Categoria "Cotidiano"

Rapidinhas de Janeiro

Em 04.02.2014   Arquivado em Cotidiano, Leitura

Hoje as “Rapidinhas” vão ser bem rápidas mesmo porque não tenho tanto assim para falar sobre janeiro… O legal desse mês foi que ele passou arrastado pra mim, demorou horrorosamente e achei bom porque ano passado passou tudo muito rápido e não vi nada, aí gostei disso de ver alguma coisa se entendendo por alguns dias… No geral o mês todos se resumiu em duas dessas coisas que vou contar aí em baixo, então mesmo sendo “parado e longo” foi produtivo, gostei de como o ano começou pra mim.

Rapidinhas de Janeiro

O principal pra mim de tudo o que aconteceu foi ter li os quatro livros já lançados da série “Os Heróis do Olimpo” – na foto aparecem só três deles porque o último tá emprestado. No fim do ano passado eu li, apaixonei e me tornei mais uma grande fã de Percy Jackson e Os Olimpianos, então já esperava amar também essa série que é uma “continuação” da anterior. Ah nem, o trem virou vício, gente! Tô enrolando pra ler novos livros porque ainda não consegui superar que ficarei sem meus heróis até outubro e que quando o último livro chegar vai ter acabado…
Eu pensei em escrever sobre cada livro aqui no blog, mas meu problema é que não consigo reter os spoilers quando é algo que gosto e ficaria ruim pra quem não leu, mas você podem ver minhas opiniões nos históricos de leitura que fiz no Skoob, tem um linkzinho pra cada um deles: O Herói Perdido, O Filho de Netuno, A Marca de Atena e A Casa de Hades.

Rapidinhas de Janeiro

Eu ganhei mais um presente de natal esse mês e foi um presente lindo demais: marcadores do blog!! Agora eu tenho um pacotão de marcadores com a carinha fofa da Kim para distribuir pra tooodo mundo que quiser, e é o que tô fazendo! Tô tão apaixonada que abandonei minha tradição de marcar os livros com “seu” marcador – ou algum parecido que tiver – e só uso essa coisa tchutchuca pra tudo. Obrigada, Gil!!

Rapidinhas de Janeiro

E no meu post de coisas que eu queria fazer esse ano falei que tinha que começar a fazer cadernos artesanais e não é que tô cumprindo? Na verdade nos últimos dias a produção deu uma parada por causa de um acidentezinho que envolveu meu dedo e as portas do carro (dá pra imaginar, né? Não quebrou por milagre, até ganhei o apelido de “Lulu Dedos de Aço” depois dessa!), mas esse aí da foto foram dois dos três primeiros e nenhum deles ficou bom, como dá pra ver, mas nem que eu tenha que desmontar e remontar tudo mil vezes vão sair lindos, tenho até dia 15 para ter vários prontos pro Anime Festival!

Rapidinhas de Janeiro

Falando em Anime Festival… No fim do mês foi aniversário da linda da Mari e passei o dia com ela lá na Cia do Ponto gravando um vídeo lindinho sobre a história da loja, como eles acabaram participando de eventos e já atrás de informações sobre as novidades para esse AF que vai acontecer fim de semana que vem. O bate papo foi longo e o vídeo já editado tá com 25 minutos – socorro – mas ficou bem legal, vai ao ar semana que vem!

14 coisas para ser em 2014

Em 10.01.2014   Arquivado em Cotidiano

E eis que a primeira blogagem coletiva do ano lá do Rotaroots é essa, simples e maravilhosa: 14 coisas que espero de 2014! Bom, 14 é meu número favorito, sempre foi, então nem preciso dizer que tenho realmente esperanças que esse ano seja um “14 to remember”, e nada melhor do que uma lista de metas pessoais legais para tentar conseguir atingir. Espero que quando eu voltar no fim do ano para checar eu veja que consegui (quase) tudo!
Na verdade eu tenho MUITAS coisas que poderia colocar aqui, mas vamos focar naquelas que vocês podem vir cobrar de mim depois, porque não adianta nada colocar aqui metas malucas que vão além das minhas possibilidades de correr atrás.

