Categoria "Publicidade"

Ano novo, telefone novo!

Em 01.12.2018   Arquivado em Publicidade

Se teve uma coisa que fez meu 2018 MUITO MELHOR como produtora de conteúdo, foi a oportunidade de ter trocado de celular nessa última virada de ano. Já comecei o novo ciclo com uma câmera potente pra produzir vídeos e fotos, mais espaço de armazenamento pra essas coisas e, claro, tecnologia que aceitava uma gama maior de aplicativos e roda melhor os que eu já tinha, ou poderia ter. Porém, a gente já sabe, investir em gadgets de qualidade É CARO, principalmente aqui no Brasil onde temos impostos altíssimos! Por isso uma solução econômica (e, de certa forma, até mesmo mais ecológica) é comprar celulares usados em bom estado, até mesmo semi novos, em lojas confiáveis onde o produto vem com garantia, como a MaisBarato Store.

E pros loucos pela Apple isso significa, claro, iPhone mais barato! O smartphone mais querido do mundo não tem esse título à toa, né? A câmera é de excelente qualidade, software e hardware são excelentemente integrados – principalmente pelo fato de serem projetados pela mesma empresa -, além da interface ser absolutamente LINDA! Isso sem falar na App Store, né? Os programadores costumam desenvolver uma quantidade maior de aplicativos para iOS, que é um sistema muito mais exigente no quesito segurança. É só pensar no Instagram, por exemplo, que levou ANOS sendo de uso exclusivo desses usuários até expandir essa possibilidade para a “concorrência”… Hoje em dia a gente nem lembra desse fato mais, mas na época ter um perfil na nosso rede social queridinha era um luxo…

Pessoalmente eu também gosto muito do layout de algumas versões do telefone, como o IPhone 7 que tem a opção rosa no tom que eu mais gosto para dispositivos eletrônicos… Tanto que meu celular, mesmo não sendo esse modelo, é dessa cor. A MaisBarato tem ele, seminovo, nas versões 32, 128 e 256GB. Como a memória dele não é expansível, até vale a pensa avaliar a possibilidade de investir de cara no armazenamento mais potente, e depois é só curtir com ele por aí!

Iphone MaisBarato

Conheça a MaisBarato Store: Facebook: @maisbaratostore | Instagram: @maisbaratostore

E se eu mudar pro litoral…

Em 27.11.2018   Arquivado em Escrevendo, Publicidade

Ano novo batendo na porta, aquele misto de temor e empolgação com o que está por vir. Alguns preferem ver como uma passagem de dia como outra qualquer, mas o sentimento de renovação é tão convenientemente mais gostoso e inspirador que melhor apostar nele mesmo, já que tá no ar. Porém prometer é fácil e desejar mais ainda, mas renovar pra valer são outros quinhentos… Não tem sete ondinhas puladas, caroço de uva guardado ou calcinha de tom específico que funcionem sem que a gente tome as rédeas do destino, né? Será que não é hora de fazer jus à frase “ano novo, vida nova”? E se eu for atrás de novos ares, rostos, paisagens, endereço? E se for longe daqui, ou pelo menos um “perto distante”, que dá um certo medinho, mas não é medo suficiente pra paralisar total? E se eu mudar pro litoral?

E se eu mudar pro litoral...

Sei lá, tantas viradas dizendo “Esse ano quero voltar a estudar!” pra no próximo 31 de dezembro essa parte do currículo continuar igual… Já passou da hora de fazer uma lista de faculdades com mestrado em história da arte, tirar o projeto do Word e transformar ideias em publicação. Ou esquecer tudo o que me disseram sobre não poder dar aula e engatar uma pós na área, ensinar adolescentes com os quais eu lido tão bem a ver pinceladas além do material. E aí, quando não aguentar mais corrigir provas estar perto o suficiente pra ir sujar os pés de areia enquanto limpo a cabeça… Ir fundo em busca de tudo isso ou mesmo nada disso, já vale a pena passar a usar meus maiôs tão queridos sempre ao invés de vez em quando, pra deixar essas pernas menos brancas e estimular a famosa Vitamina D em local muito mais prazeroso que a janela do quarto… E a respiração funcionando bem mesmo nos dias sem chuva, ah, seria essa a maior das vantagens? A alta umidade relativa do ar é, pra mim, o maior sinônimo de qualidade de vida que existe na Terra, não é à toa que o chamamos Planeta Água!

