Sonhos perseguidos

Em 21.12.2017   Arquivado em Escrevendo

Sonhos perseguidos

Toda noite era a mesma coisa: quando colocava a cabeça no travesseiro, de imediato a imagem dele me vinha à mente. Mesmo com esses pensamentos, eu conseguia dormir numa boa. O tempo passou e a minha imaginação continuou insistindo no mesmo cara. Confesso que não era fácil suportar tudo aquilo.

Meses se passaram e a situação piorou, já que a insônia começou a fazer parte dos meus dias. Era mais ou menos assim: deitava na cama, fechava os olhos e lá vinha a imagem do dito cujo. Ele era alto, poucos quilos acima do “aceitável” para o seu tamanho e tinha os cabelos lisos, que sempre usava bagunçando-os para o lado. Em todas as suas aparições mentais, aquele moço usava camisetas descoladas, com a palavra “Faith”. O motivo, claro, era desconhecido.

O problema é que aquele cara não era desconhecido. Na verdade, ele era um ex-crush chamado Jonas. Esse rolo foi rápido, não chegou nem a contabilizar um mês. Para ser mais exato, 13 dias. O meu número da sorte. Por que tive azar dessa vez? Hahaha! Não chamo de azar os livramentos da vida!

Conheci Jonas na internet. Isso mesmo, nos aplicativos de relacionamentos que tanta gente abomina. Diferente da maioria, acho até legal ficar “julgando” os perfis. É como se eu estivesse com um cardápio na minha mão, escolhendo o que comer. (Ooops, isso gerou duplo sentido!)

Mas é isso mesmo! Jonas só queria sexo, dinheiro e alguém para bancar os seus vícios em bebidas e drogas. Infelizmente, só percebi isso quando levei um bendito pé na bunda. E estava apaixonado. Loucamente apaixonado por um cara que esnobava os meus sentimentos, me fazia de trouxa e, caralho, me fazia perder horas de sono.

Fiquei semanas e semanas sem dormir, olhando para o teto do quarto à espera de uma luz do próximo passo. Suicídio ou seguir com a vida? Escolhi a pior opção: mandar mensagem.

Eram 02h da madrugada quando estava enviando mensagem para Jonas, confessando o quanto eu o amava e ele era o homem da minha vida. Clichê, eu sei. Fui surpreendido com uma rápida reposta. Em um áudio de apenas 10 segundos, fui mandado à merda, além de um “lindo” pedido para eu procurar alguma coisa para fazer da vida, ao invés de ficar correndo atrás de quem não dava a mínima por mim.

Sonhos perseguidos

Rolou um choque de realidade. Foi forte. Bem forte. Chorei tanto que às vezes me faltava lágrimas. Como podia eu ser tratado daquela forma? Como? Logo eu que sempre era prestativo, disposto a mover o mundo por Jonas…

Ainda baqueado, passei três dias chorando sem parar, vendo tudo sem graça e faltando no meu emprego. Sim, a mente continuava pensando em Jonas, em sua beleza e naquela bendita camiseta escrita a frase “Faith”. Naquela época, a fé que tinha era de que iríamos voltar, ter um relacionamento incrível, mas…

A fé que precisava era de que as coisas iriam melhorar para mim e eu iria sair daquela fossa. Daquela rotina diária de ficar pensando em que não se importava com a minha vida e os meus sentimentos. E foi assim que o fiz.

Após os três dias de “luto”, me olhei no espelho decidido a dar um basta. Comecei excluindo da agenda do celular o número de Jonas, depois o bloqueei nas redes sociais e postei uma das melhores fotos que tirei na época em que o conheci. A legenda era uma daquelas motivacionais, onde dizia que não vale à pena valorar o que não tem valor.

Tô melhor, tô de boa, tô feliz. A mente de fez em quando recorda de Jonas, mas com dó. Muita pena de quem prefere destruir o coração de uma diva poderosa como eu. Nasci pra brilhar, e não para ter sonhos perseguidos por monstros.

(Parênteses aqui para agradecer à Luly por poder postar no brógui dela. Aos desconhecidos, me chamo Adriel Christian e também sou blogueiro. Não sou bom com apresentações, então, é isso!)

