Projeto Psique: Abril e Maio

Em 11.06.2014   Arquivado em Dolls

Resolvi que vou continuar postando minhas fotos do Projeto Psique de dois em dois meses porque aí o post vem com um pouquinho mais de conteúdo e fica mais difícil eu atrasar (o que não é o caso hoje, né?).

O tema de abril foi O MAIS LINDO DA VIDA: Prisma! De cara pensei em algo inspirado na música “She’s a Rainbow” dos Rolling Stones que eu a-m-o, é minha música favorita deles e a coisa mais fofa dessa vida, mas o mês foi passando e todas as minhas ideias que seguiam essa linha ficavam sem graça. No dia 29 bem em cima da hora eu apelei, chamei a Daninha e resolvi mudar tudo! Teve uma vez a alguns anos que o Sol refletiu num cd que estava no quarto da minha mãe e gerou um Arco-Íris no teto (foto aqui), então resolvemos fazer o mesmo refletido ao lado da Demi, minha Byul Dumbo. A escolhida foi ela pelo simples fato de que ela é a mais colorida das minhas dolls com esse cabelo tuquesão, mas nada saía bonito até a gente ver o Arco-Íris refletido no rosto dela, aí sim ficou incrível! E o melhor foi que a sombra dela deu uma “falha” no reflexo da parede, tudo muito acidental e simples, mas duvido que até o fim do ano eu poste alguma foto no Projeto mais bonita do que essa.

Projeto Psique - Abril

Pra maio o tema foi Suara, que são aquelas vozinhas que ficam na nossa cabeça nos levando pro lado do bem e do mal. Desde o primeiro momento eu já sabia o que ia fazer, demorei pra postar por que sou enrolada mesmo. Foi a primeira vez em que nenhuma boneca minha apareceu na foto, usei duas da minha irmã e uma da minha mãe! Tanto a Rosalie, da Daninha, quanto a Melly, da mamãe, são Pullips Craziia, e a Ginny (da Daninha também) é uma Little Craziia, então ficou simplesmente perfeito as três juntas! Coloquei a Rose de “anjinho” e a Melly de “capetinha” porque combinava mais com elas fisicamente, porque se fosse vez a personalidade seria o contrário e não ficaria tão legal… A balança me bateu a ideia de colocar aí na frente na hora da foto mesmo, como se a Ginny tivesse pesando que lado ia seguir. Não ficou muito auto-explicativa não, mas depois que eu conto o motivo dá pra achar legal, né?

Projeto Psique - Maio

Agora o tema de junho já saiu e eu tô cheia de ideias que semana que vem pra colocar em prática e mostro quando tiver a de julho também!

Rapidinhas de Abril

Em 06.05.2014   Arquivado em Cotidiano

Tô aqui atrasada com meu desafio de Top 5 mas whatever, quero logo falar sobre as coisas boas e felizes que vivi em abril antes que a gente chegue no meio do mês e o post perca o sentido…

Rapidinhas de Abril

Minha segunda semana do mês foi bem intensa – e linda – trabalhando lá na Cia do Ponto. Foi muito bom porque eu amo ficar lá, adoro a Mari e o Vinícius e porque trabalhar é uma delícia, mas como sou muito chata, perfeccionista e cri-crizenta com o que eu faço (com os outros nem tanto) qualquer coisinha que dava errado eu desesperava e ficava a beira do choro, gente, uma coisa horrorosa. No último dia que fiquei sozinha liguei pra Mari aos prantos achando que tinha estragado tudo na vida, mas ela me mandou ir pra casa descansar porque (segundo ela) tudo aquilo é normal, hahahaha. E ela me mandou descansar porque no domingo seguinte teve Anime Yo em Divinópolis e eu fui junto pra ficar no estande deles, que foi esse aí da foto. Nós saímos de BH bem cedinho e chegamos lá em menos de duas horas, arrumamos tudo e foi uma aventura, gente, muito divertido mesmo! O evento é relativamente vazio e não vendemos tanto, mas a experiência sempre vale. A gente ia passar a noite lá mas como acabou cedo voltamos direto pra BH e rimos um bucado de tudo! Aliás… Obrigada Mari e Vinícius por confiar tanto em mim e serem tão incríveis mesmo quando eu tô em pânico total, prometo que na semana desse mês vou brilhar, manter a calma e não chorar!

Rapidinhas de Abril

Na páscoa eu ganhei muuuitos chocolates, mas o mais lindinho deles foi o do Pequeno Príncipe da Cacau Show que veio com essa luminariazinha coisa linda! Ela fica incrível refletida na parede quando o quarto tá todo escurão mas no dia que ganhei eu ainda tava lendo (e completamente obcecada por) O Chamado do Cuco então tirei essa foto bonitinha dela refletida no livro mesmo. Falando nisso… A resenha vai sair, gente, juro que vai, ainda esse mês!

