6 on 6 Julho: Livre/Harry Potter

Em 07.07.2016   Arquivado em Fotos, Harry Potter

Hoje eu tô TODA ERRADA e mudei por um mês de 6 on 6 para 7 on 7, mas como é o sétimo mês, esse é o número mágico mais poderoso de todos e atrasei 24h na postagem vai dar tudo certo! Mais uma vez o tema do projeto é Livre e escolhi então mostrar um pouquinho das minhas tranqueiras de Harry Potter, e aí está o motivo dessa mudança momentânea: eu não queria ter que deixar algum dos livros de fora, então decidi que postaria uma foto a mais! Escolhi esse foco em julho por motivos óbvios de ser o mês de aniversário do Harry, da J.K. Rowling e meu também, e aí a coisa acabou casando tão bem que meus erros acabaram ficando bonitinhos, num vamos reclamar, né? (Meus livros estão todos destruidões meeeesmo, do jeito que eu gosto, foram lidos e relidos milhares de vezes, se preparem!)

6 on 6 Julho
6 on 6 Julho
6 on 6 Julho
6 on 6 Julho
6 on 6 Julho
6 on 6 Julho
6 on 6 Julho

Dessa vez não tenho muito o que explicar de cada uma delas, simplesmente peguei coisinhas que achava que podia combinar com cada parte da história e montei a composição. Para a Pedra Filosofal minhas miniaturas de boneca foram escolhidas porque remetem a esse início, o primeiro embarque e tudo mais, e a Joanne foi a modelo da vez porque o nome dela é uma homenagem à Rowling, tava passando da hora de ela aparecer aqui de aluninha da Grifinória. A Câmara Secreta foi o tema do Hogsmeeting desse ano, então usei a ecobag do evento junto com o lindo do Dobby que não é meu e sim de vocês, porque tá sendo sorteado aqui no blog, é só clicar nessa imagem aí em baixo para saber como participar (eu tirei da caixa rapidinho pra foto, não me matem, já devolvi direitinho sem nenhum defeito, juro juradinho). O Prisioneiro de Azkaban é, na minha opinião, o melhor dos livros e foi uma maneira de homenagear a Hermione, porque é minha personagem favorita da vida e tanto o Bichento quanto o Vira-Tempo são super importantes pra ela, e é quando eles aparecem.

Não tem como, quando penso em O Cálice de Fogo duas coisas martelam na minha cabeça apenas: Baile de Inverno e Torneio Tribruxo, tive que misturar minha blusa da Cia do Ponto com meus paper toys do casal #1… Originalmente a Hermioninha tinha o vestido rosa igual ao filme, mas eu pedi pro Ramon fazer essa de azul exclusiva pra mim, olha que amor! A Ordem da Fênix considero o livro mais importante da série e não sabia o que fazer, então fui basicona com pin do Ministério da Magia e lacinho rosa da Umbridge – a coruja é mais pra encher espaço, sabe como é. Para o Enigma do Príncipe uma foto comemorativa, já que tem sessão do fã clube dia 17 agora do filme, aí resolvi aproveitar e já criar algo que vou usar na divulgação dela também, juntando a fome com a vontade de comer. E fechando temos o meu favorito, Relíquias da Morte que eu podia ter colocado UM MILHÃO DE COISAS pra representar, mas Rony e Mione ganham de todas elas no meu coração tanto individualmente como juntos, então ficou aí uma homenagem ao momento em que meu casal favorito virou um casal oficialmente e para sempre!

Agora não deixem de conferir os posts dos outros participantes do projeto: Cris, Igor, Lucas, Maíra e Renatinha!

Participe do sorteio de 12 anos do blog!