[Edit em 22/12/17] Adriel, seu lindo! Eu AMEI ter tido você como meu “guest blogger” nesse Blogmas 2017! Em 13 anos de Sweet Luly eu NUNCA tive coragem de emprestar meu cantinho pra alguém, de criar um nome de usuário pra outra pessoa, de quase deixar que falassem por mim. Você foi o primeiro e foi uma escolha maravilhosa! Obrigada por ter colocado tantos sentidos por aqui. E pra quem não conhece, visitem o blog dele para mais textos assim: Não Me Venha Com Desculpas.

Blogmas 2017

Bonecando: Zomby Gaga

Em 20.12.2017   Arquivado em Dolls

Zomby Gaga

No final de 2016 a Mattel lançou lançou, em parceria com a Born This Way Foundation, sua mais nova aluna a participar da linha Monster High: Zomby Gaga, a boneca da Lady Gaga! Eu confesso que nunca fui “Little Monster”, escuto as músicas da Gaga de vez em quando somente, mas quando se trata da pessoa, nossa, sou fã! Não só de vozeirão vive aquela mulher, né? Ela é ativista REAL, tanto que criou a fundação supracitada para tornar o ambiente das crianças mais gentil… O que tem tudo a ver com as bonecas MH! Elas são uma grade metáfora para o combate ao bullying, tornando o esquisito fabuloso!

E bota fabuloso nisso porque a Zomby Gaga em si é um ESCÂNDALO! Logo que ela saiu eu fiquei enlouquecida… Fiz post mostrando as fotos de divulgação, torci muito pra ganhar a que foi sorteada na BlytheCon Rio esse ano e depois que não ganhei cheguei a colocá-la na minha Wish List de bonecas, mas sem qualquer esperança de tê-la. Apesar de a linha como um todo ser fácil de achar aqui no Brasil, essa específica é impossível desde o lançamento: praticamente esgotou de cara! Vários amigos meus tentaram comprar, sem sucesso.. E eis que outro dia, na festinha de fim de ano e amigo oculto que rola aqui em casa com uns amigos todos os anos, a Lili entregou os presentes de natal. Abri o saco e dei um berro: ela tava lá dentro!

Zomby Gaga

Eu não tenho palavras pra descrever tamanha lindeza… O corpo é acinzentado já que é um zumbi, e tudo nela é inspirado em “Born This Way”. A roupa principal é um conjunto de terninho que no forro tem escrito o nome da música, óculos de sol e os sapatos uma plataforma gigante e gótica. A segunda roupa também segue essa linha, tem a mesma tipografia com o nome em toda ela e uma meia arrastão incrível. Os cabelos são rosa bem clarinho com mechas lilás, presos num rabo de cavalo lateral gigante e a maquiagem… Ah, a maquiagem! É o rosto “esqueleto” com tons rosados, ao redor dos olhos rola um brilho que nem dá pra explicar de tão lindo. Ela é IMPECÁVEL!

A boca também tem um detalhe especial: é “semi aberta”, de forma que dá pra encaixar uma bola de chicletes que vem junto! Muito divertido né? Existem outras dolls desse mesmo lançamento, com as monstrinhas “principais” caracterizadas com ícones relacionados à Gaga, mas essa… Essa é diferente de tudo o que já vi! Não tem nem como dizer quanto está custando ou dar dicas de onde achar, porque realmente tem que ser meio na base da busca e sorte. Muito obrigada, Lili, você sabe que eu amei!

Zomby Gaga

Eu pretendia fazer umas fotos bacanas dela, mas infelizmente não tive tempo de comprar umas coisas que queria pro “cenário” e nem preparar algo legal de verdade por aqui… No fim das contas ficou só um fundo rosa na tentativa de mostrar pra vocês um pouquinho dessa linda. Depois pretendo postar algumas no meu álbum de Monster High do Flickr, até então só tinha minha querida Spectra e mas agora ela vai dividir o espaço com sua nova “irmã”. Desde que adotei a Arwen, minha gatinha, as Fashion Dolls estão morando dentro do armário, pra não correr o risco de ela destruí-las, então estou deixando só as MH e a Apple White, minha Ever After High, pra fora. Sinto falta de ter boneca na “decoração” e elas não são tão sensíveis, aí fica de boa… AINDA BEM, porque seria um crime escondê-la!

E agora… Deixando o melhor pro final porque estou encantada e quero que todo mundo se encante junto… As mãos dela têm, além de unhões incríveis, os ossinhos de esqueleto tatuados junto com as inscrições “LADY” e “GAGA”! Sério, Mattel, ARRASOU! Parabéns pra Natali Germanotta, irmã da cantora, que desenhou essa maravilha de plástico pra gente!

