A Bela e a Fera 3D

Em 09.02.2012   Arquivado em Disney, Filmes

A Bela e a Fera 3D (Beauty and the Beast 3D) *****
Elenco (vozes): Robby Benson, Paige O’Hara, Richard White, Jerry Orbach, Angela Lansbury, David Ogden Stiers, Bradley, Michael Pierce, Jesse Corti, Rex Everhart
Direção: Gary Trousdale, Kirk Wise
Gênero: Animação/Romance
Duração: 84min
Ano: 1991/2011
Sinopse: “Uma das animações mais aclamadas e apreciadas de todos os tempos está de volta pela primeira vez em 3D. Siga as aventuras de Bela, uma jovem brilhante que se encontra dentro de um castelo de um príncipe que foi transformado em uma fera. Com a ajuda dos funcionários encantados do castelo, Bela logo aprende a lição mais importante de todas: que a verdadeira beleza está dentro de nós.” (fonte)
Comentários: MÁGICO!! Que outra palavra usar?? É um clássico Disney, é lindo demais e agora é em 3D com todos os planos destacadíssimos, toda aquela diferença de profundidade maravilhosa que teve em “O Rei Leão”, fazendo você perceber mais do que nunca cada detalhezinho do filme.
Eu sou super a favor desses relançamentos da Disney em 3D. Não estraga o filme, fica maravilhoso e eu tenho a chance de ver todos esses clássicos que amo numa telona de cinema. Queria realmente que Branca de Neve ganhasse uma versão, acho que é o tipo de filme que merece pelo histórico dentro da Disney. Mal posso esperar por “Procurando Nemo 3D”!!
Foi um pouco triste no caso d’a Bela e a Fera porque a cena da música “Humano Outra Vez” faltou, já que é a versão de cinema, e eu gosto da cena porque a que lembro mais nitidamente de assistir quando era criança. Mas fora isso não tenho do que reclamar, vale SEMPRE a pena.
E outra coisa linda é que antes do filme passou o curta “Enrolados Para Sempre”, hilário, deu pra rir em 6 minutos mais do que ri em “Enrolados” em si, e olha que eu gostei do filme!!
Melhores Cenas: A minha cena favorita do filme, como a de 90% da população, é a deles dançando a música tema porque, né? É linda, toda linda. Música linda, cores lindas, clímax lindo. Porééééém no 3D tiveram duas cenas que ficaram muito incríveis. Pra começar os primeiros minutos da primeira cena, quando vai entrando pelo jardim em direção ao castelo. Sério, até brilhava de tão bonito.
E, claro, a cena da Fera se “transformando” no Príncipe Adam. Chove, brilha, solta foguetes, é uma explosão de elementos saltando da tela e com beijo de amor verdadeiro Disneyco pra finalizar. Como não chorar??

A Bela e a Fera 3D

ps.: uma curiosidade LINDA que eu não sabia: A Bela e a Fera foi lançada no Brasil oficialmente dia 10 de julho de 1992, no dia do meu aniversário de 2 anos!! Ai, fiquei emocionadinha #manteigaderretida

Gato de Botas

Em 06.02.2012   Arquivado em Filmes

Temporada de filmes + falta de internet ao mesmo tempo, será que posto tudo até fevereiro acabar?? hehehe

