The Carrie Diaries

Em 16.09.2013   Arquivado em Séries e Desenhos

The Carrie Diaries

Acho que eu nunca falei especificamente sobre alguma série que assisto aqui no blog, mas dessa vez faço questão porque acho que nunca assisti a uma temporada tão rápido na minha vida (mesmo sendo tão curtinha). A verdade é que eu assisto MUITAS séries, a última coisa que precisava era mais uma para acompanhar e, ainda assim, a Pati já tinha me passado os primeiros 10 episódios de The Carrie Diaries em março, então aí eu resolvi providenciar os outros três episódios da 1ª temporada e eis meu programa do fim de semana passado! Só o que sei é que quando acabou eu estava apaixonada olhando a data de lançamento da próxima temporada, que vai ser no fim de outubro. Mas antes de começar a falar minha opinião eu tenho que contar que minha experiência com “Sex and the city” é o filme. E só o primeiro. Nunca assisti à série, apesar de saber mais ou menos do que se trata. Então nem adianta eu querer comparar uma coisa com a outra, porque não tenho referências. Para mim a vida da Carrie começou a agora e é a partir de agora que vou acompanha-la.

Para quem não sabe eu disse tudo isso porque The Carrie Diaries é uma série baseada em livros que antecedem a vida de Carrie Bradshaw na história de SATC. A Carrie aqui é uma adolescente de 16 anos em 1984 que acaba de lidar com a perda da mãe e tem que enfrentar tudo o que vem depois disso: seu pai perdido sem saber com agir, a irmã mais nova se rebelando, as pessoas apontando para ela no primeiro dia de aula como “coitadinha” e ela mesma querendo descobrir como iria continuar com sua vida. Isso somado a todos os sentimentos comuns na vida de uma adolescente: estudos, carreira, futuro, namoro, garotos, amizades, pressões normais que vivemos nessa idade. As coisas começam a melhorar um pouquinho para ela quando seu pai sugere que ela faça um estágio uma vez por semana em troca de créditos escolares em Manhattan, que é o lugar que ela mais admira no mundo e que era, até então, quase um desejo inalcançável, uma vez que ela mora em um subúrbio em Connecticut. E a partir daí eu não vou contar mais nada porque vocês terão que ver a série para descobrir!

Eu achei bem diferente do que estava pensando que seria. Pra começar achei que a Carrie já seria, desde o início, uma aspirante a fashionista mirim que tem uma inimiguinha na escola e que governa uma turminha bacana. Nada disso. Nos primeiros episódios ela vai pra escola vestida completamente normal, só com rimelzinho de maquiagem, encontra com sua turma de amigos legais e tem que lidar com a mean girl do colégio de forma tão leve que ela nem chega a ser um empecilho! Na verdade a Donna – aka “queen bee” da escola – é a vilãzinha adolescente mais legal e carismática que já vi, estou adorando! Aliás, a série tem muitos personagens incríveis. Meu favorito é o Walt, melhor amigo da Carrie e namorado/ex-namorado da personagem mais insuportável de todas, a Maggie, que é amiga deles na primeira temporada, mas eu tenho a esperança de que vai dar uma sumida na segunda. Os outros são todos bem legais também, tanto no núcleo do subúrbio quanto o de Nova York propriamente dito. Por enquanto não apareceu nenhuma personagem da série “original”, mas agora na segunda temporada já vai começar a aparecer.

