Posts de June de 2017

Harry Potter e as Duas Décadas de Inúmeros Fãs – Parte 2

Em 30.06.2017   Arquivado em Harry Potter

Ainda em clima de comemoração pelos 20 anos desde a publicação “Harry Potter and the Philosopher’s Stone”, trago hoje a Parte 2 contendo fotos e depoimentos de fãs dizendo o quanto essa história trouxe coisas maravilhosas para todos nós. São pessoas que, gentilmente, se dispuseram a me enviar um pouquinho de seus sentimentos em relação a Harry e seus amigos (e inimigos!), e olha… Eu chorei em CADA UM DELES! Tem coisa melhor que se identificar na paixão de outra pessoa? É muito maravilhoso! E assim como na Parte 1, que vocês podem ler aqui, eu também tenho algumas palavrinhas pra “botar pra fora” nessa ocasião especial.

20 anos de Harry PotterJoanne Kathleen: minha primeira Byul que recebeu esse nome em homenagem à minha autora favorita!

No primeiro post eu falei sobre criadora e “criatura”, mas agora quero falar de quem mais constrói essa história, as pessoas mais importantes de todas: os fãs! Eu já disse isso via Instagram logo após o Hogsmeeting desse ano, mas repito aqui… Acho que momentos e sentimentos são nosso real encanto do dia-a-dia, são laços criados sem a necessidade de feitiços e ISSO SIM é mágico de se ver. Sentir, assistir e criar emoções simplesmente não tem preço! Harry Potter me trouxe, em vários momentos da vida e principalmente através do Potter Club BH, inúmeras coisas maravilhosas, mas as melhores delas não foram coisas e sim PESSOAS! Dessas pessoas eu não quero nunca abrir mão, elas tornam meu mundo tão imensamente melhor que sequer consigo imaginar como seria minha vida sem O Menino Que Sobreviveu… E nem quero, nem preciso!

Clarice Pereira

20 anos de Harry Potter

“Gostaria de poder dizer que sou fã desde o 1º livro ou filme, porém não seria verdade. Tenho uma vaga lembrança da propaganda de Coca-Cola que ‘te levava para Londres pra conhecer os estúdios’… Talvez tenha começado ali. Harry Potter já me fez rir, gritar e chorar. Morrer de ansiedade por um ingresso, uma sessão de cinema e uma foto autografada… Gastar dinheiro e até ganhar dinheiro! Perdi horas de aula e sono, mas em troca ganhei amigos e criei caráter. Sim, caráter, pois nenhuma outra história foi capaz de contribuir tanto para pessoa que sou hoje, dentro de uma geração da qual me orgulho de fazer parte. Nunca pensei tão fundo à respeito dessa importância, mas aqui vai hoje o meu MUITO obrigada JK Rowling e um beijo pra Luly.” HomeMade (lojinha de produtos Potterhead da Clah!) – Facebook

Henrique Louis

20 anos de Harry Potter

“É como um mergulho na ‘penseira’, tudo e todos à sua volta desaparecem, e dão lugar a um novo cenário. Onde todos os seus problemas são deixados de lado, e você se depara com um mundo maravilhoso, que parece inexplicável, mas você sabe que dentro de si mesmo, esse lugar existe, e sempre irà existir, como um refúgio. Você tem nesse universo a certeza de que você encontrou muitos amigos, que você demorou tanto para encontrar, mas que são os melhores que você já teve.” Facebook

Lorenza Nascimento

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter não é só uma história, faz parte da minha história. Me deu uma grande paixão, onde posso bater no peito e dizer que sou ‘Potterhead e Lufana’ com muito orgulho. Me deu minha melhor amiga, porque eu nunca teria ido falar com ela se ela não estivesse vestindo aquele molenton de Hogwarts. Muito obrigada J.K, por ter me dado um dos maiores prazeres da minha vida. E daqui a 30 anos, quando meus netos me questionarem:’Mas vó, a senhora ainda gosta de Harry Potter?’ como uma boa Potterhead vou responder ‘Always’.” Facebook

