Demolidor

Em 13.12.2017   Arquivado em Séries e Desenhos

Demolidor

Treze de dezembro é o “Dia do Cego”, e eu recebi um e-mail ontem com essa sugestão de pauta, só não sabia sobre o que falar. Minha ideia era fazer uma lista com filmes que abordam o assunto, mas infelizmente assisti poucos e não dava… Sendo assim resolvi comemorar que as gravações da terceira temporada de Demolidor (em inglês Daredevil), série original da Netflix em parceira com a Marvel, começaram por agora em Nova York para falar como foi a trajetória do Homem Sem Medo até agora por lá.

Primeiro dos quatro heróis de Os Defensores (que conta também com Jessica Jones, Luke Cage e o Punho de Ferro), o Demolidor é, durante o dia, Matt Murdock, um advogado cego e órfão. Ainda quando criança Matt sofreu um acidente onde conteúdo radioativo vindo de um caminhão comprometeu sua visão, sendo capaz de enxergar apenas vultos, mas tendo todos seus outros sentidos elevados a níveis muito além dos humanos. Após o assassinato de seu pai, que era pugilista, ele é treinado pelo sensei Stick, que lhe ensina não só a prática de artes marciais como também a controlar suas novas habilidades. A série começa quando ele, junto com seu grande amigo de faculdade “Foggy” Nelson, está abrindo o escritório de advocacia Nelson & Murdock. O caminho deles cruza o de Karen, mais tarde sua secretária, que descobre esquemas de corrupção em seu trabalho e conta com a ajuda da dupla em sua defesa. Diante das descobertas feitas nos dois lados da sua vida dupla Matt decide combater as ações mafiosas de Wilson Fisk, o “Rei do Crime”, e ao mesmo tempo manter sua identidade em segredo… Mesmo que sua presença venha passando cada vez menos despercebida e a mídia começar a divulgá-lo como o Demônio de Hell’s Kitchen, sem saber se veio para ajudar ou atrapalhar as ações falhas da polícia. Ela conta também, assim como todas as séries da Marvel produzidas pela Netflix, com a presença da enfermeira Claire temple, que engata um início de romance com o personagem título mas logo depois isso acaba (mas eu era a favor de continuar, foi mals).

A ideia original era lançar uma temporada para cada um dos Defensores antes da série onde os quatro se unem, que foi lançada em agosto desse ano, mas Demolidor furou a fila e ganhou uma segunda antes disso. Ela inclusive foi o gancho para começar a batalha em grupo com a presença de outra personagem dos quadrinhos e ex namorada de Matt, Elektra, também treinada por Stick. Apesar da primeira fluir de maneira INFINITAMENTE melhor, a segunda temporada também tem uma trama bem bacana, já com o “traje de herói” dele, que na outro é super improvisado, e focando na luta contra o Tentáculo, uma organização mafiosa oriental que é a “grande vilã” em Punho de Ferro e nos próprios Defensores. É nesse contexto também que aparece Frank Castle, que ganhou uma série spin off mês passado como “O Justiceiro”. É aquela mesma coisa de sempre, as histórias se unem o tempo todo e estão completamente interligadas, dando a impressão de que não tem como acabar. Pra quem é sensível fica o aviso: as cenas de luta são ótimas mas sempre violentas e muito sangrentas, bem menos suaves que o universo da empresa nos quadrinhos. O elenco é todo ótimo e para aqueles que preferem a versão “tupiniquim” das coisas pode ir fundo porque a dublagem é ÓTIMA!

Demolidor
“Demolidor” via Netflix

A terceira temporada foi confirmada para o segundo semestre de 2018, depois da 2ª de Jessica Jones, e os fãs apostam que será inspirada na história das HQs “A Queda de Murdock”, por causa da maneira como terminou o último episódio de “Os Defensores”. Já no que diz respeito à volta do grupo, ainda não há nada confirmado, mas eu queria muito vê-los juntos de novo porque amei a dinâmica que tiveram… Quem são os Vingadores na fila do pão comparados a esse timão, gente?

Blogmas 2017

BH 120 Anos: 5 lugares favoritos da Capital Mineira!