14 coisas para ser em 2014

01) Trabalhar bastante é meu principal objetivo de vida. Porque assim eu ganho dinheiro pra conseguir realizar outras metas, oras! Então que 2014 traga um trabalho bem legal pra minha vida.
02) Voltar a estudar. Não importa se num mestrado, num curso qualquer, pra concurso, qualquer coisa, tentar uma nova faculdade. Desde que formei ano passado eu – pasmem – morro de saudades de estudar.
03) Terminar meu livro e, se possível, publica-lo. Estou desde 2010 trabalhando numa mesma história que eu queria muito que as pessoas pudessem ler. E desse ano não passa, quero terminar logo nas próximas semanas pra poder ir atrás de resolver coisas sobre direitos autorais e sair distribuindo ele por aí. Vamos torcer, né!
04) Aprender a dirigir, URGENTE! Isso é uma meta anual desde a virada de 2008 e eu nunca cumpro. Não digo nem tirar carteira, por mais que isso seria o ideal, mas pelo menos aprender pra já deixar isso encaminhado eu preciso, é uma vergonha eu nunca ter pegado num carro na vida.
05) Comprar uma Byul. Ai, gente, quero tanto mais uma bicudinha pra minha coleção… Como não estou com nenhum trabalho fixo não posso sair falando que quero conseguir comprar várias bonecas esse ano, mas pelo menos uma eu queria…
06) Economizar para comprar um notebook, porque meu computador acaba de completar 8 anos de idade e está requisitando a aposentadoria, tadinho. O problema é que eu gosto de coisas duráveis, então pra mim não compensa comprar algo barato pra trocar daqui a dois anos, eu quero uma super-máquina que nem era esse meu quando ganhei, pra durar loucamente também!
07) Me alimentar melhor. Eu sempre comi super bem, super saudável, mas no meio do ano passado comecei a desandar e comer besteira na maioria do tempo (acho que é isso de trabalhar em casa e não ter refeições em horário definido) e só pioro com o passar dos meses. Besteira de vez em quando é bom, mas não quero deixar virar rotina.
08) Fazer algum tipo de exercício físico e eis uma meta que tenho quase certeza que não vou cumprir. Mas deveria.
09) Gravar vídeos mensalmente e ter como editá-los (computador novo, por favoooor). Meu canal no YouTube é super instável, tem épocas que posto, sei lá, 3 vídeos de uma vez e depois fica um tempo parado… Lógico que seria lindo ter tema pra ter vídeos SEMPRE, mas pelo menos um por mês já me satisfaz.
10) Continuar lendo bastante. Eu me surpreendi com o número de livros que li em 2013, achei que tinha sido bem menos. Ainda não é tanto que eu consideraria “ideal”, mas se manter esse ritmo já tá bom.
11) Participar dos 12 meses do Projeto Psiquê, que é um assunto que vai virar post aqui ainda… Resumindo: é um projeto fotográfico pro qual fui convidada e vai durar o aaaaaaano todo, e eu espero que nenhum imprevisto me impeça de realiza-lo!
12) Fazer cadernos artesanais pra vender e se eu não fizer a Mari me mata! Aliás nem precisa ser pra vender não, pode ser pra dar de presente também, sei lá, mas esses cadernos têm que ser feitos!
13) Arrumar meu quarto. Não digo “manter arrumado” nem nada, mas realmente arrumar pra ela parecer um quarto e não um amontoado de loucura!
14) Postar MUITO no blog! Bom, nem preciso dizer mais nada, né? Quero escrever muito, muito, muito, muito!

Feliz ano novo!