Rita Viana

20 anos de Harry Potter

“Eu comecei a ler HP por causa do Alan Rickman. Assisti ao trailer do filme, do livro que eu tinha muito preconceito e assim que vi meu ator preferido ali, eu tinha que fazer parte daquilo. Simplesmente devorei os quatro livros lançados e enquanto esperava o quinto, eu fiz o que todo fã faz: caí de cabeça no fandom. E que fandom! O melhor! Comecei a fazer amizades na internet por causa do grupo do Yahoo Sexy Snape. Eu posso dizer que o mundo de Harry Potter é o melhor quebra-gelo. Tem coisa melhor do que você entrar num lugar meio perdida com medo de falar algo e estragar tudo e de repente por causa de um chaveiro, você tem sobre o que conversar sem medo de ser feliz. Esse mundo que ocupa minha mente desde 2001 me ensinou mais de mim que qualquer outro livro. Só tenho a agradecer.” Facebook

Bárbara Campana

20 anos de Harry Potter

“Uau! 20 anos do lançamento do primeiro livro de Harry Potter. Como lidar com isso? Essa história mudou a minha infância e me tornou um ser humano muito melhor. Eu não gostava de ler. Lia os livros da escola que eram obrigatórios e lia porcamente, admito. Mas aí, meus tios me presentearam de aniversário com a Pedra Filosofal quando eu tinha 10 anos, e foi quando descobri como é incrível mergulhar no mundo dos livros. E, logo depois, virou filme! E como eu amo os filmes! Sou apaixonada por cinema e ver toda aquela magia ser retratada em imagens, sons e efeitos especiais foi épico! Hoje, com 27 anos, algumas pessoas me perguntam: ‘Nossa, depois desse tempo todo, você ainda é fã de Harry Potter?!’ E eu respondo com maior orgulho: ‘Always’…” Facebook

Luisa Helena

20 anos de Harry Potter

“‘Você é um bruxo, Harry!’ Somente consegui assistir os últimos no cinema, infelizmente! Adoro a história, assim como o desenvolvimento dos personagens e da trama! Amo quase todos os personagens, com algumas exceções… (Os Dursley, Umbridge, Skeeter, Bellatrix e Pettigrew) A cada vez que revejo os filmes ou releio os livros, sinto a mesma magia da primeira vez! Sinto as emoções dos personagens como se fosse meu primeiro contato com esse mundo maravilhoso novamente!! Amo acompanhar o crescimento da amizade do “Trio de Ouro”, a lealdade e o amor do Professor Snape pela Lílian, dentre tantas outras lições!! Enfim… Harry Potter é e sempre será a minha série favorita e além de todas essas lições, as amizades que vieram por influência desse mundo são para sempre!! Muito obrigada Rainha J. K. Rowling por nos dar esse maravilhoso presente!!” Facebook

Igor Torres

20 anos de Harry Potter

“Minha experiência com a saga Harry Potter sempre foi muito positiva. Desde que assisti os filmes, lá atrás bem novinho, já me identifiquei de uma forma imersiva na historia, me sentindo O aluno de Hogwarts. Depois de ler então, já estava disputando o cargo de professor de Defesa Contra as Artes das Trevas com o Snape. Anos depois, encontrei mais e mais pessoas com estes ideais, fiz belas amizades e tive momentos que nunca esquecerei. Harry Potter, a saga que fala sobre amizade, não só fala como também faz acontecer, parece ate magia. Ps: encontrando outras pessoas ou não, o cargo de professor ainda é meu.” Facebook

Letícia Zara

20 anos de Harry Potter

“Conheci Harry Potter em 2001, com o lançamento da Pedra Filosofal no cinema, aos 5 anos. Em 2007, aos 11 anos, li o primeiro livro. Hoje, com quase 21 anos, sendo desses 21 anos, 16 anos tendo Harry Potter na minha vida, posso dizer que eu nada seria sem essa saga. Com o Harry eu cresci. Com ele eu passei as melhores – mas também as piores – fases da minha vida. Com ele eu chorei, sorri, e posso dizer que fiz nele um amigo. Com o Harry e por causa do Harry eu conheci pessoas que eu não conheceria se não fosse por ele. Só tenho a agradecer a J.K. Rowling por todo esse tempo e pela pessoa que sou por causa dos ensinamentos que tive em seus livros. ‘After all this time?’, e como responderia o Snape, ‘Always’.” Facebook

