Elton John Rio 2009

Em 22.01.2009   Arquivado em Música

* Eu tinha planejado fazer um post sobre a viagem do Rio, esperar um tempo e DEPOIS falar sobre o show, mas quando que vi tantos comentários fofos, mudei de ideia na hora. Quero agradecer a vocês por todas as palavras de incentivo e torcida para que eu conseguisse, e no final das contas comprei as entradas “legalmente” e fui ao show do Elton John no Rio! Tenho muito pra falar sobre ele, então sem muita lenga-lenga… Só aviso pra quem perguntou alguma coisa ler o post, porque vou respondendo a elas indiretamente…

* Nós chegamos ao Rio no sábado à tarde, e até então eu não tinha entradas… Mas a gente ia olhar isso no dia seguinte, porque à noite tinha o show de São Paulo passando na Globo. O que tenho a dizer é que lógico que aquilo não era ao vivo! Bom, confirmamos isso depois, MAS vou deixar isso pro final… No dia seguinte fomos ao Clube do Flamengo (sim, o time de futebol) e COMPRAMOS OS INGRESSOS!

Show EJ
As entradas, que são cartões, coisa linda!

Show EJ
Entradas e os seus “porta-cartões”, que é o que fica de lembrança e tem “instruções” e advertências.

* Nem preciso dizer que foi mais de 24 horas de espera contínua, né? Na segunda feira os portões abriram às 17h, e eu cheguei lá às 18h! Mas aí tinha um vuco-vuco, tinha aberto e fechado depois, tinha casal brigando na entrada, uma coisa de louco! Enfim, abriram de vez, entrou todo mundo, foram várias “paradas” pelo sambódromo, fomos revistados, entregamos as entradas e aí no fim chegamos na Praça da Aponteose. O povo da Pista tinha subido todo pra arquibancada, pra esperar sentado, então tinha pouca gente lá embaixo. Como a divisa da Pista Premiun pra nossa Pista já tava lotada eu me “instalei” na divisória que tinha pra “cabana” do povo da imprensa. Ou seja: se eu me “curvasse” na divisa, na minha frente não tinha ninguém pra tampar a visão do palco, achei que ia ser tampada pelo povão, mas fiquei em um lugar muito melhor que esperava!

Show EJ
Minha visão quase privilegiada do palco

* Às 20 horas (na verdade, pouco mais que isso) James Blunt entrou pro show de abertura! E eu que conhecia só 2 músicas dele e não tava botando fé nenhuma, nossa, achei o show ótimo! Super se esforçou, lógico, ele tava abrindo um mega showzão, foi animado, pulou do palco, surfou no piano dele no maior estilo “I’m in Riooooo”, falou aquelas bobagenzinhas em português que TODO GRINGO fala, nossa, foi bom mesmo. Eu, pra descansar o braço e não ficar “pendurada” na minha divisória de apoio tava vendo pelo telão, mas aí ele cantou “You’re Beautiful”, eu me animei. Depois de músicas, ele anunciou o Elton e teve o “bis”, com “Same Mistake” (nessa parte até a Pista Premium cantou, foi um “auuuuuuuu” comunitário), mais uma musiquinha e acabou. Mas o mais lindo é que ele tirou foto do público, sabe, foi muito fofo! Vou começar a ouvir James Blunt agora!

Show EJ
Minhas fotos ficaram horríveis como sempre… Nessa é a banda toda, ele é esse ponto branco brilhante

Show EJ
O violão no Telão!!

