Lookbook: I see flowers in your hair

Em 12.05.2018   Arquivado em Moda

Estou vivendo um momento um tanto quanto peculiar porque tenho andado meio desanimada para escrever, mas tão cheia de (boas) ideias que entrar aqui no blog e ver que ele está sem post novo me deixa muuuito triste! Não sei muito bem como lidar, não… Então vamos para uma breve atualização do Lookbook, que aí é novidade, não é feita nas coxas e nem força a barra dessa minha cabecinha preocupada. Mesmo porque descobri que até então eu tinha postado UM ÚNICO LOOK AQUI NESSE BLOG EM 2018, isso é uma vergonha, Brasil!

Usei essa roupitcha bem singela no último fim de semana, quando comemoramos o aniversário da minha irmã. [ATENÇÃO, VAI ROLAR UM DESABAFO AQUI E AGORA!] Já tem um tempo que a hora de me vestir virou uma breve tortura pessoal na minha vida pois eu tenho odiado muito meu corpinho, meu rostinho e principalmente minha mente, que é o que me faz odiar os outros dois. Nesse dia, faltando apenas alguns minutos para receber pessoas queridas aqui em casa, não foi diferente. Olho tudo o que tenho no meu armário, percebo que a grande maioria das coisas não cabe em mim, vou procurar o que cabe e descubro que obviamente está sujo/lavando porque é o que tô usando, vou pro armário da minha irmã, descubro que as coisas lá também não cabem, mas aceito usá-las porque 01) ficam “menos grandes” e 02) é sempre mais fácil ver beleza na grama do vizinho, né! Foi assim que nasceu esse “look”.

Pra ser bem sincera eu podia ter usado minha própria jardineira, que era a ideia original porque achei que combinava com essa coroa de flores que tanto eu quanto ela ganhamos pra ocasião… MAS ROLOU UMA PREGUIÇA ENORME DE RASPAR AS PERNAS, MINHA GENTE! Como ainda não sou desconstruída o suficiente para receber visitas com pelos à mostra, infelizmente, peguei a dela que é comprida… Que tem uma das alças estava estragada! Então, fingindo estilo mas na verdade improvisando soluções, resolvi ficar com ela meio aberta mesmo. Combinou com essa vibe boêmia urbana, tá bonita, gostei!

Lookbook: I see flowers in your hair

Descrição das peças no Lookbook!


Enfim, as poses da foto são aquele negócio, né, nada de bonito com a cara não muito amigável, eu tava com pressa, mores, desculpa! Pra completar uma camiseta (também da Daninha) branca básica, um colarzinho de gatinho que tenho há ANOS e só passei a usar depois de ter adotado a Arwen e o item principal: MEUS SLIPPERS DA BARBIE! Ai, sério… ELES SÃO LINDOS! Tô apaixonada, viraram meus sapatos favoritos no mundo! Mas também, cá entre nós: são cor-de-rosa, sem salto e cheio de marcas de batom. Para ficar mais minha cara só se tivesse uma foto colada neles!

Lookbook: I see flowers in your hair

Slippers da Barbie by Moleca

Lookbook: Say “WHAT” again!

Em 21.01.2018   Arquivado em Moda

Eu já falei aproximadamente umas 827 vezes nessas interwebs da vida que Pulp Fiction é um dos meus filmes favoritos. Quando a gente viajava de carro meus pais sempre ouviam a trilha sonora na estrada e me deixaram assistir antes sequer de ter idade pra isso, aos 15/16 anos. Desde então já gostei e entendi perfeitamente o estilo Tarantino: é classe B, beirando o trash, mas é bem feito. Politicamente incorreto, sim, mas serve pra cutucar mesmo, não incentivar. Normalmente não é “meu estilo”, mas com ele acaba sendo, não tem um que não tenha gostado até hoje (falta “À Prova de Morte” na minha lista ainda!). E aí quando a Lili, minha amiga, viu essa blusa que mistura meus personagens favoritos com cachorros – ou seja, “Puppy Fiction” – já pediu para eu experimentar, porque queria levá-la pra mim! Obrigada, Lili, óbvio que ia virar look!

Eu usei essa roupa no aniversário do Nickolas, um amigo que tem um canal no Youtube MUITO BACANA, o Colectorama… Meio que guardei pra uma ocasião especial. O objetivo não era ir toda de preto, pensei em botar outro sapato pra quebrar um pouco, mas em cima da hora saí assim. A vantagem é que sempre rola um toque colorido com os batons vermelhões, né? Esse é OBVIAMENTE o Mrs. Mia Wallace, da Urban Decay… Não só por ser um dos favoritos e por eu estar novamente viciada nele, nem porque TAMBÉM foi um presente da Lili… Mas gente, essa linha é justamente inspirada no filme! Escolher qualquer outro teria sido escolher errado. A blusa já citada é da Dog’s Mom, um loja aqui de BH que tá nascendo agora e é toda nesse estilo, colocando doguinhos na cultura popular, quero várias. O cabelo tá preso nessas tranças bem mal feitinhas porque TÁ CALOOOOOOR! (E as poses são as mesmas de sempre, num consigo desapegar dessa mãozinha na cintura e perninhas cruzadas.)

