BH 120 Anos: 5 lugares favoritos da Capital Mineira!

Em 12.12.2017   Arquivado em Cotidiano

E hoje, 12 de dezembro, é aniversário de Belo Horizonte! A capital mineira está completando 120 anos e, além de eu chamá-la de casa há 15, é também minha cidade favorita no planeta… Merecia esse momento comemorativo por aqui, né? Sendo assim aqui está a minha listinha pessoal de 5 lugares legais pra visitar quando vier em BH. Existem outros que gosto tanto quanto, alguns que acho importante mesmo sem ter tanto apego, mas com esse roteiro já dá pra tirar umas fotos maneiras, comprar doce de leite e sair falando uai durante alguns dias sem nem saber o que significa. Me chama pra ir junto, eu explico.

Circuito Cultural Praça da Liberdade

BH 120 Anos

A Praça da Liberdade precisa ficar no topo da lista porque é o lugar que mais amo nesse mundo. Só de andar por ela, não importa quão ruim está o dia, pelo menos um sorrisinho consegue estampar esse rostinho por alguns minutos… Tinha uma época na faculdade que eu pegava carona com uma colega que mora lá perto e passava na frente do meu ponto de ônibus pra ir pra casa, mas eu nunca descia no meio do caminha só pra voltar por lá! Além da praça em si, que é linda, ao redor e nas ruas que levam até ela tem o Circuito Cultural Praça da Liberdade, com museus, instituições públicas e centros culturais, além de shows e outros tipos de apresentações que sempre rolam por lá. Dá pra ficar o dia inteiro se divertindo e amando artes e ofícios pra todos os gostos! Agora no fim de ano ela também vira um dos points mais esperados da decoração de natal, que é sempre linda. Pra ver outras fotos que tirei da praça é só conferir o 6 on 6 de julho desse ano, que foi todo dedicado a ela!

Igreja São Francisco de Assis & Lagoa da Pampulha

BH 120 Anos

O maior cartão postal de BH é, sem dúvidas, a Igrejinha da Pampulha! Com arquitetura de Niemeyer, painéis de Portinari e paisagismo de Burle Marx ela é um primorzinho de prédio em formato incomum. Além disso, faz parte do Conjunto Arquitetônico da Pampulha, o grupo de prédio na orla da Lagoa que também valem muito a pena conhecer: Museu de Arte da Pampulha, Casa do Baile, Iate Tênis Clube… Fora Parque Guanabara, Jardim Zoológico e o Parque Ecológico! O campus principal de UFMG, onde eu estudei, e o estádio Mineirão também ficam relativamente perto, a Pampulha é um pouco longe do Centro mas tem entretenimento pra todos os gostos!

Edifício Arcangelo Maletta

BH 120 Anos
Foto do ARQBH

No coração do Centro da cidade, na esquina da Rua da Bahia com Avenida Augusto de Lima, está um edifício que mistura comercial e residencial e é um dos nossos centros boêmios: o Maletta! Me desculpe bairro Santa Tereza, me desculpem bares da Savassi, que também são dois queridos, mas hoje se eu tiver que escolher um local pra sentar com os amigos e jogar conversa fora tomando uma (no meu caso uma Coca Cola, porque não bebo), é pra lá que eu vou. A variedade de bares é enorme e o preço sempre bem acessível, além da localização ser maravilhosa pra voltar pra casa depois, sempre cheia de gente em volta e com ônibus pra todos os lados!

Mercado Central

BH 120 Anos
Foto do G1

Imagina o lugar que concentra toda a cultura de um estado, junta com um cadinho de contemporaneidade e ainda adiciona o pouquinho de outros lugares aqui e ali? Esse é o Mercado Central de Beagá! Se você tiver que escolher entre um só dos que citei nessa lista, ou que esteja listado em qualquer outro lugar, escolha esse! Rola uma comidinha mineira na hora do almoço, presentinhos pra levar pra família, café com pão de queijo pro lanche, lojas de cachaça com garrafas que não são encontradas em nenhuma outra, queijo Minas pra todos os gostos de TODOS OS TIPOS DE DOCE DE LEITE JÁ PRODUZIDOS! Seja pra quem é de fora curtir o clima desse “trem bão” todo ou pro próprio belorizontino achar tudo o que precisa em um lugar só, vale a pena se perder nesse labirinto ilógico bagunçadinho. Eu mesma, se passo um mês sem ir lá pode ter certeza que foi um mês MUITO atípico! (E se voltar sem um pacotinho de doce de leite na palha, tem algo errado nisso aí…)

