Categoria "Vídeos"

Desenhos que quase ninguém lembra

Em 10.03.2017   Arquivado em Séries e Desenhos, Vídeos

Por volta de 2004 eu e minha irmã ficamos muito viciadas em desenhos animados de TV a cabo, tínhamos uma sequência diária tanto para durante a semana (deveres da escola que eram bons, só mais tarde, tsk tsk tsk) quanto para sábado e domingo, eu conseguia assistir mesmo sabendo que já tinha chegado a hora de usar a internet, que naquela época era discada. Alguns são bem conhecidos, como “Três Espiãs Demais” e “Jimmy Neutron”, mas outros a gente tinha a impressão que mais ninguém via e, com o passar do tempo, continuamos sendo as únicas pessoas do nosso convívio social que lembrava deles. Ou quase…

Não sei bem o motivo disso… Acho que é porque nossa diferença de idade é grande se levar em conta o nível de amizade enorme que sempre tivemos, e eu buscava uns desenhos mais “adolescentes” e ela ia na onda, mas aí acabava que era algo meio infantil pros meus amigos e maduro pros dela… Ou então a gente gostava do que tinha ibope baixo, sei lá! No fim das contas a gente sabe que em algum lugar por aí alguém lembra de alguns deles sim, mas guardamos no nosso coração como se fossem só nossos e resolvemos gravar um vídeo pra expor esse amor!

Desenhos que quase ninguém lembra

05) Começando dos mais pros menos conhecidos, Ginger foi um dos mais famosos que a Nickelodeon já teve, mas até hoje só conhecemos uma pessoa que também gostava. Conta a história da personagem-título, uma pré adolescente que tem que lidar com todos os dramas dessa fase, porém de forma mais “cabeça”, sempre questionando um pouco mais que as meninas da sua idade. + na Wikipedia.

04) As bonecas My Scene foram lançadas pela Mattel como um contra-ataque da Barbie diante da ameaça das Bratz e davam de 10 a 0 na rival, tanto que ganharam essa mini série que passava entre um programa e outro também na Nick e mais três filmes, incluindo um longa metragem! Eu, bonequeira de raiz e feliz com a desculpa de continuar o hábito mesmo depois de grandinha, não descansei enquanto não ganhei a minha no natal daquele ano e AMAVA tudo relacionado a elas, o desenho não poderia ser diferente, né? + na Wikipedia (em inglês).

03) Esse nem era um desenho de fato, e sim uma propaganda do (insuportável) Sheep na Cidade Grande! Com o objetivo de trazer algum “valor cultural” ao programa, eles exibiam durante os comerciais a peça animada Cerejas Maduras, onde Catrina tinha que encarar o fato de que seu noivo estava desaparecido há mais de 10 anos. É hilário e idiota! Veja na íntegra aqui!

02) Já que passamos para o Cartoon Network, nele ficaremos! Aborrescentes contava como era a vida de seis amigos que também estavam enfrentando essa fase tão difícil da vida! Os temas eram esses mesmo: escola, amizade, paquera, amadurecimento… E tinha uma personagem IGUALZINHA a uma das mais queridas que eu e a Dani criamos na nossas histórias malucas (a gente faz isso…), então foi o estopim dessa paixão que a gente nunca perdia! + na Wikipedia (em inglês).

01) E agora nossa MEDALHA DE OURO porque esse foi um dos melhores – desenhos – animados – já – lançados – pela – humanidade: Meu Pai é Um Roqueiro! Essa preciosidade foi criada pelo Gene Simmons, da banda KISS, e conta como a vida de astro de Rock Zilla, um rockeirão completamente inspirado no autor, interfere no cotidiano de sua família, principalmente do filho nerd Willy Zilla, protagonista da história. Gente, é genial, cheia de referências ao rock clássico, divertido, merecia ser aclamado pelo mundo, quisera eu poder assisti-lo de novo! + na Wikipedia.

