Barbies do novo “Cinderela”, da Disney

Em 17.04.2015   Arquivado em Disney, Dolls, Filmes

E vai ter mais post sobre Cinderela sim, e se reclamar faço um terceiro! Depois de assistir ao filme e me apaixonar (contei sobre ele aqui) estava eu olhando lojas de brinquedos, minhas favoritas, quando dou de cara com as Barbies inspiradas nas personagens femininas da nova versão do clássico conto de fadas da Disney! Como não recebi nenhum e-mail do Barbie Collector sobre isso corri loucamente pela internet afora para saber mais até finalmente achar fotos das quatro bonecas da linha na loja virtual oficial da Mattel e preparem esses corações, queridos, porque elas são LINDAS! O rosto e as roupas completamente inspirados nas suas personagens mesmo: Cate Blanchett como Lady Tremaine, Helena Bonham Carter como a Fada Madrinha e duas versões de Lily James como Ella, uma usando o vestido do baile e a outra já com o vestido de noiva

Barbie Cinderella
Lady Tremaine, a madrasta, e a Fada Madrinha

Barbie Cinderella
Cinderela: primeiro no baile, depois pronta para se tornar oficialmente uma princesa!

Se fizer um comparativo dos rostos das bonecas com os das atrizes a gente até buga, de tão parecido que ficou, principalmente a Cate Blanchett, tô querendo ela, fala se não é de babar? Eu vi num blog sobre Disney algumas fotos da versão da própria empresa das bonecas (que estão a venda junto com vários outros produtos do filme na Disney Store) e confesso que prefiro as da Mattel, não entendi o motivo de terem ido pra linha de bonecas “brinquedo”, porque pra mim elas merecem estar junto com as colecionáveis!
No site oficial (que foi de onde tirei as imagens do post) quase todas estão custando $24,99, só a Cinderela do baile está mais cara por $39,99 (inclusive já está até esgotada), mas aqui no Brasil cheguei a ver a versão noiva e a Fada Madrinha por R$179,90 cada… Ai, ai, vão ficar no sonho mesmo! Não sei se a loja americana Mattel entrega no Brasil, mas se alguém souber e quiser me passar essa informação, agradeço!

Auto correção porque errar é humano: Na verdade as bonecas são da Mattel sim mas NÃO SÃO BARBIES, fazem parte de uma outra linha específica das Princesas Disney. Me desculpem pela gafe!

Cinderela

Em 14.04.2015   Arquivado em Disney, Filmes

Cinderella

Cinderela (Cinderella) *****
Elenco: Lily James, Richard Madden, Cate Blanchett, Helena Bonham Carter, Holliday Grainger, Sophie McShera, Alex Macqueen, Barrie Martin, Ben Chaplin, Derek Jacobi, Eloise Webb, Hayley Atwell, Leila Wong, Nonso Anozie, Bob Brydon, Stellan Skarsgård.
Direção: Kenneth Branagh
Gênero: Fantasia, Romance
Duração: 113 min
Ano: 2015
Sinopse: “A história segue a vida da jovem Ella (Lily James), cujo pai comerciante casa novamente depois que fica viúvo de sua mãe. Ansiosa para apoiar o adorado pai, Ella recebe bem a madrasta (Cate Blanchett) e suas filhas, Anastasia (Holliday Grainger) e Drisella (Sophie McShera), na casa da família. Mas quando o pai de Ella falece inesperadamente, ela se vê à mercê de uma nova família cruel e invejosa. Relegada à posição de empregada da família, a jovem sempre coberta de cinzas, que passou a ser chamada de Cinderela, bem que poderia ter começado a perder a esperança. Mas, apesar da crueldade a que fora submetida, Ella está determinada a honrar as palavras de sua falecida mãe: tenha coragem e seja gentil.” (fonte)

Comentários: Alô você aí que é doido por contos de fadas, pelo “felizes para sempre”, pelas lindas e inocentes princesas que estão em busca de um príncipe encantado e por pura magia Disney: esse filme é pra você assim como foi pra mim, viu, porque eita COISA LINDA! Nossa, gente, saí do cinema completamente encantada, foi maravilhoso do começo ao fim.