Em 12.12.2017   Arquivado em Cotidiano

E hoje, 12 de dezembro, é aniversário de Belo Horizonte! A capital mineira está completando 120 anos e, além de eu chamá-la de casa há 15, é também minha cidade favorita no planeta… Merecia esse momento comemorativo por aqui, né? Sendo assim aqui está a minha listinha pessoal de 5 lugares legais pra visitar quando vier em BH. Existem outros que gosto tanto quanto, alguns que acho importante mesmo sem ter tanto apego, mas com esse roteiro já dá pra tirar umas fotos maneiras, comprar doce de leite e sair falando uai durante alguns dias sem nem saber o que significa. Me chama pra ir junto, eu explico.

Circuito Cultural Praça da Liberdade

BH 120 Anos

A Praça da Liberdade precisa ficar no topo da lista porque é o lugar que mais amo nesse mundo. Só de andar por ela, não importa quão ruim está o dia, pelo menos um sorrisinho consegue estampar esse rostinho por alguns minutos… Tinha uma época na faculdade que eu pegava carona com uma colega que mora lá perto e passava na frente do meu ponto de ônibus pra ir pra casa, mas eu nunca descia no meio do caminha só pra voltar por lá! Além da praça em si, que é linda, ao redor e nas ruas que levam até ela tem o Circuito Cultural Praça da Liberdade, com museus, instituições públicas e centros culturais, além de shows e outros tipos de apresentações que sempre rolam por lá. Dá pra ficar o dia inteiro se divertindo e amando artes e ofícios pra todos os gostos! Agora no fim de ano ela também vira um dos points mais esperados da decoração de natal, que é sempre linda. Pra ver outras fotos que tirei da praça é só conferir o 6 on 6 de julho desse ano, que foi todo dedicado a ela!

Igreja São Francisco de Assis & Lagoa da Pampulha

BH 120 Anos

O maior cartão postal de BH é, sem dúvidas, a Igrejinha da Pampulha! Com arquitetura de Niemeyer, painéis de Portinari e paisagismo de Burle Marx ela é um primorzinho de prédio em formato incomum. Além disso, faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, o grupo de prédio na orla da Lagoa que também valem muito a pena conhecer: Museu de Arte da Pampulha, Casa do Baile, Iate Tênis Clube… Fora Parque Guanabara, Jardim Zoológico e o Parque Ecológico! O campus principal de UFMG, onde eu estudei, e o estádio Mineirão também ficam relativamente perto, a Pampulha é um pouco longe do Centro mas tem entretenimento pra todos os gostos!

Edifício Arcangelo Maletta

BH 120 Anos
Foto do ARQBH

No coração do Centro da cidade, na esquina da Rua da Bahia com Avenida Augusto de Lima, está um edifício que mistura comercial e residencial e é um dos nossos centros boêmios: o Maletta! Me desculpe bairro Santa Tereza, me desculpem bares da Savassi, que também são dois queridos, mas hoje se eu tiver que escolher um local pra sentar com os amigos e jogar conversa fora tomando uma (no meu caso uma Coca Cola, porque não bebo), é pra lá que eu vou. A variedade de bares é enorme e o preço sempre bem acessível, além da localização ser maravilhosa pra voltar pra casa depois, sempre cheia de gente em volta e com ônibus pra todos os lados!

Mercado Central

BH 120 Anos
Foto do G1

Imagina o lugar que concentra toda a cultura de um estado, junta com um cadinho de contemporaneidade e ainda adiciona o pouquinho de outros lugares aqui e ali? Esse é o Mercado Central de Beagá! Se você tiver que escolher entre um só dos que citei nessa lista, ou que esteja listado em qualquer outro lugar, escolha esse! Rola uma comidinha mineira na hora do almoço, presentinhos pra levar pra família, café com pão de queijo pro lanche, lojas de cachaça com garrafas que não são encontradas em nenhuma outra, queijo Minas pra todos os gostos de TODOS OS TIPOS DE DOCE DE LEITE JÁ PRODUZIDOS! Seja pra quem é de fora curtir o clima desse “trem bão” todo ou pro próprio belorizontino achar tudo o que precisa em um lugar só, vale a pena se perder nesse labirinto ilógico bagunçadinho. Eu mesma, se passo um mês sem ir lá pode ter certeza que foi um mês MUITO atípico! (E se voltar sem um pacotinho de doce de leite na palha, tem algo errado nisso aí…)