Rapidinhas de Abril

Abril é o mês em que começamos a ter muitos aniversariantes seguidos (inclusive minha irmã), mas o que foi mais lindamente comemorado foi o de duas das minhas Byuls: Penny Lane e Joanne! A Penny completou um ano desde que chegou aqui em casa (jááááááááá) dia 22 e a Joanne já está comigo a QUATRO ANOS e foi dia 24. Era pra eu ter feito o vídeo especial de 1º aniversário pra Penny e tudo mais, mas não tive como e então tirei essa foto das duas juntas dia 23… E vai ser assim todos os anos a partir de agora, soprando as velinhas em conjunto! E agora em maio vai fazer 5 anos desde que comecei a colecionar Fashion Dolls, mas isso vai merecer um post especial!

Rapidinhas de Abril

E por fim um assunto que já foi falado mas que merece um novo registro com o nome de “O dia em que recebi um autógrafo do Elton John”. Pra quem não faz ideia do que tô falando contei aqui AQUI, e pra quem já sabe admira aí de novo essa coisa mais linda da vida e do meu coração!

Bonecos de “Divergente”

Em 27.03.2014   Arquivado em Dolls, Filmes

Taí um lançamento que eu nunca imaginei que veria no Barbie Collector, mas que já está lá a alguns dias. Em abril estréia aqui no Brasil o filme “Divergente”, baseado no livro de mesmo nome que é o primeiro de uma trilogia escrita por Veronica Roth e eu não estava nem um pouco animada pra assisti-lo porque não gostei muito da escalação do elenco, mas agora que tá chegando já tô ficando curiosa e com vontade de ir lá ver o que vai dar logo!
Saíram bonecos representando apenas os personagens BEM principais meeesmo da série, Tris e Quatro. E nenhum dos dois ficou lá grande coisa…

Divergent Dolls

A Tris achei até parecidinha com a atriz que a interpreta, mas não vi graça NENHUMA na boneca. A roupa é bem feia, o cabelo é igual ao de qualquer Barbie que se vê por aí e a única coisa que ela tem demais é a tatuagem na clavícula. No livro a personagem tem outras tatuagens, menos importantes que essa, mas não sei se a boneca tem também ou se vão aparecer no filme, provavelmente sim…

Divergent Dolls

Já o Quatro acabou ficando mais diferente de outros Kens comuns por causa da tatuagem que cobre as costas todas com o símbolo de todas as facções e porque o rosto também foi adaptado ao ator do filme, mas mesmo assim tá feio demais! Eu particularmente achei uma péssima escolha pro intérprete porque nos livros ele chama atenção de tão bonito e escolheram um cara bem mais ou menos pro papel, então o boneco também não tinha como sair divino, né? Fora isso tem uns detalhes das roupas no site e eu achei bem meia boca, nada bem feitinho ou impressionável.

Faz sentido os bonecos sem graça porque tirando as tatuagens os personagens não têm nada de elaborado no figurino, que se baseia simplesmente em roupas pretas, mas daí vem o fato de que eu não entendi realmente a necessidade desse lançamento… De qualquer forma eles estão a venda por U$24,95 AQUI, mas não sei se virão ou não pro Brasil – e se vierem podem esperar uma facada no preço!

Pra quem não conhece muito a trilogia de Divergente e gosta de uma distopia acho que vale a pena procurar saber porque é ótima. Os outros livros são “Insurgente” e o último saiu agora em português com o título “Convergente”. Eu já comecei a ler, mas confesso que tô enrolando porque quando o livro saiu em inglês rolou o maior de todos os spoilers pela internet que nem um furacão e isso me deu medo do que está por vir. O filme baseado no primeiro livro já saiu lá nos EUA e pelo o que estou vendo por aí pode ser que role uma certa decepção, mas só vou dizer com certeza quando passar… Dependendo da minha opinião sobre qualquer um dos dois pode ser que eu venha postar sobre um e/ou o outro aqui depois, mas isso vai depender da minha capacidade de fazer isso sem soltar spoilers, veremos!

Projeto Psique: Fevereiro e Março

Em 18.03.2014   Arquivado em Dolls

Tô meio atrasada pra mostrar minha foto de fevereiro do Projeto Psique, então como fiz a de março logo nos primeiros dias do mês já vou contar sobre as duas de uma vez e explicar os temas, minha linha de raciocínio e etc.