* O show principal tava programado pras 22h, e começou com uma pontualidade que só podia ser britânica mesmo! E aí, gente, ele entrou! Elton John tava ali a poucos metros da minha frente, ah, eu não parava de aplaudir e de rir e de chorar! Ele abriu o show com “Funeral For a Friend/Love Lies Bleeding”, do mesmo jeito que abriu o “One Night Only” que tenho em DVD, e eu SEMPRE disse que era a maneira mais linda de abrir um show! Aí na hora que começou a cantar eu cantava junto e choraava, mas chorava muito, tanto que a moça do Multishow tava entrevistando um povo da minha frente que tava de cartola laranja e aí quando baixou o microfone ela me viu e mandou o câmera me filmar! Eu não vi isso, só percebi que a filmadora parou em mim um tempo e nem liguei, mas meu pai viu tudo e me contou depois… Se alguém viu o show pelo Multishow, SIM, eu era a menina vestida de rosa, com uma trança e o olho inchado!

Aí cada música era mais emoção!! Tiny Dancer foi LINDO, Goodbye Yellow Brick Road teve um fundo incrível, aihn, eu nem sei como dizer! Quando eu conseguia me acalmar ele vinha com mais uma música linda e meu olho enchia d’água de novo! Eu consegui ver TUDO, tudo mesmo, não tirava os olhos dele um segundo, era bom demais pra ser verdade. Quando “terminou” eles nem despediram, simplesmente sumiram do palco. Aí o povo foi começando a ir embora e de repente ele voltou pro bis, tocando Skyline Pigeon e essa foi a HORA MAIS BONITA DE TODAS! Nú! Aí ele anunciou que a última música seria em homenagem à “nova era” que começava no dia (porque já tinha passado de meia noite e já era dia 20) com a posse do Obama e tocou Your Song!! Aiiiihn!! Nessas duas eu não parei de chorar um minuto! Então ele foi despedindo e PEGOU UM DISCO DE VINIL DO CARA DA PISTA PREMIUM PRA AUTOGRAFAR! Ai que invejiiiiiinhaaa! Todo mundo simplesmente surtou nessa hora, foi muito bonito… Gente, sem palavras! Vou mostrar só umas fotos aqui e partir pro fim do post, porque descrever o show é impossível!

Show EJ
Eu e Daninha quando chegamos lá

Show EJ
Telão – ELE!!

Show EJ
Telão – Nigel Olsson, o baterista, meu menbro favorito da banda

Show EJ
Goodbye Yellow Brick Road

Show EJ
Bennie And The Jets

Show EJ
Telão – Autografando o vinil do cara

Show EJ
Hora do bis

Lembrem-se que minha câmera é UMA MELECA, que o zoom dela é mais meleca ainda e que as foto de noite são as piores… Mas, lá no Flickr tem umas outras, incluindo todos os outros membros da banda no telão (exceto o tecladista, não consegui bater dele).

* Só quero falar sobre a exibição que a Globo fez do Show de São Paulo… Gente, as pessoas tem mania de achar a apresentação que foi é melhor, que o do outro lugar foi mais sem graça e tals, MAS ISSO NÃO ACONTECE, porque esses shows são todos iguaizinhos! Lógico, não idênticos, por exemplo, no Rio o Elton falou sobre a influência da música carioca na geração dele, teve a dedicatória do Obama e tals, mas no geral é igual. Então posso afirmar que A GLOBO DESTRUÍU O SHOW! Aquilo foi gravado e editado rapidamente, de forma que eles conseguiram colocar uma legenda feia (BITCH traduzido como FERA?? Custa colocar “CADELA”??) e cortar o melhor! O que tinha 2 horas e meia ficou em pouco mais de uma hora, sem os solos liiiindos de piano, sem as conversas e gracinhas, sem a música inicial e o bis! Não acho errado terem feito isso, porque eles tem pouco tempo pra exibir essas coisas, mas quem não conhece o Elton e viu o show achou que o homem é um saco e, admito, até eu fiquei decepcionada, temendo que fosse assim. Mas, lógico e felizmente, não foi!

Ouvindo: Tinderbox – Elton John =D

Elton John Brasil – Contagem Regressiva!!