Gato de Botas Gato de Botas (Puss in Boots) *****
Elenco (vozes): Elenco: Antonio Banderas, Zach Galifianakis,Salma Hayek, Amy Sedaris, Billy Bob Thornton, Ryan Crego, Tom Wheeler, Rich Dietl, Guillermo del Toro, Constance Marie, Conrad Vernon, Tom McGrath, Bob Joles, Jessica Schulte, Mike Mitchell
Direção: Chris Miller
Gênero: Animação/Aventura
Duração: 90 minutos
Ano: 2011
Sinopse: “Conheceremos o divertido Gato de Botas desde seu nascimento, como um fofo gatinho, até ele se tornar o felino visto em Shrek. No filme, Gato de Botas irá se juntar a mais dois amigos, Humpty e Kitty para tentar capturar a famosa e cobiçada galinha que põe ovo de ouro. Será que essa quadrilha vai conseguir concretizar o plano?” (fonte)
Comentários: Antes de contar do filme, tenho que contar o dilema que eu tinha pra ver o filme. Primeiro porque não gosto de filme em 3D (tirando casos específicos, como filmes que gosto e estão voltando em 3D), mas o Gato de Botas é o personagem favorito da Daninha em Shrek. E segundo porque foi MUITO difícil escolher entre ouvir a voz que estamos acostumadas na dublagem e a voz do Antônio Banderas. No final demorou tanto pra gente ir ver que só tinha a opção 3D dublado no Pátio Savassi, então 3D dublado foi!!
Eu sou puxa saco da Disney+Pixar, logo tenho preconceitinho contra os filmes de animação da Dreamworks, mas Shrek é Shrek, e se tiver filmes de qualquer personagem da história do meu ogrinho querido eu VOU GOSTAR. Pronto. Tá definido.
Então eu gostei desse. Como sempre eles misturaram algumas histórias e personagens, como Humpty Dumpty e “João e o Pé de Feijão”… E fazem isso sempre muito bem, pra isso temos que tirar o chapéu (e que seja um chapéu no estilo Puss in Boots!!). A personagem feminina, Kitty, é bem simpática (aquela patinha, cute-cute da mã-mã), os vilões te fazem rir muito, Humpty dá vontade de fazer omelete (hehe) e a Gansa dos Ovos de Ouro é a coisinha MAIS LINDA DO PLANETA, dá vontade de abraçar, apertar e trazer pra casa.
O Gato então, bem, a gente já sabe, é o Antonio Banderas encarnado, hehe, a versão bebê dele fazendo “os olhinhos” foi um “ooooooooowwwwnzzzz” com olhos brilhantes no cinema.
Porééééééém… A MUITO TEMPO que vinham anunciando o filme do Gato, e aí foi vindo Shrek em cima de Shrek, e Shrek especial de Halloween e Dia das Crianças e tudo que se pode imaginar, e a espectativa pro filme do Gato só aumentava. Lóóógico que não fariam um filme com a história original (já tem isso no Shrek 2), mas os boatos é que o subtítulo seria “A história de um matador de ogros” ou algo assim. Ou seja: Gato de Botas larápio e sem-vergonha.
Aí vem esse filme, tudo bonitinho… E ele é HERÓI!! E num é herói larápio e sem-vergonha, como na história original, é herói injustiçado, muito triste, hahaha.
Sem contar que eu vi uma hora e meia de filme pronta pra ver o momento em que faziam uma conexão daquela história com a ida dele pra Tão, Tão Distante e aí o filme acabou e… Nada!! Foram duas decepções baseadas nas minhas espectativas pessoais, que fez eu gostar menos do filme que gostaria. Mas no mais, achei engraçado e super bem feito!!
Melhores Cenas: Gente, eu TENHO que contar, mas a melhor parte do filme foram os trailers!! hahaha Porque, né, a gente viu em 3D, e aí o primeiro trailer já veio com castelinho e símbolo da Disney e eu já comecei a chorar ali!! A Bela e a Fera 3D saiu essa semana, ai gente, eu tenho que postar sobre ele também. E o melhor, o trailer seguinte era de “Ameaça Fantasma”!! Aaaah, uma semana Disney e na outra Star Wars, tudo 3Dzinho, fevereiro vai ser lindo!!
– Mas ok, Luly, foco. Melhores cenas do filme são as da Gansa. Ela é realmente muito linda meeeesmo. Toda vesguinha e neném. Queria uma pra mim. Mas num posso tê-la, e quem viu o filme sabe o motivo, hehehe.
E além dela, tem outro personagem secundário que é irresistível. Assistam o trailer aí em baixo e percebam no gatinho coadjuvante que faz barulhinho de “Ooooown” e tampa a boca. Sário, não dá pra reproduzir o som dele, e é muito hilário!
Trailer:

O Rei Leão – Edição Diamante

Em 06.10.2011   Arquivado em Disney, Filmes

E depois de ficar os tradicionais oito anos preso no baú de relíquias inatingíveis da Disney, O Rei Leão voltou agora no outono de 2011 (aqui no Brasil primavera, lógico) e com novidade: ao mesmo tempo em que a versão 3D foi lançada no cinema mundialmente!!
E agora com o recurso Blu-ray você pooode comprar a versão 3D pra sua casa em alta definição e MAIS: quem não tem Blu-ray se ferra!! A Disney aboliu de vez o Dvd Duplo na Edição Diamante e agora para ter o filme em dvd só comprando num combo junto com Blu-ray e a Digital Copy do filme!!
Mas tudo bem, não faz mal, a gente é fã, né não?? A primeira coisa que aconteceu quando saiu a pré-venda foi eu clicar pra comprar. Aí deu confusão, não tinha estoque suficiente, não recebi o dinheiro de volta, passaram duas semanas sem ninguém dar notícia nenhuma e do nada FINALMENTE eu recebi essa coisa linda aqui em casa:

The Lion King ?
O primeiro filme que vi no cinema foi também meu primeiro Blu-ray!!

– Coloquei o Dvd pra assistir ao filme e era isso que tinha: O FILME!! Um extra LINDO contando como as ideias foram surgindo e . Nem o tradicional videoclipe com estrelas Disney… Eu tava empolgada porque li boatos de que era Demi Lovato cantando “Circle of Life”, mas aí quando fui olhar atrás da capa o conteúdo do Blu-ray parece que dessa vez não teve clipe nenhum (e a página na Wikipedia me confirmou). Espero que não tenham abolido isso de vez porque os clipes eram o que ue mais gostava nos extras das edições Platinum/Diamante.
Mas, segundo a capa do disco, parece que tem coisas legais: erros de gravação, os bastidores dessa edição e o mais importante: a música “Relatório Matinal”, que eles colocaram na Edição Platinum, foi retirada, a cena original é a que aparece tanto no Dvd quanto no Blu-ray e na versão digital, e colocaram como cena extra musical.
(isso é realmente importante pra mim porque eu ODEIO a música, prefiro mil vezes o Zazu narrando os fatos pro Mufasa, fiquei toda alegrinha quando vi o filme no cinema em 3D e vi que tinham tirado).

O menu do Dvd é bem bonito. Não tem a abertura divina da outra edição e nem a narração in-su-por-tá-vel do Zazu, e como não tem muitos extras não tem também vários cenários, mas o menu se divide na verdade em 3 momentos quando você assiste até o final: a Pedra do Rei, mostrando a vida do Simba enquanto toca o instrumental de “Circle of Life”, depois o Cemitério de Elefantes com Scar, as hienas e momentos tristes da história com “Be Prepared” ao fundo e o final tem um pedacinho de “Hakuna Matata” que dura pouco, porque as imagens de Timão e Pumba com Simba na cachoeira são substituídas rapidinho pela cena dele com a Nala e o som de “Can You Feel The Love Tonight” – e se vocês achavam que era impossível alguém chorar só de ver o menu de um filme, pronto, não é mais.
No mais o filme foi restaurado, tá LINDO como sempre… Mas eu ainda preciso assistir os extras pra ver se valem tanto quanto da Edição Platinum, eles eram ótimos. Quado eu conseguir assistir edito o post!!

– Mas aí, a melhor notícia do Dvd (tirando o fato de que eu posso ver esse filme todo dia agora, se quiser) foi antes mesmo do Menu aparecer, assim que começou o lendário “Disney Fast Play” que apresenta os próximo lançamentos… E a próxima edição Diamante trará nada mais, nada menos do que “A DAMA E O VAGABUNDO”, e eu nunca quis que abril chegasse tão rápido, esperem que daqui a 6 meses terá review dela por aqui também!!


Já é pra derramar lágrimas, produção, ou eu espero ele chegar aqui??

