Cartas ao Harry Potter

Em 29.10.2013   Arquivado em Harry Potter, Leitura

Cartas ao Harry Potter Cartas ao Harry Potter – Crianças do mundo todo escrevem ao bruxo
Autor: Bill Adler
Gênero: Infanto-Juvenil
Ano: 2007
Número de páginas: 190p.
Editora: Novo Conceito
Sinopse: Em uma coletânea muito especial de cartas de crianças de todo o mundo, fãs do muitíssimo popular Harry Potter compartilham com seu herói e mago seus segredos, sonhos, preocupações e fantasias. Para esses jovens leitores, os livros de Harry Potter tornaram-se senhas e portas de entrada para um mundo de magia e de aventuras extraordinárias. Porém, conforme as cartas e entrevistas neste livro encantador mostram, foi no próprio Harry Potter que as crianças descobriram a magia ainda mais incrível — a amizade.
Crianças do mundo inteiro escreveram as cartas. Em Cartas ao Harry Potter há jovens fãs de Potter dos Estados Unidos, Inglaterra, Filipinas, África do Sul, Singapura, Austrália, Estônia, Holanda — de todos os continentes. Para a edição brasileira, também foram incluídas cartas de leitores do Brasil.”
Comentários: Entre todos os livros relacionados a Harry Potter que eu tenho e já li esse foi meu favorito disparado, sem comparação. É um livro lindo, emocionante, acho que mesmo que não é tão fã da saga deve se emocionar com as cartas que tem no livro.
Basicamente é uma coletânea de cartas escritas por crianças e adolescentes e destinadas ao próprio Harry (não à J.K. Rowling, como eu imaginei por um tempo). O livro começa com algumas cartas de crianças mais velhas, algumas já com seus 15 anos, e nitidamente são pessoas que sabem que estão escrevendo para um personagem fictício, a maioria delas com uma entrevista feita pelo autor com a criança em questão e é bem legal ver o que eles achavam que ia acontecer nessa época, uma vez que as cartas foram enviadas antes do lançamento da “Ordem da Fênix”… Algumas chegam BEM PERTO nos seus palpites! Dessas as que mais me emocionavam eram as que eles desejavam boa sorte ao Harry, dava pra ver que era com uma sinceridade absurda que só fãs da saga conseguem ter.
Aí depois começam as cartas de crianças que são de chorar MESMO. Alguns que a professora estava lendo o livro pra turma, outros bem pequenininhos torcendo para receber uma resposta, querendo ter uma prova de que o Harry é real. É lindo ver como as crianças contam da vida delas pro Harry, abrem o coração (achei triste demais um garotinho que conta pra mãe perdeu o bebê!), compartilham suas expectativas e principalmente: dão dicas de como ele pode sobreviver ao final da série, mandam feitiços e poções que eles mesmos inventaram. Nossa, essas eram de longe minhas favoritas!
No final tem umas cartas de brasileiros que foram adicionadas depois e elas são mais recentes, mas bem legais também, principalmente por estarem mais perto da nossa realidade (ainda mais eu que era novinha quando li também)… Estou apaixonada por todo o livro, recomendo para todo mundo que gosta de Harry Potter e quer ficar sensibilizado com essas coisas maravilhosas que são os fãs dele!

  • Nicolas

    Em 29.10.2013 | Comentou pela primeira vez, boas vindas!! | [Citar]

    A ideia do livro é legal, por mais que eu só tenha lido o primeiro Harry Potter, não tenha gostado, então não creio que leria mais nada relacionado à ele. Talvez se fossem, sei lá, cartas à Annabel Lee, eu me interessasse mais. Por mais que Annabel Lee não tenha nada a ver com o Harry Potter.

    [Reply]

  • Ellen Alves

    Em 29.10.2013 | Comentou 13 vezes. | [Citar]

    O livro parece legal, mas não curto Harry potter!

    [Reply]

  • Catarina

    Em 29.10.2013 | Comentou 7 vezes. | [Citar]

    Que legal, Luly! Eu não sabia que tinha esse livro. Ultimamente ando meio desatualizada :(
    Mas caramba, que maneiro. Eu adoro Harry Potter, li os livros e vi os filmes e amei. Tenho certeza que vou amar esse também!
    Vou procurar por aqui, pois fiquei muito curiosa pra saber como é esse emocionante livro.
    Beijos

    [Reply]

  • Lili

    Em 29.10.2013 | Uau!! Deixou 145 comentarios, VIP!! | [Citar]

    Que bom que tu gostou… :)
    Eu começei a ler ele há um tempão atrás, mas parei…
    Tava até gostando, mas tem carta demais… rs
    :*

    [Reply]