Aline Santos

20 anos de Harry Potter

“São 20 anos de magia, de amizade, de amor. Nos ensinando o valor da amizade e que pessoas diferentes podem ser amigas como Harry, Rony e Hermione. Nos ensinou o amor, um amor que mostra que mesmo que no fim não possamos ficar com a pessoa amada, o que sentimos não deixa de ser o mais verdadeiro como o de Snape com relação à Lilian. Nos ensinou que até mesmo os que partem, no fundo nunca vão nos deixar de verdade como Sirius disse a Harry.
O menino que sobreviveu, fez mais que apenas sobreviver, ele criou laços com os personagens e com nós mesmos.
É impossível dizer ‘é apenas um filme’ porque não é só isso, é o vínculo que criamos tanto com os personagens como com os outros fãs, e é a magia que sentimos no coração de forma verdadeira, como ela realmente é para nós.” Facebook

Ernani Ricoy

20 anos de Harry Potter

“Foi com os livros da saga Harry Potter que eu peguei gosto por leitura. Minha tia comprou o livro da Câmara Secreta para mim achando que era o primeiro, e por esse motivo besta eu acabei guardando ele por um bom tempo sem o ler. Demorou mais de um ano para, em um impulso, e sem nada pra fazer, resolvi experimentar ele; até então, só tinha lido livrinhos de história para trabalhos escolares. Comecei e, quando dei por mim, percebi que horas haviam passado e já estava quase o acabando! A partir daí minha vontade de ler só cresceu, e continuei lendo eles um atrás do outro, alugando-os na biblioteca da escola. Se hoje eu não consigo passar o dia sem ter um livro na cabeceira do meu quarto, é devido à saga Harry Potter.” Facebook

Paula Miranda

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter, o garoto que vivia no armário abaixo das escadas, que queria ver o mundo com seus próprios olhos, mas sofria represália de sua família (trouxa) e que descobre ser um bruxo com grande potencial, mostrou pra mim que eu poderia tudo! Pessoalmente, meu amor a saga vai além de sua magia. Harry Potter abriu as portas para o maravilhoso mundo literário e que influenciou na minha carreira. Harry Potter me fez amar literatura depois de conseguir ler os enormes livros da saga em pouquíssimos dias. E assim, virei bibliotecária. 20 anos se passaram, e a magia de Harry Potter continua encantando. Antes éramos garotinhos que esperávamos ansiosos pelos lançamentos de livros e filmes. Hoje somos adultos, que continuamos a nos encantar com tantos detalhes da série e também com suas novidades. ‘After all this time?’ ‘Always, said Snape'” Facebook

João Pedro Martins

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter pra mim é muito mais que uma saga de livros, é um mantra, uma base pra muitas decisões que já tomei e que ainda vou tomar. É conforto e aconchego pras horas boas e ruins, é uma fuga da realidade. E além de tudo isso, foi o primeiro ‘lugar’ em que eu me senti verdadeiramente eu, sem julgamentos ou medo. Simplesmente eu!” Facebook

Gabriela Jenifer

20 anos de Harry Potter

“Quase completava meus 10 anos quando vi a propaganda de um filme que passaria na TV: ‘HP 1’, e lembro apenas da cena onde o Harry voa durante o jogo de Quadribol. Gostei tanto do filme que, pouco tempo depois, meu pai me presenteou com a fita de ‘HP 2’. Tempinho depois descobri que os filmes eram baseados em livros, e obviamente, insisti para tê-los. A cada seis ou oito meses, minha mãe comprava um livro na revista, mas nenhum na ordem certa: li o livro 7 antes do livro 5. Fiquei por muito tempo chateada por que minha carta nunca chegou, mas descobri tempos depois que sim, eu possuo magia, a final, como já dizia o velho Dumbleodore: ‘Palavras são, na minha nada humilde opinião, nossa inesgotável fonte de magia’!” Facebook

Participe do sorteio de 13 anos do blog!

Harry Potter e as Duas Décadas de Inúmeros Fãs – Parte 1

Em 28.06.2017   Arquivado em Harry Potter

No dia 26 de junho de 1997 foi publicada, no Reino Unido, a primeira edição de “Harry Potter and the Philosopher’s Stone”, que veio para o Brasil anos depois como “Harry Potter e a Pedra Filosofal”. Você pode nem gostar da série, mas é IMPOSSÍVEL negar que Harry REVOLUCIONOU a história da literatura infanto-juvenil, fazendo com que milhares de crianças ao redor do mundo aprendessem a gostar de ler de verdade… E eu estou entre elas! Não pude postar para comemorar no dia certo porque foi junto com a comemoração de 13 anos do blog, mas pra compensar teremos um Especial 20 Anos de Harry Potter aqui! Serão 2 postagens nesses últimos dias do mês contendo fotos e depoimentos de VÁRIOS fãs da série que gentilmente se dispuseram a colaborar expressando sua paixão. A Parte 2 vocês podem ver aqui, e antes de mais nada preciso dizer umas coisinhas também…

20 anos de Harry PotterLulyone: quando fui “premiada” pelo meu cosplay de Hermione, em junho de 2015. Foto por Rafael Araújo.