O Rei Leão 3D

Em 12.09.2011   Arquivado em Disney, Filmes

Um milhão de assuntos atrasados!! Fui ao Rio esse fim de semana e voltei com coisas legais pra trazer pra cá, maaaaaaaas antes eu preciso falar sobre isso antes que o Dvd chegue aqui em casa e eu já tenha outro post do mesmo tema pra escrever.

O Rei Leão 3D title= O Rei Leão 3D (The Lion King 3D) *****
Elenco (vozes): James Earl Jones, Matthew Broderick, Jonathan Taylor Thomas, Moira Kelly, Niketa Calame, Madge Sinclair, Jeremy IronsErnie Sabella, Nathan Lane, Rowan Atkinson, Robert Guillaume, Whoopi Goldberg, Cheech Marin, Jim Cummings, Zoe Leader
Direção: Rob Minkoff, Roger Allers
Gênero: Animação
Duração: 89 minutos
Ano: 1994/2011
Sinopse: “O Rei das bilheterias está de volta aos cinemas, pela primeira vez em 3D! A história conta as aventuras de Simba, um filhote de leão que está ansioso para se tornar rei. O REI LEÃO é um Clássico Disney que encanta os olhos e desperta a curiosidade para os ciclos da vida, aos quais todos nós fazemos parte.” (fonte)
Comentários: Antes de falar do filme, quero falar de um tema muito importante que vai ser meu meio de mostrar pra vocês a intensidade desse post. Vocês lembram o PRIMEIRO filme que viram no cinema?? Eu lembro… Foi em 1994, com minha mãe e meus primos. Eu nunca vou esquecer aquela tela gigante na minha frente, quando ainda existia cinema fora de shopping em Belo Horizonte. E a cena que mais lembro desse filme naquela telona era o Zazu voando em direção à Pedra do Rei.
Pois então. O primeiro filme que eu vi no cinema foi “O Rei Leão”. E no ano seguinte esse filme foi o tema do meu aniversário de cinco anos e eu ia pra casa da minha avó todo dia assistir ao VHS que minha tia tinha comprado pra me dar na ocasião antes mesmo de ela me entregar. E aí esse é provavelmente o primeiro filme que minha irmã viu na vida, porque eu voltava a assistir sempre lá em casa. Eu venho chorando o assistindo muitas vezes na minha vida desde então, foi por causa dele que comecei a gostar do meu grande ídolo, Elton John, e quando fiquei sabendo que ele sairia em 3D no cinema significou para mim reviver aquela sensação que vivi a nada mais, nada menos do que 17 anos atrás.
Eu comentei aqui em “comentários” minha história com o filme e não comentei sobre ele em si porque “O Rei Leão” não foi criado pra ser comentado: foi criado pra ser ASSISTIDO, e dá pra entender o quanto gosto dessa história depois do que contei aqui.
Melhores Cenas: A melhor cena do filme, simplesmente do filme, é óbvia… Quem nunca se emocionou vendo Simba subindo na Pedra do Rei e ouvindo Mufasa dizer “Lembre-se” [*insira aqui uma Luly com os olhos cheios de lágrimas*] que atire a primeira pedra.
Mas o que eu acho que devia ser destacado meesmo é o que ficou bom na versão 3D. Porque não tem leãozinho pulando em cima de você (apesar de o Zazu ter passado bem pertinho da minha orelha na cena que comentei lá em cima) e nem poeira entrando nos seus olhos, afinal é um filme que já existia e não foi criado pra existir em 3D. Porém o que é mais lindo é ver a profundidade maravilhosa que essa nova versão tem… A savana tem várias camadas e plantas e relevos que você só passa a perceber ali, quando aquilo está destacado e brilhando. A música do Scar tem um final mais lindo ainda quando cada montanha ressalta da tela. Quando tem a debandada parece que tem MUITO MAIS bicho do que realmente tem. Em “Hakuna Matata”, os três andando em cima do tronco e você nem percebe a presença deles porque o fundo é bonito demais. Eeeee na cena mais fofa de todas em que Simba e Nala estão ao som de “Can You Feel The Love Tonight” (queria ter assistido legendado só por isso) a cachoeira é de outro mundo. MARAVILHOSA. Vale a pena, só pra poder rever essa obra prima Disney e aproveitar essas novas “percepções”.
E aproveitem pra ficar até o fim dos créditos finais e ouvir Elton John!!
Trailer: (me digam que não sou só eu que choro quando assisto esse trailer!!)

