Categoria "Vídeos"

Maquiagem Living Coral: a cor de 2019!

Em 22.12.2018   Arquivado em Beleza, Vídeos

Ela está dando o que falar nas redes sociais afora, e com razão! Todos os anos a Pantone escolhe uma cor para ser a “cor do ano”, e 2019 ganhou um tom alegre e super bonito pra já começar com o pé direito: o Living Coral! Eu vi vários posts legais em blogs queridos com dicas de como aplicá-la no dia a dia, principalmente na moda, e um belo dia fuçando minha caixa de maquiagens pensei… Por que não gravar algo nesse sentido, né? Tá no clima, tá legal e tá na hora! No meio do caminho, já que planejamento é o que menos temos por aqui, acabei puxando um dourado aqui e outro ali, então entrou TOTAL no clima pré réveillon e já fica como dica pra virada que tá logo aí!

Materiais Usados:

Base Fit Me!, da Maybelline NY
Corretivo BT 10, da Linha Bruna Tavares
Pó Compacto Porcelana linha Color Trend, da Avon
Blush Ego 02, da Indice Tokio
Paleta de sombras e contorno MB224, da Luisance
Pigmento 06, da Dailus Pro
Delineador líquido preto, da Bella Oggi Italia
Lápis para sobrancelha, da Bella Oggi Italia
Iluminador Snow Queen, paleta Elsa da E.L.F.
Máscara para cílios The Colossal, da Maybelline
Batom linha LUXE Luxo, da Avon

Maquiagem Living Coral: a cor de 2019!

O grande “destaque” dessa maquiagem, que foi a base não só pros olhos mas também nas bochechas, foi o blush da Indice Tokio da linha Ego (sim, eu aprendi no nome da marca!). Ele é EXATAMENTE do tom certo, gente! Como eu disse no vídeo, a primeira vez que eu usei foi na minha irmã como sombra, pra uma das sessões de fotos de formatura dela… Depois testei como blush mesmo num vídeo de maquiagem com sombra marrom e roxa e agora foi 2 em 1, um “faz tudo” maravilhoso. Infelizmente em cada foto ele sai com uma cor diferente e fica BEM DIFÍCIL mostrar como é de verdade, mas vocês acreditam em mim, né? Pois é, que bom!

Maquiagem Living Coral: a cor de 2019!

Eu estou 100% apaixonada por gravar vídeos de maquiagem, mesmo que seja nesse meu esquema desastrado, imperfeito e usando os mesmos produtos de sempre. É gostoso, um momentinho que amo de ter comigo mesma, ajuda a melhorar na prática e o mais importante: me deixa pronta pra já emendar a gravação, fazer outro vídeo no mesmo dia e manter o canal atualizado, coisa que eu fiz maravilhosamente nos primeiros 4 meses desse ano e depois desandei COMPLETAMENTE. Não consigo me imaginar NUNCA focando em uma coisa só, mas perdi todo o receio que tinha de fazer algo que quero fazer só porque não tenho todas as ferramentas pra isso… Inclusive acho que a gente devia aplicar isso em todos os aspectos dessa nossa vidinha, mesmo os mais medíocres…

Maquiagem Living Coral: a cor de 2019!

Favoritos de 2018: Séries e Filmes

Em 18.12.2018   Arquivado em Filmes, Séries e Desenhos, Vídeos

E 2018 que passou voando, hein menina? Ao mesmo tempo parece que tudo o que aconteceu foi há muito tempo, uma loucura em forma de ano… Eu poderia começar a refletir o que foi ruim, todo o crescimento, etc, mas agora não é momento pra isso (na verdade esse momentinho meio que já rolou aqui, né!). Agora começa a minha temporada pessoal de Favoritos do Ano, yey! Tenho mais 2 vídeos (e, consequentemente, posts) nessa categoria sobre beleza pra soltar ainda, mas por enquanto falaremos sobre “audiovisual” que é a gente gosta, né? Então fiquem com os melhores séries e filmes, quatro de cada, por aqui nesses últimos 12 meses.