Eu era uma criança que não lia, só revistas em quadrinho mesmo… Até a “Pedra Filosofal” de J.K. estar entre meus presentes de natal de 2000. QUE MULHERÃO DA PORRA! Com seu nome abreviado nas capas pelo medo da editora em admitir que aquele autor era mulher, que teve que fugir com a filha bebê para se livrar do marido agressivo. Que lidou com depressão e outras barras internas e externas em diversos momentos e ainda assim ajudou e mudou a vida de crianças e adultos, expandindo seu público alvo para toda e qualquer idade… Ela me fez ver que era OK eu ser como era ao me apresentar Hermione Granger, minha personagem favorita do mundo. Se for pra resumir meus sentimentos por Harry Potter em uma frase só, eu diria que tendo que escolher alguém pra ser quando crescer, eu escolho Joanne Kathleen Rowling!

Gilmar Parreira

Vamos começar pelo Gil porque, né, é o “Dumbledore da minha Minerva” no Potter Club BH!

20 anos de Harry Potter

“Eu era apenas um garotinho de 6 anos com poucos amigos, mal sabia ler, quando vi um monte de cartas voando pela tela da TV e aquilo logo me chamou a atenção. Felizmente tive a oportunidade de ver diretamente na tela do cinema e o que eu senti apenas magia explica. Ao logo do tempo conheci pessoas que assim como eu compartilharam o mesmo sentimento e Harry Potter me ensinou o que é amizade, além de várias outras lições.” Canal Menino GilFacebookTwitterInstagram

Ramon Correa

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter representa pelo menos um terço da minha vida até então. Não apenas pelo tempo que eu convivi com a história fazendo parte do meu crescimento, mas em aspectos gerais da vida. Pelo menos metade dos amigos que tenho, conheci por interesses em comum pela história. Profissionalmente eu desenvolvi inúmeras habilidades “brincando” de reproduzir itens da série, mesmo que só para divertir meus amigos ou a mim mesmo. Várias histórias da minha infância e adolescência, que inclusive ajudaram a formar a pessoa que sou hoje, tem um pedaço da saga em seu início ou fim. Harry Potter pode viver em um mundo de ficção e fantasia, mas os ensinamentos e valores que traz aos fãs é absolutamente real!” FacebookTwitterInstagram

Luana Cristina

20 anos de Harry Potter

“Meu filho de 10 anos ama. Ele quer o niver dele do Harry Potter! Ele não viu todos os filmes ainda. Eu contei pra ele sobre o filme e os livros. Quando ele viu o primeiro filme ele pediu os livros. Sempre que ele vai na loja comigo já corre nos livros.” Facebook

Larissa Lorrane

20 anos de Harry Potter

“HARRY POTTER me proporcionou um mundo de magias e amigos… Os eventos foi onde passei a maior parte da minha adolescência e vida adulta… Ganhei uma esposa e um babyzinho… #naotenhamedodosmortosharrymassimdosvivos RAVENCLAW SEM DUVIDAS E A MELHOR CASA!” FacebookInstagram

Madson Max

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter significou MUITO pra mim! Com essa saga conheci amigos maravilhosos, pessoas incríveis que amo chamar de amigos! Tive experiências únicas e maravilhosas com os eventos relacionado a HP. Os que eu mais gostava de ir eram as pré-estreias e as estreias dos filmes, emoção à flor da pele. Haha Eu só tenho a agradecer a JK Rowling por proporcionar isso a nós, e com toda certeza levarei pra vida toda, porque não tem nada melhor do que você tirar um tempo pra ler os livros, amo! Mesmo hoje, anos depois do último filme ir ao cinema, é maravilhoso ir aos eventos e ver que ainda existe aquele amor e fascínio pela saga. Obrigado Harry Potter!” Facebook