Em 17.01.2009   Arquivado em Música

* Queria ter falado sobre isso antes, BEEEM antes, naquela época que fiquei 1 mês sem postar, mas né, não rolou… Depois de quase 14 anos, o astro divino Elton John (leia-se paixão³ da minha vida) está de volta ao Brasil para 2 apresentações! A única vez que ele esteve em nosso humilde país foi em novembro de 1995, para a turnê do albúm “Made in England”. E ele viria em 1992, para “The One”, mas cancelou depois do início da venda dos ingressos, hehehe. Nos dias 17 e 19 de janeiro de 2009, tã-nã: CÁ ESTÁ! Dia 17 em São Paulo e dia 19 no Rio… Primeiro terá um show de abertura do James Blunt às 20h, e ele mesmo entra às 22h (gen-te, desde quando show de abertura dura 2 horas, que horror!!).

* Sir Elton Hercules John (nome artístico), ou Reginald Kenneth Dwight (nome “real”), é um dos maiores cantores, compositores, músicos e pianistas do REINO UNIDO e um dos maiores artistas pop do mundo). Na década de 1970 ele foi considerado o SEGUNDO ARTISTA MAIS IMPORTANTE DA DÉCADA (perdeu apenas para Paul McCartney, super-Beatle-foda-pra-cara…..mba!!). Ele tem mais de 40 anos de sucesso, compondo melodias para as letras que cria junto com seu amigo letrista Bernie Taupin (gênio). Era amigo da Princesa Diana e de John Lennon. É meu grande ídolo daqui até a eternidade!!

* Eu tava muuuuuuuuuuuuuuito chateadinha, porque tinha um bom tempo que eu tinha conversado com meu pai e pedido pra gente ir (já que quando passei no vestibular ele me prometeu um presentão)… Iria eu, ele e a Daninha. Aí os dias foram passando, passou um mês e nada. Terça feira eu não tinha esperança nenhuma de ir e até chorei, gente. Na quarta ele me liga dizendo que tinha um dinheiro inesperado e que ir rodar mundos pra conseguir as entradas. Ante-ontem ligou pra minha prima que mora lá no Rio pra ver se ela conseguia comprar pra gente… Ela ontem de tardinha e disse que estava em busca das entradas, mas depois disso não falei mais com meu pai e nem sei se vou… Estou indo pro Rio depois do almoço, com ou sem entradas. Se ela tiver achado: LINDO, se não a gente procura e se não achar, bem… Eu fico imaginando com que tão as coisa por lá =/

* Mas de qualquer forma indo ou não indo, eu faria esse post de qualquer maneira. Meio baseado em umas ideias que eu tinha desde que ele tinha anunciado um show de graça na praia de Copacabana (que não aconteceu ¬¬”), meio inspirado no post-pré-Madonna da Vivi, vim trazer uma lista de 11 (10 + 1) músicas dele que quero usar de “aquecimento”. Originalmente ia falar de 10 músicas, algumas por serem minhas favoritas, outras por serem as principais, e aí colocar link pra letra e tradução delas. Agora vou incrementar com os vídeo. Let’s go!!

01- Goodbye Yellow Brick Road:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: É a primeira por ser minha favorita dele. Foi a primeira música que eu gostei POR SER DO ELTON JOHN, a primeira que gostei depois que passei a amar esse homem. Ela tem uma letra divina com umas metáforas que nos remetem ao Mágico de Oz, aquele que promete mas não fundo não faz nada. Bom, pelo menos é assim que todos que conheço avaliam a música. Escutem, essa é VÉIA, mas mesmo assim, nú, perfeita!

02- Tiny Dancer:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Famosa também por fazer parte da trilha sonora do filme “Quase Famosos” (que eu nunca assisti, só a cena da música), ele escreveu em homenagem à costureira da banda, namorada de Bernie. E eu super me identifico com a letra, aliás, foi o nome da minha versão passada por causa disso!

03- Your Song:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Quem nunca se apaixonou por ela ao assistir “Moulin Rouge”, mesmo com aquele homem estragando com sua voz e letra ligeiramente modificada?? “How wonderful life is while you’re in the world!” Acho que é a mais famosa dele, e é de 1970, sobrevive há quase 40 anos! Sem palavras!