O tema de fevereiro era “Mood” que em inglês significa “humor”, “ânimo” e “estado de espírito”. A primeira coisa que me veio na cabeça foi o momento da minha vida em que as minhas emoções estiveram em maior alvoroço e a escolha foi, lógico, o show do Elton John aqui em Belo Horizonte, definitivamente a noite mais feliz da minha vida. Cogitei fazer alguma coisa relacionada a música, colocar a doll com um instrumento musical. Os dias foram passando e vi que não condizia muito com a ideia que eu queria passar e voltei à estaca zero. Só então que decidi usar as CORES para definição de humor! Provavelmente isso me veio na cabeça quando ouvi a expressão “blue” significando “tristeza” em algum filme, não sei…

Depois de muito pensar usei essas cinco aí em baixo: vermelha de raiva, verde de esperança, azul de tristeza, rosa de paixão e BRILHANDO de alegria! Era pra ser “amarelo de alegria”, mas a expressão não ficou boa, então substituí pro “brilhando” e ficou ótimo! A escolha das dolls foi pela cor de cabelo que ficaria melhor, não necessariamente pela personalidade de cada uma.

Projeto Psique - Fevereiro

Agora em março é a vez de Naamá, esposa de Noé que o ajudou a cuidar dos casais de animais que levou pra Arca que tinha como objetivo preservar as espécies após o dilúvio. Quando esse tema saiu em fiquei em total desespero por três dias direto sem ter a mínima noção de nem por onde começaria. Aí almoçando na casa da mamãe minha irmã achou uma mini arca de Noé que eu ganhei quando fiz uns 10 anos e falou que eu poderia usar. E foi! Escolhi uma das Little Byuls pra ficar com o tamanhinho mais próximo do da arca e usei um dos meus papéis marmorizados de fundo, fim! Simples, rápido e fofinho. Agora é só esperar pelo tema de abril, o problema de fazer a foto cedo demais é que demora um tantão pra saber como será a próxima…

Projeto Psique - Março

Projeto Psique: Janeiro

Em 28.01.2014   Arquivado em Dolls

E chegou a hora de falar sobre o Projeto Psique que começou agora em janeiro e vai nos acompanhar o ano todo. Digo “nos” porque eu vou compartilhar aqui mês a mês, então vocês vão ver o que vai acontecendo também! As fotos do mês de janeiro estão lindinhas, mas antes de falar dela e do tema vou explicar um pouquinho sobre o que é.

No final do ano passado ou fui uma das 70 pessoas convidadas a participar desse projeto que até então era uma incógnita pra todo mundo. Minha participação foi meio engraçada na verdade porque eu vi o nome do Projeto no Facebook e, como adoro mitologia grega, elogiei. A Ana Monteiro, organizadora do projeto e dona do Blythe.com.br, me perguntou então se eu ainda colecionava bonecas (faziam meses que a gente não se falava) e quando eu disse que sim ela me pediu meu endereço pra eu participar também!

A ideia toda é bem legal, a Ana enviou para todos os participantes uma camisetinha do projeto e assim que cada participante recebesse deveria tirar uma foto de qualquer boneca usando como uma forma de aceitar o convite. A partir daí a cada mês seria dado um tema e cada um tem que tirar uma foto da sua interpretação desse tema. A cada fase cumprida a pessoa passa pra próxima e recebe um brinde em casa. Simples (e lindo) assim!

O tema de Janeiro foi, é claro, Psiquê, para inaugurar tudo. A palavra tem vários significados, mas eu escolhi representar a Psiquê da mitologia, esposa do Eros (Cupido para os romanos). A história dos dois é minha FAVORITA na mitologia e gosto tanto que é a única vez que vou “contra” minha deusa favorita, a Afrodite. Sendo assim pensei em retratar os dois nesse primeiro desafio e tive uma ideia base original: iria mostrar o momento em que ele estava prestes a flechá-la e acabou se apaixonando por ela. A princípio ela estaria dormindo na beirada da janela e através dela só daria pra ver as mãos e o arco dele, mas durante a “produção” da foto foi mudando e acabou ficando assim:

Projeto Psique - Janeiro

Pra retratar Psiquê eu escolhi a Elle porque… Porque não conseguia pensar em mais ninguém além dela! Pra mim era quem tinha mais cara pro “papel” e fim! Já quem ficou como Eros foi o Robert, Taeyang da Daninha, porque é ruivinho e tem essa carinha de anjo linda. A única coisa que tive que “produzir” foi o arco e a flecha, que foram uma obra de arte incrível minha feita de palito de dente e restos de linha, hahahaha. Ficou até bonitinho no fim das contas, me diverti a beça e já tô doida pro tema de fevereiro.

Ah, a cada mês vou mostrar também o brindezinho que receber. Como esse é o primeiro fiquem com a foto que tirei pra aceitar o convite que tem a linda da Penny Lane de modelo usando a camiseta, que foi nosso primeiro presente!

Projeto Psique - Janeiro

Página 4 de 71234567