Rayan Duarte de vasconcelos

20 anos de Harry Potter

“Eu de Viktor Krum e minha irmã, Thânia, de Hermione Granger. Há 9 anos atrás quando eu e ela éramos mais amigos do que irmãos, conversamos mais apenas sobre Harry Potter. E com lançamento dos três últimos filmes de HP, nós ficamos mais próximos um do outro, até que realmente nos adotamos como irmãos. Harry Potter nos uniu de uma forma que jamais imaginaria. Sei que hoje em dia, eu não conseguiria viver sem ela, pois ela se tornou a irmãzinha que sempre sonhei ter para proteger e cuidar kkkkkkkk. Sem falar do evento épico que foi para nós o primeiro Hogsmeeting, onde tiramos esta foto. Enfim, em 9 anos, os 20 anos de HP mudou minha vida para o melhor.” Facebook

Pri Cristhian

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter mudou minha vida, foi o primeiro livro que eu li, e fez com que eu me apaixonasse pelo mundo da leitura e pelo mundo da magia.. e essa paixão maravilhosa me permite conhecer pessoas incríveis e fazer várias amizades inesquecíveis… Vai vai Grifinoria!!” Facebook

Renata Mury

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter entrou na minha vida em 2001 e nunca mais saiu. Graças à série eu me interessei mais pela língua inglesa, influenciei amigos (e minha irmã caçula) a lerem os livros, fiz várias loucuras (como madrugar no estacionamento de um shopping para garantir meu ingresso pro cinema) e conheci e fiz amigos maravilhosos que quero levar pra vida toda. Além disso, organizo desde 2011 o EnPotTer, um evento feito de fã pra fã que tem como intuito divertir os fãs de HP da minha cidade e ajudar quem precisa. Harry Potter é uma parte do meu passado, presente e futuro e sempre serei grata à J.K. Rowling por tudo que ela nos proporcionou com a criação desse universo que nós tanto amamos.” Blog Clumsy LuvTwitterInstagram

Jefferson da Mata

20 anos de Harry Potter

“Lá se foram 20 anos… Em sua primeira publicação, eu, ainda criança não fazia nem ideia que o mundo conhecia aquele que seria o maior bruxo de todos os tempos. Até que fosse lançado o primeiro filme, em 2001, eu não sabia da existência desse maravilhoso mudo mágico, ainda assim fui conseguir assistir ao filme em VHS. Só então que fui mergulhar de cabeça na história, nos livros até ali lançados e em todos os outros meios que me trouxessem informações a respeito. Em 2015 pude realizar aquele sonho que quando adolescente deixei escapar, assistir A Pedra Filosofal na telona, isso graças ao Potter Club que me proporcionou tamanha emoção. Hoje, com 30 anos completados recentemente, ainda me emociono com tudo relacionado a série. No dia do meu aniversário fui surpreendido com dois presentes, uma caneca mágica e um bolo todo personalizado… Sim, é algo de se emocionar e muito.” Facebook

Mairia Marian

20 anos de Harry Potter

Conheci Harry Potter com aproximadamente 10 anos, lembro que assisti ao primeiro filme na escola, e desde aquele instante eu sabia que não seria apenas mais um, cheguei em casa contando todos os detalhes a minha mãe, todos os nomes de personagens. Naquela época não tínhamos acesso a comprar os livros, porém quando a situação mudou e pude vir a adquirir, eu não queria mais largar. Há mais de 15 anos acompanho esta saga, cresci assistindo e lendo, tentando fazer com que minha coleção aumentasse cada dia mais, fiz amizades sinceras graças a HP. E apesar de não poder ir a todos os eventos referentes, me esforço para estar presente no máximo possível. HP faz parte de mim, representa um amor incondicional, daqueles amores que duram para sempre.” FacebookTwitterInstagram

Ana Flavia Cador

20 anos de Harry Potter

“Esta foto é o passaporte para um dos dias mais emocionantes da minha vida. Quando fui para os studios Harry Potter da Warner, em Londres, me senti como se tivesse com 10 anos novamente quando terminei de ler Harry Potter e a Pedra Filosofal pela primeira vez, há 16 anos atrás. A magia existe sim, e sou imensamente grata a JK Rowling por ter me dado um universo no qual eu pude chamar de meu <3" Blog Madly LuvFacebookTwitter

Vinicius Sacchetto

20 anos de Harry Potter

“Harry Potter me proporcionou momentos mágicos! Fez com que eu conhecesse amigos que levarei por toda minha vida. Obrigado J.K.Rowling!” Facebook

