Alianças em ouro rosê das Lojas Rubi

Em 13.12.2018   Arquivado em Publicidade

Minha irmã e eu já temos trocadas várias preferências quando o assunto é casamento, porque assim uma já sabe o que a outra quer pra quando chegar o dia em que vamos precisar nos ajudar nesse aspectos como madrinhas e, claro, informantes dos respectivos futuros noivos. Fica parecendo que é uma lista gigantesca mas, na verdade, são coisas pontuais e bem simples, e uma das minhas é que a aliança que eu gostaria de ter! Nada muito elaborado porque eu sou super minimalista nesse aspecto, curto uma coisa estilo “Um Anel” de “O Senhor dos Anéis”, um pouquiiinho mais fina, mas se puder optar mesmo-mesmo-mesmo o desejo é um só: uma aliança de ouro rosê!

Lojas Rubi | Ouro Rosê

“Por que?”, vocês perguntam… Porque rosa é minha cor favorita, oras! Apenas isso, se existe a opção nessa cor, mesmo que de forma metálica, é minha escolha pra grande maioria das coisas. Sempre que vejo algum catálogo do tipo corro pra essa categoria, e quando conheci as Lojas Rubi não foi diferente. O resultado foi que fui forçada a “abrir a mente” nesse desejo pelo liso todo, porque tem MUITA aliança bonita e elaboradinha. Pedra ainda não é muito a minha vibe, não, mas fiquei bem apaixonadinha por alguns detalhes delicados que vi por lá… Quanta coisa linda! Dá vontade até de usar como anel normal e é isso aí, hahaha!

Pra quem gosta de anel de compromisso além da aliança, tem também! É um costume gringo que começou a ficar muito comum aqui no Brasil, né? Novamente é uma coisa que eu não faria, mas isso não significa que não deu pra ouvir o coração bater forte com alguns modelos também… Ainda no estilo “menos é mais”, eu gosto quando é fina, mas nem tanto, e com entalhes simples, mas que já dão um baita “tchan”! Acho que a vantagem do ouro rosê é que ele por si só já é diferente pelo tom rosado, então não precisa de muito pra ficar algo com personalidade e maravilhoso… Detalhes pontuais já fazem toda diferença do mundo!

Lojas Rubi | Ouro Rosê

Vocês podem ver as alianças das Lojas Rubi no site oficial e também nas redes sociais: Instagram: @lojasrubi | Facebook: @lojasrubi | Pinterest: @lojasrubi

Lookbook: Over Control

Em 11.12.2018   Arquivado em Moda

“Girl power” MESMO é sair por aí vestida com uma camiseta da sua heroína favorita, né? Quando a Lolja lançou na sua linha “Poderosíssimas” uma com ilustra da Jessica Jones eu PIREI completamente, fiquei querendo que nem louca! Ela é uma dessas heroínas pouco conhecidas que teve a chance de brilhar na sua própria série solo original Netflix, maravilhosa por sinal, ganhando muito mais reconhecimento e, por que não, inspirado meninas que gostam do universo geek e precisam TANTO de bons modelos femininos dentro do tema. E eis que na Black Friday minha irmã aproveitou pra comprar uma outra blusa que queria pra ela e acabou pedindo essa pra mim também, de presente! É LÓÓÓÓÓGICO que na primeira oportunidade que vi na minha frente já usei, fotografei e tá vindo pro meu Lookbook com todo carinho do mundo.

Lookbook: Over Control

Blusa: Lolja | Calça: s/m | Coturno: s/m | Jaqueta: Diotima | Colar: Colar Com Nome | + no Lookbook.nu

Essa arte foi feita pela maravilhosa Lorena Giostri, ilustradora responsável por outras duas estampas na mesma coleção. Eu adoro como ela usou maravilhosamente as cores roxa, que é característica da personagem e do seu principal vilão, e vermelho pra dar contraste. A frase “You Can’t Control Me Anymore” se refere ao fato de que a Jessica passou anos controlada pelo Homem Púrpura, não só realizando crimes por ele como também mantendo um relacionamento forçado, o que significa ter sido abusada inúmeras vezes. Eu vejo também como um recado a esse lado anti-patriarcado pelo qual ela luta depois de tudo, como se fosse um recado de todas as mulheres que não querem ser mais controladas pelas várias amarras nas quais a sociedade nos prende.