Parque das Mangabeiras

BH 120 Anos

OK, eu sei que aqui deveria vir o Parque Municipal, cuja localização é bem melhor… E até mais bonito, pra falar verdade, mas o Parque das Mangabeiras é bem mais tranquilo de se visitar! Ele fica ali na beiradinha da Serra do Curral e todo fim de semana recebe família fazendo picnic, grupinhos de caminhada e muitas sessões de fotos! Tem estacionamento, restaurante, pista de skate, muitos bichinhos com os quais é melhor não socializar muito, área pra criança e um mini mirante onde dá pra ter uma visão bonita da cidade. Pra fechar nosso tour com chave de ouro…

Quer mais de BH? experimenta também assistir alguma apresentação ou exposição legal no Palácio das Artes, parar no meio do caminho em direção ao Parque Mangabeiras pra ver a Praça do Papa e, se der tempo, dá um pulo na Região Metropolitana, lá em Brumadinho, e curte o Museu de Arte Contemporânea Inhotim, que é sem dúvida um dos mais lindos do mundo!

Blogmas 2017

MinKa Camisetas Feministas

Em 06.11.2017   Arquivado em Feminismo, Moda

Já contei, num post desses meus de LookBook, que nos últimos meses eu tô atrás de camisetas com temática feminista que sejam legais, de qualidade e não custem uma fortuna. Na verdade sempre tento me vestir com as coisas que gosto “estampadas” em mim, grande parte do meu guarda roupa é “temático” dos meus personagens e assuntos favoritos, mas no caso do feminismo acho mais importante ainda. As pessoas de um modo geral, mesmo mulheres, têm um medo MUITO grande dessa palavra, como se fosse uma maldição, então é fundamental para mim usá-la ao máximo, pra mostrar mesmo que é um movimento positivo que devia ser geral. Sendo assim fiquei absolutamente APAIXONADA quando conheci a MinKa, uma marca que produz exclusivamente camisetas feministas!

MinKa Camisetas Feministas

Quem me “apresentou” a MinKa foi a Hanna, uma das modelos da Loja Virtual que é minha amiga de anos. Ela começou a postar as fotos do ensaio e desde que vi a primeira já mandei uma mensagem perguntando “De onde é essa lindeza?”, e foi só ela responder para que eu começasse a acompanhar as redes sociais, adicionar as blusas na minha Wish List e decidir que devia mostrar isso pro mundo! As idealizadoras são a Yasmin e a Karim, duas mineiras que, com o desejo de que as mulheres expressassem a força feminina através do vestir, começaram essa jornada ano passado aqui em Belo Horizonte. Mais um motivo pra eu amar demais, né?

MinKa Camisetas Feministas
Camiseta “100% Feminista

Eu entrei em contato pela fanpage do Facebook (elas têm Instagram também) e quem me atendeu foi a Yasmin, super rápida e atenciosa. Minha ideia era pedir permissão para “roubar” as fotos da loja, mas ela não só enviou todas as que pedi (e mais algumas) em alta qualidade, como se dispôs a responder qualquer dúvida que eu tivesse. Fofa demais! Papo vai, papo vem, ela deu um depoimento ainda mais legal do que eu já esperava:

“Acho importante lembrar que somos uma marca de camisetas feministas, mas antes somos uma MARCA FEMINISTA. Todas as pessoas envolvidas em todos os processos aqui na MinKa são mulheres. Acreditamos no empoderamento feminino de várias formas: através das camisetas, da sororidade, de mensagens de auto amor e do empoderamento financeiro de mulheres. As camisetas são produzidas em confecção própria com mão de obra humanizada, matéria prima 100% nacional, não utilizamos plástico em nossas embalagens, que inclusive são sustentáveis e reutilizáveis.”

MinKa Camisetas Feministas
Camiseta Grávidas “We Can Do It

No final da conversa, que já tinha superado todas as minhas expectativas, ela ainda se despediu com um “Vamos juntas!”… Dá vontade até de trabalhar num lugar assim, né? Fala sério! Sobre as blusas em si são muitas estampas bacanas, algumas só com frases e outras com ilustrações delicadíssimas. Elas são feitas em malha 100% poliéster nas cores branca e cinza, ambas em modelagem de camiseta tradicional e regata cavada, e numa variedade enorme de tamanhos: vai do PP (que eu acho que é o meu) ao XG! Arrasaram!