6 on 6 Junho: Desfocado

Em 06.06.2016   Arquivado em Fotos

E estamos no 6º mês do ano com o 6º post do Projeto 6 on 6 (mentira minha porque não postei em abril, mas ok)! Dessa vez o tema é Desfocado e eu achei ótimo porque vai ser minha chance de mostrar algumas fotos desse ano e que adorei, porém que foram PESSIMAMENTE tiradas e saíram de foco, então hoje o que é tosco vai virar arte, gente, dá ser mais legal? Num dá não! Eu sei que o objetivo mesmo é mostrar as coisas propositalmente desfocadas, mas aqui a interpretação é livre e é cheia de amor, então vamos fazer do nosso jeitinho e é isso aí.

6 on 6 Junho
6 on 6 Junho
6 on 6 Junho
6 on 6 Junho
6 on 6 Junho
6 on 6 Junho

01 e 02. Essas duas fotos são de uma sessão que fiz do Reginald, meu Isul, com um dos Taeyangs da minha irmã, já que os outfits originais de ambos são na temática de Sherlock Holmes (dá pra ver umas aqui e aqui) e eu tava doida pra brincar um pouco com a mini lupa deles, mas claramente deu errado nos dois casos. A primeira é focando na miniatura perfeita de arma e na segunda Reg tá investigando a gente, essa coisa fofa do meu coração;
03. Eu não tinha reparado que essa foto estava desfocada até entrar na pasta onde ela estava para procurar, vejam bem que atenta sou! Isso aí é parte do making of da produção do meu primeiro (e por enquanto único) caderno arco-íris, que por sinal ficou liiindo, quase fiquei com ele pra mim, mas no fim das contas presentei a pessoa para a qual ele foi feito mesmo. Tem fotos lá no Expresso Rosa;
04 e 05. Momento “registro fail” no último Disney On Ice! Eu simplesmente amei essas duas e fiquei um tempão lamentando que elas ficaram tão borradinhas, fico tão feliz em terem sido úteis mesmo assim;
06. Pra fechar com chave de ouro uma foto tirada pela minha irmã no primeiro dia desse mês. Senhoras e senhores, meninos e meninas, essa é a capa do manuscrito do MEU LIVRO! Sim, ele está finalizado, impresso e registrado, agora “só” o que preciso é alguém pra publicar, aí todos vocês vão poder finalmente lê-lo!

Agora não deixem de conferir os posts dos outros participantes do projeto: Cris, Igor, Lucas, Maíra e Renatinha!

6 on 6 Maio: Livre/Ícones

Em 06.05.2016   Arquivado em Fotos

Quem já conhecia o blog antes desse ano sabe que esses ícones coloridinhos aí da imagem de topo era antes todos cinzas e faziam parte da minha background, não tinham destaque relevante nenhum até então. Quando eu fui fazer essa nova versão, porém, queria MUITO colocar uma Estrada de Tijolos Amarelos (sim, esse treco atrás do nome do blog), mas é uma cor que eu não gosto muito e não queria ver “reinando” em nada por aqui. Sem contar que meu foco era continuar usando as minhas favoritas, que são rosa e preto/cinza, então fiquei refletindo sobre como faria isso. A resposta veio logo: para encaixar uma cor perdida eu teria que colocar várias outras junto, e por que não usar meus velhos ícones que foram substituídos pelo novo fundo geométrico? E assim eu consegui ficar mais feliz ainda do que estava antes, porque ficou divertido, combinou comigo.

Esse mês o tema também é “Livre” no Projeto 6 on 6, então resolvi trazer esses elementinhos para a vida real e dar um jeito de serem eles os “modelos” das minhas fotos. Gostei tanto do resultado final, ficou tudo muito diferente e só percebe que eles são uma conjunto quem sabe o motivo. As fotos nem ficaram nada de mais, mas tô apaixonada!