04- I Guess That’s Why They Call It The Blues:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Coloquei aqui porque AMO também! É aquele tipo que se você pegar praticamente qualquer conjunto de 2 estrofes consegue uma baita declaração de amor! Comecei a gostar dela junto com “Tiny Dancer” e se for dedicar a alguém, é pra você mesmo, Gugui!

05- Rocket Man:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Precisa falar? Elton John é conhecido como o “homem foguete”! A gravadora tem o nome inspirado nisso! Tudo dele de importante tem um foguetinho voando atrás! É a marca dele, fim!

06- The Bitch Is Back:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Pra levantar o astral desse post! A letra vulgar e a batida dominante, qualquer uma é bitch com essa… Tenho meio que um carinho por ela porque eu e Portuga íamos canta-la no colégio no fim de 2007, então quero dedicar também pra ele!

07- Can You Feel The Love Tonight:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: 99,99% da população mundial já assistiu “O Rei Leão” (aham, o da Disney) e todas essas pessoas babam vendo Simba e Nala na cachoeira. A música é do nosso sir. Elton, foi a primeira dele que gostei na vida, sem saber quem ele era e é a coisa MAIS FOFA! Minha 3ª versão do blog tem o nome ligeiramente baseado nela.

08- Empty Garden (Hey, hey, Johnny):

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Foi escrita em homenagem ao mestre John Lennon, amigo do Elton, assim que ele morreu. “Johnny come out to play in your empty garden” não está chamando ninguém pra “brincar” e sim pra “tocar”! Gosto bastante dela porque me lembra meu vô João, que seria John em inglês, porque antes de morrer ele sempre esperava a gente chegar sentado no jardim em frente à casa. ='(

09- Elton’s Song:

(Letra)(Tradução) (um dia eu mesma vou traduzir, juro) Sobre a música: A história do adolescente gay que se apaixona por um garoto mais velho do colégio que nunca irá corresponder esse amor, não só pela idade, mas pela “opção sexual”. Huuum… Em que será que ele se inspirou pra compô-la?? O nome da canção não seria uma dica??

10- Original Sin:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: É a letra de música mais viajada que já vi, e a viagem mais bonita de todas. Você precisa ler e re-ler pra poder sentir o que tá ali e quando sente apaixona, FATO! Tive uma época de 2 meses sismada com ela, ouvia o dia inteiro e decorei em questão de pouquíssimos dias. Isso sem contar que o clipe oficial (que eu optei por não colocar aqui) é sobre uma garota apaixonada pelo seu ídolo, hã… ELTON JOHN. Hello-ow, ele é meu egocêntrico favorito!

+1- Someone Saved My Life Tonight:

(Letra)(Tradução) Sobre a música: Eu tinha desistido de coloca-la, até ver o vídeo da primeira vez que ele tocou, em que chorou depois (e da pra ver +/- por esse aí). A música mostra a grande ligação de Elton com Bernie, pois retrata o que ele sentiu ao tentar suicídio e ser salvo por alguém. Mas Bernie foi quem escreveu a letra, e captou esse sentimento. É quase o mesmo que “Tiny Dancer”, EJ escreveu uma letra linda pra dedicar à namorada do amigo e companheiro!

* Então é isso… Amanhã HOJE a Globo irá exibir o show de São Paulo (super quero ver) AO VIVO. Segunda feira é a vez de o Rio de Janeiro recebe-lo, e rezem para eu chegar pelo menos nos portões! O Brasil vai poder ter esse nosso “senhor” já com 61 anos, mas ainda com a voz espetacular, as letras maravilhosas, o sotaque inglês e o estilo, apesar de que ele resolveu cair na real e deixou a peruca e as roupas mais discretos, e trocou as plataformas por sapato social… Mesmo assim tem óculos de sol berrante e muito brilho, muita cor! Ah, é ele: Elton John, primeiro e único!

Ouvindo: Someone Saved My Life Tonight – Elton John =D