Melhores Séries

Favoritos de 2018: Séries e Filmes

Uma série que entrou pros “favoritos da vida” e que descobri esse ano foi Love, da Netflix. São 3 temporadas da história mais real que eu já vi na ficção! Os protagonistas são Mickey e Gus, um casal que se conhece da maneira que casais normais se conhecem, se relacionam daquele jeito mesmo que a gente se relaciona e não são nem perfeitos, nem disfuncionais… Apenas casal! Eu escrevi um post sobre ela na época que vi e resolvi recomeçar agora, pra rever “mais ou menos” enquanto faço meus cadernos, vale a pena. Outra que está na terceira temporada, mas não acabou ainda, é The Good Place, com episódios semanais e é HILÁRIA sem precisar ofender, o que é maravilhoso! Nela a Eleonor morre e vai para o “Bom Lugar”, onde sua vida póstuma é toda planejada pra ser como sempre sonhou… Mas na verdade ela foi confundida com outra Eleonor, porque é uma péssima pessoa e não merecia! Agora precisa decidir o que fazer com essa informação… Garanto risadas e bons plots a cada renovação sem forçar a barra.

Ainda na Netflix, duas “segundas temporadas” de séries que eu já amava fizeram jus à primeira, ambas da Marvel. Minha heroína favorita, Jessica Jones, conseguiu manter o ritmo mesmo sem seu “vilão principal”, o Homem Púrpura. Novos aspectos de sua vida foram explorados e deu pra criar sentimentos fortes – uns bons e outros nem tanto – por várias personagens! Ai, gente, a Jessica é incrível, teve até look com “brusinha” dela aqui semana passada porque sou fãzona! Já o criticadíssimo Punho de Ferro, que eu muito diferentona já amava, voltou e bem melhor! Sério, não me CONFORMO que ela foi cancelada depois de tudo que rolou, o final deixou brecha pra tanta coisa nova… Felizmente, ao que parece, ele e Luke Cage (também cancelado depois de uma 2ª temporada bacana) ainda voltam numa nova série… Veremos!

Melhores Filmes

Favoritos de 2018: Séries e Filmes

Agora vamos pros filmes, que por sinal foram o grande destaque do Sweet Luly em 2018! Fiz várias resenhas esse ano que, sem falsa modéstia, ficaram MUITO BOAS, oficialmente agora são meus posts favoritos de escrever! Por esse motivo vou só citar cada um deles, porque clicando nos nomes vocês abrem a crítica pra ler tim-tim por tim-tim o que achei, os defeitos e, principalmente, sentimentos que cada um me trouxe.

O número 1 foi, logicamente, Bohemian Rhapsody, que conta a história do Freddie Mercury na sua trajetória no Queen, do início da carreira até perto de sua morte por consequência da AIDS. Ele não é 100% fiel cronologicamente, mas não precisa ser pois não se trata de um documentário, né? O objetivo, de mostrar a influência ABSURDA da banda e do Freddie na cultura popular, foi cumprido maravilhosamente. Depois temos a quarta versão de Nasce Um Estrela, também conhecido como “o filme da Lady Gaga”, que faz a gente ARREPIAR cada vez que toca no microfone. Ao seu lado está Bradley Cooper, que não só atuou e cantou como também dirigiu o longa, tudo maravilhosamente. Uma história cheia de lágrimas e trilha sonora que vai te fazer querer ouvir over and over pra sentir tudo de novo!