MinKa Camisetas Feministas
Camiseta “Mulher sem Temer

A vontade MESMO é ter todas elas, mas como estamos trabalhando com humildade (e desemprego) aqui resolvi fazer uma lista de desejos MinKa com meu Top 5 Favoritas, aquelas que guardei o link no fundo do coração para, assim que puder, comprar e me dar de presente. Com o tempo a gente extrapola e aumenta um cadinho, quem sabe. E vocês, de qual gostaram mais? Me conta e passa lá na loja virtual pra conhecer todas!

MinKa Camisetas Feministas

01) Viva La Frida; 02) Girls just wanna have fun(damental rights); 03) GRL PWR; 04) GRL PWR Branca de Neve; 05) The Present Is Female. Depois de muito pensar decidi que queria fazer uma menção honrosa porque a “Feminista Significado” é maravilhosa – e necessária!

MinKa Camisetas Feministas

Psiu! ‘Prestenção!

As imagens presentes nesse post foram enviadas pela MinKa Camisetas a meu pedido, assim como o depoimento da Yasmin, porém a ideia de escrever esse post foi minha e não houve qualquer remuneração ou benefício para que eu fizesse isso, ok? Não é publi!

Paul McCartney – One On One Tour em Belo Horizonte

Em 24.10.2017   Arquivado em Música

Independente do seu gosto musical, uma coisa a gente não pode negar: os Beatles eram e continuam sendo o grupo musical mais bem sucedido da história da música popular. Cada um dos quatro tinha sua característica artística relevante, no meu ponto de vista a gente precisa destacar George e Ringo como excelentes no seu instrumento “principal” (guitarra e bateria, respectivamente) e John como excelente poeta. Mas como músico mesmo ninguém supera Paul McCartney! Hoje com 75 anos, ele ainda é um dos artistas mais influentes DO MUNDO, e sempre foi um sonho pra mim poder assisti-lo ao vivo, de preferência aqui em Belo Horizonte… E esse sonho foi realizado uma semana atrás, dia 17 de outubro no Mineirão, onde ele e sua banda se apresentaram como parte da “One On One Tour”.

Já tem meses que estamos esperando por esse momento: eu, Dani e Pati, minhas companheiras de sempre. A última vez que fomos a um show juntas foi em 2013, então tava mais do que na hora de matar essas saudades, né? Ainda mais em grande estilo assim, já que o Paul é o Beatle favorito das três. Nós assistimos Ringo Starr seis anos atrás e já foi mágico, dessa vez tinha tudo pra ser mais ainda. A Pati só poderia chegar à noite junto com o Ronaldo, amigo dela, mas eu e Dani fomos pra fila bem cedo para pegar um lugar legal. Quando entramos no Mineirão a Pista ainda estava bem vazia, então conseguimos ficar perto do isolamento da imprensa, onde não teria ninguém ao nosso lado pra nos tampar, e logo depois nosso querido amigo Ramon se juntou a nós. De trio passamos a ser um quinteto maravilhoso bem rapidinho!

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
Eu andando pela pista ainda praticamente vazia. Já teve post do look que usei no dia, pra quem quiser ver melhor!

O “grupo” todo se reuniu quando começou a escurecer, mas o show mesmo só começaria mais tarde. Conversamos, tiramos fotos, trememos de emoção antecipada. Faltando mais ou menos meia hora pra começar rola um DJ fazendo remixes e uma animação nos telões laterais do palco mostrando a trajetória do Paul, desde seu nascimento até os dias de hoje. É MUITO BONITINHA! A gente fica vendo aquelas fotos antiguinhas e tem algumas que já enche os olhos de lágrimas, principalmente as da época dos Beatles. O show estava marcado para 21h30, mas atrasou um pouquinho (pontualidade não tão britânica assim, hein Paul!). E assim que ele entrou no palco a galera já foi à loucura ao som de “A Hard Day’s Night”, cantando bastante e, no nosso caso, chorando também!

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
Nossa “thurminha”: Ramon, Ronaldo, eu, Pati e Dani bem amontoadinhos esperando começar!