Alguém aí assistia algum deles? Por favor, existe algum outro fã de “Meu Pai é um Roqueiro” rondando essa internet? E tem algum desenho por aí que só você lembra, de qualquer época? Me conta aí nos comentários!

Tour pela estante(zinha)

Em 26.02.2017   Arquivado em Vídeos

Tinha muito tempo que eu estava querendo uma estante para colocar em exposição meus livros preferidos e outras coisinhas que eu gosto aqui no quarto, mas é aquela coisa, né: a gente adia, adia, gasta com outras coisas, acaba esquecendo e no fim das contas nunca sai. Outro dia, porém, achei uma estante sem utilidade nas coisas da minha querida (e falecida) vovó, super simples e pequena, e pensei… “Por que não?” Trouxe ela pra cá e assim nasceu meu lugarzinho de amor e “cenário” dos vídeos!

Logo que mudei e mostrei um pouquinho do meu quarto, há mais de um ano atrás, algumas pessoas pediram pra eu mostrar aqui a minha… “Decoração”. Gente, se vocês dão esse nome eu acho ótimo, mas a verdade é que o que rola aqui é “exibição de bagulho”, porque eu sou daquelas que tem MUITA coisa e que gosta de tudo o que tem, então preciso que pelo menos os favoritos fiquem onde eu possa olhar e amar… E se vocês querem ver, e se eu tô tão apaixonadinha por ela, oras, ‘bora mostrar o resultado! Como sou muito democrática tem foto pra quem é de foto, texto pra quem é de texto e vídeo pra quem é de vídeo!

Tour Pela Estante

A parte de cima, a “cobertura”, acabou saindo meio musical sem querer… Eu já deixava meu vinil “Jump Up!” do Elton John em exposição antes, mas dessa vez juntei com os outros dois (Sgt. Peppers dos Beatles e Delicate Sounds of Thunder do Pink Floyd) porque são muito bonitos pra ficar escondidinhos no guarda roupas. Ainda nessa temática tem o livro-caixa dos meninos de Liverpool onde guardo MUITA porcariazinha, a versão em inglês de “Love Is The Cure” autografada que ganhei da Elton John AIDS Foundation, um pouquinho de Harry Potter na Hermioninha e na caneca Grifinória de canetas… E, claro, as duas coisas mais importantes de toda a estante: Nico, meu cacto – que está cada dia maior – e o pôster minimalista aka futura capa de “Wish You Were Here”, MEU LIVRO!

Tour Pela Estante
Xodózinho lindo – e juro que um dia esse disco ganha um autógrafo também!

Tour Pela Estante

Descendo temos uma parte SÓ de Harry Potter e J.K. Rowling! A altura dela não é muito grande, então a maioria dos livros acaba tendo que ficar deitada, mas no geral tá tudo aí: os sete da série mesmo beeeem destruidões (o terceiro tá emprestado), os “extras” que são citados na história, alguns relacionados ao assunto de outros autores, Morte Súbita que nem li ainda e os do pseudônimo “Robert Galbraith”. Quando se trata de HP eu não sou aloka dos livros e edições, além dessas tenho só um em inglês (vai aparecer já-já) e a Edição Ilustrada, mas tenho muita, muuita, muuuita “coisinha”, então tive que escolher as mais legais pra parte “decorativa”, e aí que meus personagens/casal favoritos entraram na roda! Além dos Funkos Pop! do Rony e da Mione coloquei junto a versão “mini” deles pra meio que representar Rosa e Hugo e Bichento fechando a família. Do lado fica o vidro de tinta de caneta só porque 01) eu uso muito e gosto que ele fique perto de mim e 02) usar caneta tinteiro é chique e eu amo!

Tour Pela Estante
Os Granger-Weasley juntinhos!

