Entrevista com o Vampiro

Em 08.06.2010   Arquivado em Filmes, Leitura

– A alguns meses atrás eu assisti ao filme Entrevista com o Vampiro e fiquei encantada com a história, quase imediatamente comecei a pesquisar sobre as “Crônicas Vampirescas”, de Anne Rice: a série em que está incluído o livro de mesmo nome de deu origem ao filme. Minha vontade de ler o livro só cresceu e finalmente consegui termina-lo, mesmo com a falta de tempo.
– Minhas opiniões sobre tudo continua a mesma. Eu já tinha falado sobre isso antes, mas a história me despertou dois grandes sentimentos: um medo mortal e odioso da Cláudia e um amor intenso por Lestat!! As personagens eram assim enquanto eu as assistia e isso ficou cada vez mais forte enquanto eu lia. Resolvi então falar aqui um pouco sobre minhas impressões gerais sobre a história e sobre a adaptação cinematográfica agora que sei como ela foi escrita.

O livro

entrvampire01 Autor: Anne Rice
Gênero: Terror
Ano: 1976
Número de páginas: 340p.
Editora (Br): Rocco
Tradução: Clarice Lispector
Sinopse: “Uma história que começa com a ousadia de um jovem repórter ao entrevistar Louis de Pointe du Lac, nascido em 1766 e transformado em vampiro pelo próprio Lestat. Louis, esse vampiro que se recusa a livrar-se das características humanas e aceitar a crueldade e a frieza que marcam os vampiros, continua a contar a história desde o início.”
Comentários: Eu sempre imaginei que ler Anne Rice seria cansativo, mas é muito bom!! Definitivamente vou ler os outros da série, principalmente os relacionados ao Lestat, que continua sendo meu favorito (aliás, meu vampiro favorito).
No início é difícil acostumar, pois o livro tem dois narradores: o narrador-principal (que é a Anne Rice) e o próprio Louis. Não há distinção e de repente o narrador aparece. É difícil explicar como acontece, mas acontece: você as vezes esquece que a narração do Louis é parte do livro e não o livro em si. Na verdade continua estranho até o fim, mas aos poucos isso para de “incomodar”.
E é um terror bem leve, eu sou muuito medrosa e consegui encarar. Na verdade no final eu até chorei no reencontro e Lestat e Louis, achei que tinha encontrado um livro não-chorável e acabou que foi tão lindo que eu, toda manteiga, não segurei.
Foi paixão, amor, emoção, gostei muito e muito mais que pensei ser possível.

O filme

entrvampire02 Elenco: Tom Cruise, Brad Pitt, Kirsten Dunst, Stephen Rea, Antonio Banderas, Christian Slater
Direção: Neil Jordan
Roteiro: Anne Rice
Duração: 122 min
Ano: 1994
Sinopse: “É noite em São Francisco. Após 200 anos de vida sem fim, Louis de Ponte du Lac (Brad Pitt, de Thelma & Luise) decide contar toda sua história a um jovem repórter (Christian Slater, de Robin Hood – O Príncipe dos Ladrões). Uma história de desejo, terror e êxtase… O conto sombrio do vampiro Lestat (Tom Cruise, de A Firma), a chance de experimentar o poder da eternidade. Lestat… imortal… senhor da noite… o mais atraente e perigoso de todos os vampiros… capaz de saborear os prazeres da noite em busca de novas vítimas para sustentar sua existência.
Atormentado por uma vida sem significado, Louis parte para o mundo, à procura de vampiros como ele, e não como Lestat. Encontra apenas violência e destruição, ao lado da pequena Cláudia (Kirsten Dunst) e do enigmático Armand (Antonio Banderas, de Os Reis do Mambo).”
Comentários: Uma coisa que acho que PRECISO destacar antes de falar qualquer outra é Tom Cruise. Porque depois disso eu vejo todo e qualquer filme com ele sem nem pensar!! A atuação dele como Lestat é tão incrível que até hoje não vi “A Rainha dos Condenados”: simplesmente por não querer outro Lestat!! Ele consegue passar todo o drama da vida do vampiro, consegue demonstrar fúria, calma e sarcasmo, tudo ao mesmo tempo. Sem contar que ele tá liiiiiindo…

lestatdelioncurt

Acho que o fato de que a própria autora ter escrito o roteiro ajudou em tudo, porque é bem fiel. Existe um pedaço que foi cortado sim, mas é a parte mais chata e, para mim, insignificante da história.
Todas as personagens ficaram fiéis, a única decepção é o Armand, porque por mais que a gente ame o Antonio Banderas ele não tem na-da a ver com a imagem que era pra ser jovem e quase afeminado, ruivo e novinho. Mas mesmo assim a atuação é igual você imagina que o Armand seria, mesmo porque no livro fala o quanto o Armand age com maturidade (por ter centenas de anos).

  • Tary

    Em 08.06.2010 | Comentou pela primeira vez, boas vindas!! | [Citar]

    Olá! Eu adoro histórias de vampiros (vampiros de verdade mesmo e não aqueles que podem sair no sol ¬¬) e sou louca pra ver o filme e ler os livros da Anne Rice. Amei a dica.
    Se você curte o universo, a série True Blood é uma boa pedida. Eu amo.
    Beijo!

    [Reply]

  • Lili

    Em 08.06.2010 | Uau!! Deixou 210 comentarios, VIP!! | [Citar]

    A Dri que ama Anne Rice… Eu nunca li nada…
    E “Entrevista com Vampiro” nem o filme eu vi… rs…
    Oi??? Em que mundo eu vivo mesmo? rs…
    Smacks…

    [Reply]