Zomby Gaga

Blogmas 2017

Lookbook: We Should All Be Feminists

Em 19.12.2017   Arquivado em Moda

Olha a MinKa marcando presença em mais um post de Lookbook, gente! E dessa vez com a camiseta MAIS IMPORTANTE DE TODAS que eu queria muito e a Yasmin, linda, me mandou de presente (o vídeo do unboxing tá aqui!). Eu sempre digo isso, mas lá vai: por muito tempo tive medo de usar a palavra feminista e seus derivados, não porque eu não entendia o que significa, mas porque sei que as pessoas de um modo geral não entendem e tinha medo de ser julgada. Mas aí fui me descobrindo cada vez mais “ativista” e simplesmente parei de besteira, resolvi estampar isso onde quer que eu fosse. Agora, inclusive, faço o contrário de antes, tento sempre “jogar” essas expressões nas pessoas pra elas verem que é algo positivo, que é equidade! Por esse motivo acho essa camiseta “Feminista Significado” NECESSÁRIA demais, quanto mais gente entender, melhor pra todo mundo… Já que o machismo prejudica até mesmo os homens, em uma escala diferente.

Esse look tão relevante pra mim é, porém, também uma mini fraude… A festa que fui no dia que o usei tinha piscina, então por baixo da camiseta não estava esse sutiã rosa e sim meu maiô preto e branco amado. Porém eu achei melhor tirar as fotos assim porque, por mais que fosse prático pra ocasião, a gola dele ficou BEM mais alta que a da camiseta, então visualmente não estava tão legal… Uma mentirinha do bem, né, vocês claramente vão me desculpar uma vez que sou uma menina sincera que admite essas coisas. O salto depois de um tempo também foi trocado por um chinelo, obviamente, e como tem detalhes coloridos combinou super com o lação que ganhei na véspera! Ele é meio arco-íris com glitter, sério, meu novo laço favorito! O batom é o Mrs. Mia Wallace, da Urban Decay, e esse solzão na cara tornou impossível manter os olhos abertos, o que deixou minha covinha mais aparente que o normal (e eu amo essa danadinha).

Lookbook: We Should All Be Feminists

Descrição das peças no Lookbook!

O livro “figurante” nas fotos, que deu título ao look, é o “Sejamos Todos Feministas” da Chimamanda Ngozi Adichie, uma transcrição do discurso de mesmo nome que ela deu no TEDx Talk 2012 e pode ser visto na íntegra no YouTube. Depois a Beyoncé adicionou fragmentos dele, como esse que está na camiseta, em sua música “Flawless”, e aí o trecho estourou de vez. O que é ótimo, lindo e maravilhoso, né? No conjuntinho não deu pra ver ele direito porque é estreitinho, mas como a gente gosta de mostrar as coisas direito tem uma foto extra só pra isso! Inclusive gostei tanto dela, mesmo com os olhinhos cerrados, que saí postando em tudo que é rede social, claro!

Lookbook: We Should All Be Feminists

Blogmas 2017

Wishlist 3×3: Batons Vermelhos

Em 18.12.2017   Arquivado em Beleza

Depois da wishlist de maquiagens que rolou semana passada e não incluía batons porque eles mereciam uma exclusiva, resolvi já terminar esse momento de desejos. E eis que você, caro leitor desse blog, lê esse título e pensa que, uma vez que falarei apenas de batons vermelhos, existirá mais uma para outras cores. Mas na verdade não. Eu até tenho três “variados” aqui: rosa, vinho e preto. Mas é MUITO raro usá-los, os dois primeiros tenho que estar numa “fase” e o último, coitado, só em eventos ou ocasiões diferetonas assim. Na maior parte do meu tempo eu uso vermelho, mesmo, e normalmente me sinto 100% melhor com eles. Esse ano meu “estoque” reduziu bastante, tá quase tudo acabando, então hora de escolher alguns novos para pelo menos querer, né? Sendo assim vou falar de seis que nunca tive, mas tenho MUITA vontade, e no final citar meus 3 favoritos que estão no finalzinho, e que com certeza serão comprados novamente sempre que possível porque amo demais!