Mas agora vamos ao que interessa… O melhor de tudo é o fato de se passar no meio da década de 80! Gente… Ela se veste de Lady Di no Halloween porque a princesa tá na moda e acabou de se casar, a Madonna está em turnê como seu “novo sucesso” Like a Virgin, as roupas são todas coloridas e exageradas e é a PRIMEIRA vez em que eu realmente conheço as músicas que são tocadas em um seriado atual. Sério, sempre tem uma ou mais músicas daquelas que eu realmente gosto, é muito bom de ouvir, mesmo quando não aparecem cantadas pelos artistas originais da época. Mas o principal, o principal mesmo para mim é o cabelo da Carrie. Lindo! Estou apaixonada por essa cabeleira e querendo dar uma aposentada na chapinha para testar os penteados simples e lindíssimos que ela faz na série. Lógico que não é a mesma coisa, né? Ali é tudo feito por um cabeleireiro, já que a AnnaSophia Robb, que interpreta a personagem, tem o cabelo bem lisinho, mas eu já cheguei bem perto nos meus testes caseiros. Olha que coisa mais linda, gente:

carried02

Já foi pra minha Watchlist no Orangotag! Tomara que continuem mantendo o nível e ritmo dos episódios para a série não se perder depois da terceira temporada, que foi o que aconteceu com séries que eu acompanho e acompanhei, tipo Pretty Little Liars e Gossip Girl. Vamos torcer para que, quando o fim chegar, que chegue com a dignidade que merece!

Carta ao Cabelo

Em 16.01.2013   Arquivado em Escrevendo

Belo Horizonte, 16 de janeiro de 2013.
Querido cabelo,
não é de hoje que estamos juntos, você e eu, convivendo diariamente e tendo um que se adequar ás loucuras do outro. Digo “não é de hoje” mas a verdade é que desde sempre você esteve aí em cima, me deixando mais bonita (ou não). Mas dessa vez eu resolvi que era hora de rolar um bate-papo entre nós dois e resolvi escrever esse monólogo pra ver se, como resposta, você não tenta segurar sua onda… Ou as raízes!!
A questão, cabelo meu, é que minha cabelereira veio falar comigo. Não quis te dedurar não, ela fala pro nosso bem. Eu sei o quanto você gosta dela, que te deixa pretinho, lisinho, brilhante e macio, e ela também gosta d’a gente, então veio me falar que você tava caindo demais. A verdade é, cabelo, que ela se enganou. Cair eu sei que você cai, eu me acostumei com isso. Mas agora você tem é DESPENCADO aí de cima. Olha, eu nunca liguei pra isso porque sei que tem fio demais, nunca vi igual, mas é que já torrou minha paciência, né? Todo dia alguém tirando fios de cabelo da minha blusa, jaleco, travesseiro, até da mesa onde fiz prova essa semana.
Eu sei que, no fundo, eu tenho uma parcela de culpa. Não é só você que tem reclamado não. As unhas, suas amigas, estão quebrando das maneiras mais estranhas que já vi. Pra não falar da tal da alergia que já vem me torrando o saco e não vejo a hora de me livrar dela. Eu sei que tem muita coisa andando errado por aqui, mas nós somos um organismo, todos juntos (literalmente), e vocês precisam me ajudar.
Mas a culpa, sabe, é do nosso chefão, o tal do cérebro. Tem uma parte dele, aquela que veste de roupa branca e preza pela nossa saúde, que sempre me diz para eu não me sobrecarregar denovo. Mas o problema é que a maior parte, aquela onde fica a arrogância, sempre me diz: faz. Não importa o que, ele tá lá me dando força pra fazer. Matéria junto com TCC? Faz! Deixar coisas pra última hora? Faz! Prestar vestibular junto com formatura? Faz! Faz, faz, faz, sai fazendo de tudo sem pensar nas consequencias no final. E eu vou lá e faço, porque, no final das contas, é ela que manda em você, em mim e em todos nós, partes de mim.
Mas, vamos lá, cabelinho. Não precisa ficar tentando suicídio assim. Segura as pontas aí que logo a gente tá livre de toda essa complicação em que eu coloquei todos nós e estaremos firmes e fortes pra algumas outras que ainda estão por vir. Porque você me conhece tão bem quanto eu mesma e sabe que eu não tomo juízo: adoro caçar sarna pra me coçar!!
Um beijo, e continue me amando porque eu te amo muito =D
Luly

