontrava em bancas e dava uma olhadinha, mas sempre procurei ler paródias das coisas que gostava porque acho muito mais engraçado. E aí veio um livro inteirinho com a sátira de algo que eu detesto e preciso dizer: hilário!! Bate de dez a zero na história original e pela primeira vez na vida eu fiquei feliz pela saga Crepúsculo existir. A Belle é completamente louca, gente, e o Edwart é o tipo de cara que você quer pegar no colo e ficar com ele pra sempre!! O humor é perfeito (assim como a revista, lógico) e até na parte do romance é bonitinho, eles gostam um do outro de verdade. Eu já dei minha opinião sobre o casal Bella e Edward e acho que gostaria mais da saga “original” se o sentimento deles fosse como na paródia.
Quem é fã-cego da série, daqueles que não consegue ver nada de imperfeito e não aceita outras opiniões é melhor nem chegar perto. Mas todas as outras pessoas que já leram Crepúsculo, gostando ou não, vão morrer de tanto rir!!