Sim, vida é doce perto do oceano, mas também pode ser quente… Pra driblar o calor a solução está além do Trópico de Capricórnio, onde o verão permanece de luz, mas o inverno permite a coberta e chocolate quentinho. Algum lugar com cor e som, cercada de gente sorridente e de ilha não deserta. Fazer uma busca por Imobiliária em Balneário Camboriú, quem sabe, onde a vista vai poder ser apreciada na maior roda gigante da América Latina, dando aquele inchaço de emoção interno de saber “Cheguei, eu tô aqui!”. E aí, quando os amigos vierem de longe visitar, a gente faz o típico passeio por navios piratas da cidade, admira o Cristo Luz quando brilhar à noite, aproveita ao máximo esse azul de céu e chão presente pra todo lado e que faz do litoral um ambiente sagrado… Viver o deleite de transbordar sentimentos em uma cidade tão canceriana quanto eu: taí um gostinho que seria bom saborear!

Dizem que casa é onde nossa alma está, e isso cada pessoa tem seu jeito de arquitetar. Pra mim é a WiFi que conecta automaticamente, minha caixa de maquiagens sempre à mão, uma gata preta de laço cor-de-rosa no pescoço esperando animada na porta a cada vez que chego, não importa quanto tempo fiquei fora. É saber lidar com os “ques” e “quens” estão longe dos olhos, mesmo que perto do coração, porque precisei de ir atrás do meu próprio lugar. Afinal a vida floresce, seja lá onde tiver solo firme pra criar raiz… Mas, cá entre nós, se é pra falar de construir um lar, melhor ainda que seja perto do mar!

Usando moda praia no dia a dia

Em 12.09.2018   Arquivado em Moda, Publicidade

Não é porque uma roupa é feita de tecido para biquíni que você não pode adicioná-la no seu cotidiano, não é mesmo? Seja de forma temporária, apenas antes e depois de sair da água, ou mesmo pra valer, tratando como uma peça de roupa comum, a moda praia tem MUITO potencial para ser incluída no nosso dia a dia! E não é só pra quem adere ao estilo litorâneo não, juntando com carinho dá pra adequá-las a diversas ocasiões e tirar do armário aquele item amado que nem sempre é possível usar com seu propósito original…

Quem aí lembra do meu maiô favorito, listrado em preto e branco comprado quase três anos atrás? Desde então eu só tive duas oportunidades de usá-lo “pra valer” na água, mas achava um completo desperdício vê-lo abandonado na gaveta… Por esse motivo comecei a incorporar em alguns look e fica SEMPRE incrível! E como sou completamente team maiô (eu não uso biquíni, pra vocês terem ideia), vamos começar focando neles, tão elegantes e por muito tempo quase esquecidos pelas pessoas…

Por não se tratar de uma produção em tecido fino, é mais fácil se aproveitar a moda praia de forma casual, principalmente no verão! Afinal os modelos cavados, que são maioria nesse caso, combinam perfeitamente com aquele dia em que a gente não quer passar calor. É só colocar um shortinho, sapato bonito (bota, sandália, o que quiser!) e se jogar nos acessórios! Dependendo da estampa não precisa de muito esforço, pois a peça em si carrega estilo o suficiente por si só.

Usando moda praia no dia a dia

Casual-feminista como a Stine Mo

Usando moda praia no dia a dia

Cheia de charme como a Ama Reid

Usando moda praia no dia a dia

Romântica e fofinha como a Monique Ceccato

Tá, tá, mas e se a ocasião pedir algo mais elaborado, até mesmo chique, tem como? Menina, sempre tem como! Tudo vai depender da modelagem do maiô. Se passar um ar classudo é só combinar com algo mais sério que não tem erro.

Usando moda praia no dia a dia

Imagina esse da Malin E. junto com peças formais…

Usando moda praia no dia a dia

… ou fazer que nem a Yuka I. que é elegante sem deixar de lado as cores!

Sim, entramos nos biquínis! Neles a coisa não muda muito, exceto pelo fato de que algumas pessoas podem se sentir defasadas por “mostrar mais”. Aí a dica é juntar com algo que ajude a tampar um pouco, como coletes, boleros, camisetas transparente ou até mesmo a boa e velha jardineira!

Usando moda praia no dia a dia

Olha que graça a Sarrah Dolly nessa pegada street!

E quando se trata de tecido pra lingerie, também pode? Claro que pode! Inclusive deve! Quantos sutiãs lindos estamos vendo nos lançamentos para primavera-verão, para ficar à mostra parcialmente em camisetas cavadas ou mesmo totalmente, usados como top? Bonito e confortável, ainda por cima!

Usando moda praia no dia a dia

Jeans e renda, super delicada por Mizuho K.

Usando moda praia no dia a dia

Fresquinha e sorridente, por Luly Lage, porque também mereço aparecer na lista!

Agora me contem aí nos comentários: quem é adepto a esse aproveitamento de peças na moda? Eu confesso que, depois de explorar essas fotos, me deu vontade de aderir cada vez mais!