Camila Vieira

20 anos de Harry Potter

“Sempre gostei de coisas excêntricas e por ter sido uma criança muito calada acabei achando refúgio nos livros. Meus favoritos se tornaram justamente aqueles em que as coisas mais impossíveis aconteciam. É por isso que amo Harry Potter! Minha casa é Corvinal, acho que não preciso explicar porque né? Sempre fui a ‘Di-Lua’ da sala, a que tem os cadernos desenhados nas bordas, distrai até com o vento, era totalmente do contra quando era adolescente. Isso me incomodou um pouco, ser zoada por viver na biblioteca e falar sobre bruxos e historias fantásticas, mas hoje gosto de ser assim, ‘que se veste como se fosse unicórnio’. Sabedoria é importante para entendermos os diversos lados de uma situação antes de dizer o que achamos. O mundo seria mais compreensível se todos lembrassem de que mesmo divididos por Casas, somos todos um.” Facebook Instagram

Participe do sorteio de 13 anos do blog!

13 anos de Sweet Luly! + Sorteio

Em 26.06.2017   Arquivado em Blog, Vídeos

Adivinha quem entra hoje na “puberdade do mundo dos blogs”? Sim, o Sweet Luly! Fazem 13 anos desde que abri o painel de controle do Weblogger para criar mais um entre meus “trocentos” blogs, sem nunca imaginar de verdade que ele se tornaria o “oficial” e que estaria firme e forte comigo até hoje, em uma plataforma muito melhor e com conteúdo tão mais bacana! Bom, eu já disse isso aqui, mas escrever é a coisa que mais gosto de fazer na vida… Já escrevi um livro inteiro e comecei outros, anos de diários, redações, trabalhos, crônicas, cartas, e-mails, artigos, um TCC, músicas, histórias em quadrinhos, até roteiro… Mas lá no fundo mesmo o que eu mais gosto de escrever são POSTS, e é aqui que venho feito isso durante todo esse tempo e com tanta alegria, é uma data pra se comemorar e muito!

A celebração fica mais cheia de amor ainda no “Hello, hello” de hoje com nosso clássico SORTEIO DE ANIVERSÁRIO! Além do blog o Expresso Rosa também tá completando 13 anos dia 17 de julho e entre as duas datas vocês vão poder concorrer a um kit todo cor-de-rosa que montei junto com amigos muito especiais que me ajudaram a tornar esse dia ainda mais legal. Ele contém o caderno artesanal “Think Pink” que eu fiz especialmente pra isso, uma caneca “Plataforma 9 3/4” da lojinha do canal Menino Gil (tinha que ter Harry Potter porque hoje a série completa 20 anos!) e uma blusa Super Girl, que foi feita numa parceria do blog com a Cia do Ponto. Todos os itens têm a ver com os temas que trago pra cá e, bem, acho que vocês vão gostar, né?. Falei sobre as regras direitinho no vídeo e mostrei cada item com detalhe.

Kit Think Pink de aniversário do Sweet Luly (e do Expresso Rosa)!

a Rafflecopter giveaway

Pra que não tenham dúvidas: as inscrições podem ser feitas até às 23h do dia 14 de julho. A única parte “obrigatória” é a de clicar em “Quero Participar!” colocando seu e-mail, que é pra eu entrar em contato, porque não quero forçar ninguém a ter que fazer nada, e ter endereço de entrega em território nacional. Mas aí quanto mais Redes Sociais vocês seguirem, mais chances terão de ganhar! O resultado vai aparecer aqui nesse mesmo post no dia 15 e na página do Facebook. Boa sorte a todos, espero que tenham gostado do kit amoroso, obrigada por estarem aqui comigo todo esse tempo e PARABÉNS SWEET LULY (e pra mim também)!

Pessoal, na do sorteio tem como ler os Termos e Condições, que são todos simplezinhos, mas lá coloquei TODAS as datas para ninguém vacilar na hora de receber os prêmios. Peço que POR FAVOR leiam para ficar tudo esclarecido e na base do amor!