Parque das Mangabeiras

BH 120 Anos

OK, eu sei que aqui deveria vir o Parque Municipal, cuja localização é bem melhor… E até mais bonito, pra falar verdade, mas o Parque das Mangabeiras é bem mais tranquilo de se visitar! Ele fica ali na beiradinha da Serra do Curral e todo fim de semana recebe família fazendo picnic, grupinhos de caminhada e muitas sessões de fotos! Tem estacionamento, restaurante, pista de skate, muitos bichinhos com os quais é melhor não socializar muito, área pra criança e um mini mirante onde dá pra ter uma visão bonita da cidade. Pra fechar nosso tour com chave de ouro…

Quer mais de BH? experimenta também assistir alguma apresentação ou exposição legal no Palácio das Artes, parar no meio do caminho em direção ao Parque Mangabeiras pra ver a Praça do Papa e, se der tempo, dá um pulo na Região Metropolitana, lá em Brumadinho, e curte o Museu de Arte Contemporânea Inhotim, que é sem dúvida um dos mais lindos do mundo!

Blogmas 2017

Lojinhas para comprar de quem faz nesse natal

Em 11.12.2017   Arquivado em Cotidiano

Já faz um tempo que eu tento aderir de pouquinho em pouquinho ao “Compre de quem faz”, que tem objetivo de sempre privilegiar lojinhas de pequenos e micro produtores na hora de escolher presentes. Depois que me tornei uma dessas pessoas, então, nossa… Oficializei a coisa de vez! Principalmente porque agora tá rolando um grande movimento por parte das lojas grandes de cada vez beneficiar menos seus funcionários, então essas aí eu boicotei de vez e cortei da minha vida. Por que não, então, dar um lugar ao Sol a quem mais precisa? E aproveitando esse climinha de natal resolvi recomendar aqui cinco lugares para comprar de quem faz nessa época gostosa. Todas elas são virtuais, ou seja, entregam em todo esse Brasilzão! Ainda dá tempo de garantir que seu amigo oculto, namorado ou parente querido tenha um presente diferente feito com muito amor!

Re Vitrola – Arte & Impressos

Lojinhas para comprar de quem faz

QUALQUER BLOGUEIRO nesse país conhece a Mulher Vitrola, né? É o blog da Rê Montenegro, que é também uma ilustradora de mão cheia! Sua linha mais conhecida é a BichAmo, que tem como foco animais de estimação, e o mais legal: ela faz ilustras personalizadas, também! Dá pra ter seu bichinho eternizado na parede em formato muito fofinho. Ela aborda também muito a temática “girl power”, impossível não se identificar com as artes… Meu item-desejo: além de um quadrinho com a Arwen estampadinha, óbvio, já tem um tempo que estou de olho quadrinho Red Lips. Outro dia quase comprei um, mas tava esgotado e vai ficar pra próxima…

Onde encontrar: Blog Mulher Vitrola | Loja Virtual | Facebook Re Vitrola Ilustra | Facebook BichAmo | Instagram Mulher Vitrola | Instagram BichAmo (Ela tem muita rede social, deixarei só essas por enquanto!)

Coisas de Sis

Lojinhas para comprar de quem faz

Eu conheço “as sisses” Nanda e Rê há MUITOS anos porque elas também são colecionadoras de bonecas aqui de BH, e desde então sou cliente da linha de roupinhas Nanda Panda que, na época, tinha outro nome. Aos poucos elas foram “expandindo” o negócio! A Nanda passou a produzir também marcadores de livros e outros itens para leitores, a Rê começou a Unicorn Candles com suas velas lindinhas e agora tem até itens de decoração! Eu compro e confio muito porque se existem duas pessoas super minuciosas com qualquer trabalho, seja como produtoras ou consumidoras, são elas. Meu item-desejo: apesar de estar APAIXONADA pelas velas (acabei com uma ontem!), também fico babando muito no cordão de luzes de bolinhas. Nem tenho onde colocar aqui no momento, mas é aquele tipo de coisa que a gente abre espaço e arranja!