#ribbonday

Preto Azulado – 2.1 Luminous

Em 05.09.2009   Arquivado em Beleza

Atualização Fevereiro/2016: Esse continua sendo o post com mais visualizações do blog e SEMPRE tem novas visitas por aqui, então resolvi dar meu feedback mais de seis anos depois. A Luminous no tom Preto Azulado foi a melhor tinta que já comprei na vida. Essa foi a única cor que usei deles e nunca desbotou, não deu alergia, é barata… Não tive nenhuma reclamação! Continuo dando banho de brilho no meu cabelo ocasionalmente para deixá-lo com mais vida e, claro, mais escuro, e se pudesse escolher um produto para isso seria ela, sempre, mas já faz algum tempo que não encontro nessa cor disponível no mercado e tive que migrar para outra marca. Se alguém souber se ainda existe e/ou onde vende em Belo Horizonte ou mesmo pela internet, POR FAVOR, me avise. Lembrando que essa é minha experiência pessoal, é sempre necessário fazer um teste antes de usar qualquer química no cabelo para evitar reações alérgicas, e que o efeito pode variar em pessoas com cabelos em tons ou texturas diferentes.

Se você tem cabelo escuro como o meu, que é preto, pense várias e várias vezes antes de “virar” loira. Se for bem feito pode ficar bem bonito, mas demora para “chegar lá” e se um dia você cansar (e é bem provável porque dá trabalho manter) o processo de voltar ao natural é tão longo quanto o anterior. Já tem mais de um ano que voltei a ser morena e até hoje preciso ficar pintando o cabelo, porque passa o tempo e ele vai ficando meio “ruivo castanho loiro escuro” com a raiz pretona!!
Eu fingia que não via isso, mas revoltei com a situação de vez quando, no fim de semana passada, vi como ele ficou numa foto que tirei com a Lu:

CabeloDesbotado

Foto totalmente auto-explicativa… O cabelo dá Lu fica LINDO com o desbotado do ruivo, como vocês estão vendo aí… Mas o meu fica uma droga!! E aí tá de chapinha, com as ondas ao natural fica mais esquisito ainda. Comecei tentando usar castanho escuro, passei para o preto e nada, então dessa vez resolvi apelar! Liguei pra minha mãe e falei pra ela achar um PRETO AZULADO, tom 2.1 e aí o negócio ia adiante. Se meu cabelo ficasse realmente azul não importava, só que desbotado eu não queria!!

Preto Azulado - Luminous2.1

Quando eu pintava de loiro usava “Loiro Claríssimo Acinzentado” Imedia Excellence, porque era a única cor que pegava… Ficava bom, não ficava laranja, aí resolvi aderir às tintas da marca. Tanto que fui pesquisar o número do tom no site DELES e aí fiz um teste de qual cor ficaria bem em mim… Foi um SINAL, porque o “Preto Safira” apareceu como a primeira da lista, era o fim da minha dúvida. Mas minha mãe, porém, é a favor da diversidade e economia, e como não tinha o 2.1 da Imedia lá, trouxe a Luminous que era bem mais barata. E aí veio a hora da verdade…

Preto Azulado

Voltei pra casa com minha bata de pintar cabelo manchada, com o rosto mais BRANCO que nunca… Mas o cabelo tá pretoooooooooo!! Tá tão preto, mas tão preto… Que tá até “azul”!! Hehehehe. Objetivo atingido, o problema agora é só quanto tempo vai durar.

Escova Progressiva RULES

Em 07.01.2009   Arquivado em Beleza

* Quando eu nasci e até uns 3 anos mais ou menos eu tinha o cabelo enroladinho, mas só um pouco… Os malditos genes dominantes do meu pai resolveram ir onde não eram chamados, e aí essa meleca padeceu sobre mim. Mas na época eu era pequenininha, e como era uma coisa “leve” ficava lindo, fofo, destacava meu rosto redondinho e Timóteo inteira queria me apertar!!