Wishlist: Batons vermelhos

01) Soft Matte Lip Cream “Monte Carlo” da NYX: Nunca usei nenhum produto da NYX, mas esse está em praticamente todas as listas de vermelhos favoritos que já vi na vida. Ele é líquido e matte desde antes dessa febre pegar e praticamente todas as marcas começarem a produzir, super intenso. Maravilhoso!

02) Batom líquido “Bruna” da Linha Bruna Tavares: Sim, Bruna Tavares de novo. Eu falei, essa mulher tá revolucionando o mercado de maquiagem nacional. Olha que ESCÂNDALO que é esse que leva o nome dela, gente! Um dos batons mais lindos que já vi na minha vida, sempre que vejo fotos de alguém com ele meus olhos até brilham.

03) Batom Líquido “Big Ben” da linha Niina Secrets para T.Blogs: Um defeito que vejo no site da T.Blogs é a cor que alguns produtos tem nele. O Big Ben que vejo nas fotos é COMPLETAMENTE diferente desse vinho aí, mas tão bonito quanto, é um que terei algum dia com certeza!

04) Batom “Londres” da linha Niina Secrets para T.Blogs: Deixando pra trás os líquidos e começando a falar dos em bala… Esse aí foi o vermelho da 1ª linha lançada pela Niina Secrets, que é uma das minhas blogueiras/Youtubers favoritas. Ele é bem “cereja”, puxa um pouquiiiinho pro rosa, e parece ficar muito confortável de usar, sem ficar “peguento”, sabe?

05) Batom “Russian Red” da MAC Cosmetics: A MAC é minha marca favorita para batons. Eu sei que existem mais baratos tão bons quanto, mas até hoje todos os deles que usem foram os melhores, então segue no topo. Tem tempo que tô de olho no “Russian Red”, ele é um pouco mais fechado e tem um efeito lindão nos lábios.

06) Batom “Viva Glam” SIA da MAC Cosmetics: Nesse lugarzinho eu IA colocar um líquido da MAC, mas parei pra pensar que a linha Viva Glam merecia seu lugar ao Sol porque tem sua renda revertida em investimentos na luta contra o vírus HIV… Lindeza demais, né? Eis que outro dia eu li sobre esse novo lançamento em parceria com a SIA e achei a cor muito maravilhosa, quero! Ele vai começar a ser vendido agora em janeiro, por isso ainda não está no e-commerce da marca, então ao contrário dos outros peguei essa imagem num blog e não no site oficial. No caso foi o Pausa Para Feminices!

07) Batom “MAC Red” da Mac Cosmetics: Esse foi, por muitos e muitos anos, meu grande favorito. Ainda é quando se trata de cremosos, com certeza, e também o que sempre vou priorizar na hora de escolher o que comprar. Foi meu primeiro produto da MAC que tive, comprei com dinheirinho que ganhava fazendo estágio, rola um carinho todo especial por esse bebê e o meu está nos seus últimos milímetros! Quero outro…

08) Batom Retro Matte “Ruby Woo” da Mac Cosmetics: E eis o “atual favorito”, que é também o queridinho de grande parte da população que já usou um dia. O Ruby Woo é matte-matte-matte, bem seco meeeesmo, se a boca não tiver hidratada nem dá pra passar direito… Então o efeito final fica maravilhoso! E o danado não sai por quase nada! Se você está procurando algo que resita a um jantar ou uns bons beijinhos, pode investir nele!

09) Batom “Mrs. Mia Wallace” da Urban Decay: E por último, mas não menos importante, o batom mais bonito já produzido no mundo. A Urban Decay lançou, há alguns anos atrás, uma linha inspirada em Pulp Fiction, que é um dos meus filmes favoritos. A Lili, minha amiga, estava nos EUA, viu ele lá e trouxe pra mim sem nem pensar duas vezes. SÓ QUE essa coleção é limitada e eu provavelmente nunca mais o terei na vida, então é aquela coisa, né… Não vai ser imortal, posto é chama, mas nossos momentos juntos são infinitos enquanto duram!

Psiu! Prestenção!

As fotos usadas nesse mosaico foram tiradas de vários sites diferentes em dezembro de 2017 e todos eles foram sinalizados ao longo do texto. Se você é o autor de qualquer uma e não gostaria de vê-la aqui, por favor, me avise para que eu possa retirar! Além disso a última frase do post foi inspirada no “Soneto da Fidelidade”, de Vinícius de Moraes.