Onde encontrar: Loja Virtual | Facebook | Instagram

MinKa Camisetas Faministas

Lojinhas para comprar de quem faz

O lema é “Nossas camisetas não vão mudar o mundo, mas as mulheres que as usam, sim”! Eu já escrevi um post todo dedicado à MinKa e contando sua história, mas aí vai um resuminho pra quem não viu… Duas mineiras, com o desejo de produzir camisetas que focam no empoderamento feminino, começaram essa empresa cujas camisetas são feitas 100% de material nacional e o melhor: não é feminista só nas frases, não! TODAS as pessoas que trabalham lá são mulheres! Sério, elas são fantásticas, comprei minhas primeiras na Black Friday e tô doidinha pra chegar essa semana! Meu item-desejo: que eu me arrependi muito de não ter colocado no Carrinho de Compras assim que finalizei o pedido a camiseta Feminista Significado. Uma *brusinha* necessária!

Onde encontrar: Loja virtual | Facebook | Instagram

My Sweet Design

Lojinhas para comprar de quem faz

Imagina um lugar que tem tudo o que você precisa pra deixar sua vida mais lindinha? Aqui está! essa lojinha de decoração tem almofadas, quadrinhos, cases e canecas, ou seja, quase tudo o que a gente ama na vida! E os temas são muito variados, tem séries, geek, bichinhos, signos, frases, famosos… Ufa! Fica difícil saber pra que lado correr quando entra lá, e as coisas ainda são ba-ra-tas! Meu item-desejo: eu queria muuuito esse quadro da Mulher Maravilha no meu banheiro, sério, mas mais do que ele ainda fiquei de olho na almofada “Hello!” por causa do meu “Hello, hello”, hahaha!

Onde encontrar: Loja Virtual | Instagram

Expresso Rosa Encadernações

Lojinhas para comprar de quem faz

E chegamos no auto-jabá que é o melhor tipo de jabá que existe! Em dezembro eu vendi vários cadernos na lojinha do Expresso Rosa e estou morrendo de orgulho do resultado final super legal que estou tendo ao terminar cada um deles. A produção é lenta, eu faço tudo sozinha, mas rende uma graninha extra nesse fim de ano tumultuado (ainda bem)! Se você quer cadernos artesanais lindinhos pra começar um BuJo em 2018, ou pra dar um presente bacana pra alguém querido, pode vir porque é demais. Com destaque para os temáticos de Harry Potter e Meninas Malvadas que mal nasceram e já oficializei como best seller. Pra quem quiser saber mais contei a história de como isso tudo aconteceu num post aqui também.

Onde encontrar: Site Expresso Rosa | Loja Virtual | Facebook (é o mesmo do blog!) | Instagram

Menção honrosa: Cia do Ponto

Não tem como eu falar de lojinhas legais sem mencionar minha queridíssima Cia do Ponto, que é de um casal de amigos e também o melhor lugar onde já trabalhei na vida! A produção deles deu uma super freada esse ano, mas ainda tem várias camisetas geek e otaku por lá caso você esteja procurando algo bonito e de MUITA qualidade. Boa parte do meu guarda roupas tem a etiqueta deles e serei uma eterna usuária (e fã)!

Blogmas 2017

Os pequenos prazeres da vida

Em 10.12.2017   Arquivado em Escrevendo

Eu gosto de ouvir as primeiras gotas de chuva caindo do céu, quando o vento até canta indo de um lado pro outro. Logo ali eu sei que, seja por horas ou só minutos, meu nariz vai funcionar maravilhosamente por causa da umidade. Ah, o cheirinho que fica no ar nesse antes, no durante e ainda depois… Se estou em casa, meio sem nada pra fazer (ou até com coisa pra fazer, mas que não são urgentes), vou correndo pra janela assistir esse momento acontecer. Aliás, mesmo quando eu trabalhava fora, era só ter uns segundos de intervalo que ia lá, olhar o pinga-pinga de alegria. Esse é um dos meus pequenos prazeres da vida.

Adoro quando compro alguma coisa pela internet e o rastreamento dos Correios chega no meu e-mail. O objeto acabou de ser postado, nada aconteceu, mas eu já dou uma olhadinha no site pra ver funcionando. E quando são vários então? É um ritual acompanhar um por um, acho esse momento da espera ainda mais gostoso do que a entrega.

Quando termino um caderno que estou fazendo chega a hora de colar o adesivo do Expresso Rosa na terceira capa. É a última etapa da produção, ou pelo menos da minha produção. É também a minha favorita, porque vem essa coisa de “dever cumprido”, tenho que resistir ao impulso de gravar isso pra jogar na internet toda vez.