6 on 6 Maio
6 on 6 Maio
6 on 6 Maio
6 on 6 Maio
6 on 6 Maio
6 on 6 Maio

01. Começando pelos óculos vermelhos que são uma baita coincidência. Eu escolhi essa cor aleatoriamente no layout e tinha esquecido desse detalhe no dia que comprei minha nova armação que é IGUAL! Ainda tenho que colocar as lentes, mas tinha que ser a primeira porque foi quando me dei conta disso que tive essa ideia de usar os ícones no projeto! Esse livro é o “Materiais e Técnicas – Guia Completo”, pelo qual eu sou completamente apaixonada, ele é incrível;
(Parênteses para perguntar: vocês têm interesse em ver resenha desse tipo de livro específico aqui, principalmente sobre arte? Tenho alguns bacanas da época da faculdade e posso compartilhar informações legais, mas preciso saber
se vocês querem também!)
02. O raio alaranjado, que representa Harry Potter, veio amarelo porque é a cor do chaveiro, e os ingressos da próxima sessão do Potter Club BH atrás são pra dar um “tchan”;
03. Para o livro cor-de-rosa selecionei… Bem, livros que temos aqui em casa e a capa é dessa cor! Peguei só alguns e tentei deixar os temas bem variados, pra ficar mais legal;
04. O laço turquesa eu ganhei de presente a uns dias atrás e caiu como uma luva aí nos cabelos da Mimia, que foi a escolhida da vez porque é fofa mesmo!
05. Fiquei pensando em como faria um Mickey verde, que é a representação da Disney, até que tive essa ideia de usar minha fruta favorita pra fazer uma versão divertidinha dele, foi a que achei mais criativa;
06. E por fim o principal: a Estrada de Tijolos Amarelos! Isso aí são as folhas de guarda do meu “O Mágico de Oz”, mas para não ficar muito pobrinho coloquei os pés usando os sapatinhos de “rubi”. Colecionar boneca é bom por isso, a gente consegue mini elementos pra representar o que quiser nas fotos!

Agora não deixem de conferir os posts dos outros participantes do projeto: Cris, Igor, Lucas, Maíra e Renatinha!

6 on 6 Março: Duas Cores

Em 06.03.2016   Arquivado em Fotos

Esse é o primeiro post do 6 on 6 com tema escolhido pelo grupo, gente, olha que lindeza! Dessa vez escolhemos fazer fotos com Duas Cores, o que eu descobri que é MUITO DIFÍCIL! Sério, tudo o que eu olhava achando que poderia ficar legal tinha três, penei até conseguir ficar satisfeita, mas fiquei!!

6 on 6 Março
6 on 6 Março
6 on 6 Março
6 on 6 Março
6 on 6 Março
6 on 6 Março

01. Procurei e procurei algum livro que tivesse a capa só de duas cores e lembrei que “O Caminho Jedi” é cinza e prata
02. … enquanto “O Livro dos Sith” é vermelho e preto;
03. Logo de M&M’s branca e marrom da lapiseira que uso na agenda aqui do blog;
04. Momento “broken heart” com minhas duas cores favoritas: rosa e preto;
05. Já que tô nessa vibe de encadernação-mania (esse mês mostro pelo menos mais dois no Expresso Rosa) e queria muito que tivesse algo preto e branco aí está, um dos rolinhos de linha que uso pra costurar os cadernos;
06. Minha blusa do Hogsmeeting, que já é mês que vem! Eu ganhei ela da Cia do Ponto ano passado e estou desde então esperando para usá-la… Na edição passada já rolaram algumas pretas, mas essa bordô e dourada meio “Grifinória” foi feita só pra mim!

Agora não deixem de conferir os posts dos outros participantes do projeto: Aninha, Igor, Lucas, Maíra e Renatinha!

Último dia

Em 26.02.2016   Arquivado em Escrevendo

Naquela época, no auge da infância, a gente nunca ia imaginar que eu tinha as cordas vocais ferradas, então minha professora me escolheu como um dos alunos que faria parte do coral comemorativo de 50 anos da escola. Eu sei, hoje em dia é até engraçado imaginar isso, mas foi o que rolou, por mais incrível que possa parecer. Fizemos a primeira apresentação na festa de aniversário e depois, por que não, eles resolveram manter aquele grupo de alunos em outras apresentações, como o Auto de Natal e, nos anos seguintes, festas juninas e qualquer outra ocasião que houvesse para a gente cantar.

