E o Rio de Janeiro?? Ah, continua LINDO!!

Em 25.01.2009   Arquivado em Viagens

* Gente, vocês são uns amores! Vale a pena compartilhar minha vida aqui só pra ler tudo o que vocês têm a dizer sobre ela!! A emoção do show foi realmente muito grande e MAIS UMA VEZ, obrigada por todos esses recadinhos felizes! E como eu já tinha dito, vou falar hoje da viagem ao Rio, já que só falei da parte mais importante dela e “esqueci” o resto! Na verdade o Rio é uma cidade quase-sinônimo de tudo aquilo que menos gosto: calor, praia, carnaval, sol… Mas é BONITO DEMAIS e lá vivi o sonho da minha vida, então vale a pena fazer post gigantão!!

* Sábado, dia 17, eu, meu pai e minha irmã saímos daqui de Belo Horizonte por volta do meio dia, e já pegamos estrada. Só paramos no posto de gasolina pra abastecer, na farmácia pra comprar pilhas pra câmera e esparadrapo pro meu pé (coitado, vou opera-lo assim que fevereiro chegar), e em Barbacena pra almoçar (lembrei de você, Lary!), e aí depois só em pedágio mesmo. Chegamos lá na casa da minha tia quase 7 da noite, demorou porque no meio da caminho tinha uma MALDITA carreta do tamanho da pista que forçou a gente a ficar mais de meia hora a 25Km/h ao invés de 100.
Enfim, chegamos lá, comemos, demos uma saidinha… E, gente, é até sacanagem uma beleza desse tamanho, dá uma olhadinha na visão que temos ao olhar pra cima da porta da casa dela:

RiodeJaneiro
Ela mora BEM embaixo do “braço direito” dele!!

* À noite, como já tinha dito, assistimos ao show de São Paulo, dormimos “derrubados” pela decepção e acordamos no dia seguinte convencidos de que haviam cortes (e haviam, êêêê!!). Fomos ao Flamengo comprar as entradas e quando peguei elas nas minhas mãozinha um sorriso iluminou meu rostinho e até meu pai não se irritou com a “humilhação” de ter ido lá (porque meu pai não é 100% atleticano não, é parte Fluminense também!). Aí fui pega de surpresa com minha tia dizendo pra gente ir no Parque Lage, porque eu tinha dito pra ela que queria ir… Na verdade não pelo Parque e nem pelo Lage (meu último nome), mas porque causa da Escola de Artes Visuais mesmo (olha onde eu estudo, né, gente). Digo “pega de surpresa” porque achei que a gente ia só comprar entradas mesmo e não levei a câmera nem o celular.. Vou ficar devendo fotos de lá, mas quem quiser, joga no Google. Como é época de férias, a coisa mais interessante que tinha lá era o bar e a Coca Cola que era vendida. O resto do dia só almoço com Livinha, minha prima e Daniel, marido dela… E depois casa-banho-soneca-TV… E VENTILADOR, POR FAVOR!

Segunda eu achei que o dia ia rodar em função do show, mas percebi que a viagem inteira já tava assim! Desde o 1º segundo eu só conseguia admirar minhas entradas e todas vez que alguém assobiava algo, era música do Elton John. Isso sem contar que sempre tinha um com a Veja Rio que falava sobre. Bom, acordamos cedo e foi a vez de realizar a vontade da Daninha, então fomos pra praia… E eu não gosto de praia, o bom daquilo pra mim foi só tirar as fotos que eu não tinha tirado até então:

RiodeJaneiro
Praia de Ipanema sem meu zoom ruim

RiodeJaneiro
Praia de Ipanema com meu zoom ruim

RiodeJaneiro
SweetLuly na areia!

* Depois da praia foi almoço, banho, tensão, ônibus, metrô, show, choro, emoção e todas as coisas já descritas no post passado!
(Aproveitando, nesse link tem fotos (excelentes) e vídeos do show, tanto SP quanto Rio, quem gosta e não teve a oportunidade que tive… #fikdik) Chegamos “em casa” lá pras duas horas da manhã, dormimos, acordamos, tomamos café, esperamos a Livinha ir se despedir d’a gente, contamos como tinha sido e viemos pra BH!! Êêêêêêê!! Resumindo: foi muito bom!! Agora, eu espero que os cariocas não se ofendam, não é uma crítica ou zuação. Lá é lindo e maravilhoso, é bom passar um fim de semana mas… Gente andando de biquini na rua, chegar em casa suja de areia, 30°C no meio da madrugada… Ah, não é pra mim! Prefiro ficar na minha roça-grande Belorizonte cortando palavras e comendo pãozim de queijo, uai!

Ouvindo: Ring Ring – ABBA