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
“A Hard Day’s Night”

A sensação de ver um Beatle ao vivo é SURREAL. Eu já tinha sentido isso antes, mas nesse caso é ainda maior porque quando se trata do Paul tudo é elevado à milésima potência. Ele já está com a voz bem ruinzinha por causa da idade, claro, mas ainda assim não perde nenhuma nota ou tom, quase não para nem pra beber água! Isso sem contar a quantidade de instrumentos que toca, né? Só nessa apresentação foram uns cinco diferentes, tem vez que ele troca até dentro da mesma música. A banda também é excelente, o baterista teve vários closes no telão porque é absolutamente maravilhoso.

E esse ar impecável não está só nas músicas em si, já que não é só disso que uma apresentação desse porte é composta. O visual do palco, todo de LED, um degrau que se eleva para que ele fique no “topo do mundo”, escolha de animações e fotos e até um momento em “My Valentine” que os telões ficam em preto e branco para combinar com o clipe, é tudo minuciosamente pensado pra te encantar. No quesito “efeitos especiais” quem ganhou foi “Live And Let Die”, com fogos de todos os tipos na hora do refrão, é aquele tipo de coisa pelo qual a gente não espera e quando vê fica sem palavras pra expressar o que tá acontecendo.

Ele se esforça bastante para falar português e é engraçado porque sempre repete a mesma coisa duas vezes para ter certeza que a gente entendeu. Quando cita John Lennon é “Meu parceiro John… Parceiro John!” e por aí vai. Além da língua do país também tem o esforcinho pra usar alguma gíria local: aqui em BH era o agradecimento na sequência “Thank you! Obrigado! Valeu… Sô!”, a gente simplesmente PIRAVA e repetia pra ele. Rola muita gracinha também, mãos na cintura de “bravo” quando a plateia não para de gritar o nome sem deixar ele falar e uma reboladinha com direito a close no popô no telão. Ele parece muito ser uma mistura do “Tio do Pavê” com “vovô amigo”, fofo demais.

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
Não lembro que música era essa, mas é da época dos Beatles…

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
… essa também não lembro mas deve ser da era Wings!

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
“Being for the Benefit of Mr. Kite!”

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
“Band On The Run”

Eu tive vários “melhores momentos” em várias categorias. O fim de “Blackbird” quando várias pessoas (eu entre elas) gritaram “Fora Temer!” na platéia, “I Wanna Be Your Man” e o pedacinho de “Give Peace a Chance” que eu e as meninas já tínhamos ouvido no show do Ringo, ou seja, tivemos a oportunidade de ver metade dos Beatles cantando essas músicas, gente! Da fase “Wings” foi muito lindo ouvir “Maybe I’m Amazed”, acho que foi a hora que mais chorei! Ele também cantou a música mais antiga, quando os Beatles ainda eram The Quarrymen, “In Spite of All the Danger”, e a mais nova com Rihanna e Kanye West, “FourFiveSeconds”. Eu e Ramon fizemos um dueto inesperado em “You Won’t See Me” e me diverti até mesmo ouvindo “Being for the Benefit of Mr. Kite!” que até então era a música do Fav Four que eu mais odiava e até perdi essa antipatia toda… E “Let It Be” com as lanternas dos celulares todas acesas? Ele até agradeceu.

Mas NADA superou “Something”! Gente… O que foi aquilo? Acho que todas as outras versões dela vão perder a graça pra mim depois disso. Ele começa de boa, numa baladinha, e aí vem um solo de guitarra ABSURDO! A gente ficou com as mãos no peito sentindo o impacto sem conseguir nem cantar, de tão espetacular que foi. E aí no telão fotos deles juntos, desde umas bem novinhos até chegar na fase em que o George já estava com câncer, lindo e emocionante, musicalmente foi o ponto alto da noite. E no que se trata da “vibe da galera” a grande vencedora foi minha favorita: “Hey Jude”. Todo mundo com papéis pro alto escrito “Na Na Na Na”, dados pela Cielo na entrada, sem perder o ritmo… A emoção foi tanta que não consegui chorar, fiquei meio “agarrada”, acho que nunca vou sentir algo igual num show!