Top 5: Capitais brasileiras que eu quero conhecer!

Em 18.06.2018   Arquivado em Publicidade

Quando eu era criança e morava em Timóteo, nossas viagens eram, em sua grande maioria, vir pra Belo Horizonte visitar a família “de cá”. Na adolescência, já morando em BH, fazíamos o contrário pra ver o “lado de lá”. Por esse motivo eu conheço poucos lugares diferentes fora de Minas… Mas se pudesse, conheceria todos! Tenho me animado com quase qualquer ideia que me aparece na cabeça, e explorar as terras tupiniquins está entre elas. Sendo assim hoje vou listar aqui 5 capitais brasileiras que mais tenho vontade de conhecer, uma em cada região, pra quem sabe um dia atualizar esse post linkando como foi a experiência depois…

Brasília

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Paul Burlant via Flickr

Bom, pro Centro-Oeste eu não escolhi exatamente uma capital de estado, mas sim a capital do Brasil! A maioria das pessoas que conheço e já foram a Brasília têm uma relação de amor e ódio meio forte pelo local, principalmente por causa do ar seco e dificuldade de locomoção, mas ao mesmo tempo… Tanta coisa bonita pra ver! Eu, particularmente, também gosto muito de política em certos aspectos, então essa parte me interessa bastante como turista, principalmente!

Belém

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Rômulo Ferreira via Flickr

Retomando lá do alto do mapa, no Norte, minha escolhida foi ela que é conhecida como Belém do Pará! Penso em como deve ser uma mistura interessante de belezas naturais e arquitetônicas pra se visitar. É lá que fica a única basílica da Amazônia brasileira! Muita arte sacra bonita misturando influências dos “colonizadores” com a população nativa brasileira. Na comida então, mesma coisa! Dizem que até os peixes lá têm gosto diferente. Além disso, é a capital mais chuvosa do Brasil e meu nariz cheio de frescura está sempre aberto para receber umidade.

Aracaju

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Eduardo Gomes via Flickr

Uma amiga certa vez me disse “Quem diz que não gosta de praia, é porque não conhece as praias do Nordeste… E EU SOU LOUCA PRA PROVAR QUE ELA TÁ CERTA, já que de lá só conheço a Bahia e ainda assim quando era muito nova. Escolhi Aracaju, no Sergipe, porque conheço MUITA GENTE MESMO que absolutamente ama. Já li também que é a cidade com os hábitos de vida mais saudáveis do país, com boas ciclovias e baixo índice de fumantes. Dá vontade, né?

São Paulo

Bom, eu sou do Sudeste e moro numa capital da região, então já rodei um cadinho pro lado de cá… Fui a Vitória algumas vezes e várias outras no Rio, que amo, então só falta São Paulo pra fechar a conta. Meu lado restauradora até grita pensando nos MUSEUS! MASP, Pinacoteca, Afro Brasil, Língua Portuguesa, CCBB, a lista é longa e variada…

Curitiba

Top 5: Capitais brasileiras que quero conhecer!

Foto por Caliane Amorim via Flickr

E chegamos ao extremo Sul do nosso Brasilzinho,uma região que não conheço mas morro de vontade desde que fiz um trabalho incrível sobre ela na época do colégio! Eu, que tô muito numa vibe de amar ambientes pequenos e bem gosto de sentir um friozinho, já poderia olhar uma kitnet para alugar em Curitiba e conhecer a capital paranaense. Sou doida para poder ir à Bienal Internacional de Arte Contemporânea, que por si só abrange boa parte dos circuitos culturais da cidade: Museus, Galerias, Espaços Culturais, Ateliês, Universitário e até o Festival Internacional de Cinema! Meu xodó maior, claro, é o MAC, Museu de Arte Contemporânea do Paraná, que tem uma fachada cor-de-rosa que é a coisa mais linda da vida!

A próxima provavelmente é no final do ano que vem… Quem se habilita a ir (ou pelo menos planejar) comigo? A gente já faz roteiro, namora as fotos da última edição, procura imobiliárias em Curitiba desde já e, quem sabe, acaba curtindo essa delícia juntos… Pra saber mais é só visitar o site oficial do evento: bienaldecuritiba.com.br !