Ainda na categoria “musicais”, porque é um dos meus gêneros favoritos, temos a continuação de um grande queridinho da minha vida: Mamma Mia! Lá Vamos Nós de Novo. A história se passa 5 anos após o primeiro e mostra como está a vida de Sophie e seus 3 pais “atualmente”, junto com flashbacks incríveis de como Donna engravidou dela na sua época de cantora! Muito Abba, muita alegria e, claro, emoção de sobra nessa delícia, fazendo jus total ao anterior. Pra fechar com chave de ouro e Disney, Ursinho Pooh e a turma do Bosque dos Cem Acres ganharam sua versão live action em Christopher Robin: Um Reencontro Inesquecível. Esse causou brilho no olhar e aplausos na sala de cinema, é lúdico, melancólico e absurdamente gostoso, que acerto!

E você, qual foi seu filme e sua série favoritos de 2018? Me indica aí nos comentários!

Maquiagem Zomby Gaga para o Halloween (e Lookbook!)

Em 30.10.2018   Arquivado em Beleza, Moda, Vídeos

Desde que foi anunciada, Zomby Gaga, a Monster High da Lady Gaga, roubou meu coração. Ela é maravilhosa, uma boneca primorosa em cada detalhe, inspirada nessa mulher incrível que a Gaga é e na mensagem linda de “Born This Way”. No natal do ano passado a Lili, minha amiga, me deu ela de presente e desde então fiquei já com a mão COÇANDO para tentar reproduzir a maquiagem… E, bem, Halloween tá aí, né? Pra isso que serve! E como nessa vida tudo vira post não só fiz como também gravei um vídeo mostrando o processo!

Mas é aquele negócio, né gente… EU NÃO SOU MAQUIADORA! Tenho muito amor por maquiagem e muita ajuda na área (principalmente da querida Julis Costa, que recentemente aumentou muuuito meu estoque e sempre com qualidade). Gravar esse tipo de coisa é um modo de me divertir e, quem sabe, servir de referência pra quem, como eu, adora mas não arrasa taaaanto assim. É amador, mas também com muito-muito-muito amor, então aí estar!

Materiais Usados:

Primer Studio Perfect, da Ruby Rose
Corretivo BT 10, da Linha Bruna Tavares
Pancake branco, da ColorMake
Paleta de sombras e contorno MB224, da Luisance
Lápis de olho preto, da Bella Oggi Italia
Sombra “Crave” da paleta Naked Basics, da Urban Decay
Sombra lápis preta Make B., de O Boticário
Delineador líquido preto, da Bella Oggi Italia
Batom matte Malvatu, da Quem Disse, Berenice?
Máscara para cílios Perfect Doll, de O Boticário

Pincéis

Chanfrado Blush F3, da The Beauty Box
Achatado Longo Sombra E5, da The Beauty Box
Pincel chanfrado para delineador, da Contém 1G
Pincel para sombra, da Avon
Esfumar roxo nº 35, da UHU
Chanfrado sombra da Quem Disse, Berenice?

Maquiagem Zomby Gaga | Halloween

Óculos: s/m | Camisa branca: Luigi Bertolli | Camisa preta: Zara | Calça: s/m | Sapato: Valesca Calçados | Gravata: s/m. Mais no Lookbook

E é ÓBVIO que, estando a maquiagem pronta e sem a menor vontade de desperdiça-la, eu aproveitei a chance pra fotografar o look, né? A Zomby Gaga vem com dous conjuntos de roupas: uma camisa comprida e meia arrastão, que é difícil de copiar por causa da estampa, e um conjunto de terninho! Nesse caso nenhum mistério: camisa branca por baixo, preta de manga comprida por cima, uma calça lisa, plataforma pesadona, gravata borboleta e óculos quadrados, tudo preto! Muito fácil de achar e que eu FELIZMENTE tinha fácil em casa.