Depois ele e a banda se despedem e voltam para o bis carregando três bandeiras: a do Brasil, do Reino Unido e do Orgulho LGBT. Coisa mais linda da vida! O final também não deixa a desejar: tem o maior sucesso de todos dos Beatles, “Yesterday”, um mix da reprise de “Sgt. Peppers” e “Helter Skelter” onde todo mundo foi á loucura, “Birthday” em homenagem aos aniversariantes para fechar com o clássico “Golden Slumbers/Carry That Weight/The End”, que é provavelmente o jeito ideal de acabar com qualquer apresentação desse planeta. E então eles agradecem mais uma vez e tem uma explosão de fumaça e papeizinhos pra te deixar encantado do início ao fim, literalmente.

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte
“Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”

E agora uma foto final com Dani e Pati porque sem elas eu não teria ido ao show! Quando começou a venda dos ingressos as duas compraram cada uma o seu e eu não tinha grana pra isso, então fiquei só ajudando e torcendo pra não sofrer muito quando o dia chegasse. Eis que, sem que eu sequer imaginasse, as duas se uniram para me dar isso de presente porque sem mim “não seria a mesma coisa”. Lindas demais! E a minha ainda é inteira, ou seja, custou o dobro! Meninas, vocês são incríveis, foi o melhor presente possível!

Paul McCartney: One on One Tour em Belo Horizonte

Em resumo, e parafraseando Ramon: precisamos arrumar um novo termo pra definir o que foi isso. Se for pra falar “show” tem que criar um meio de chamar todos os outros shows do planeta, porque o ESPETÁCULO que Paul McCartney dá aos seus fãs é de um nível que não existe igual. Não é a toa esses 60 anos de carreira, né gente? É claro que quando assisti Elton John no Mineirão teve um significado à parte pra mim, a emoção foi muito mais, mas no que se trata da qualidade esse está e sempre estará em primeiro lugar, em todos os aspectos. Só o que eu tenho a dizer é: Valeu, sô!

Eu cheguei a gravar algumas “cenas” para um vlog desse dia, mas infelizmente não foi o suficiente para o material ficar bacana, então não teremos vídeo dessa vez… E pra quem ficou curioso com essa setlist maravilhosa, que muda sutilmente de uma cidade pra outra, a de BH tá disponível no SetList.fm!

Hogsmeeting 2017 – Ano 3

Em 18.04.2017   Arquivado em Harry Potter, Vídeos

Pra alguns o melhor dia do ano é o aniversário, pra outros aquele feriado específico que é o único momento onde a família toda se reúne… O meu favorito, porém, é o Hogsmeeting, o Encontro Mineiro Entre Fãs de Harry Potter organizado pelo Potter Club BH, cuja terceira edição aconteceu no domingo passado, dia 9 de abril. Como sempre os planejamentos e venda de ingressos estão rolando desde o final do ano passado e, gente, HAJA problema nessa edição, viu? Tudo o que tinha pra dar errado antes realmente deu, cada novo acontecimento a gente pensava “Agora não dá pra piorar”, até que ia lá e piorava… E aí que ver isso tudo acontecendo e no final o evento ser mais um big sucesso onde todo mundo ficou mega feliz e satisfeito, nossa, tornou esse momento ainda mais mágico, se é que é possível! Eu já mostrei aqui o look que usei no dia (com minha blusa favorita da Cia do Ponto), agora é hora de contar e mostrar tudo!

Como é de costume cada edição segue a temática da história correspondente, então esse girou em torno do insuperável (e meu eterno favorito) “Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban“! O antigo cartaz de “Procurado” do Sirius que a gente levava pro pessoal tirar foto foi substituído por um Geofiltro no SnapChat, era a coisa mais linda do mundo ir passando a tela e achar nossa opção entre todas as outras. Dementadores e cabeças “falantes” faziam parte da decoração da entrada, o quiz era específico do livro/filme, rolou passeio pelo Noitebus Andante no palco (também conhecido como “dança das cadeiras”, hehehe) e a presença dos Marotos na hora do jogo “Quem Sou Eu?”, tinha sala da Sibila pra receber (péssimas) previsões e uma abertura que nunca tivemos antes com o Coral de Hogwarts! Sim, nós tivemos um grupo de participantes muito queridos que abriram a tarde dublando a música “Double Trouble” no palco! Com sapinhos nas mãos e tudo, todos uniformizados de acordo com suas próprias Casas, ficou uma lindeza mesmo a gente tendo feito só um ensaio, os meninos arrasaram demais… Além disso o kit VIP vinha todo temático do Mapa do Maroto, os cadernos que fiz pro sorteio na Campanha do Agasalho eram da Cerveja Amanteigada (vendi uns lindos do Mapa também!), até a vencedora do concurso de “Cospobre” entrou no clima vestida de Salgueiro Lutador, e ficou absolutamente genial! Nos cosplays saiu um pouco pra entrar no clima de “Animais Fantásticos”: quem faturou o primeiro lugar foi uma versão extremamente fiel da Seraphina Pickery, presidenta da MACUSA no filme, linda demais também!