Expresso Rosa Encadernações

Em 09.11.2017   Arquivado em Publicidade

Três semana depois de ter começado esse blog, há mais de treze anos atrás, eu reformulei meu antigo template shop para que ele se tornasse exatamente o que eu queria na época. Foi assim que, no dia 17 de julho de 2004, nasceu o Expresso Rosa. Pra quem não é da época, os templates shop eram onde os blogueiros mais passavam seu tempo! Era lá que a gente pegava layouts incríveis que combinavam conosco, “plakinhas” para enfeitar os posts, players de música que tocavam enquanto a pessoa visitava nosso cantinho… E lá estava eu, começando a gastar meu tempo PRODUZINDO isso. No início usava o Paint, depois passei pro Photoshop, criei tanta coisa legal que às vezes me pego dando uma olhada nelas aqui no HD externo cheia de saudades…

O domínio expressorosa.com, onde o Sweet Luly é hospedado até hoje, foi comprado um ano depois. Eu adorava o que fazia, foi meu grande hobby de adolescência, mas à medida que os blogs foram se transformando aquilo ali perdeu completamente o propósito e meu site querido foi abandonado. Resolvi então passar tudo o que sabia sobre o assunto adiante, criando tutoriais, e até cheguei a fazer alguns básicos, mas também não foi pra frente. E ainda assim, escondido dentro de mim esse tempo todo, tinha o desejo de transformar esse amor em um produto. Eu queria que o Expresso Rosa se tornasse algo físico, mas ainda não sabia o que. Até que, diante do desemprego pós formatura, resolvi aplicar o que aprendi sobre encadernação na faculdade e fazer alguns cadernos pra presentear amigos. Aos poucos foi melhorando a ponto de eu querer falar mais sobre aquilo, então aproveitei que o site estava às moscas e postei lá.

Mais um ano se passou, nada aconteceu, e só fui fazer mais um digno de ser postado no início de 2016. A partir daí rolou um BOOM na minha produção de cadernos. Comecei a dar de presente pra todo mundo que eu queria que tivesse um. Fiz, com a ajuda de uma amiga, um adesivo com minha “logo” para colar na parte de trás deles, como se fosse uma “etiqueta”. Comecei a acumular saquinhos para embalar. E recebi um encomenda de uma amiga. Recebi encomenda de desconhecidos. Fiz alguns sem dono pra vender e meus amigos compraram pra presentear outras pessoas. Era oficial: eu precisava levar aquilo adiante. E levei. Sem que eu percebesse eu tinha “meu produto”.

E agora tenho uma loja virtual para poder vendê-lo!

Expresso Rosa Encadernações Caderno Tweet, tweet – Versão Amarela

Expresso Rosa Encadernações Caderno Burn Book, inspirado no filme Meninas Malvadas

Expresso Rosa Encadernações Caderno A Vida e as Mentiras de Alvo Dumbledore, parte da linha “Biblioteca Mágica” que é só com produtos inspirados em Harry Potter

O meu lema é “encadernações cheias de cor e feitas com muito amor”, porque define esse trabalho que tenho feito. A ideia é que a maioria deles seja exclusivo, poucos serão feitos em “larga escala”, mesmo porque alguns nem tem como fazer isso, já que às vezes uso papéis e fitas que só rendem um e olhe lá. Atualmente eu uso vários materiais para revestir as capas, desde tecidos bonitinhos que vou caçando por bancas de retalhos afora até impressões feitas em gráfica. A coisa já evoluiu bastante, ano passado só tínhamos lombadas vermelhas e pretas e agora tenho praticamente todas as cores possíveis, graças a uma garimpada realizada pela minha mãe uma vez… E, se possível, quero evoluir ainda mais!

Eles são pequenos, fáceis de carregar, com aproximadamente 15,5 x 11cm cada. Normalmente eles têm 80 folhas, que no início eram todas brancas mas agora já faço de uma variedade de cores muito maior. Dá pra usar como diário, bullet journal, agenda, livro de receitas ou mesmo aquele lugar onde você anota tudo o que vier na cabeça quando está andando pela rua. É ótimo pra dar de presente, por ser uma coisa diferente e artesanal, seja pra uma pessoa querida ou pra você mesmo que merece e muito! Eu fico muito feliz de ver essa ideia que tenho há tanto tempo se tornando real, então pra quem quiser conhecer é só acessar expressorosa.iluria.com para ver o quem de legal rolando por lá, e pode ter certeza que sempre que possível farei essa loja ficar mais e mais linda!

Expresso Rosa Encadernações Caderno de Desenhos, que não está na loja mas foi uma encomenda muito querida que recebi e amei o resultado

Expresso Rosa Encadernações Novidade que pretendo lançar em breve: Expresso Rosa para Bonecas! Ainda tenho que definir algumas coisas, mas assim que possível vai rolar e vai ser demais!

Acompanhem também as outras redes sociais: Instagram, Twitter e a página do Facebook, que é a mesma aqui do blog! Agora tô decidida a aderir à Black Friday no fim de novembro e fazer uma PINK FRIDAY na lojinha que vai durar 10 dias, o que acham?

Página 2 de 41234