Tour Pela Estante

Vamos agora pra prateleira mais variada, porém incompleta. Eu sinto que falta alguma coisa nesse cantinho da frente que tá vazio, mas ainda não decidi o que… Pensei em colocar meu Funko do Dumbledore, mas não quero que fique monotemátio demais, pensei em outras coisas, mas por enquanto nada ficou decidido (aceito dicas). Enfim, nessa parte temos Tolkien (“O Hobbit” tá emprestado), a extraordinária R.J. Palacio com sua “saga” do Auggie lindo, livros infantis queridos, livros não-infantis queridos, livros interativos, Relíquias da Morte em inglês que não cabia em cima e Star Wars, não só nas páginas mas também no meu crachá de Jedi!

Tour Pela Estante

E no último andar eu tentei focar mais em arte, porque acho que o que tenho sobre o assunto também não merece ficar escondido! Tem livros de imaginária religiosa mineira, um INCRÍVEL sobre materiais e técnicas (tenho vontade de fazer resenha dele, vocês têm interesse?), um pouquinho dos que usei na faculdade, presente de formatura… E em cima disso tudo uma caixinha fofa que eu não queria jogar fora e virou porta cartões do blog! De ladinho tem uns marcadores antigos daqui também, enquanto não faço os novos que não sei como serão…

Tour Pela Estante

… Isso de um lado, né! Do outro tem essa edição de Mary Poppins MARAVILHOSA de arrepiar, meu cadernos artesanais (já viram fotos deles AQUI?) que já estão prontos e a mini Ferrari querida e amada do meu coração só pra quebrar alguns esteriótipos de gênero – mentira, é porque gosto mesmo!

E pra assistir tudo “ao vivo” e à cores e com mais detalhes, saber mais sobre minhas escolhas, dar uma passadinha pelo lugar do meu guarda roupas onde guardo os outros livros e tudo mais… É só apertar o play!

Vídeo-Tag: Instagram

Em 08.02.2017   Arquivado em Vídeos

Acho que praticamente todo mundo que é ativo em redes sociais tem um perfil no Instagram, né? O aplicativo inicialmente era só pra usuários de IOS e quem não tinha ficava só babando nas fotos com efeitos alheias quando eram postadas… Mas aí o tempo passou, chegou a versão Android, ele se popularizou MUITO e agora é a maneira mais fácil e utilizada de compartilhar suas fotos (e vídeos) na internet! Lembro que no início eu adorava colocar efeitos pesadões com bordas e tudo mais, hoje em dia pra mim “menos é mais” e quando uso algum regulo pra diminuir a intensidade, essas mudanças naturais da vida… Enfim, já tem anos que vi a Tag Instagram rodando pelos canais de YouTube afora, mas nunca é tarde para brincar dessas coisas então respondi ela agora!

Perguntas:
01. Qual é o seu Instagram?
02. Desde quando você tem Instagram?
03. Qual foi a sua primeira foto postada?
04. Você entra muitas vezes no Instagram?
05. Qual é a sua pior foto no Instagram?
06. Qual é a sua foto com mais curtidas?
07. Por que as pessoas te seguem e o que te faz seguir as pessoas?
08. Quem foi a última pessoa que curtiu uma de suas fotos?
09. Cite um estilo de fotografia que você posta no Instagram.
10. Mostre-nos de uma a três fotos do seu Instagram.
11. Qual foi a última foto que apareceu na página inicial do seu Instagram até gravar esse vídeo?

Tag Instagram
Primeira foto X Pior foto X Foto mais curtida

Tag Instagram
As três fotos que foram mostradas: divulgação do Hogsmeeting – Ano 3, “Mimia Scamander” e minha atual foto de perfil que eu amo!

Qual é o Instagram de vocês? Me passem aí nos comentários pra eu seguir todo mundo! E me sigam também no @sweetluly90, que é meu pessoal sobre o qual eu respondi as perguntas, e no @expressorosa onde posto encadernações!