Pra quem gostar MUITO da versão 3D vale a pena pagar 30 reais a mais na hora de comprar a edição Diamante em Dvd e Blu-ray, que também existe só em 2D, e RÁPIDO, porque essas edições Diamante (o re-lançamento das Platinum) só ficam disponíveis por um tempo limitado e depois o filme some das lojas por 7 anos (saibam mais aqui). O meu já foi pedido e tá a caminho aqui de casa para eu poder re-ver o filme e aproveitar os créditos que incluem Demi Lovato cantando “Circle of Life”!!

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2

Em 27.07.2011   Arquivado em Filmes, Harry Potter

Chega de adiar o inadiável… Vou finalmente escrever sobre o filme do ano, da década, e escrever MUITO!! Tentarei não colocar cena por cena, juro!!

Harry Potter and the Deathly Hallows - Part 2 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (Harry Potter and the Deathly Hallows – Part 2) *****
Elenco: Daniel Radcliffe, Rupert Grint, Emma Watson, Ralph Fiennes, Adrian Rawlins, Alan Rickman, Bonnie Wright, Chris Rankin, Ciarán Hinds, Clémence Poésy, Dave Legeno, David Bradley, David Thewlis, Devon Murray, Domhnall Gleeson, Emma Thompson, Evanna Lynch, Gary Oldman, Geraldine Somerville, Guy (I) Henry, Helen McCrory, Helena Bonham Carter, James Phelps, Jason Isaacs, Jessie Cave, Jim Broadbent, John Hurt, Johnpaul Castrianni, Josh Herdman, Julie Walters, Katie Leung, Kelly Macdonald, Louis Cordice, Maggie Smith, Mark Williams, Matthew Lewis, Michael Gambon, Natalia Tena, Nick Moran, Oliver Phelps, Robbie Coltrane, Rod Hunt, Scarlett Byrne, Suzanne Toase, Tom Felton, Warwick Davis
Direção: David Yates
Gênero: Aventura, Fantasia
Duração: 120 minutos
Ano: 2011
Sinopse: “Na segunda parte do final épico da série, a batalha entre o bem e o mal no mundo da magia se torna uma guerra entre centenas de bruxos. Os riscos nunca estiveram tão altos e nenhum lugar é seguro o suficiente. Assim, Harry Potter precisa se apresentar para fazer o seu último sacrifício, enquanto o confronto final com Lorde Voldemort se aproxima. Tudo acaba aqui.” (fonte)
Comentários: Como não dar 5 estrelas?? Porque no aspecto cinematográfico é perfeito: os atores são ótimos (até Daniel e Emma estão trabalhando direitinho, finalmente, desde a Parte 1), o sotaque é lindo, os efeitos impecáveis, os cenários bem feitos e a trilha sonora de encher os olhos. Mas não podemos esquecer que é uma adaptação, e cuja “matriz” tem fã muito fiéis e exigentes, mas eles conseguiram satisfazer esses fãs. Na verdade não por sua fidelidade, porque as cenas foram praticamente todas modificadas (e nem foi por falta de tempo e recurso, foi “aleatório” mesmo), mas ainda assim tem TUDO o que tem no livro. David Yates, obrigada, você compensou todos os seus erros do passado aí, nesse grande final que dirigiu.
Apesar de que, assim, ele realmente não sabe “capturar” o Voldemort e transformou o vilão numa atração comediante do filme. É hilário, claro, pra quebrar o clima tenso e triste daquelas duas horas, mas, né… Voldemort não deveria abraçar o Draco e nem dar uma risadinha tipo “êhehe” – que já ganhou Remix e virou bordão. Mas mostra o quão “doidão” ele tava pela falta das almas, a gente perdoa.
E ouvir o “êhehe” denovo sempre vale a pena!!
As cenas antes de Hogwarts ficaram ótimas, o Chalé das Conchas é lindinho e Helena Bonham Carter como Hermione merece o Oscar. O cofre fcou exatamente como eu sempre imaginei e depois, quando o Voldemort mata todo mundo foi uma cena SINISTRA, super sanguinária e tensa, coisa de doido!!