Lookbook: Say ''WHAT'' again!

Descrição das peças no Lookbook!

O título do look é uma das citações geniais do Jules Winnfield, interpretado pelo Samuel L. Jackson, que depois disso virou a “musa inspiradora” do Tarantino marcando presença em praticamente todos os filmes dele. Foi assim, inclusive, que se tornou um dos atores que mais gosto na vida. Por fim é aquele negócio, a gente se veste 99% Tarantinete dark-gangster com colar de caveirinha… Mas aquele 1% é princesa Disney usando Band Aid da Elsa de Frozen, hahaha!

Lookbook: Say ''WHAT'' again!

Lookbook: FUN(damental rights)!

Em 03.01.2018   Arquivado em Moda

Olha, olha, quem está fazendo o primeiro post de look de 2018… FELIZ ANO NOVO, GALERA! Que seja bem tranquilo cheio de risos e sorrisos! E pra combinar com o clima eis a roupitcha que eu IA usar na virada de ano e acabei usando na véspera mas tá valendo mesmo assim, com a última das quatro camisetas da MinKa que chegaram aqui em casa mês passado. No dia minha irmã ficou apaixonada por essa “Girls Just Wanna Have Fun-damental Rights” e, como aparece no vídeo que gravamos, dei pra ela de presente, mas combinamos que eu estrearia antes. No fim das contas ela meio que me “devolveu” por motivos que vocês vão descobrir já já, mas aqui uma sempre veste roupa da outra, é de boa, hahahaha!

Quando eu fiz minha wish list da loja adicionei essa não especificamente por causa da frase, que é ótima, mas principalmente porque a parte “pichada” é feita com um batom vermelho, que é quase minha marca registrada da vida! Por esse motivo e por causa desse clima de Réveillon, o resto da roupa foi toda dessa cor: o sutiã aparecendo, a calça que já já desbota prum rosa de tão velhinha e as sapatilhas novíssimas que ganhei de natal e me fizeram perceber o quanto sou previsível, porque tenho quatro praticamente iguais, só de cores diferentes – mas eu gosto, me deixa! Além disso usei o colar Vira-Tempo que ganhei de amigo oculto no meio de dezembro e na boca o “Mrs. Mia Wallace”, da Urban Decay.

Lookbook: FUN(damental Rights)

Descrição das peças no Lookbook!

E agora… O motivo pelo qual a *brusinha* “voltou” pra mim e pras poses da segunda e terceira fotos: dia 30, quando rolou a reunião de amigos onde usei esse look, fiz minhas duas primeiras tatuagens! Pretendo escrever um post sobre isso direitinho, mostrando com mais carinho e contando a história de cada uma, mas em resumo agora Lulynha conta com um elefante no pulso esquerdo e uma frasezinha na costela direita! Marquei a primeira e chegando lá acabei saindo com a segunda também, que me dá vontade de só usar roupa cavadona assim. Amei, adorei, achei tudo, quase não senti dor e já quero mais, essa merda vicia, gente, de verdade! Quem fez foi a Larissa Louise, que não só arrasa no traço como também é super simpática e gentil, farei algumas próximas com ela com certeza!

Lookbook: The Present is Female

Em 23.12.2017   Arquivado em Moda

Quando chegou o pacotinho de camisetas da MinKa aqui em casa, um momento de muita emoção que foi inclusive gravado, eu fiquei muito animada porque tinha blusas o suficiente para várias dessas festinhas que rolam no fim do ano. Duas delas já foram estreadas (e postadas no Lookbook) num mesmo fim de semana, no amigo oculto de um grupo de amigos e em um aniversário que fui no dia seguinte. Tem uma guardada pra virada do ano e essa noite, na comemoração de natal dos meus parentes, também não podia faltar!

Essa “The Present Is Female” é a minha favorita do site! Tanto que foi uma das duas que comprei (as outras vieram de presente, hihihi)! Desde o início já estava guardada pra essa ocasião porque, né, a gente já chega no lugares com *brusinha* feminista pra galera saber que não é pra fazer comentários babacas! E como a parte vinho era da cor CERTINHA de uma calça que eu tenho nem foi preciso pensar demais pra combinar. O topete foi uma decisão tomada já há algum tempo e que só pode ser concretizada graças a uma esponjinha que serve especificamente pra isso, porque aquela história de que dá pra fazer desfiando o cabelo com pente é furada, foi mal…

Lookbook: The Present Is Female

Descrição das peças no Lookbook!