LISTENING TO: Pink Floyd

Em 20.06.2017   Arquivado em Música

Eu adoro imaginar é como era a Inglaterra nas décadas de 60 e 70: VÁRIAS bandas incríveis nascendo a todo o momento, o país era provavelmente constituído somente de música, devia ser quase ilegal não gostar do assunto. Digo isso porque estou prestes a falar de uma das melhores de todos os tempos, mesmos aqueles que não gostam de rock já ouviram falar e conhecem alguma música. Uma banda da qual sempre gostei. Minha irmã, aos com 3 anos, ficava do lado do meu pai pra ouvir. Pink Floyd.

Listening to: Pink Floyd
Foto do BBC Music

A história é bem longa e difícil de contar (ainda mais pra uma leiga como eu), mas vou tentar dar uma ideia geral do que aconteceu. Em 1964 havia uma banda que teve vários nomes, e quando essa banda se separou naquele ano os integrantes Rado Klose (guitarra), Roger Waters (guitarra), Nick Mason (bateria) e Rick Wright (sopro) resolveram montar uma nova aproveitando um dos antigos nomes: “Tea Set”. Junto com eles estava o vocalista Chris Dennis, e logo depois o guitarrista e vocalista Syd Barrett, fazendo Waters assumir o baixo. Foi aí que surgiu o nome que hoje conhecemos, em homenagem ao músicos de blues Pink Anderson e Floyd Council.

No início eles faziam pequenas apresentações em pequenos lugares e até foram convidados para produzir músicas para um documentário, que sequer apareceram na versão final do filme. O primeiro álbum oficial saiu em 1967 e foi super bem aceito, até hoje é considerado o melhor primeiro álbum por alguns especialistas. A banda foi fazendo sucesso, mas as drogas tornaram a participação de Barrett inviável e os outros membros foram atrás de novos rumos sem ele. Foi aí que David Gilmour entrou para substituí-lo não só dentro do Pink Floyd, mas na história do Rock Progressivo. Na década de 70 atingiram um grande estouro e tiveram vários hits, seus álbuns de maior sucesso saíram nessa época: “Wish You Were Here” e “Dark Side of The Moon”, que é considerado o ápice deles.

Rolaram muitos trabalhos bons na década de 80 com Roger Waters assumindo o papel de “membro principal” da banda, como The Wall, que acabou ganhando um filme de mesmo nome. Naquela mesma década, porém, Water acabou saindo, deixando Gilmour no “controle”. Sua “era” só acabou com o fim da banda, em 1995/1996, quando foi indicada para o Rock and Roll Hall of Fame americano, com breve retorno em 2014 que resultou no álbum “The Endless River”. Em 2015 eles anunciaram o fim definitivo, mas continuam sendo uma referência em rock psicodélico e progressivo com suas letras carregadas de questões políticas, insanidade e críticas sociais.

Música Favorita

Não consigo sequer COGITAR falar de outra que não “Wish You Were Here”. Título do álbum lançado em 1975, e foi um grande tributo a Syd Barrett, que havia entrada em colapso mental, então são letras pesadas e muito, muito tristes, principalmente “Shine On You Crazy Diamond”, que é dividida em duas partes.

A verdade é que, apesar de ouvir vez ou outra, que eu sequer ligava tanto pro Pink Floyd até o final de 2009, quando ESSA música entrou na minha cabeça para nunca mais sair. Fiquei completamente viciada nela até que, enfim, se tornou uma das mais importantes da minha vida quando usei ela para ser título do meu primeiro livro. O meu “Wish You Were Here” ainda não foi publicado, apesar de já ter fanpage no Facebook, e tá rolando um evento criado pelos meus amigos pra ver se a gente acha uma editora que faça isso, já que infelizmente sozinha eu não po$$o. Mas enfim, acho que deu pra entender o tamanho do amor, né? Gosto forte mesmo!

Quer saber mais sobre o Pink Floyd?

Conheça a banda através do seu website oficial (em inglês) e das redes sociais: Facebook, YouTube, Twitter e Instagram! Tem também um artigo bem completinho com a história deles detalhada lá na Wikipedia, que eu usei pra confirmar algumas datas e fatos desse post.