Pra combinar eu usei essa jaqueta preta só nas fotos mesmo, porque no dia em si tava MUITO QUENTE e não precisou… Mas é que ela me lembra demais a roupa padrão da Jessica na série e a mantenho aqui, mesmo sendo um pouco grande pra mim, porque um dia quero fazer cosplay dela – acho que vai ficar demais! O coturno foi pelo mesmo motivo, mas a calça bordô foi escolhida por ser um meio termo entre as cores da camisa. No fim das contas eu adorei! Coloquei esse colar super antigo com meu nome, mas depois pensei no quanto isso foi burro porque tenho um combinaria perfeitamente, de câmera fotográfica (tem look com ele aqui!), referência ao fato de que ela trabalha como detetive particular. Bom, fica a dica pra próxima vez…

Lookbook> Over Control

O batom é o Mrs. Mia Wallace, da Urban Decay

Essa maquiagem é legal também porque, ‘divinha, EU GRAVEI UM VÍDEO DELA! A qualidade não ficou lá uma maravilha, mas ao vivo tava LINDA DEMAIS! E como eu sou estabanada and zoada, o vídeo ficou divertido, tá lá no canal! No mais é isto, assistam Jessica Jones porque ela é INCRÍVEL!

Wishlist 3×3: Itens de cozinha Penelope Charmosa da Gorila Clube!

Em 07.12.2018   Arquivado em Publicidade

Fim de ano pede umas Wish Lists, então ‘bora fazendo! Apesar de ainda morar com minha mãe, eu tenho verdadeira obsessão por pesquisar coisas pra quando tiver meu tão sonhado cantinho, que só não tenho porque não posso mesmo… E, claro, haja item desejado, né? Já até postei uma lista todinha disso uma vez! E eis que passeando pela Gorila Clube e seus itens divertidos de cama, mesa e banho, o que é bem meu estilo, meus olhos brilhavam cada vez que aparecia algo de cozinha da Penelope Charmosa! Ai, gente, eu AMO muito a personagem! Tanto que meu primeiro template do blog depois da migração do WordPress, quando eu ainda usava imagens assim, era dela (e, oh, faz tempo). São vários, todos lindos, mas me contentei a selecionar os nove favoritos hoje pra ficar aqui, querendo.

Wishlist: Gorila Clube

1. Luva de cozinha: Esse foi o primeiro de todos que vi, de cara na primeira visita à loja quando a conheci visitando blogs por aí. Luva de cozinha é o tipo de coisa que eu me recuso a ter “sem graça”, sabe? Não gosto de cozinhar e é algo MUITO necessário, então melhor que tenha seu lado colorido e animado. Foi ela que me fez ir atrás de todos os outros objetos dessa lista, nossa precursora, a favorita!

2. Avental de cozinha: Esse avental é tão, tão maravilhoso que eu queria dois: um pra cozinha e outro pra trabalhar. Olha que lindeza! E, assim como tudo da Penelope, é rosa, que já combina com o nome da minha loja, vira ofício temático!

3. Pano de prato: Secar louças nunca foi tão estiloso! Lembra daquelas “semaninhas” que fizeram sucesso no final dos anos 90 e início dos 2000, onde o pano de prato tinha o dia da semana bordado? Esquece, é passado, a moda agora é usar seus personagens favoritos pra isso, muito mais colorido e divertido!

4. Caneca com canudo: Supérfluo, eu sei, mas nem só dos necessários vive nossos desejos, né gente? E olha que coisa mais linda, mais cheia de graça essa caneca! Depois que a gente vira adulto, o amor por canudos vai diminuindo gradativamente pela dificuldade que é lavar, mas não adianta… É fofo demais! Pra beber uma Coca Cola geladinha vendo TV ou usar numa foto legal de fim de semana em casa pro Instagram…

5. Descanso de panela: Taí uma coisa pra qual nunca dei muita bola, nem via como algo que ia querer um dia – apesar de ser extremamente útil -, mas que o da Penelope fez meu coração acelerar: descanso de panela! OLHA A CARINHA DE ASSUSTADA DELA VENDO O QUENTE DIRETO EM SUA DIREÇÃO, GENTE! Ah, não, é muito amor pro meu pobre coração!