Em 01.01.2014   Arquivado em Cotidiano

Ai que post difícil de fazer… Queria fazer uma retrospectiva 2013 e ao mesmo tempo quero desejar um feliz 2014, essa aí então é minha tentativa de unis as duas coisas!
Se eu tiver que definir 2013 na minha vida com uma palavra seria intenso, porque eu praticamente não tive aqueles momentos “mais ou menos”: ou eu fui MUITO feliz, realizada e ocupada ou BEM tristinha e sem expectativas de melhoras… É muito louco pra mim pensar nesse ano porque parte dele eu considero como 2012 e a outra parte é quase um borrão, passou tão rápido que nem tem como formar como um ano inteiro!
Eu não gosto muito de falar das partes negativas porque elas não precisam ser celebradas, mas acho que são importantes porque sem elas as positivas não têm valor nenhum. Então só o que preciso dizer é que espero que esse ano que tá começando compense o principal aspecto negativo dos meus últimos meses que foi o profissional/financeiro! Fora isso eu não tenho muito do que reclamar porque, bem, é fácil de se consertar!

Retrospectiva 2013

Nos primeiros meses do ano rolaram os acontecimentos que foram, provavelmente, os mais importantes da minha vida! Tirando uma baita alergia que me atacou no começo de janeiro e que até hoje não se sabe de onde veio (e eu juro que achei que ia morrer ou que não ia passar nunca) aquele foi o mês do TCC! Viagem de campo, finalização, revisão e entrega da parte escrita e, principalmente, o término da parte prática! Aquela pequena gravura que eu restaurei passou tantos meses do meu lado que foi difícil dizer “adeus” pra ela, mas quando a vi ali, restaurada, limpa, quase nova, ai que alívio, que alegria! Espero que eu tenho sido tão marcante pra história dela como ela foi pra minha. E aí veio a apresentação, avaliação da banca e, sim, você passou, Luly! Cheguei na UFMG naquela manhã de fevereiro tremendo da cabeça aos pés sem querer comer nada de nervoso e saí sorrindo tanto (e com tanta fome!), aquele foi um dia que valeu a pena!
Depois do TCC, claro, veio a colação de grau, em março. Nós não tivemos festa de formatura, não tivemos colação-frufru, eu nem vesti beca… Mas assinei aquele documento, recitei um juramento, fui imensamente aplaudida por todos os que foram lá (às 11 da manhã de uma quinta feira) e pude tirar foto com o canudo e o capelo que peguei emprestado pra contar pro mundo que sou restauradora! E, olha, naqueles meses isso foi o que eu eu mais fui. Meu estágio mal terminou no fim de abril e eu já tive meus primeiros clientes, uma particular e até uma instituição pública! É verdade que desde então não tenho restaurado muita coisa, mas meu bolso ficou feliz, ô se ficou!
Voltando um pouquinho nos meses, em março também, eu vivi o dia mais feliz de toda a minha existência. É verdade que eu já tinha ido a um show do Elton John antes, mas vê-lo tocando na minha cidade, dentro do Mineirão, a poucos metros de mim e ao lado de duas entre as mais especiais pessoas da minha vida, bem, isso ganha disparado de qualquer outro show que verei na minha vida. Eu ri de gargalhar e chorei de ter que sentar, de tanta emoção. “I never knew me a better time and I guess I never will”, a frase que define 9 de março de 2013.
Outra coisa que rolou e foi legal e bem material, mas ainda assim importante, foi eu ter comprado minha Byul Hermine, a Penny Lane. Ela é entre todas as minhas Fashion Dolls e mais bonita, foi meu auto-presente de formatura e ainda é meio surreal vê-la aqui, como se não tivessem meses que ela chegou. A Penny foi também minha doll mais cara até hoje e eu acho que dificilmente gastarei tanto dinheiro assim numa boneca de novo – mas valeu a pena!