É engraçado porque quando eu vi o trailer só coloquei defeito: que o vestido tava muito escuro, que a atriz não tinha cara de Cinderela, que Helena Bonham Carter estava ali em mais um papel interpretando ela mesma, etc, mas eu estava errada e admito: o vestido é maravilhoso, Lily James NASCEU para ser uma princesa e até a Helena me surpreendeu, ficou ótima de Fada Madrinha (eu até acho ela boa, gente, mas ainda assim todo filme que vejo com ela é a mesma coisa, foi mal). E além disso muito mais, né, porque escolheram um príncipe liiindo e maravilhoso, tem a presença até mesmo de personagens animais do clássico Disney como Lúcifer e os ratinhos, as irmãs dela são nojentas mesmo que bonitas pra quebrar a ideia de que são más por serem feias e, claro, a cereja do bolo que fez toda diferença e valeu o filme todo: Cate Blanchett! Meu Deus, como é incrível, a gente tem PRAZER em torcer contra a madrasta que ela interpreta, é aquela que amamos odiar.

A Ella/Cinderela é encantadora num nível que as pessoas no geral chegam a ter antipatia por tamanha bondade e fofura, mas eu adoro! É legal porque ela é super boazinha, faz as coisas sempre sem querer nada em troca e ainda assim não é submissa, quando ela curva a cabeça para alguém é porque acredita ser melhor e tem um momento em que a madrasta começa com chantagens e ela se recusa a aceitar mesmo que isso vá prejudicá-la, simplesmente porque é o CERTO. Me deu raiva que a garota atrás de mim no cinema falou “que menina idiota” porque acho isso uma total inversão de valores: a maldade vem da pessoa esperta, mas a bondade vem da imbecil? Discordo totalmente, não só na ficção como na vida real! Obrigada, Kenneth Branagh, por essa obra de arte!

A única coisa que eu senti falta, de verdade, foram as músicas da animação. Rola até uma menção delas em alguns momentos e a Fada Madrinha chega a usar o “Bibbidi Bobbidi Boo”, mas faltou mesmo, principalmente a valsa que ela dança com o príncipe, a cena foi linda e teria ficado mais ainda se contasse com a música certa. Achei que a alteração das personalidades do rei e o Gran Duke iam me incomodar, mas no final eu já tinha me conformado e até gostado disso pro conjunto total da obra porque favoreceu o romance da história para não passar aquela imagem de “nem te conheço e já te amo”, sabe, foi bem mais desenvolvido do que isso.

Melhores momentos: Se me perguntassem meu momento favorito da animação eu responderia COM CERTEZA que é quando a Fada Madrinha cria o vestido da Cinderela nela, então nem preciso dizer que mesmo sendo cenas tão diferentes dessa vez foi igual, né? Lindo demais. E para quem gosta das músicas da Disney (e vai sentir falta delas como eu), vai meu aviso: fiquem até o final dos créditos finais porque tem a versão da Lily James cantando “A Dream Is A Wish Your Heart Makes” que teria me feito chorar se eu já não estivesse chorando!

Curta: E é LÓGICO que eu não ia terminar esse post sem falar de Frozen Fever, né? Foi lindo, gente! Elsa e Anna se amando, o Olaf ganhando baby-brothers de neve, Kristoff declarando seu amor, Sven sendo o melhor alívio cômico ever… Ao contrário do filme mesmo o curta é super alegre, mas ainda assim mantiveram a personalidade e principalmente o peso da relação dos personagens, amor puro e Disneyco! E com participação especial de Príncipe Hans e tudo mais!