Maquiagem Zomby Gaga | Halloween

Eu queria ter conseguido passar um spray rosa no meu cabelo? Queria! Melhor ainda se fizesse as mechas roxas? Claro. Mas infelizmente não chegamos a tanto, gente, foi mal! Mas ainda enquanto prendia um rabo lateral pra pelo menos ficar igual nesse aspecto, lembrei daquele lação que a gaga usava no início da carreira… Aaaaaah, ótima chance de tentar fazer um também, né? Meu cabelo tava bem bagunçadão no dia e o laço também ficou, mas como estava nessa vibe de monstrinho acabou combinando um pouco, sei lá! Acabou que gostei, tá bonitim e tudo mais…

Leia também: Nasce Uma Estrela, resenha do musical estrelado por Lady Gaga e Bradley Cooper

Maquiagem Zomby Gaga | Halloween

Nas mãos eu não teria a destreza de desenhar os ossos esfumadinhos (principalmente na direita!), então apenas passei o pancake bem mal passadinho, escrevi o “Gaga” de um lado e pedi minha mãe pra escrever o “Lady” do outro, com o mesmo delineador usado no rosto. Ficou como uma representação desse detalhes LINDO que a boneca tem! Inclusive, falando nela, fica aí uma foto dessa LINDEZA pra fechar o post, só pra vocês compararem e perceber que, sim, ficou até bem legal!

Um FELIZ HALLOWEEN a todas, curtam bastante e se cuidem!

Esse post faz parte do Dreamcatcher Project organizado no grupo d’A Corte Vermelha, cujo tema de Outubro é Halloween. Veja também os textos de outros participantes: Memorialices, Banshuu TV e Livros, Gatos, Café.

Me olho, me vejo: Dia Mundial de Combate ao Bullying

Em 20.10.2018   Arquivado em Escrevendo, Vídeos

Vinte de outubro é o Dia Mundial do Combate ao Bullying e sempre que essa palavra é mencionada alguém fala “Mas na minha época NÃO TINHA bullying!”. Será mesmo? Será que em meio a tantas zoações e apelidos entre amigos não teve aquela pessoa, provavelmente meio de fora, que sofreu algo mais forte, um trauma de verdade? Ah, teve sim, te garanto que teve!

Em 2005 eu criei a Campanha Anti-Bullying do Expresso Rosa, um selinho no meu então template shop (e hoje loja virtual) para começar a divulgar o significado dessa palavra que já estava se popularizando nas terras tupiniquins. Fiz isso porque o ano anterior tinha sido INFERNAL no colégio. Usando um apelido que eu pedi repetidas vezes para não ser usado, eles conseguiram me afetar de tantas formas que ali surgiram as primeiras crises de ansiedade fortes das várias que tive ao longo da minha vida. Mas sabe… Não é esse aspecto do bullying que viemos trabalhar aqui hoje. A Lenscope me convidou para falar dele sob o aspecto da SUPERAÇÃO, sobre aquilo que nos torna fortes!

Dia Mundial de Combate ao Bullying

Quando você para diante de um espelho, quem te olha de volta? A pessoa que você é ou quem as outras pessoas querem que você acredite ser? Citando Elton John e Fall Out Boy: “Você é o que você ama, não quem ama você” e eu completo: acima de tudo você não é quem NÃO TE AMA! É muito importante estar aberto aos pensamentos alheios sobre todas as coisa, até mesmo sobre sua pessoa, mas ninguém lá fora mora aí dentro, na sua cabeça… No fim, cabe a nós descobrir e conhecer a nós mesmos…

… E TODOS TEMOS DIREITO AO AMOR PRÓPRIO, acima de todos os amores! Quando adolescente eu acreditei ser burra, porque me fizeram acreditar nisso uma quantidade absurda vezes. Acreditei que quem estava ao meu redor jamais gostaria de mim com facilidade, que seria preciso um esforço muito grande da minha parte (e da delas) pra isso. Mas descobri que não é verdade! Que ser inteligente varia de cada um, e minha inteligência é tão boa quanto a de quem não conseguia enxergá-la. Descobri que o gostar da gente pode ou não acontecer, mas as vezes em que acontece importam MUITO MAIS! Agradar a todos? Nunca vai acontecer! Agradar a quem importa e a nós mesmos? Não é fácil, mas com certeza é engrandecedor! Por isso quando me olho, eu me vejo como a Luly que fui, sou, serei. Nunca mais quero me ver como quem me fez mal me viu um dia – não é fácil, mas perfeitamente possível!