Senti falta de mostrar o Percy voltando (eu gosto do Percy, gente), pra mostrar que ele merece ser perdoado… Mas o Percy tava lá!! Gostei bastante da briga do Harry com o Snape e ele fugindo (e eu e mais meio dúzia de gatos pingado gritando “COVARDE” no cinema). Gostei da Luna, sempre a Luna, incrível em todos os momentos em que aparece, mas mais incrível ainda chamando atenção do Harry. Não gostei do romance sub-entendido entre Neville e Luna (não faz sentido, não existe no livro e ambos são muito bem casados, obrigada!!). Gostei da citação do Lupin querido. Gostei muuuuito da fuga dos Malfoy. Gostei do Harry explicando pros amigos o motivo pelo qual a varinha só obedecia a ele. Gostei do beijo inexistente do Harry e da Gina, já que no filme não mostra os pensamentos dele, a Gina precisa mostrar pros fãs que é muito mais do que a atuação feia da Bonnie. Gostei da cena da Floresta, o único momento na vida do Harry em que ele pode conversar com os pais dele. Gostei da morte da Nagini – muito – apesar de parecer que baixou uma alma no Neville e fez ele querer mata-la, porque não mostra o Harry pedindo isso pra ele. Gostei das 3 mortes de “vilões” mais importantes – Nagini, Bellatrix e Voldermot – porque eles simplesmente viraram purpurina pó e nunca mais vamos ter que olhar pra cara daqueles cretinos.
Melhores Cenas: A melhor cena do filme foi para mim a minha cena favorita na série. O beijo de Rony e Hermione não é no meio da confusão, não teve amor aos elfos envolvido e não tem Harry “atrapalhando”, como é originalmente. Mas ficou lindo!! Na Câmara Secreta (e eu sempre digo que acho que realmente rolou algo ali na história), depois de um susto sem tamanho, altamente PERFEITO. Não foi mais um daqueles beijinhos toscos como os que Harry deu em cada uma de suas cenas românticas. Não mesmo. Esse aí era especial, era intenso, era apaixonado e, usando as palavras de Emma Watson, era o momento para expressar “eu te amo, você é o amor da minha vida”. Nas duas vezes que assisti ao filme com o Potter Club e pude apaludir e gritar foi NESSA cena que exagerei, que fiquei rouca, que minhas mãos doeram e que eu não consegui parar de rir. Pude falar quantos “oooowns” eu quis, e também nas outras cenas incríveis dos dois juntos. Ele grita pro Goyle que ela é namorada dele, eles se isolam juntos quando o irmão dele morre, eles se abraçam MUITO quando acham que Nagini ia devora-los, eles mostram pro Harry que estão juntos de mãos dadas e no final cada um deles tem uma aliança dourada na mão esquerda. Rony e Hermione formam o casal mais incrível da ficção, simples assim!!
Agora vamos esquecer Rony e Hermione e dar destaque à nossa querida Minerva McGonagall que foi a atração do filme. Todas as falas, expressões e momentos dela merecem ser assistidos com amor, merecem aplausos, merecem entrar pra história, merecem PRÊMIOS de verdade. Ela lutando contra o Snape foi de arrepiar os cabelos e “eu sempre quis usar esse feitiço” foi a melhor fala do filme. Entre todas as outras.
E a cena que eu nunca vou me cansar mesmo se assistir todos os dias vai ser Molly matando Bellatrix. Primeiro porque eu amo todos os Wealsey e a Molly em especial, ela é toda maravilhosa. Segundo porque a Bellatrix é uma vagabunda cretina, nunca vai existir personagem da ficção que eu odeio mais do que ela (e se você gosta do Neville sabe muito bem o motivo). Ver ela explodindo me faz feliz hoje e sempre.