A atração desse ano que foi bater um papo com a galera no palco e tirar bastante foto com todo mundo antes e depois foi o PotterTuber Renie Santos, do canal O Expresso de Hogwarts. É tão legal ver o pessoal feliz de estar conhecendo ao vivo alguém que admira pela telinha, muita gente levou até presentes e rolaram muitas perguntas na hora da palestra, todo mundo adorou e ele idem! Mais uma vez o Hogsmeeting foi um dia que trouxe 100% de satisfação, seja pro público, pros estandes que venderam bastante, pro próprio Renie e, claro, pra gente que tava organizando, já que no final abraços de agradecimento não faltaram, e eu chorando de emoção pelos cantos ao ver todo mundo adorando idem, como sempre… Depois fiz até um textinho emocionado no Instagram dizendo que enquanto uns preferem a criadora e outros a “criatura”, eu prefiro esses uns e outros que entram na nossa vida através do fã clube a cada ano e tornam o que eram bom ainda melhor!

Hogsmeeting 2017
Um pouquinho da nossa decoração da entrada: o painel para tirar fotos!

Hogsmeeting 2017
Lulynha regendo o Coral de Hogwarts (ou, no caso, só filmando mesmo).

Hogsmeeting 2017
Uma visão geral da plateia

Hogsmeeting 2017
No palco registrando tudo

Hogsmeeting 2017
Carol, nossa Sibila!

Hogsmeeting 2017
Bate-papo com Renie Santos

Hogsmeeting 2017
Renie com a galera

Hogsmeeting 2017
Participantes do Concurso de Cospobre

Hogsmeeting 2017
Participantes do Concurso de Cosplay

Hogsmeeting 2017
Vencedora do concurso de cosplay (sim, a gente tinha até o painel de cinema da MACUSA lá, eita eventão!)

Hogsmeeting 2017
No palco com Gil fazendo os sorteios

Hogsmeeting 2017
Vencedor do principal sorteio: foto autografada pela Evanna Lynch

Hogsmeeting 2017
Aquela tradicional “escadinha humana” do convidado com a “presidência” do fã clube!

Algumas fotos foram tiradas por mim, mas a maioria delas é registro do (querido) Ramon Correa. Essas e muitas outras estão no álbum do evento no Facebook!

E agora que passou é contar os dias pra nossa última sessão de cinema, onde vamos reexibir “Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1” e, claro, pra próxima edição que será mais especial que nunca com a realização de um sonho, Hogsmeeting – Ano 4: O Baile de Inverno!

Conheça o Potter Club BH

Site oficial: http://potterclubbh.com/
Redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr | SnapChat
Posts sobre as outras edições: Ano 01 (2015) | Ano 02 (2016)

Hogsmeeting 2016 – Ano 2

Em 20.04.2016   Arquivado em Harry Potter, Vídeos

Eu estou sentindo que terei meu post anual favorito já pré-definido pela vida por um bom tempo agora pelo simples fato de que uma vez por ano acontece o meu evento favorito na vida: o Hogsmeeting! Dia 10 foi o ano 2 da convenção anual do Potter Club BH e conseguiu ser ainda melhor do que o ano passado, então se a gente continuar se esforçando loucamente conseguiremos bater esse recorde várias vezes a cada nova edição, porque essa foi sofrida, viu… Mudamos o local para a União Israelita de Belo Horizonte, que foi uma melhora considerável, e já fomos vendendo os ingressos desde o final do ano passado, mas ainda assim a venda foi muito lenta, principalmente se comparada com a do ano passado em que dois meses antes os ingressos já estavam esgotados. Em alguns momentos, confesso, fiquei com um pouco de medo do reflexo que isso teria, principalmente nas vendas dos estandes, mas felizmente correu tudo bem: vendemos alguns ingressos que faltavam na porta, o local ficou LOTADO e todo mundo (até onde eu sei) saiu super satisfeito. E quando digo todo mundo incluo os estandes, que faturaram bastante, o público, que agradeceu demais e, claro, a organização, já que no finalzinho tive que ir pra um cantinho chorar de emoção em ver toda aquela resposta positiva.