1-3 anos
Mini-Luly no aniversário de 1 ano | E depois com 3!! Nhoooooín, quero morder essas bochechas!!

Um belo dia, pouco tempo antes de eu completar 4 aninhos, minha mãe cortou meu cabelo curtinho. Na hora que olhei no espelho até chorei. Não só pelo tamanho (criança tem mania com cabelão, né??), mas também porque de repente ele tinha ficado LISO!! Liso mesmo!! Super liso!! Na época eu não entendia o quanto tinha sido abençoada…

7-8 anos
Luly-Noel aos 7 anos | Banguela aos 8… Feiiinha, hihihihihi

Aí, depois que eu pintei meu cabelo de vermelho (aham, eu fui ruiva por, eeeer, 3 meses) e não tinha nem 11 anos de idade, ele virou um LIXO!! Tipoo, literalmente lixo, eu não conseguia colocar o coitadinho do cabelo no lugar. Aos 13 anos descobri a chapinha e a partir dos 14 ou eu andava com ela, ou fazia escova em mim mesma, ou amarrava um coque no alto da cabeça. Só no início do ano passado que fui descobrir a mágica do “creme de pentear”, que deixa o cabelo baixo e etc. Mas graças àquela maldita água oxigenada que me dominava até maio do ano passado, ele passou dos limites e se tornou incorrigível, o creme ajuda mas não resolve. Então semana passada recorri ao milagre da escova progressiva.

Antes e Depois
Março de 2008, cabelo natural (porém ainda loiro) | Depois da progressiva, assim que secou!!

Como deu pra ver aí em cima, meu cabelo é hetereogênio: liso na raíz, ondulado em sua extensão e cacheado nas pontas. Agora só tem onda. Ondinha. SÓ!! E isso foi porque deixei secando ao natural, sabe. Amanhã vou lava-lo e secar com secador, e acho que nem vai precisar mesmo da chapinha (mas é capaz de eu usa-la mesmo assim).
Mas assim, é como o próprio nome diz: progressiva!! Cada vez que você faz vai ficando melhor e melhor e melhor!! Eu acho que vai ser de 3 em 3 meses pra mim, aí quando eu tiver no 2º retoque vai ser alguns dias antes do meu aniversário =D Tá super recomendado, e não teve nada de formol!!
Eu queria muito fazer esse post sobre a escova, mas ia ser depois, mas como vi que os posts “Livro & Filme” tão demorando pra sair, vim com esse mesmo ^__^

Ouvindo: Whatever You Need – Tina Turner

– Comentários

Tiny Dancer 27.0

Em 01.06.2008   Arquivado em Beleza, Conservação-Restauração


* Oooopa!! O que aconteceu nesse lugar, gente?? Ah, vai, o layout ficou bom, gente!! “Tá muito simples, Luly!!” EU SEI!! E é por isso que ele tá aqui. Desde o começo da semana esse layout não saía da minha cabeça, sabe… Exatamente desse jeitinho que tá!! Aí eu fui lá e fiz!! E amei!! Acho que ele vai ser difícil de enjoar logo. E sem contar que as áres de perfil e post ficaram bem³ maiores, o que significa que eu to menos restrita a tamanho de imagens, etc.
E todos meus layouts anteriores (TODOS) tavam bem “patricinha” ou sei lá, resolvi mudar um tiquim. Acho que é a idade batendo na porta (aham, sei…). Enfim, espero que gostem. Caso contrário, esperem a próxima versão!!

* Agora: notícia bombástica!! Preparados?? Estou morena, e agora é pra sempre!! Cansei de pintar, cansei de retocar, cansei de usar tinta forte e água oxigenada pra tentar enloirecer o que não é clariável!! Tava tudo destruindo meu cabelo e agora só vou pintar mais duas vezes: “retoque” do preto quando ele desbotar. TODO mundo gostou e eu principalmente, de artificial por aqui vai ser só a chapinha, hehehe!!