Trailer: Agora depois de ver o filme vejo os trailers com outros olhos, vontade de ir ao cinema assistir de novo!

Cinderela – Edição Diamante

Em 17.02.2013   Arquivado em Disney

Para quem não tem noção do que se trata uma “Edição Diamante” de filme da Disney eu fiz um post exclusivamente sobre isso aqui: http://sweetluly.expressorosa.com/as-edicoes-platinum-e-diamante-da-disney/

Como já tá rolando a pré-venda do próximo pela internet afora aqui no Brasil (e lá fora já saiu) e corri aqui pra conseguir falar da Edição Diamante de Cinderela, que foi a que saiu no outono de 2012 (aqui no Brasil primavera).
Minha história com Cinderela é meio confusa porque não é um dos meus favoritos e eu nem assisto muito ao filme, mas quando eu era criança amaaava, é o favorito da minha mãe e ela acabou se tornando um símbolo forte na Disney, então ouvir a música-tema é pedir pra chorar. Sendo assim mesmo que eu não fosse querer colecionar todas as Diamantes ele não poderia deixar de vir com essa capa douradinha linda pra mim em outubro.

Cinderella - Diamond Edition
“Não importa o mal que te atormenta, se o sonho te contenta e pode se realizar”

– E querem a boa notícia?? (_ Queremos sim, Luly!) Aí vai: NADA DE REDUBLAGEM TOSCA COMO EU PREVI!!!!! Se teve, minha gente, eu não senti a diferença, que lindo, que alegria, que originalidade no modo de falar que eu conheço desde bebê!! No trailer as vozes tavam mega esquisitas, mas foi só começar o filme que percebi que, felizmente, tava tudo certo, tava tudo bem, Disney tá aprendendo com seus erros e que continue assim!!

Mas agora, isso não é motivo para amar essa edição… Assim, até é, mas tem que ter um motivo maior (além de ratos amigos, gatos que se ferram, sapatinho que cabe e Fada Madrinha fofa, claro). E tem Diane Disney, minha gente, Diane Disney sempre vale a pena fazendo a gente querer ter conhecido o papai incrível que ela tinha pessoalmente e ama-lo ainda mais.
Além disso tem MUITOS OUTROS extras que eu não posso dizer quais porque estão no Blu-ray. Preciso de um leitor rápido e urgente, perco a melhor parte dessas minhas aquisições semestrais sem ele.

– A única coisa ruim que tenho a dizer é que quando coloquei o Dvd no leitor maluca pra ver o trailer da próxima edição…. Fué, não tinha!! Decepção total porque teoricamente seriam duas e Aladdin finalmente estaria no meio, mas eu fui dar uma pesquisada e, denovo, não tem data para a gente ve-lo em HD e cantar “Um Mundo Ideal” novamente. Mas isso não quer dizer que o outro não está por vir, porque já tá circulando o trailer de Peter Pan, ele já saiu voando o Disney Vault e daqui a uns dias tá aqui em casa e com post aqui no blog!! Aperta o play da lagriminha e da espera contínua, minha gente:

Rapidinhas de Outubro e Novembro

Em 04.12.2012   Arquivado em Cotidiano

Ok, vou contar sobre novembro, mas antes deixa eu soltar umas rapidíssimas de outubro porque eu detesto deixar as coisas passar em branco!!

Rapidinhas de Outubro

Que bonito é (não) conseguir levar a sério a leitura d’uma série que você ama!! Depois de terminar com a “Sociedade do Anel” – lindo – eu comecei “As Duas Torres” e tava lendo e amando e aí não consegui continuar porque a vida não deixa =( Mas tudo bem, a leitura tá iniciada, voltei a amar o Legolas e vou saber como é, no papel, a história do meu filme favorito da trilogia.