O símbolo da campanha deles é um lacinho azul e branco, e não é à toa! Azul é a cor que normalmente já é associada ao bullying, e também do combate à depressão, uma das consequências comuns da prática. O branco, porém, vem por cima, pra mostrar que sua paz de espírito é ainda mais importante que qualquer outra coisa! A culpa de sofrer abuso, não importa de onde ele venha, não é da vítima: o culpado é SEMPRE e APENAS do agressor. Mas o que fazemos com o que sofremos, ah, aí reside toda a diferença! Procurando ajuda, indo um passinho de cada vez, a gente consegue… “Let it go”!

Se você conhece alguém que sofre qualquer tipo de intimidação, estenda a mão! Se conhece o intimidador, não seja isento nesse tipo de situação: denuncie, converse, aconselhe, ajude! A única maneira de uma prática nociva acabar, é ensinando aqueles que praticam a melhorar.

Visite o site da campanha https://lenscope.com.br/bullying para conhecer outras histórias de superação de bullying e poste a sua também, na #MeOlhoMeVejo!

Hogsmeeting 2018 – Ano 4: O Baile de Inverno

Em 30.09.2018   Arquivado em Harry Potter, Vídeos

Foram 7 anos de sonho, 9 meses de projeto, 6 horas de experiência… Agora já completamos 2 semanas de saudades e a ETERNIDADE de lembranças de uma tarde (e noite) muito especial. Dia 15 de setembro aconteceu, na União Israelita de Belo Horizonte, o Hogsmeeting Ano 4: o Baile de Inverno! A quarta edição do Encontro Mineiro Entre Fãs de Harry Potter organizada pelo Potter Club BH, do qual tenho muito carinho em dizer que sou vice presidente, sempre foi planejada para ser o evento que nós sabíamos que ia acontecer um dia quando começamos essa jornada, mas a realização acabou sendo completamente diferente – e, ainda assim, MARAVILHOSA! Digna do que a gente merecia, e eu especialmente, já que esse Baile era pra mim mais do que uma vontade… Era quase uma obsessão que eu não ia descansar até tornar realidade!

Nosso plano, desde o primeiro Hogsmeeting, era fazer realmente um BAILE. A data foi escolhida por ser o último sábado do inverno e seria uma festa, das 21 às 3h, com música a noite toda, buffet, ecobag com brindes pra todo mundo e tudo o que se tem direito… Mas a voz do povo é a que prevalece, né? MUITA GENTE estava sentindo falta do formato tradicional de convenção, atividades no palco, estandes, ingresso VIP x ingresso simples, atração, etc. Então tivemos que ceder sem abrir mão do sonho: o evento começaria às 16h30 (16h pros VIP), teria momentos para comprar, brincar, pagar mico e se divertir… Então após um intervalo, às 20h a DJ Nicoly entraria com duas horas de música para todo mundo curtir o clima que, inicialmente, se estenderia a noite toda. Uniu o útil ao agradável, agradou a gregos e troianos e assim aconteceu!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Banner da entrada, pro pessoal tirar foto

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Aquele momento que não se vê todo dia: Victor Krum colando cílios na Hermione!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Minha foto favorita do evento (tem post de look sobre meu vestido, já viram?)