Retrospectiva 2013

E agora eu preciso falar das muitas pessoas que tornaram meu ano assim, especial. Não estão todas nessas fotos aí não, mas foi só um apanhado geral pra mostrar o quão eu pude ser feliz por ter tanta gente na minha vida.
Esse foi um ano de conseguir “desapegar” de quem não me fazia tão bem e deixar que essas pessoas vivessem a vida delas independente da minha, mesmo que elas se encontrem as vezes. Eu sei que soa meio triste isso, mas pra mim é uma coisa inédita, eu nunca desapego de ninguém (sério, NUNCA) então foi pra lá de bom.
Esse foi também o ano de pegar aquelas amizades que já eram fortes e vê-las continuar assim, mesmo com os altos e baixos da vida, sabendo que aquela pessoa ali vale a pena pra valer. Foi um ano de ver pessoas anônimas se tornando conhecidas, conhecidos se tornando amigos e amigos se tornando melhores amigos! Foi ano de viajar 10 horas de ida e mais 10 de volta num ônibus para conhecer pessoalmente amizades virtuais e saber que aquele contato via internet é sim relevante como é o “pessoalmente”. Foi um ano muito bom de estreitar alguns laços familiares e ver que em certos momentos da vida a gente tem que abrir mão de certos preconceitos e ver os outros fazendo o mesmo por nós, tornando tudo muito mais gostoso.

E foi um ano muito especial também aqui pro blog. O Sweet Luly voltou a ser pra mim uma das melhores coisas na minha vida e eu passei a receber visitas de tanta gente legal e, ao retribuir essas visitas, pude conhecer um pouquinho dessas pessoas também, a maneira como elas vivem e escrevem sobre a vida. Obrigada a vocês que estão sempre aqui, os que aparecem de vez em quando, aos que ainda tão chegando. Eu continuaria a escrever mesmo que não tivesse ninguém pra ler, mas saber que tem é muito melhor e dá um ânimo gigante pra nunca parar.
Desejo a todos vocês um 2014 cheio de paz, saúde (importante, essa), boas realizações, algumas complicações pequenininhas (mas que elas se resolvem rapidinho, só pra dar emoção), dinheeeeiro – esse eu quero! – e MUITO AMOR! Feliz ano novo!

Rapidinhas de Dezembro

Em 30.12.2013   Arquivado em Cotidiano

E 2013 acabou! Hoje é o último dia desse ano que eu não vi passar por diversos motivos… Os primeiros meses parecem que pertencem a 2012 por causa da greve da UFMG que estendeu meu último semestre e depois que julho passou, puff, voou o ano. No balanço geral foi bom, mas deixo pra falar disso na minha retrospectiva.
Geralmente eu posto os looks do mês no último (ou penúltimo) dia e as Rapidinhas só no mês seguinte, mas dessa vez vai ser diferente porque preciso encerrar o ano antes dele acabar… Não sei se faz sentido, mas ok, vamos aos fatos!

Rapidinhas de Dezembro

No início do mês eu passei por uma das experiências mais lindas da minha vida. Assim como nos dois últimos anos eu fui na apresentação de fim de ano do balé da Laurinha, minha prima, e dessa vez o negócio se superou: foi uma apresentação de A Bela Adormecida. Gente, chorei muito! Bem, a turma dela estava dançando a dança das ninfas, mas ela foi também uma das solistas do final do balé em que várias princesas apareceram pro casamento da Aurora e adivinha qual princesa ela interpretou?? Sim, a Branca de Neve!! Ah, não é demais pro meu coração, chorei mais do que já tinha chorado antes! E, gente, além disso ela ainda foi a única solista aplaudida no meio do ato! O pessoal não conseguiu se segurar, foi perfeita, essa aí tem tudo pra dançar profissionalmente!