Rapidinhas de Outubro

Aihn, gente, eu preciso falar sobre ele mais detalhadamente (não me deixem esquecer), mas chegou aqui em casa a liiinda da edição Diamante de Cinderela!! E, gente, já adianto a vocês: nada de re-dublagens mal feitas. Depois eu conto mais, mas vi, chorei, etc, etc…

Rapidinhas de Outubro

Olha essa coisinha mais linda da titia… Essa é a Eubalena, uma Dal Cinnamorol 10th Anniversary, ela é da Lili e o bracinho dela veio machucado, então ela aproveitou as férias da mãe dela e veio passar férias na casa da tia Luly pra ganhar bracinho novo e fazer amizades. Ela não é uma coisa linda??

Rapidinhas de Outubro

E no último dia de outubro fez um ano desde que nosso Pequeno Príncipe veio ao mundo. Foi aniversário do Henrique e ele foi comemorado alguns dias antes de forma LINDA, com o tema “padrão” das coisinhas dele. A festa foi lindinha, divertida, cheia de doces e brincadeiras e com ele rindo, rindo e rindo como sempre faz (só que o calor… Jesus, Belo Horizonte, para com isso!!).

– Agora posso, enfim, falar de novembro que passaou voando na velocidade da luz, aiai.

Rapidinhas de Novembro

Olha a definição de novembro na minha vida… Agora mais do que nunca existem três letras que tomam conta do meu pensamento constantemente: TCC. E com a chegada de novembro eu pude finalmente iniciar a parte prática. Espero que ela não se estenda muito por dezembro, porque a parte da pesquisa tá rolando e vai tomar todo meu tempo até a apresentação que será em fevereiro com a graça do Senhor.
Sobre a parte prática em si… É, por enquanto é só dor na mão pela força que tô fazendo e os cortes que tenho feito diariamente com o bisturi. Mas logo eu termino com isso e vou começar a dar banho na gravura e quando acabar vai ficar lindinha!!

Rapidinhas de Novembro

No dia da produção da Cerveja Amanteigada aqui em casa a Lili tinha acabado de voltar de Orlando e olha que coisa LINDA que veio na sacola de presente. Tenho cachecol e caneca Grifinórios, vários Vinylmations novos (incluindo da Kim Possible, olha o surto que tive), trio de meias UK e outras coisitas mais. Eu nem falo que amei, né? Ô mulher que me conhece bem, essa.

Rapidinhas de Novembro

Aí no dia d’A Primeira Tarefa eu fui direto pra casa da vovó depois do evento. A Daninha tinha feito a prova da PUC dela com uniforme de quadribol (e eu tava Hermiônica) porque quando o Henrique chegou lá tava com o uniforme da Grifinória que dei pra ele de aniversário. Ah, as primas de bom gosto influenciando o menino desde cedo, hehehe. Pride total, olha a cara de alegria dele com a farra que fizemos, LINDO!!!!!!!

Rapidinhas de Novembro

Olha outro assunto pendente que tenho pra falar aqui, ainda não apresentei minhas Little Byul direito, mas pela foto dá pra ver que esse mês a Kenny deu uma socializada (as Little Dal da Julia são fofas demais, gente) e agora até um sabre de luz ela tem. Amor puro em miniatura.

Rapidinhas de Novembro

E finalmente abriu o stand do IS Bubble Tea no Pátio, eu esperava por isso desde Julho. Gente, é uma delícia. As bolinhas de sabores são incríveis, a de morango então é maravilhosa. É bem gostoso de tomar o chá gelado agora no calor, mas confesso que vou começar a testar os sucos porque 500ml de chá é muita coisa. Mas é bom demais, e LINDO. esse meu da foto foi chá verde com limão e as bolinhas de morango (e canudinho roxo porque é a cor do meu sabre de luz).

A Dama e o Vagabundo – Edição Diamante

Em 11.04.2012   Arquivado em Disney, Filmes

Eu estou escrevendo um post bem completo sobre as Edições Platinum e Diamante da Disney. SEMPRE que posto sobre isso tem alguém que comenta algo que me faz perceber que a pessoa nem faz idéia do que se trata, mesmo eu mencionando, então vai ficar pra referência pra vocês, sai esse mês ainda!!