6. Copos de shot: Bom, a partir de agora falaremos de itens da Gorila Clube que são da Corrida Maluca como um todo e, obviamente, têm a Penelope Charmosa entre eles… Porque o desenho é todo incrível e permanece no tema ainda assim! Esses copos de shot seriam um desejo estranho se você parar pra pensar que eu não bebo, mas isso não impede de servir pros amigos que vêm visitar, né? Já fiquei imaginando um jogo onde cada um é seu personagem, a gente cria um tabuleiro de improviso e se cair no sei, bebe! Bonitinho e interativo! Aliás, fica como dica de presente, porque a loja tem não só esses, mas também de VÁRIOS outros temas!

7. Relógio de parede: Se você analisar minhas casas no The Sims vai ver que TODAS ELAS têm isso em comum: um relógio de parede na cozinha. Eu cresci com isso em casa e não consigo imaginar montar meu próprio lar sem… E melhor ainda se for um relógio legal e temático, porque de sem graça já nos bastam outras milhares de coisas na vida…

8. Descanso de copos: Protegendo sua mesa de copos gelados com muita lindeza…

9. Jogo americano: e dos pratos quentes também! Olha QUE DUPLA, Brasil! Sério, já quero chamar os migos pr’um jantar que eu mesma preparei através de todos os tipos possíveis de comida congelada e distribuir as opções entre eles – menos Penelope Charmosa em si porque ELA É MINHA, NÉ, obviamente!

Vocês podem adquirir esses e outros itens MUITO BACANAS na Gorila Clube no site oficial da loja! Além disso fiquem de olho também nas redes sociais pra não perder nenhuma novidade! Instagram: @gorilaclube | Facebook: @gorilaclube | Google+: +GorilaClubeBr

Diálogo

Em 04.12.2018   Arquivado em Escrevendo

Diálogo

– Boa noite, tudo bom?

– Boa noite! Olha, você trabalha aqui?

– Aham…

– Ah, legal.

– …

– Nossa eu esqueci seu nome!

– Não tem problema…

– Mas e aí, e a faculdade? terminou?

– Não, troquei de curso. Termino agora em dezembro.

– Aquela sua amiga tá trabalhando lá na escola, lembra dela, a Ana?

– Claro que lembro, ela era minha amiga!

– …

– Eu vi que ela tá lá, no Facebook dela.

– Huuum… Valeu a pena aquele tanto de recuperação que dei nocês, né?

– Na verdade, não. Aqui, deu duzentos e vinte e cinco.

– Aqui, oh. Passa no débito mesmo…

– …

– Não conhecia essa boate, é nova?

– Não, já tem um ano e meio.

– Nossa, não conhecia. Você trabalha aqui tem muito tempo?

– Você quer sua via?

– Pode tirar, sim!

– Eu só trabalho aqui de vez em quando mesmo. Tá aqui, obrigada!

– ‘Brigado você, boa sorte aí!

– ‘Brigada!

– – – – –

– Quem era aquele cara?

– Professor de matemática…

– AQUELE que você sempre fala?

– AQUELE mesmo!!!

– Vixe!

Esse post foi inspirado nas propostas #12 e #136 do Creative Writing Prompts, que oferece mais de trezentas ideias legais para desenvolver sua escrita criativa. É o 24º entre os 30 que me propus a escrever até julho de 2020 e algumas das falas que estão nele são “baseadas em fatos reais”…

Millennium: A Garota na Teia de Aranha

Em 03.12.2018   Arquivado em Filmes

Millennium: A Garota na Teia de Aranha (The Girl in the Spider’s Web) *****
O Quebra-Nozes e os Quatro Reinos Elenco: Claire Foy, Sverrir Gudnason, Sylvia Hoeks, Andreja Peji, Cameron Britton, Lakeith Stanfield, Stephen Merchant, Synnøve Macody Lund, Vicky Krieps
Direção: Fede Alvarez
Gênero: Drama, Ação
Duração: 115 min
Ano: 2018
Classificação: 16 anos
Sinopse: “A jovem hacker Lisbeth Salander (Claire Foy) e o jornalista Mikael Blomkvist (Sverrir Gudnason) se veem em meio à uma teia de corrupção, espionagem e intriga internacional, juntando forças para combater uma nova e terrível e ameaça.” Fonte: Filmow (sinopse e pôster).