Foram muitos meses de trabalho ÁRDUO para divulgar, vender ingressos, conseguir parcerias, ter ideias e tudo, TUDO, conspirava contra o tempo todo. Chegar lá no sábado e saber o que isso significava foi ainda mais gratificante do que quando a coisa rola tranquilamente, porque a exaustidão tinha dominado nossa vida e os frutos seriam recolhidos ali. No momento em que terminei minha maquiagem, finalizei o cabelo e vesti meu vestido de Hermione (na versão azul, do livro) foi difícil conter as lágrimas de emoção. Cada pessoa que chegava, vinha com um abraço e dizia “Finalmente esse Baile aconteceu” tinha como resposta um choro engolido, agarrado na garganta, porque tinha muita coisa pela frente e não dava pra soltá-lo ainda. O pessoal vinha, alguns de cosplay, outros de traje formal e também com roupa “normal”, tirava foto, comprava muito e se preparava pra abertura oficial… Às 17h Gil subiu no palco, lindíssimo vestido de Newt Scamander, pra começar as atividades. Tivemos quiz, o tradicional “Bolsa da Hermione” (onde quem levar primeiro um objeto aleatório ganha), grupos dançando As Esquisitonas e competição de valsa, tudo com a temática de “O Cálice de Fogo” – afinal, era o Ano 4!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Começando as atividades no palco

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

O público!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Grupos participantes do desafio da dança

Enquanto isso as lojas estavam a todo vapor! Nossas amigas da Home Made, que fazem guloseimas da série e dessa vez ficaram responsáveis pela comida também, fizeram o IMENSO favor de vender as Cervejas Amanteigadas por mim, e elas esgotaram bem rapidinho. Ao lado tinha o combo Expresso Rosa & Cia do Ponto, minha loja e a desse casal de amigos tão querido juntinhas vendendo cadernos, ecobags, camisetas e almofadas. Depois a Ilha Nerd trazia colares pra todos os gostos, não só relacionados a Harry Potter mas também outras sagas e séries. Do outro lado do salão começamos com a Plim!, de produtos decorativos variados, que estava junto ao guarda volume cheio de lindezas. No meio, sempre presente no Hogsmeeting, a Nerd-C que vende canecas, relógios, quadros e outros tipos de fotoprodutos LINDOS e de super qualidade. Por fim, dois artistas incríveis e bem diferentes: Denise Biscuit, que faz peças de personagens e outros itens super bem feitas, e o Fivo, onde o Felipe Volponi vendeu seus pôsteres autorais maravilhosos (ele até me deu um de presente no final que PRECISO enquadrar). Produto pra todos os gostos e todos os bolsos cuja venda, felizmente, foi boa pra todos.

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Meu estande do Expresso Rosa, quando já tinha vendido quase tudo…

Cervejas Amanteigadas com rótulo especial do Baile

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Poções das queridas meninas da Home Made

Nossa atração, assim como no Ano 2, foi o João Cappelli, dublador do Draco Malfoy em todos os filmes da série e que trabalha na área desde criança. João é uma das pessoas mais adoráveis que eu já conheci na vida, tanto que decidimos trazê-lo de novo pra tornar ainda melhor esse momento incrível. Ele respondeu várias perguntas do público, dublou todas as frases que foram pedidas, tirou fotos após descer do palco, deu autógrafos e tudo isso sempre muito gentil, com simpatia, humor e boa vontade! É muito legal também a reação de todo mundo, super fãs, em poder ter “ao vivo” o que passou anos escutando nas telonas e telinhas. A gente vê o sucesso e influência estrondosos que Harry Potter tem, ainda que muitos e muitos anos tenham se passado!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Respondendo as perguntas da galera

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

João “se misturando com sangues ruins” xD

Depois, pra fechar essa Parte 1 com chave de ouro, tivemos o concurso de cosplay! Três finalistas foram escolhidos pelo nosso júri composto pelo João, a querida Eva Cosmaker e Nayara, vencedora do primeiro lugar no ano passado. Depois, a platéia julgou quem levaria qual colocação. Tivemos um “time” super variado e bem cheio, e a final foi do jeitinho que eu gosto, tematica do livro em que o evento se inspira. A grande campeã foi a “Rita Skeeter”, numa roupa que respeitava a vibe da personagem nos filmes, mas ainda assim estilizada, com direito a um chapéu de anteninhas de besouro para representar seu lado animago. Estava maravilhosa e mereceu muito! Em segundo lugar um cosplay duplo das gêmeas Patil e, em terceiro, que não podia faltar, Hermione com seu vestido de baile. (E antes que me perguntem… Eu não posso participar dessas coisas porque organizo o evento, gente, nem entrei na competição, hahahaha!)