Blogmas 2017

Mais pequenos prazeres da vida

Em 17.12.2017   Arquivado em Escrevendo

Foi uma “luta” pra mim descobrir como seguir a minha própria playlist de 100 músicas mais ouvidas no Spotify em 2017. Mas tentei, tentei e finalmente consegui. Encontrei ali vários prazeres musicais concentrados num lugar só e a certeza de que muitas dessas também serão as mais ouvidas de 2018. Principalmente porque acho que por aqui só vai tocar isso durante vários e vários dias…

Se vou postar algo no meu perfil do Lookbook, gosto que seja um trio de fotos em posições diferentes. É sempre muito difícil, no final da sessão, encontrar essas três fotos perfeitas que mostrem a roupa, eu esteja bonita e bem focada. Quando isso acontece é uma alegria sem tamanho! E se são mais de três e dá pra ficar na dúvida então? Nossa, nas raras vezes que aconteceu algo assim pareceu até que os humilhados foram finalmente exaltados, de tão bom!

Outro dia lançou a adaptação do meu livro favorito nos cinemas, “Extraordinário”. Eu fui conferir isso logo na estreia porque a espera tinha sido longa, não podia perder mais tempo! Foi maravilhoso, eu mal podia esperar pra assistir de novo, então ganhei ingressos de presente pra repetir a dose e fui, com amigos ainda que na primeira vez. A quantidade de lágrimas foi a mesma, tanto no meu rosto quanto no de todos eles… O encanto ao sair da sala escura, por sua vez, conseguiu ser ainda maior! Tem “figurinha repetida” que, ao contrário do que dizem por aí, ajuda sim a completar o álbum, né?

Sabe o que mais causa esse calorzinho no coração? Dar a faxina geral na caixa de areia da Arwen. Ela é limpa diariamente, mas a cada duas semanas eu jogo TODA a areia que sobrou fora e esfrego tudo pra valer, com escova e sabão. Ela não gosta muito, não, prefere que tenha algumas sujeirinhas, diferente de todo e qualquer gato que já conheci na vida. Mas eu amo! Me sinto uma super mamãe dando um ambiente limpinho pra minha filha e saber que não tem resto de nada escondido ali é bem bom. Não faz tanta diferença no cheiro, já que a areia que ela usa é BEM boa e nunca deixa realmente fedendo, mas trás um alívio imenso pra alma… Ou pelo menos nos primeiros minutos, até ela perceber que já terminei e ir lá “marcar o território” mais uma vez…

Estrear uma *brusinha* nova, principalmente quando fui eu mesma que comprei… Esse é o maior dos prazeres meio fúteis que existem no mundo, pra mim!

Quando se trata de entretenimento, uma das notícias mais bem vindas é saber que uma série querida acaba de ganhar novos episódios, ou mesmo uma temporada inteira, na Netflix. Nossa, melhor do que isso só mesmo ter um tempo livre pra curtir essas horas de maratona! E assistir assim, de forma legal, sem precisar ficar baixando, com opções dubladas e legendadas pra atender qualquer gosto e poder, de hora em hora, “riscar” mais um na listinha.

Uma alegria que adquiri mês passado foi aprender a colar cílios postiços! Nas outras vezes eles sempre descolavam um pedacinho antes da hora, mas agora não, volto do rolê com tudo tão pregadinho que dá até dó tirar. Sempre fica um pouquinho de cola aparecendo, ou um dos lados sai meio tortinho… Mas o importante é que gruda!

Mais prazeres recentes: fazer uma venda na lojinha do Expresso Rosa! As notificações chegam no e-mail e, mesmo sabendo que não tem nada, às vezes entro no painel de controle só pra garantir, sabe, se num tem nada que passou batido. Ter novos clientes cadastrados também é bom, porque significa que a pessoa tem a intenção de comprar, mas quando é real oficial fica ainda melhor!

Mais pequenos prazeres da vida
“Prazerzinho” 10/31: A adaptação do livro favorito

Esse post foi inspirado na proposta #95 do Creative Writing Prompts, que oferece mais de trezentas ideias legais para desenvolver sua escrita criativa. É o 18º entre os 25 que me propus a escrever até outubro de 2018. Essa proposta específica será dividia em quatro partes, sendo essa a segunda delas.

Blogmas 2017

Página 5 de 2081 ...123456789... 208Próximo