Comentários: A Série Millennium do sueco Stieg Larsson é composta de três livros escritos pelo autor e outros dois por David Lagercrantz, que conseguiu os direitos autorais da obra após a morte de seu criador através de um convite da própria editora. Além de adaptações da trilogia original na Suécia, muito elogiadas, as versões hollywoodianas também chegaram aos cinemas nos últimos anos. O primeiro, “Os Homens que Não Amavam as Mulheres” saiu em 2011 e narra o início da história, baseado no primeiro romance de Larsson. Agora, porém, Lisbeth está de volta aos cinemas em um novo longa, dessa vez inspirado no livro que deu a Lagercrantz a oportunidade de continuar contando suas aventuras: A Garota na Teia de Aranha.

Lisbeth Salander é uma hacker que tem como objetivo defender e vingar mulheres de seus abusadores, seja esse abuso físico, psicológico ou sexual. Nesse contexto, vivendo sua vida reclusa de anti heroína, ela é contactada por Frans Balder, criador de um programa de computador chamado Firefall que dá acesso a um imenso arsenal bélico e está sob poder do governo dos EUA. Balder percebe o risco que seu programa traz e mesmo sendo o único com total capacidade de acessá-lo, não quer de modo algum que seja utilizado. Ao mesmo tempo, precisa proteger a si mesmo e ao filho, que é autista. Lisbeth consegue realizar o trabalho, mas é roubada logo em seguida, dando a si mesma a nova missão de recuperar o que foi tirado dela e de seu cliente. Para isso, ela conta com a ajuda de Mikael Blomkvist, com quem já viveu histórias passadas. O que ela não esperava era ter que reencontrar os fantasmas de sua infância no processo…

A Garota na Teia de Aranha

A Garota na Teia de Aranha: imagem via The Seattle Times

A primeira coisa que reparamos nessa nova adaptação de “Millennium” para os cinemas é a presença de Claire Foy como a nova Lisbeth. Depois de ficar marcada pelo público como a Rainha Elizabeth nas duas primeiras temporadas da série “The Crown”, é difícil enxerga-la de outra forma, PRINCIPALMENTE uma personagem tão visualmente diferente. A impressão que dá é que temos o rosto dela “recortado” e colocado no corpo de outra pessoa! Mas isso não significa que a atriz não dê conta do recado. Com sotaque forte e sempre expressiva na medida certa, ela traz a imagem solitária e alternativa de forma coerente. Já no caso de Gudnason como Mikael Blomkvist ficou um pouco mais difícil fazer a “leitura” do jornalista por parte das pessoas que, como eu, não leram ou assistiram mais nada da série. Ainda assim isso não parece ser culpa do ator ou mesmo do roteiro, já que de acordo com uma amiga minha que gosta da história (e assistiu comigo), esse é um livro onde ele, de fato, não tem tanta relevância quanto os outros.

No que diz respeito à ação, tem tudo o que o público pode querer! Alguns erros de coerência aqui e ali, claro, mas no geral explosões, tiros, perseguição e corridas de carro pra lá e pra cá acontecem o tempo todo, cada uma em seu momento específico. O drama fica por conta do reencontro da protagonista com seu passado, onde ela se vê num momento de lidar com razão e emoção à flor da pele, e na figura do filho de Balder, com quem acaba criando um rápido laço ao protegê-lo daqueles que estão atrás do programa de seu pai. Como adaptação, pelos comentários que li, parece fiel ao “grosso” da história, sem dar muita margem para uma continuação que poderia estar por vir, mas logicamente com seus erros de percurso. Por aqui, sendo apresentada à saga pela primeira vez, devo dizer que cumpre o que propõe no trailer (que eu já tinha visto antes de saber do que se tratava e me deixou SUPER curiosa) e na divulgação de um modo geral. Fiquei com vontade de assistir ao filme que foi lançado anteriormente, onde a temática principal dos livros de luta contra o abuso de mulheres é mais retratado, já que esse acaba envolvendo um pouco mais a máfia e a vida pessoal de Lisbeth.

Por fim, um adendo muito interessante que vale a pena reparar: os suecos dão MUITO valor para marcas nacionais, na vida deles isso é prioridade MESMO! Por esse motivo a gente vê a presença forte da Sony nos gadgets que estão em cena, como computadores, câmeras e celulares. Os carros também são, em grande parte, da Volvo, e é algo que não muda em nada no enredo em si, mas fica como curiosidade sobre a cultura do país onde a série nasceu!

Leia também: A Garota do Trem, filme com Emily Blunt que é uma aula sobre relacionamentos abusivos e gaslighting!

Trailer:

A Garota na Teia de Aranha: 8 de novembro nos cinemas

Página 4 de 2211 ...12345678... 221Próximo