O Disney Vault foi destrancado, os dubladores se aqueceram, a restauração digital trabalhou loucamente e a equipe de marketing deu um show. Assim nasceu a Edição Diamante do clássico mais caninamente fofo de todos os tempos da Disney: “A Dama e o Vagabundo”.
O esquema agora é aquele mesmo do Rei Leão: a Edição Diamante não existe mais em Dvd. Você pode comprar o Blu-ray, o Blu-ray + Dvd ou somente o Dvd numa edição chamada “Edição Dvd” – vem com os extras simplificados, igual ao que vem com o Blu-ray, mas os extras clássicos da edição só na “nova mídia” mesmo. Mas tudo bem, eu já me acostumei com o fato de que vai demorar pra assistir a esses extras que adoro… A única diferença foi que, dessa vez, não tinha a opção de comprar a versão digital junto, mas quem disse que liguei pra isso? Eu já tava com vontade de gritar desde que vi o trailer do lançamento porque tinha bem uma década que eu não assistia ao filme, e aí o sr. Carteiro é meu amigo e trouxe essa beleza pra mim durante a Semana Santa:

Dia Disney!!
Kim, Ron e Rufus aproveitaram e vieram junto, lindos!!

– Aí, ok, muita emoção e etc. Mas quando coloquei o filme pra rodar a primeira palavra que me veio à cabeça foi DECEPÇÃO!! Porque a Disney não aprende com seus erros e, DENOVO, redublaram tudo. E, denovo, lógico, ficou uma droga. Porque a maneira de falar na versão original dos personagens era super característica e eu lembrava do tom de voz de cada cena, e aí quando fui ver, nada mais estava lá. Ficou pior ainda que a Edição Platinum de “A Pequena Sereia”, se é que é possível. Ai, fico triste mesmo, porque o público-alvo desse tipo de coisa é gente que GOSTA da Disney, gente que já conhece e é fã, e aí eles fazem isso e as “velhas” gerações se decepcionam e as novas nunca vão saber como era.

Mas vamos falar de coisas boas. O filme é lindo. Ai, gente, que coisa linda a Lady, quero uma muito, e com esse nome, hahaha. Vontade de pegar no colo!! A cena do espaguete é resumida em BRILHO NOS OLHOS e LÁGRIMAS, sem mais, que saudades que eu tava de ver aquilo. Mesmo com a redublagem tem momentos assim que não perdem a magia nunca.
Os extras, bom, eu não tive como ver os do Blu-ray, mas no Dvd tem um depoimento LINDINHO da Diane Disney contando sobre o apartamento do pai dela lá na Disneyland – me deu vontade de ir lá, justo eu que sou Disney World team, gente!! Adoro quando ela fala do pai dela porque aquele homem foi UM e nunca vai ter outro igual.
Tem também em enciclopezinha fofa falando sobre cachorros separados em categorias, mostrandos as raças e “propriedades” de cada uma, e tudo “ilustrado” com cenas de cachorrinhos Disneycos, cadê a Edição Diamante de “101 Dálmatas” que não chega nunca??

– E aí vem minha tortura semestral, porque cada Edição que chega aqui em casa me deixa AGUADA com o trailer da próxima. E será Cinderela!!!!!! Tipo, a princesa Disney mais “importante” de todas, a favorita da mamãe (e também da Beca!!) e foi até tema do meu aniversário de 1 aninho, gente. Setembro, te quiero!!
(Agora aos “manteiguinhas” de plantão como eu: SE PREPAREM antes de dar play no vídeo, porque nesse aí eles capricharam foi com força, tá de matar, de arder os olhos em 30 segundos)


A Princesa das Princesas em breve por aqui =D

Página 1 de 212