Gravamos cds, cantamos em recepções de seminários, festas no shopping e aberturas de agências bancárias e, a cada nova apresentação, eu amava mais e mais fazer parte do coral. Meu amigos foram cansando depois de dois anos, mas eu continuava firme e forte, tendo que ir para a escola em horários fora de aula pros ensaios e levando a família toda pras apresentações. Era engraçado porque à medida que o tempo foi passando eu era uma das mais velhas da turma, mas continuava nas primeiras fileiras porque pequenininha daquela jeito tinha que ficar entre os mais novos e mais baixinhos. Porém, como tudo o que é bom dura pouco, na quarta série a primeira fase do Ensino Fundamental acabou e eu tive que sair da escola, deixando de fazer parte também do coral. Naquele ano eu me preparei pra cada apresentação com mais e mais alegria e no dia da última delas, o Auto de Natal de 2000, TODO MUNDO foi pra escadaria da escola me assistir cantando pela última vez. Eu nunca esqueço que eu e uma amiga (que é filha de uma amiga da minha mãe) nos arrumamos juntas lá em casa e até passamos uma sombra brilhosa nos olhos, que fomos descobrir depois que na verdade era purpurina para usar no papel, e não no rosto. Mas a gente não ligou, não. Coisa de criança né?

Ao final da apresentação eu chorei. Primeiro porque eu choro mesmo, sou a pessoa mais chorona que já existiu nesse mundo, e segundo porque estava tendo que me despedir da minha escola querida, meus amigos queridos e meu coral querido. Mas depois que as lagriminhas acabaram a gente se divertiu até… Acho que criança “supera” essas coisas com mais facilidade e, bem, a gente ia comer pizza naquela noite, não tinha muito do que reclamar, né? Mas uma coisa eu fiz questão de fazer antes de ir embora e o Rodrigo, que também estava “formando”, concordou comigo: nós tínhamos que pisar na grama da fachada da escola, aquela grama que era proibida para todos os alunos, uma vez que não estudávamos mais lá e ninguém poderia chamar nossa atenção. E foi ali, naquela grama, que tiramos uma foto celebrando aquela data “especial”.

Olha, eu até tentei participar do coral da minha nova escola, mas como foi a ÚNICA aluna a fazer isso não deu muito certo e cancelaram a ideia. Me colocaram pra ser backing vocal da banda que os meninos do Ensino Médio tinham montado e era isso aí, foi minha última experiência como cantora da vida (para o bem de nossos ouvidos). Mas foi uma fase que rendeu várias histórias saudosas e uma das fotografias favoritas que temos da infância, desrespeitando regras e sendo aplaudidos por isso!

Creative Writing Prompts 02
Rodrigo (irmão da Pati), Daninha (minha irmã), Patiquinha (nossa melhor amiga-quase-irmã) e eu, no nosso momento *vida loka*. Porém não sigam nosso exemplo pois pisar na grama é feio e faz mal pras plantinhas, ok crianças? Ok!

Esse post foi inspirado na proposta #02 do Creative Writing Prompts, que oferece mais de trezentas ideias legais para desenvolver sua escrita criativa. É o entre os 25 que me propus a escrever até outubro de 2018!
Nesse específico eu tive que expressar em apenas 10 minutos todos os sentimentos que essa foto me trouxe, então me perdoem pelo texto meio sem nexo, achei melhor publicá-lo assim mesmo porque essa que é a graça do negócio, né, se fosse arrumar demais ou censurar o resultado perdia todo o sentido. Só finalizei e revisei mesmo!

Página 3 de 9123456789