Luly's black head!!
(foto tirada pela Daninha no McDonalds, ante-ontem)

Apesar de que Amiguinha, Loreninha, Lu e Daninha falaram que eu to com cara de metaleira O.O e o Gugui disse que provavelmente to mesmo… “Branquinha com cabelo pretããããão chapado”. Nhá, eu num tenho cara de metaleira, só escuto metal, e nem é só metal que eu escuto. Como as pessoas me acham com cara de metaleira, eu que sou toda… toda… BARBIE?? Hahahaha!!
Brincadeiras a parte… Loiro nunca mais!! Ficou bonitiiinho, num ficou?? *-*

* Essa semana foi ótima!! Na segunda feira lá fomos nós (turma da faculdade) no Museu de História Natural. Bom, é que tem uma matéria no meu curso que agora só vamos ficar fazendo visita em museus pra poder fazer relatórios depois, é bem legal!! E nesse dia era especial: a professora disse que tinham “peças” pra gente limpar.
Chegando lá… as “peças” eram RÉPLICAS DE OSSOS PRÉ-HISTÓRICOS!! Quando eu falo “ossos” eu digo o corpo inteiro do bicho. Eram 7 esqueletos (as réplicas são feitas com resina), entre eles duas preguiças gigantes, tiranossauro e tudo mais. Gente, era MUITA coisa.
E tem que limpar é com pincelzinho e depoiz passar um “contonetezinho” com (pooouca) água e depois aspirador de pó só nas bases dos bichinhos. Ficamos o dia inteiro tirando poeira acumulada por 7 anos (sim, não limpavam os bichinhos de 2001). Muito trabalho, dores musculares, risadas, luvas, fotos (as últimas fotos loiras da minha vida)… MAS VALEU A PENA. No fim do dia eu estava entre os 6 (de 30) sobreviventes que ficaram lá e vi o resultado final!! Ficaram lindos e limpos!!
É… pra quem não sabe eu to fazendo Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis na faculdade, então limpar réplica de osso em museu vai fazer parte da minha vida daqui pra frente, hehehe!!

Aí ante-ontem foi aniversário da minha mãe. E ela foi passear com o Renato quinta numa pousada e só voltou sexta na hora de a gente sair pra jantar. E eu pintei o cabelo na quinta, então ela não tinha visto ainda… Na hora que o Renato me viu de longe ele até falou “Ô Dani, me ajuda aqui!!” MEUS DEUS, É CARADUMA-FUCIMDAOTRA!! Eles levaram um sustão ao me ver morena.. Meu pai a mesma coisa. (Todo mundo assustou, né??)
Mas aí, aniversário da mamãe. Fomos jantar e depois tomamos MilkShake no McDonalds… Voltamos pra casa e na hora que o Renato parou o carro na porta decidimos voltar pro McDonalds pra tomar sorvete… Eu fiquei só na Coca-Cola mesmo porque eu já tinha comido muito³!! Foi muito bom!! Ela ficou muuuito feliz e satisfeita com o dia que teve e é isso que importa!!

* E o que mais?? Nhá, num quero digitar mais. Meus bracinhos já tão doendo aqui, hehehe!! POR FAVOR, se tiver difícil de ler com esse tom de rosa nesse fundo cinza me AVISEM POR COMENTÁRIOS, que eu coloco a letra mais escura.
Eu atualizei os links, num deu pra linkar todo mundo porque muitos blogs apresentam graves problemas no Firefox. Se tem alguém que me linkou e não tá linkado avisa!!
E o resultado do Start Reflexion Awards saiu, confiram:

Start Reflexion - Participe também.

Luv Ya, bye!! =*

Ouvindo: Tiny Dancer – Elton John (num foi a toa que a versão ganhou esse nome… num consigo parar de ouvir!!)

ps.: agora eu to no Twitter também… Meu nomezinho lá é @sweetluly, caso alguém também tenha!!

– Comentários

Página 1 de 212