Em 90% do tempo que escuto meu iPod, ele fica na opção “Shuffle”. Às vezes fico pulando várias de uma vez até ficar satisfeita, mas deixo no aleatório mesmo assim. E pra arrancar um sorriso certeiro, seja no ônibus lotado ou subindo uma ladeira cansada, é só tocar a “música do momento” no meio dessas que, mesmo fazendo parte de uma seleção de favoritas, não estavam agradando por algum motivo.

Praticamente sinto que venci na vida quando acordo no meio da noite, ou mesmo de manhã, e descubro a Arwen dormindo no meio das minhas pernas. Ter que ficar parada na mesma posição desconfortável por quanto tempo for preciso se tornou o maior de todos os prazeres!

Sabe o que mais me deixa animada pra valer? Ter uma ideia brilhante de algo pra executar no meu “Destrua Este Diário”. Que nem no dia que eu pensei que podia formar a palavra “ABBA” naquela página de criar imagens fechando o livro e “espelhando” uma na outra. Fiquei tão empolgada que peguei minha tinta dourada caríssima na mesma hora, sem me importar de gastá-la “a toa”. E acabou que ficou legal pra caramba, valeu a pena…

Eu simplesmente amo quando um post no blog está perfeitamente formatado, revisado, com a imagem já postada. Quando o SEO está “verdinho”, indicando que deixei tudo bom o suficiente. E aí posso agendá-lo, pro dia e horário que planejei, e já riscar como “feito” na agenda onde anoto essas coisas. Faço até minha dancinha de da alegria, rindo bem boba por minutos, sem parar!

Os pequenos prazeres da vida
“Prazerzinho” 03/31: O adesivo!

Esse post foi inspirado na proposta #95 do Creative Writing Prompts, que oferece mais de trezentas ideias legais para desenvolver sua escrita criativa. É o 17º entre os 25 que me propus a escrever até outubro de 2018. Essa proposta específica será dividia em quatro partes, sendo essa a primeira delas.

Blogmas 2017

Lookbook: Cat Noir

Em 09.12.2017   Arquivado em Moda

Habemus um lookbook bem lindinho hoje? Sim! E o que faz ele ser tão lindinho assim? Arwen, óbvio! No último natal minha irmã ganhou essa *brusinha* cheia de gatinhos pretos e a gente nunca ia imaginar que em alguns meses teríamos uma de carne e osso transformando nossa vida tão completamente! Na época, quase um ano atrás, eu jamais usaria ela porque ficava um pouco apertada, mas agora deu pra pegar emprestado e fazer essa pequena homenagem à minha neném.

Como as fotos foram tiradas agora à noite a qualidade não está lá grandes coisas, a última ficou bem desfocadinha (lembrete pessoal: fotografar look ANTES do rolê, e não depois), então vocês nem vão conseguir ver a estampa direito… Além disso rola uma cara de sono mútua. Eu porque já tava meio cansada e ela porque foi acordada no meio de uma sonequinha pra tirar foto comigo, tadinha. Mas é isso, gente, filha de blogueira, blogueirinha é, vai ter que se acostumar com essa vida! O batom é o M.A.C. Red, que tá acabando e causando uma dorzinha no coração em saber que terei que desembolsar uma graninha pra comprar um novo, porque esse é daqueles queridinhos que não rola de ficar sem.

Lookbook: Cat Noir

Descrição das peças no Lookbook!

E pra fechar com um sonoro “Oooooooown”, um close na Arwen bem fofinha! Ela também entrou na onda de “Lookbook” e está estreando hoje sua novíssima coleira sem marca vindo direto do Mercado Central de Belo Horizonte, com estampa de cupcakes, muito fashion… A antiga, que eu ganhei quando ela chegou, era a coisa mais linda do mundo, de poás e tudo mais, mas a coceira de gengiva da época da troca de dentes fez com que fosse completamente destruída. Essa tenho esperança que dure mais tempo, agora que ela está grandinha… Vamos torcer! (E não se preocupem, a primeira coisa que fiz, ainda dentro da loja, foi jogar o guizo fora!)

Lookbook: Cat Noir

Blogmas 2017

Página 3 de 512345