Rapidinhas de Dezembro

Eu ganhei alguns sorteios e outras coisinhas nesses últimos tempos e vou mostrando a medida que forem chegando… Esse livro, “Antes que eu vá”, foi no blog Without Idea e eu adorei porque eu lembro da época do lançamento dele e fiquei mega curiosa porque rolou um evento aqui em BH e eu ia, mas cheguei atrasada no dia… Triste! enfim, mais um livro pra eu ler ano que vem, aí se eu gostar conto o que achei!
Agora sobre a cartinha em forma de coração, socorro, abri pra ler e depois não sabia sobrar de novo, hahahah!! Fiquei falando “Luly sua burra!” até a Daninha se apiedar de mim e vir me ajudar. Tão fofa!

Rapidinhas de Dezembro

Agora, vejam bem, quero que vocês prestem bem atenção nessa foto em especial. Vocês entendem o que ela representa? São figurinhas do álbum de “Harry Potter e a Pedra Filosofal” com pacotinho e tudo eeeee postais de “O Senhor dos Anéis: O Retorno do Rei”. Isso significa que esses babys aí têm NO MÍNIMO 10 ANOS DE VIDA, são relíquias pelas quais alguns fãs pagariam e eu ganhei elas da Lu, minha amiga! Olha só isso, gente, gente, GENTE! Ela tinha isso guardado desde 2001/2002/2003 e me deu no início do mês. Lindo, né? De surtar… Obrigada, Lu!

Rapidinhas de Dezembro

Em cima da hora, lá pro dia 22, a vovó pediu que eu e a Daninha fôssemos montar a árvore dela porque ela decidiu que não passaria o fim de ano sem a casa decorada. Nós fizemos serviço completo: montamos o presépio, penduramos coisas pela casa inteira e ficou tudo lindo. Mas a árvore foi especial… A vovó adora aqueles pisca-pisca musicais e o que ela usava quebrou ano passado, então fomos procurar algum outro pela casa. Foi quando achamos um inteirinho, praticamente novo, minuciosamente embalado pelo vovô de um jeito que só ele sabia fazer e datado: era de 1993! E tava novo, piscava sem nenhuma luz faltando e cantava. Coloquei na árvore com o maior cuidadinho e estou responsável por ir lá dia 7 para tirar tudo e colocar exatamente da maneira como estava antes. Valeu a pena, a árvore (Thalia pra os íntimos) ficou linda.

Rapidinhas de Dezembro

E então foi natal! Eu já disse que amo o natal, né? Sou dessas que chega na casa dos parentes com gorrinho do Papai Noel (e acabo tirando porque tenho ele desde o 7 anos de idade e começa a apertar a cabeça depois de um tempo), que passa o dia dançando “Jingle Bells Rock” no estilo Meninas Malvadas e que assiste pelo menos algum filme natalino, nunca deixo passar em branco. Esse ano fomos pra casa do tio Kaká e não estava a família toda lá, mas a gente se divertiu a beça e até tiramos essa foto do “Girl Power d’Ávila” – porque nós somos a maioria, os meninos não foram e estávamos todas as netas lá, hahaha.

Bom, pessoal… Esse é o último post de 2013! Aproveitem bem a noite da virada, curtam muito ao lado de quem vocês gostam e a gente se vê de novo ano que vem (piada véia, Luly!). FELIZ 2014 PARA TODOS VOCÊS!!!

Feliz Natal!

Em 25.12.2013   Arquivado em Cotidiano

Meus queridos e queridas, hoje tô aqui para desejar a vocês todos um ultra, mega, hiper, plus, master, blaster FELIZ NATAL! Obrigada a todos os que estiveram presentes no Sweet Luly durante o 2013, esse ano foi o mais extremo da minha vida no sentido de “altos e baixos” e sempre que algo tão bom (ou tão triste) acontecia comigo era delicioso compartilhar aqui, eu voltei a sentir realmente o prazer em blogar e lembrei de verdade o motivo de gostar tanto disso daqui. Espero que a noite feliz de vocês tenha sido feliz COM FORÇA e aproveitem esses últimos dias de 2013 em clima de fim de ano porque essa época é gostosa demais!

Merry Christmas!

Página 5 de 491 ...123456789... 49Próximo