Alice no País das Maravilhas

Em 16.06.2017   Arquivado em Leitura

Em um vídeo do meu VEDA de 2016 eu contei sobre os livros infantis que guardo “no coração”, aqueles que li depois de adulta e me apaixonei mesmo que estivesse fora da faixa etária proposta. Alice no País das Maravilhas, do britânico Lewis Carrol, é um deles. Quando criança eu tive um VHS de uma animação adaptada na história que era extremamente fiel ao original, então ler o livro foi MUITO nostálgico, impossível não amar! Sendo assim, quando surgiu a oportunidade de participar da “Corte Vermelha” do Memoralices, que completou 3 anos no ar no último dia 12, eu me vi na chance de falar um pouquinho sobre esse clássico tão amado por várias gerações…

Alice no País das Maravilhas

Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland) *****
Autor: Lewis Carroll
Gênero: Infantil, Aventura, Fantasia
Ano: 1865
Número de páginas: 172p.
Editora: L&PM Pocket
ISBN: 978-972-25-2117-8
Sinopse: “Obra-prima criada pelo escritor inglês Lewis Carroll, no século XIX, Alice no País das Maravilhas imortalizou-se na literatura mundial como uma fábula capaz de encantar adultos e crianças. Uma ficção sem igual que se tornou sucesso há mais de cem anos e ainda hoje é um clássico obrigatório para leitores de todas as idades. O livro conta a história de uma menina curiosa que decide seguir um coelho branco, quando de repente cai em sua toca e é levada a um reino onírico, onde convive com criaturas estranhas e se envolve nas mais inusitadas aventuras. Neste universo inesperado, não há limites entre sonho e realidade.” (fonte)

Alice no País das Maravilhas

Comentários: A história (quase) todo mundo conhece. Alice é uma garota sonhadora que não aguenta mais ter que ouvir a leitura de sua irmã mais velha, feita a partir de um livro “sem figuras nem diálogos”. Entediada, ela acaba seguindo um Coelho Branco que passa correndo de olho no relógio, o que por si só já é peculiar, e cai na toca junto com ele, sendo levada para um “país” onde tudo é “Muito esquisitíssimo”, nas palavras da própria garota. Lá comer determinado lado de um cogumelo pode fazê-la diminuir ou crescer, ela participa de uma festa onde os lugares em que os convidados sentam são constantemente trocados, conversa com criatura antropomórficas e quase recebe uma sentença injusta num reino onde os guardas são cartas de baralho…

De forma geral é muito perceptível como Lewis Carroll usou um romance infantil nonsense para fazer críticas à sociedade de sua época. O Coelho Branco sempre correndo contra o relógio, a rigidez dos modos do Chapeleiro e da Lebre, ou mesmo a Rainha tirana e o Rei “submisso” de Copas, fazendo alusão à Rainha Vitória (uma grande fã da obra!) e o príncipe Albert, apesar do autor negar isso à época, é claro. Além disso a protagonista passa por várias reflexões ao longo da história, incentivada pelos seres que conhece – principalmente o gato de Cheshire – sobre a loucura, sua própria existência e mesmo a clássica pergunta “Por que o corvo se parece com a escrivaninha?”, que foi respondida numa das primeiras reedições mas continua sempre levantando novas hipóteses dos leitores. É pra criança se jogar nesse universo quase mágico e os adultos pararem pra analisar certos aspectos de sua vida, que continuam sendo “amarras” para algumas pessoas até hoje, séculos depois.

“Quando acordei hoje de manhã, eu sabia quem eu era, mas acho que já mudei muitas vezes desde então.” – Alice

Alice no País das Maravilhas

Alice e sua turma já são parte relecante da cultura popular, presentes em uma quantidades absurda de adaptações e referências! A mais famosa delas, é claro, é a animação da Disney de 1951, que contém um pouco também da continuação da obra, “Alice Através do Espelho”. Na última década tivemos as versões cinematográficas do Tim Burton, com seu elenco tradicional e visual meio psicodélico padrão, também distribuídas pelos estúdios Disney, e uma série spin-off de “Once Upon a Time”, a “Once Upon a Time in Wonderland”, que tem apenas uma temporada ruinzinha (mas que eu gosto). Eu mesma já coloquei um pouquinho, bem pouquinho mesmo, da história em um dos livros que estou escrevendo e pretendo publicar um dia, mas a gente conversa sobre isso depois.

Agora não deixem de passar lá no Memoralices para celebrar essa data e participar do sorteio especial de aniversário. Parabéns, Luana! Que venham muitos, muitos, muuuitos anos pela frente!

Aproveitando esse clima festivo pra lembrar que no próximo dia 26 o Sweet Luly completa 13 anos no ar, e é CLARO que vai ter sorteio comemorativo por aqui também! Fiquem de olho porque já tá chegando, ai que emoção…

Página 1 de 3123