Como Começar a Correr

Em 19.01.2017   Arquivado em Vídeos

Sabe aquela resolução de ano novo que você sabe que vai tornar sua vida muito melhor, mesmo que não seja algo que todo mundo possa ver? Pois é, todo ano fazer exercícios físicos deveria ser a minha, mas pra não me frustrar eu já abraçava meu sedentarismo e fingia que não era feio quando não conseguia chegar nem na canela ao tentar alcançar os pés com as mãos curvando o corpo pra frente… Enfim, sendo meta ou não isso vai mudar porque comecei 2017 me exercitando, yey! Tô usando um app ótimo pra isso sobre o qual quero falar depois (comecei tem pouco tempo, né!), mas nesse clima fitness (cofcofnãocof) hoje vamos falar um pouquinho sobre Como Começar a Correr!

Já faz algum tempo que o Esquilo, meu primo, tá propondo de a gente gravar um vídeo juntos porque 01) ele é um familiar exemplar e acompanha meu canal (até recebe notificações, gente *o*), 02) existe um plano de o canal DELE sair e 03) tem VÁRIOS assuntos legais que ele domina e eu não, então é uma forma de trazer conteúdo diferente tanto pra vocês quanto pra mim, seja enquanto pesquiso pra não ir gravar “crua” ou através da fala dele… Começamos com essas dicas para quem está querendo começar a fazer algum tipo de exercício que é simples e não tem tantos gastos, então se você se encaixa nessa aperta o play!

Provas em Belo Horizonte:
Encontro Delas: http://www.encontrodelas.com.br/
Ativo: http://ativo.com/
Clube O2: http://clubeo2.com.br/

Alguém aí também corre ou tem vontade? Depois de conversar com ele fiquei até com vontade, confesso, quem sabe não vai rolar longuíssimo prazo… E os que correm, têm mais alguma dica? Me conta aí nos comentários!

7 livros para ler em 2017

Em 09.01.2017   Arquivado em Leitura, Vídeos

Tradicionalmente o vídeo que abre janeiro lá no meu canal do YouTube é um Top 5 de livros favoritos do ano que acabou de acabar, mas 2016 foi tão louco que eu sequer consegui ler o suficiente para produzir esse mini ranking pessoal, infelizmente… Sendo assim, pra não passar esse momento em branco e quase fazendo uma promessa de dias melhores, resolvi que pra compensar ia falar um pouquinho sobre 7 livros que quero ler em 2017! Na verdade os escolhidos são mais pra “fechar ciclos”: alguns que já comecei, outros que estão emprestados, séries que gosto e quero levar adiante e por aí vai. Por enquanto até organizei minha meta de leitura do Skoob para que ela finalmente ficasse realista constando só esses, agora vamos ver se ao longo dos próximos 12 meses eu consigo “dobrar a meta”, não é mesmo?

Livros que comecei em 2016: (e nunca terminei)
O Trono de Fogo – Rick Riordan (Editora Intrínseca)
A Espada do Verão – Rick Riordan (Editora Intrínseca)
Led Zeppelin: Quando os gigantes caminhavam sobre a Terra – Mick Wall (Larousse)

Livros nacionais:
Surpreendente! – Maurício Gomyde (Editora Intrínseca)
1+1: A matemática do amor – Augusto Alvarenga e Vinícius Grossos (Faro Editorial)

Continuações de séries favoritas:
O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei – J.R.R. Tolkien (Editora Martins Fontes)
Vocação Para o Mal – Robert Galbraith (Editora Rocco)

Pode ser animação típica de início de ano, mas desde que gravei o vídeo já terminei o “1 + 1″ e voltei pro “Trono de Fogo”, focando em devolver os que estão emprestados, então pode ser que dessa vez dê certo, hein… Agora quero saber: o que vocês querem ler em 2017? E quais os favoritos de 2016 para me indicar, caso eu termine todos a tempo? Me contem, por favor!

7 livros para ler em 2017

Essa blusa da Grifinória é parte da Linha “Cursed Child” da Cia do Ponto e tem dela das quatro Casas, estão disponíveis em todos os tamanhos na loja vitual deles!

Página 1 de 1612345... 16Próximo