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Participantes do Concurso de Cosplay

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Registrando tudo de cima do palco, uma foto que temos em TODOS OS EVENTOS!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

“Hermitwo”: Thânia, com o vestido rosa do filme, e eu, com o azul do livro. Porque nosso Baile teve ambas, né mores!

Após o concurso, uma pausa para organizar o salão e algumas pessoas trocarem de roupa, já que nem todo mundo se sentir confortável em ficar formal o dia todo, mas ainda assim queriam entrar no clima do Baile de Inverno. Tivemos uma apresentação com alguns cosplayers, dançando a valsa do torneio Tribruxo e, então, “Do The Hipogriff” abriu a Parte 2, nossa festa! Nem todos dançaram, mas quem se animou ficou até o fim, sem parar e curtindo MUITO! A playlist visava atender o máximo de estilos possíveis, com destaque pro momento MARAVILHOSO em que “Dancing Queen”, minha música favorita, reuniu (quase) todos os meus amigos presentes pra curtir esse momento ao meu lado, cheios de sorrisos (e apontando pra mim na hora do “See that girl”, aaaaaah)! Teve pop, funk, rock, teve loja que continuou montada firme e forte, teve mais foto no banner, diversão pra todos os gostos porque a gente merecia! Confesso que queria ter dançado mais, mas os “ossos do ofício” acabaram impedindo em alguns momentos… Ainda assim, não dá pra reclamar, valeu a pena, sempre!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Valsa dos Cosplayers!

Hora da Festa, todo mundo “dançando como hipogrifos”!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Aquela típica selfie na “boate”…

Quando “Magic Works”, também parte da trilha do Baile de Inverno no filme, começou, a gente sabia que o final havia chegado. Gil então deu um depoimento no palco no qual eu não consegui me juntar, porque ouvir ele falar fez o choro reprimido finalmente sair livremente pelo meu rosto. Muita gente ajudou, fez acontecer, divulgou, mas sei lá, no fim das contas só a gente MESMO sabe como é, né? Não sei se existe o evento perfeito, mas acho que esse foi, sim, em todos os aspectos que era possível ser. Mesmo o que “deu errado”, no final, deu certo, e nós saímos de lá EXAUSTOS, com as pernas doendo (meus planos de comemorar depois, iiih, foram por água abaixo!) mas brilhando de alegria de forma que nem o tempo ainda foi capaz de nos apagar cada vez que uma memória desse dia vem à cabeça.

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Criadora e criaturas… Eva Cosmaker com as três roupas que fez pra organização do evento: João Paulo Krum, Luly Granger e Gil Scamander!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Equipe organizadora: staffs, seguranças, atração, todo mundo que contribuiu pra esse momento lindo!

Hogsmeeting 2018 - Ano 4: O Baile de Inverno

Com Gil e Ramon porque não podia faltar uma com “meus meninos” (e ô grupo de Whatsapp que ficou badalado nos últimos tempos, nos ajudamos muito e curtimos também)!

Depois disso o futuro do Potter Club BH está incerto. Tivemos nossa última sessão de cinema ano passado e provavelmente essa foi a última edição do Hogsmeeting, já que a correria do dia a dia está tornando inviável pra gente continuar com eles… Ainda assim achamos melhor não “bater o martelo” quanto a isso, vai ficar em stand by, talvez role, talvez não. Enquanto isso continuaremos tentando promover outros tipos de encontro e fazer os lançamentos em parceria com a Rocco porque o intuito sempre foi um só e sempre vai ser: “não deixar a magia morrer”!

Página 1 de 1912345... 19Próximo