Como foi definido desde o início, cada evento seria temático de um dos livros da série, então o Ano 2 foi, é claro, de “A Câmara Secreta”. A decoração era toda iluminada de verde, colocamos mandrágoras pro pessoal tirar foto e tudo o que foi feito no palco era sobre o livro e o filme: quiz, brincadeira e joguinhos! Tentamos tematizar ao máximo que dava nos brindes também, fazendo ecobag e caneca do kit VIP e outras coisinhas, como o Diário de Tom Riddle que eu fiz para ser sorteado entre os participantes da nossa Campanha do Agasalho, mas até a galera dos cosplays entrou no clima e a grande premiada da noite foi a Lili simplesmente maravilhosa de Lúcio Malfoy. Enquanto o ano passado foi uma coisa mais nostálgica com os elementos principais do início da história, nesse eu achei tudo mais profissional, com cara de evento bacanudo mesmo… Ai ai ai, que saudades, gente!

Outra coisa que foi “temática” foi nossa atração: o João Cappelli, que dublou o Draco Malfoy na versão brasileira! Foi legal porque é um personagem forte no livro, mas principalmente no filme, então além de responder as perguntas ele dublou VÁRIAS cenas, todas as que o pessoal pediu, se bobear não faltou nenhuma! Depois de uma hora de palestra ele foi pro banner tirar foto com todo mundo, rolou autógrafo, conversou com o povo… E gente, que simpatia, acho que somando isso com as conversas que pude ter com ele antes e depois do evento posso dizer que é a melhor pessoa, sério mesmo! E a prova de que o evento foi incrível é que até ele falou isso, foi outro que ficou satisfeito, já vou bater martelo dizendo que rolou 100% de satisfação, hahahaha! Eu poderia ficar falando aqui infinitamente sobre a lindeza desse dia, mas em alguns casos é melhor MOSTRAR, então fiquem aí com várias fotos e, principalmente, o “Hello, hello, gente!” rapidinho mas MEGA ESPECIAL que eu e o Gil gravamos!

Hogsmeeting 2016
No final da manhã a fila VIP foi se formando com os primeiros a chegar…

Hogsmeeting 2016
Cia do Ponto cheia de lindezas, como sempre!

Hogsmeeting 2016
Equipe de Staffs do Potter Club, queridos!

Hogsmeeting 2016
Gil prestes a entrar no palco: uma foto que resume MILHARES de sentimentos!

Hogsmeeting 2016
Público já acomodado quando as atrações do palco aconteceram.

Hogsmeeting 2016
Outra foto espontânea cheia de significados: eu registrando tudo!

Hogsmeeting 2016
Bate-papo com o João

Hogsmeeting 2016
No palco – Parte 01

Hogsmeeting 2016
E no palco – Parte 02

Hogsmeeting 2016
2º, 1º e 3º lugares no Concurso de cosplay: Draco, Lúcio Malfoy e Comensal da Morte!

Hogsmeeting 2016
Vencedora do principal sorteio: edição ilustrada de “Harry Potter and the Philosopher Stone”

Hogsmeeting 2016
Vencedora (fofa!) do sorteio da Campanha do Agasalho

Hogsmeeting 2016
Com João já no finalzão do evento pra fechar com chave de ouro

Algumas fotos foram tiradas por mim, mas a maioria delas é registro dos nossos staffs e da Bruna Rodrigues. Essas e muitas outras estão no álbum do evento no Facebook!

Eita domingo que deixou saudades, esse… Já estou contando os dias para nossa sessão de “Harry Potter e o Enigma do Príncipe” em julho, o lançamento de “Animais Fantásticos e Onde Habitam” em novembro e, claro e sempre, pro Hogsmeeting Ano 3 em 2017!

Conheça o Potter Club BH

Site oficial: http://potterclubbh.com/
Redes sociais: Facebook | Twitter | Instagram | Flickr

Página 1 de 1212345... 12Próximo