Piores Cenas: “Pior” pode ter vários sentidos, e eu vou falar de cada um deles. A pior cena de assistir foi a morte do Fred (é a que mais me faz chorar) porque ver a família inteira chorando é pesado e logo em seguida mostra os corpos do Lupin (tchutchuco) e da Tonks, e é MUITO PESADA a cena. Sem contar que pouco antes a Lilá morre, sendo que no livro está especificado “o corpo ainda vivo de Lilá Brown”. A menina é um pé no estômago, mas não a ponto de matarem a coitada.
A cena mais tosca foi Harry e Voldemort pulando do penhasco, pelamor de Deus, o filme tava indo muito bem até esse momento. Foi desnecessário, esquisito e não gostei. Mas depois que eles “pousaram” e começou a correria pra pegar as varinhas compensou, muito foda!!
E as cenas mais decepcionantes foram, para mim, as lembranças do Snape. Eu não são fãzona dele e detesto o casal Lílian/Snape, mas falaram que iam ser cenas incrivelmente tocantes e não foram. Não mostrou o motivo pelo qual ele se arrependeu, que foi o fato de ELE ter contato da profecia, a maquiagem que colocaram no Alan Rickman pra ficar jovem fez ele parecer o Michael Jackson em sua pior fase e o final da sequência foi horrível, ele abraçando a Lily morta com uma expressão de choro falsa que eu não acreditei que era o melhor ator do filme fazendo. Trash. É uma pena, porque a morte dele foi absurda de linda, a expressão no rosto dele é algo que nunca vi alguém fazendo tão bem feito!!
Senti falta da história do Dumbledore, queria ouvi-la PELO MENOS pelo ponto de vista do Aberforth, gosto dele e só assim as pessoas veriam o quanto ele é incrível. Sem contar que eu tenho CERTEZA que foi o Dumbledore que matou a Ariana, e quem assiste os filmes nunca vai poder suspeitar disso. E não faltava tempo porque o filme foi curtíssimo!!
“19 Anos Depois”: Impossível não dedicar um pedacinho à frase que me encheu os olhos de lágrimas na 1ª vez que vi e depois, quando vi denovo, foi ali que comecei a soluçar loucamente (a 2ª vez é sempre pior…). Chorei MUITO, gente, de tremer, saí do cinema sem conseguir ver para onde tava andando e nunca recebi tanto abraços de consolo ao mesmo tempo.
A cena ficou ótima. Explorou pouco o papel do Tiago (eu gosto muuuito mais dele do que o Alvo e seu nome horroroso) e a menina que faz a Rosa não parece ter 11 anos, mas o resto ficou tão perfeito… Eu não tava gostado deles de maquiagem nas fotos e vídeos que vi, mas parece que depois, quando regravaram, ficou BEM MELHOR, super bem feito. O Daniel ficou a CARA do pai dele, o Rupert a imagem perfeita do que imaginei um Rony-pai e a Emma tava LINDA DEMAIS. Não vejo a hora das cenas deletadas chegarem aqui em dvd para ver se não vemos Victorie e Teddy “in love” =D
Maaaaaas mesmo sendo uma cena perfeita, não é só por isso que temos que falar sobre ela em especial. Ela significa outra coisa, significa muito mais… Significa o fim, mais uma vez. Vimos ali o Expresso de Hogwarts partindo levando não só os filhos de Harry, Rony e Hermione, mas também 10 anos de emoção e dedicação. Não sei mais quantas vezes vou assistir esse filme ao longo da minha vida, mesmo porque acho que não será um número “contável”, mas tenho certeza que vou chorar muito em cada uma delas, triste e emotiva por não ter mais filmes da série pra curtir, e feliz e emocionada porque “tudo estava bem”.

Página 9 de 19«1 ...5678910111213... 19Próximo