Esse batom é o Mrs. Mia Wallace, da Urban Decay, que está sendo minha escolha padrão de fim de ano… Não só por ser lindo, o que ele é mesmo, mas também porque a data de validade tá se aproximando e CAPAZ que vou deixar um milímetro sequer dessa maravilhosidade ir pro lixo. O livro ganhei de amigo oculto do Gil semana passada, tava na minha wish list há tempo: “Mulheres Incríveis”, da Kate Schatz, que tem na versão brasileira algumas adições da Jules de Faria da “Think Olga”. Achei que tinha tudo a ver e inclui nas fotos… Vou terminar de ler e conto pra vocês o que achei!

Lookbook: The Present is Female

Lookbook: The Present is Female

Eu sempre quis fazer essas fotos “de cima” do look completo, gente, tô orgulhosa de ter tido tempo dessa vez, hahaha! Esse vai ser o último post de lookbook de 2017, mas mês que vem já começo mostrando o de ano novo. É também o penúltimo dia de Blogmas, mas como amanhã será publicado um conto, e não uma “conversinha” que nem agora, já vou aproveitar pra dizer desde já que tô MUITO feliz de ter conseguido participar esse ano… Mesmo que meu planejamento tenha saído muito do que eu queria no início, não importa. Já vão se preparando porque vai ter uma nova dose em 2018!

Blogmas 2017

Lookbook: We Should All Be Feminists

Em 19.12.2017   Arquivado em Moda

Olha a MinKa marcando presença em mais um post de Lookbook, gente! E dessa vez com a camiseta MAIS IMPORTANTE DE TODAS que eu queria muito e a Yasmin, linda, me mandou de presente (o vídeo do unboxing tá aqui!). Eu sempre digo isso, mas lá vai: por muito tempo tive medo de usar a palavra feminista e seus derivados, não porque eu não entendia o que significa, mas porque sei que as pessoas de um modo geral não entendem e tinha medo de ser julgada. Mas aí fui me descobrindo cada vez mais “ativista” e simplesmente parei de besteira, resolvi estampar isso onde quer que eu fosse. Agora, inclusive, faço o contrário de antes, tento sempre “jogar” essas expressões nas pessoas pra elas verem que é algo positivo, que é equidade! Por esse motivo acho essa camiseta “Feminista Significado” NECESSÁRIA demais, quanto mais gente entender, melhor pra todo mundo… Já que o machismo prejudica até mesmo os homens, em uma escala diferente.

Esse look tão relevante pra mim é, porém, também uma mini fraude… A festa que fui no dia que o usei tinha piscina, então por baixo da camiseta não estava esse sutiã rosa e sim meu maiô preto e branco amado. Porém eu achei melhor tirar as fotos assim porque, por mais que fosse prático pra ocasião, a gola dele ficou BEM mais alta que a da camiseta, então visualmente não estava tão legal… Uma mentirinha do bem, né, vocês claramente vão me desculpar uma vez que sou uma menina sincera que admite essas coisas. O salto depois de um tempo também foi trocado por um chinelo, obviamente, e como tem detalhes coloridos combinou super com o lação que ganhei na véspera! Ele é meio arco-íris com glitter, sério, meu novo laço favorito! O batom é o Mrs. Mia Wallace, da Urban Decay, e esse solzão na cara tornou impossível manter os olhos abertos, o que deixou minha covinha mais aparente que o normal (e eu amo essa danadinha).

Lookbook: We Should All Be Feminists

Descrição das peças no Lookbook!

O livro “figurante” nas fotos, que deu título ao look, é o “Sejamos Todos Feministas” da Chimamanda Ngozi Adichie, uma transcrição do discurso de mesmo nome que ela deu no TEDx Talk 2012 e pode ser visto na íntegra no YouTube. Depois a Beyoncé adicionou fragmentos dele, como esse que está na camiseta, em sua música “Flawless”, e aí o trecho estourou de vez. O que é ótimo, lindo e maravilhoso, né? No conjuntinho não deu pra ver ele direito porque é estreitinho, mas como a gente gosta de mostrar as coisas direito tem uma foto extra só pra isso! Inclusive gostei tanto dela, mesmo com os olhinhos cerrados, que saí postando em tudo que é rede social, claro!

Lookbook: We Should All Be Feminists

Blogmas 2017

Página 1 de 9123456789